Entrevista de Emprego

Entrevista de Emprego após os 40 Anos

Se você tem mais de 40 anos e quer voltar ao mercado de trabalho, confira as nossas dicas práticas e se prepare melhor para a sua entrevista de emprego.

A Hora e a Vez dos Profissionais Experientes nas Empresas

Profissionais Experientes: Valorização no Mercado

Gente para trabalhar no Brasil, nunca faltou, o mercado de trabalho nem consegue absorver todos que anualmente entram nele, o grande problema é a qualificação, falta gente qualificada no Brasil.

Com a expansão da economia para todos os lados, como estamos tendo no Brasil hoje em dia, as empresas estão precisando cada vez mais de profissionais experientes e qualificados para poder liderar e dar suporte para suas equipes.

É um fenômeno interessante: como a experiência está sendo mais valorizada, os bons profissionais estão parando de trabalhar cada vez mais tarde e estamos vendo cada vez mais pessoas de 40, 50 anos dividindo as salas de espera da entrevista de emprego com os mais jovens de 20.

Nunca é tarde para se mudar de empresa, mudar de ares ou até mesmo começar uma nova carreira. Experiência profissional, no entanto, sozinha não é capaz de garantir o sucesso em uma entrevista de emprego, de nada adianta ter toda uma qualificação se você não conseguir se vender corretamente, não passar a impressão correta.

Obviamente ainda existe muita discriminação por parte de algumas empresas, que nem chegam a chamar pessoas de 40 ou 50 anos para as suas entrevistas de emprego, mas os profissionais mais experiêntes podem comemorar, nunca o índice de desemprego foi tão baixo para esta faixa etária.

Para se ter uma idéia deste fenômeno, segundo o IPEA ( Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada ) o desemprego entre os jovens de 18 a 24 anos é 3,5x maior que entre os profissionais de mais de 24 anos.

Para ajudar quem está na casa dos 40 ou 50 anos e quer voltar a trabalhar ou então mudar de empresa, o Guia da Carreira, preparou algumas dicas simples para a entrevista de emprego:

Dicas para a Entrevista de Emprego de Profissionais Experientes

Destaque Sempre a Experiência Profissional na sua Entrevista de Emprego

A principal vantagem dos profissionais de 40 ou 50 anos sobre os mais jovens com certeza é a experiência. Na hora da entrevista de emprego quando você for falar dos cargos que já ocupou em outras empresas, aproveite sempre para falar sobre a sua trajetória e suas realizações, destaque o quanto você já colaborou para outras empresas e o quanto pode trazer para esta nova companhia.

Um profissional experiente e que vai agregar valor pode ser tudo que a empresa está buscando naquela rodada de entrevistas de emprego.

Indique Comprometimento e Atualização em Relação a sua Profissão

Muitas vezes um profissional mais velho pode passar a impressão de falta de atualização e dinamismo a primeira vista. Combata esta estereótipo na sua entrevista de emprego destacando sempre cursos e atualizações que você tenha feito. Destaque que você tem se atualizado com frequência.

Caso você não tenha se atualizado com frequência, adote esta postura, mesmo que não seja possível realizar cursos, procure sempre ler e pesquisar sobre a sua profissão. Mostre-se comprometido e atualizado com o universo da sua profissão.

Demonstre Disposição para Aprender Coisas Novas

Ninguém é sabio o bastante a ponto de não precisar aprender coisas novas. Durante a entrevista de emprego, deixe esta postura bem clara: você é sim um profissional experiente vai ensinar muito a equipe, mas também está sempre disposto a aprender com os mais jovens. Isso mesmo !! Demonstre confiança, mas demonstre também humildade e que você está disposto a colaborar. Mais jovens e mais velhos podem formar excelentes equipes, onde cada um colabora com o que tem de melhor.

Sobre o Autor:
Autor
Atualmente é consultora independente de educação, focada em reposicionamento profissional oportunidades no mercado de trabalho. É colaboradora ativa no Guia da Carreira.
 

Artigos Relacionados ao Tema: Entrevista de Emprego

Quanto ganha um contador?

Quanto ganha um contador?

Descubra o salário inicial do contador e até quanto esse profissional pode ganhar

Quanto ganha um piloto de avião?

Quanto ganha um piloto de avião?

Descubra o salário inicial do piloto de avião e até quanto esse profissional pode ganhar

5 perguntas que você precisa saber responder na entrevista de emprego

5 perguntas que você precisa saber responder na entrevista de emprego

Prepare-se para responder as principais perguntas dos recrutadores e garanta uma boa entrevista

Saiba como se dar bem em uma entrevista de estágio!

Saiba como se dar bem em uma entrevista de estágio!

Descubra os 5 acertos e os 5 erros mais comuns dos candidatos a uma vaga de estágio. Saiba como se sair bem em uma entrevista de estágio!

Entrevista de emprego - Como se sair bem ao vender seu talento

Entrevista de emprego – Como se sair bem ao vender seu talento

Saiba mais sobre como se sair bem em uma entrevista de emprego e como vender seu talento da melhor maneira possível.

 
 
 

Comentários:

  1. jorge

    Só preciso trabalhar.. só isso!!!

  2. rafael

    muito legal muito legal !!

  3. Aniltow

    o que responder quando a pergunta na entrevista de emprego é: pq saiu do seu ultimo emprego ?

    gostaria de obter algumas dicas, obrigado

  4. Pedro Addler

    Olá Aniltow

    Essa pergunta é crucial mesmo para a entrevista de emprego.

    Como acontece com muitas perguntas da entrevista, o objetivo dela é pegar o entrevistado de surpresa.

    No caso dessa pergunta recomendo fortemente que você diga a verdade, se você não estava satisfeito com a empresa antiga, diga que você está buscando uma melhor oportunidade, se você não se sentia valorizado, diga que você está buscando um melhor reconhecimento, diga sempre a verdade na sua entrevista de emprego.

    • Antonia

      Olá, tenho 40 anos e estou me sentindo um pouco parada no tempo, me formei mas nunca exerci a profissão, justamente por não ser valorizada no mercado, pois o q faço ganho mais se estivesse trabalhando na profissão q me dediquei tanto. Agora estou cansada de trabalhar na mesma área ha 20 anos, o que fazer para mudar de área…acho difícil mudar radicalmente…o q fazer?

      • Pedro Addler

        Olá Antônia

        Não se preocupe é assim mesmo, mudar é algo assustador para a maioria das pessoas.

        A maioria das pessoas prefere sempre ficar onde está, pois a mudança é sempre um choque, novos problemas surgem e muitas vezes a mudança embora boa pode ser dolorosa.

        Mas não tenha medo, lembre-se sempre que as pessoas mais geniais da terra são aquelas que não tem medo de mudar, são aquelas que não tem medo de ousar :)

        • Antonia

          Obrigada pela suas palavras, como vc disse toda mudança “assusta”, mas o pior é ficar pensando, o q acontecerá se nao tentarmos. Obrigada mais uma vez.

        • LUIS FELIPE HEREDIA DE PAIVA

          TENHO 57 ANOS FUI GERENTE COMERCIAL EM UMA MULTINACIONAL DURANTE 13 ANOS, SAÍ E MONTEI MINHA EMPRESA NO MESMO RAMO, TÊXTIL, AGORA RESOLVÍ FECHÁ-LA, E JÁ CONSEGUÍ UMA ENTREVISTA PARA UMA EMPRESA DE PRODUTOS COSMÉTICOS, O QUE FALAR NA HORA QUE FOR PERGUNTADO, PORQUÊ FECHOU A SUA EMPRESA E QUER VOLTAR AO MERCADO DE TRABALHO?
          nO MOMENTO FAÇO CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO N

      • Harai Goshi

        Sugiro que vc agarre seu emprego. Acima dos 40 anos as chances são mínimas mesmo com ótima formação. Não caia nessa de aventura. Estude para um bom concurso público. Infelizmente é a única chance para os maiores de 40 no Brasil.

    • Emerson

      Olá Pedro Addler!Tenho 37,sou universitário cursando o 2ºsemestre de administração,porém estou em dúvidas se prossigo na universidade que ainda faltam três anos para concluir, ou tranco a matrícula para me ingressar em cusos praparatórios para concursos,que é bem reduzido.Lembrando que trabalho há 12anos como vigilante patrimonial,não é uma área ruim,mas estou disposto sair desta para uma profissão que me traga uma certa estabilidade.Addler,com sua experiência em um bom administrador, qual caminho que devo seguir?Tenho que me decidir entre a faculdade ou preparatório.As duas juntas não irão combinar,por isso que devo decidir logo.

  5. sarah

    Estou me sentindo um lixo…tenho 40 anos sem formação universitaria, passei os ultimos 9 anos trabalhando em TLMK o que nao me adicionou experiencia para nada!! E pior de tudo moro em Niterói longe de tudo…não sei o que fazer para conseguir um emprego.

    • marcia gomes

      oi Sarah,lí seu comentario, nao pense assim sobre a sua vida, que voçe e um lixo!! não, não querida Jesus esta contigo.faz um curso a distancia,no algo do teu interese.eu estou com 40 anos completos nao pensei assim,fiz um curso de corte e costura,agora estou terminando o curso de bijuterias pelo instituto padre reus uma parcela pequena que nem está pensando no meu bolso.Beijos fica com Deus,e boa sorte.pode entrar no meu facebook. Marcia Gomes de Farias. abraços !

    • Margarete Melo

      Sarah, tenho 46 anos e estou no último semestre de Pedagogia pela UFPB, fiquei desempregada há dois anos e estou batalhando na minha área de formação, e ainda penso em fazer Psicologia, irei concluir com 52 anos, mas nunca achei que fosse tarde. Confio em Deus e sei que um dia terei oportunidade na minha área, sempre trabalhei em áreas administrativas, mas espero conseguir algo na área da educação. enquanto isso vou fazendo cursos (Libra, Línguas) . O que não pode é ficar parado no tempo.

      • cleide martins

        Eu tenho duas faculdades, estou desempregada a dois anos e ainda por cima estou comum problema na vista direita, trabalho desde os 13 anos acumulei muita experiencia, mas moro em fos do iguaçu que não me dá nenhuma chance de recolocação sei que estou deprimida mas não deixo ninguem perceber porque na verdade todo mundo ta se lixando mesmo, eu não nasci pra ficar desempregada. estou sendo castigada severamente peço a Deus todos os dias que me perdoe seja lá o que fiz e me de uma chance, é muito dificil essa matéria TA EQUIVOCADA.

        • Luis Octavio

          Cleide, concordo plenamente com você. desempregado desde maio de 2013,enviei aproximadamente 2000 cv’s, fui chamado para fazer entrevistas,cerca de 1% dos cv’s que enviei. Experiencia, qualificações,disposição não são suficientes para competir com jovens. É um absurdo, uma tristeza sem par.

    • Jessica augusta

      Oi,Sarah eu sou uma menina de 12 anos e estou procurando emprego nao tenho nenhuma esperiencia e sou fanatica em conseguir um emprego como vendedora e nao conssigo eu nao sei como e ser mais velha e nao consseguir emprego mais e muito ruin querer muito uma coisa e nao conseguir

    • Leandro

      Sarah, por mais cruel que seja os desafios, você precisa lutar contra você mesma. Leia este Blog que vai lhe ajudar proseudiaficarmelhor procura no Google.

  6. Pedro Addler

    Olá Sarah

    Imagine !! Ter 40 anos de idade e nenhuma formação universitária não é nenhuma desvantagem, se você quiser ainda pode tranquilamente fazer uma faculdade ou então um curso técnico.

    Ainda há muito tempo para você viver e também se capacitar, com certeza você ainda vai ser chamada para muitas entrevistas de emprego.

  7. Edna Domingues

    Oque fazer quando além de vc ter 42 anos, está acima do peso (gordinha)? Pois é fiquei desempregada após 22 anos de empresa e com cargo de gerente, aí fiz várias entrevistas e nunca fui chamada… apesar de não ter curso superior, tenho um bom curriculo, pois tive muita ascensão durante o percurso, porém não consegui emprego fixo até hj! Será que tem alguma coisa a ver com o meu peso? 110 kg?

    • Pedro Addler

      Olá Edna Domingues

      Na realidade seu peso não é o problema, tem muita gente gorda e muito feliz, mas o que está errado é que você está se incomodando com seu peso e isso afeta sim na Entrevista de Emprego.

      Mas não se preocupe viu !! Isso é muito, mas muito comum !! Nossa sociedade valoriza muito o conceito de “beleza magra” então é normal se sentir a mau com uns quilos a mais na balança.

      Seu caso tem uma solução simples, porém trabalhosa: para você se sentir mais confiante na entrevista de emprego, perca um pouco de peso.

      O problema definitivamente não é o seu currículo que é ótimo. Quando a sua confiança subir aí sim você começará a ser chamada.

      • Rosana Putini

        Desculpa mas não concordo. Eu estou no meu peso normal, sou formada e pós graduada. Só trabalhei em grandes empresas multinacionais. Estou desempregada a 5 meses. Fiz apenas uma entrevista para uma vaga que segundo informações porteriores a vaga foi suspensa. Detalhe: Tenho 43 anos…Isso sim bloqueia. O Brasil é muito preconceituoso. Abraço.

        • cavalcante

          No Brasil, depois dos 30 a única vaga que tem disponivel é para presidente da república, pois para ser presidente a idade minima é de 35. detesto essas mascaras,esses conceitos psicologizados que o pessoal de RH usa. a verdade é que, no Brasil o trabalhador (escravo) habil para o trabalho tem que ter idade entre 18 e 30 anos, essa é a verdade,pois vá numa loja como as Americanas, casas Bahia, Atacadão e logo você verá o perfil dos jovens trabalhadores, ou melhor vaca,gado,escravo,vindo da sensala…Por favor Pedro Addler, é melhor você ser mais realista,a politica social no Brasil é um lixo,fiz 12 entrevista para area de TI e reprovado em todas,tiro boa e tudo mais, so que a idade de desclassifica, pois tenho 40 anos.

  8. Simone

    Olá, tenho nivel superior e 43 anos. Sempre trabalhei como auxiliar, de Faturamento, de Departamento Pessoal e o salário nunca foi ruim. Fiquei vários anos, em cada uma das empresas. Agora, trabalho como digitadora e quero voltar para a área de Depto. Pessoal, para isso vou fazer um curso de atualização. O fato de eu sempre ter trabalhado como auxiliar pode prejudicar o meu currículo e a minha entrevista de emprego ?

    • Pedro Addler

      Olá Simone

      Não, não atrapalha não, toda experiência profissional é sempre boa, pergunte a qualquer empresário :D

      Toda experiência que você teve, mesmo como auxiliar será muito válida e muito útil na sua entrevista de emprego.

  9. Angela

    Olá, tenho 40 anos e estou tentando voltar ao mercado de trabalho depois de 6 anos inativos (parei para realizar o sonho de ser mãe, que infelizmente não se concretizou), tenho formação superior e na ultima empresa que trabalhei foram 8 anos e passei por cargos de analista, coordenadora e supervisora de atendimento ao cliente, porém nao tem nada a ver com o telemarkintg que o mercado oferece. Gostaria de uma orientação de como recomeçar, o que falar na entrevista de emprego e se saber se posso me candidatar a cargos de asssistente ou analista mesmo ja tendo sido supervisora?

    • Pedro Addler

      Olá Angela

      Que pena que o seu sonho de ser mãe não se realizou ainda :( mas acredite se você continuar batalhando com certeza vai conseguir.

      Já que você é uma profissional experiente que já ocupou cargos muito importantes e essenciais esse deve ser o seu foco na entrevista de emprego: a sua experiência.

      Quando for perguntada pelo entrevistador sobre a questão de experiência na sua entrevista de emprego, foque nos detalhes, fale sobre os projetos de sucesso que você participou, etc…

      O recomeço nunca é fácil, mas sempre é uma aventura muito interessante, nunca é tarde para recomeçar, mesmo que seja por baixo.

  10. Joana

    Olá, tenho 54 anos muito experiência na área de RH ,como Chefe de Adm.Pessoal, RH , Analista ,sou Pós Graduada, mas mesmo assim estou com dificuldade p/conseguir uma colocação.
    Fiz cursos de atualização, sempre estou lendo me informando e atualizando na área, mas quando você tem estudo demais, isto é um Peso, quando não tem é uma barreira p/não conseguir colocação. Tenho boa aparência, sou magra e já fiz uma entrevista de emprego numa Consultoria de grande Porte e tiveram a coragem de dizer, que fui aprovada para o cargo , mas não podiam me encaminhar, pois iriam criar conflito.Pois a pessoa na qual eu estaria subordinada não tinha o grau de estudo que eu tinha. Dorme com um barulho destes !!!

  11. Najete

    Tenho 37 anos, formação superior em Comunicação Social e especialização em RH…Trabalhei em várias empresas sempre em setores administrativos…Adoro trabalhos que envolvem pessoas…Fiquei dois anos fora do mercado de trabalho devido a gravidez, agora quero e preciso voltar trabalhar. Penso em estudar, mas estou na dúvida se faço outra graduação ou um curso técnico.O que vc me aconselharia?

    • Pedro Addler

      Olá Najete

      Se você quer voltar rapidamente ao mercado de trabalho, sem dúvidas você deve optar pelo Curso Técnico, eles também são muito valorizados na entrevista de emprego e processos seletivos.

      Os cursos técnicos em geral duram metade do tempo de uma faculdade. Sem contar o fato de você já ter uma graduação.

      Tudo isso será levado em conta positivamente na sua próxima entrevista de emprego.

  12. Guilherme Carrillo

    Tenho quarenta e tres anos dentre os quais passei vinte e cinco deles lecionando música violão erudito, popular, guitarra e contra-baixo elétrico, também tocando na noite paulistana e fazendo shows. Hoje estou cansado desta profissão de incertesas, é aluno que para no meio do curso é show que é cancelado etc…Gostaria de entrar no mercado de trabalho e ter direitos trabalhistas como todo mundo, férias remuneradas, décimo terceiro salário etc… Mas contudo, não tenho experiência em nada, pois dediquei toda minha vida à música. Sou casado a dezesseis anos e tenho uma filha de onze anos, será que tenho alguma chance ou vou passar o resto da vida sem ter os benefícios que são direito de todos os trabalhadores?

    • Pedro Addler

      Olá Guilherme Carrillo

      Mas que legal hein !! :D quem me dera ter o seu talento musical !! Eu toco violão ( mau ) e também as vezes “brinco” de DJ em festas.

      Em relação aos direitos trabalhistas você pode conseguir sim, com certeza, você pode inclusive trabalhar como Músico Contratado, procure se informar, se você tiver formação clássica pode também entrar para alguma orquestra.

      Quando for fazer uma entrevista de emprego a esperiência atual que você tem como músico é muito valiosa !!

  13. Anderson

    Tenho 40 estou me preparando para fazer um curso superior, quero saber se é compensador, pois vejo amigos com idade menor e com ótima formação tendo dificuldades para se colocar no mercado de trabalho. Concurso publico e entrevista de emprego na minha idade qual a desvantagem ?

    • Pedro Addler

      Olá Anderson

      Sinceramente, não vejo nenhuma desvantagem intelectual e nem física, somente alguns mitos.

      A idade, nos dias de hoje em que temos condições de manter uma boa qualidade de vida por décadas está ficando cada vez mais relativa.

      Assim como você vê amigos mais jovens com dificuldades em entrevistas de emprego e concursos, eu também vejo amigos mais velhos que eu começando vários novos projetos, conseguindo ótimos empregos e até mesmo novos relacionamentos.

      Não deixe que a idade te desanime, mesmo que outros tentem fazer isso, idade, no fundo é experiência, use esta experiência a seu favor na entrevista de emprego.

      • Laura deFrancisco

        Pedro, perdoe-me , mas idade é experiência.. bemmm mas beemmm la no fundo.rsrs porque na prática a coisa é outra… vc nao é nem chamada para entrevistas.. É UM PRECONCEITO ENOOOORRRMME SIMMMM

        ESSA É A GRANDE REALIDADE.. EM SP CAPITAL..

        EXPERIÊNCIA PRÓPRIA

  14. Pedro Martins de Lima

    Estou me sentido um lixo humano, com a moral muito baixa. Imagine que tenho 49 anos (maio), fiz o maior esforço do mundo para passar no vetibular da Federal UFAM-2003, após ser mandado embora de uma empresa (pública)onde trabalhei 10 anos, por não ser um dos preferidos dos chefes, concui o curso de Administração, que gosto muito, com notas muito boas e ótimo coeficiente, e até agora não consegui ganhar um centavo se quer com a nova qualificação. Sobrevivo do Magistério que trabalho desde 1984 e também já trabalhei como Técnico Agrícola, minha formação a Nível Médio. Noa concursos fico a 2,3,4,5 pontos da aprovação. Por favor me fornecçam dicas para continuar tentando as provas e entrevistas de emprego em empresas privadas. Obrigado.

    • Pedro Addler

      Olá Pedro Martins

      Seu caso pelo visto é o mesmo do Alonso, no depoimento logo abaixo.

      Na entrevista de emprego apesar da sua ótima qualificação as empresas acabam te eliminando, isso é comum na sua faixa etária.

      As empresas pequenas, de um modo geral, não contratam profissionais mais velhos por acharem que eles terão um custo muito alto ( devido a experiência ) por isso você deve focar em fazer entrevista de emprego na médias e grandes.

      Outra dica é caprichar no currículo, coloque toda a sua experiência posterior no currículo, isso vai aumentar muito também a chance de você ser chamado para novas entrevistas de emprego.

  15. Alonso

    Gostaria de saber quais empresas precisam de gente qualificada acima dos 40 anos, porque eu tenho todas as qualificações necessárias, e quando chegam na idade eles torcem até o nariz…

    • Pedro Addler

      Olá Alonso

      Pois é, a questão é a seguinte, todas as empresas precisam de um profissional experiente no mercado, mas em geral só as grandes optam por este tipo de contratação.

      Isso se reflete diretamente nas suas entrevistas de emprego, onde constantemente você é reprovado apesar de sua grande qualificação.

      Mas é assim mesmo, sua idade muitas vezes é um ônus, e você tem que realmente provar que é bom na entrevista de emprego.

      Pra resolver este problema, não tem jeito, o negócio é mesmo continuar persistindo.

  16. Marcos

    olá pessoal, tenho 44 anos e posso dizer conseguir emprego com a minha idade é quase impossível, a não ser que tenhamos o famoso “QI”.
    Já fiz algumas entrevistas de emprego e é sempre a mesma coisa, dão preferência para a pessoa mais nova, eles nos chamam para a entrevista de emprego apenas para preencher o espaço.

    • Pedro Addler

      Olá Marcos

      Na realidade não acredito que 100% das vagas sejam preenchidas através de QI para pessoas com mais de 40 anos e que chamam pessoas com essa idade para entrevista de emprego só para encher linguiça, essa é uma visão muito pessimista de mundo.

      Sei como você se sente e o porque pensa isso, mas o mercado não é 100% assim.

      Muitas empresas procuram sim contratar pessoas mais experientes, pois elas podem em pouco tempo e sem treinamento realizar grandes projetos.

      Continue persistindo nas entrevistas de emprego, uma hora você vai encontrar a sua vaga.

  17. rosana

    Olá, tenho 42 anos e estou fora do mercado de trabalho as uns 10 anos. Sou formada em direito e a pouco tempo me matriculei num cursinho p o exame da oab, só que preciso fazer algo que me dê algum rendimento, por onde poderia começar? Além da idade e da falta de expeiencia qualificada me sinto meio sem rumo e a experiencia que tive não foi muita, podendo citar 8 anos de atendimento ao publica em empresa publica como terceirizada.
    Desde já agradeço o contato.

    • Pedro Addler

      Olá Rosana

      Tenho um plano aqui que pode servir para você :) !!

      Enquanto você estuda para o exame da OAB, procure algum emprego relacionado a dar aulas, como profissional formada em Direito, você pode fazer entrevistas de emprego para dar aulas de Português ou então Filosofia, por exemplo.

      No caso, você pode tentar fazer entrevista de emprego em Cursinhos ou então tentar ser professora particular para crianças.

  18. Sandra Affonso

    Sou Sandra Affonso,tenho 42 anos.
    Estou a procura de emprego, não tenho experiência, mais com minha eficiência quero ir muito mais do além da entrevista de emprego. Força de vontade não me falta !!

  19. simone soares

    Tenho 40 anos e estou à procura de um emprego,mas fiquei 6 anos em casa e não me atualizei, não tenho formação, apenas trabalhei como assistente Administrativo e Recepcionista.Sinto que devderia ter investido mais em mim.

    • Pedro Addler

      Olá Simone Soares

      Infelizmente é isso mesmo :( não podemos nunca deixar de investir em nós mesmos.

      Mas nem tudo está perdido, nunca é tarde para recomeçar !! Com certeza se você procurar se atualizar a partir de agora vai conseguir muitas oportunidades e entrevistas de emprego.

  20. Saulo Pisani

    Boa tarde Pedro, estou com 43 anos e com dificuldades para arrumar uma recolocação profissional e uma entrevista de emprego.

    Já trabalhei em diversas áreas comecei como escriturario no bradesco depois em outro emprego fui aux administrativo III por 10 anos, pulei para outro com analista de cobrança, já em outro emprego trabalhei como auditor de estoque.

    Meus ultimos dois empregos foram com operador telemarketing,que decadência tem sido minha vida. Tenho o curso técnico em contabilidade mas nunca trabalhei na área propriamente dita. Tem horas que fico com a moral lá em baixo por ninguem parecer olhar para os meus currículos enviados diariamente pela internet e cadastros em sites de RH. Dá uma esperança para mim pois me sinto um desqualificado inutil dentro de casa. Obrigado desde já pela atenção dispensada.

    • Pedro Addler

      Olá Saulo

      Realmente precisamos examinar a causa pela qual você tem sido reprovado nas entrevistas de emprego.

      Em primeiro lugar, no seu currículo foque na sua experiência e não coloque a sua idade, embora pareça bobagem, idade gera sim preconceito.

      Em segundo lugar, avalie sua aparência, você anda cuidando da sua saúde ?? Mesmo que você ache que a sua vida anda decadente, dê a volta por cima, não deixe jamais isso transparecer ao entrevistador. Faça o seu marketing pessoal.

      E em relação a ninguém olhar seus currículos pelos sites da Internet é assim mesmo, os sites seguram seu currículo por um tempo pra você ter que pagar 1 ou 2 meses a mais antes de conseguir uma entrevista de emprego. Isso é normal.

  21. Marcelo Vigo

    Decidi morar em Londres em 2005. Minha antiga profissao era assistente de vendas em concessionarias de Curitiba… havia somente o segundo grau completo e um emprego razoavel.

    Foi uma situacao dificil abandonar meu trabalho pois estava com 32 anos de idade; eu queria o melhor para mim… estava cansado e sem oportunidades de mudancas em minha vida.

    Depois de poucos anos me estabilizei aqui em Londres juntamente com a minha esposa, comecei a estudar ingles, depois um curso tecnico e hoje ja estou terminando o College. Ano que vem ingresso na London South Bank University ( ja com vaga garantida para 2012). Vou estudar Marketing e BIT (Business Information Technology)por mais tres anos… depois irei fazer um MBA.

    Nao tenho medo de voltar ao Brasil, aqui as noticias sao o BOOM economico em todos os setores da nossa amada Patria. Tudo muda, o Brasil era uma colonia, depois foi abandonada e imigrantes fizeram simplesmente do barro um lindo vaso… que juntamente com muito trabalho e a graca no nosso Deus fez justica a todos nos brasileiros… de hoje estar com este vaso cheio de flores, repleto de vida e esperanca para cada cidadao nos dias de hoje e amanha!

    O Brasil esta evoluindo muito; tanto na mentalidade dos Brasileiros como em nossa propria economia. Investir em voce mesmo e acreditar em um sonho nao e facil; porem tudo e possivel se houver determinacao.

    Acordo as 4 da manha para ir trabalhar por 3 horas, depois ainda pela manha vou estudar, largo os estudos e depois trabalho a noite. Estou cheio de energia e felicidade para regressar em 2016 para casa.

    Eu sei que vou me recolocar no mercado facilmente, nao faco mais nada aqui alem de trabalhar e estudar. E muito duro, nao tenho finais de semana nem mesmo tempo disponivel para mim mesmo. Tenho 38 anos e ando na frente dos jovens Ingleses que estudam no mesmo curso e vcs sabem porque? – Amo minha patria e quero mostrar aos gringos que somos melhores do que eles.

    A Europa esta em uma fase de transicao e a economia esta fraca, grade porcentagem dos investimentos extrangeiros estao focados para o Brasil. Multinacionais e investidores estao e continuarao injetando bilhoes de dolares na nossa casa por muitos e muitos anos.

    O BRASIL E O PAIS DO FUTURO!! Empresarios brasileiros com filosofia pre-historica sobre idade e suas limitacoes vao continuar atuando no mercado; porem a nova cultura de multinacionais Europeias e pricipalmente Asiaticas estao devolvendo o brilho da vida nos olhos do nosso povo.

    Antes tarde do que nunca, pois hoje ja estao colaborando com uma nova filosofia, esta sendo gerado mais empregos depois dos 40 do que nunca foi.

    Abracos a todos… plantem hoje e colham amanha!!

    Marcelo Vigo

    Caros companheiros, cuidem de cada minuto da vida de voceis, invistam na sua educacao, preparem-se para a nova jornada… O Brasil ja nao tem como parar,obstaculos ja foram superados…

    • Pedro Addler

      Olá Marcelo Vigo

      Parabéns pelo seu depoimento, eu como Brasileiro e amante do Brasil fico muito feliz em ver que existe gente exatamente como eu :D que tem fé no nosso país, que durante tanto tempo foi deixado de lado.

      Seu depoimento foi tão bom que sozinho já daria uma ótima reportagem rsrsrs, continue sempre colaborando e visitando o Guia da Carreira quando você quiser.

      O Guia da Carreira apoia a Educação, o Guia da Carreira apoia sempre o Brasil !!!

    • Ednei Aposenato

      Olá Marcelo, morei em Londres de 2000 a 2006, e aprendi aí que a Europa é uma grande nação que dar oportunidade a todos em todos os setores e ramos que queira trabalhar independente de raça, cor e o cassete a quatro, quando morei na Itália também foi mais ou menos a mesma situação. E depois de muitos anos fora do Brasil aprendi que ser Brasileiro era muito bom e respeitoso, respeitava o meu Brasil em todos os sentidos, quando ouvia alguém dizer mal do meu BRASIL eu o defendia com garras e dentes, até eu retornar. Um ano aqui foi o suficiente para ofuscar esta visão, encontrei um Brasil onde discriminação é o que mais existe, QI´s e corrupção está na alma do brasileiro, aquele jeitinho brasileiro é a pior desgraça que a gente herdou dos desempregados e exploradores portugueses que nos colonizaram, dos italianos que vieram pra cá a troco de terra dada gratuitamente pelo governo brasileiro (português) da época, aprendi que os ingleses exploraram o nosso Brasil como uma remessa da dívida que Portugal tinha para com eles, aprendi também que foi nessa época que o Brasil mais se desenvolveu, é só checar a história das ferrovias brasileiras (inglesas), descobri ainda que existe território brasileiro que se algum brasileiro tentar entrar ele será baleado pelos americanos e ingleses. Temos a corrupção correndo em nossas veias devido as nossas raízes, desempregados vindo da europa para trabalhar aqui e explorar o nosso país e produzir cada um o seu próprio dinheiro e que se foda o resto. Tudo isso eu defendia quando morava na Inglaterra sem saber, e alguns riam de mim e eu ali, como um idiota.

  22. Daiane

    Boa Tarde, Pedro
    Tenho 32 anos, irei me formar esse ano em Administração de Empresas, mas infelizmente fiquei 10 anos na mesma empresa sem investir em mim, mas hoje eu faço estágio em um escritório pequeno, faço de tudo um pouco. gostaria muito de trabalhar na área financeira.
    Fui selecionada para uma vaga de assistente como efetivo, para trabalhar na área de infra-estrutura, o salário não me agradou muito. mas como tenho pavor/medo de ficar desempregada, acabei por aceitar, mas não é bem o que queria pra mim. não sei o que fazer.

    • Pedro Addler

      Olá Daiane

      Se você está insatisfeita com sua situação profissional atual não tem jeito, realmente você vai ter que tomar uma atitude e a melhor atitude que você pode tomar é a seguinte: se reinvente !!

      Faça um novo curso, mesmo que seja um curso técnico, procure por uma especialização, faça um novo curso de idiomas, enfim, recupere o tempo perdido em que você não investiu em sí mesma.

      Só assim você será chamada para novas entrevistas de emprego, só assim se abrirão novas oportunidades para você.

  23. ErnaKL

    Eu tenho mais de 40 anos de idade. Sou formada em Administração Geral (2008). Sempre trabalhei em grandes empresas, mas não tive a oportunidade de me especializar em uma área com profundidade. Tenho muitas habilidades pois trabalhei por mais de 3 anos em cada área: Gestão de Pessoas, Recrutamento Seleção, Orientação profissional; Logística: Suprimentos-Materiais-armazenamento; Auditoria de Qualidade; Financeiro: Contas pagar/receber (2 anos). Sinto satisfação em trabalhar em duas áreas distintas: Logística e Recursos Humanos). No momento, estou à procura de um emprego e fico em busca de oportunidades nas duas áreas. Isto pode me ajudar ou me atrapalhar?

    • Pedro Addler

      Olá ErnaKL

      Examinando o seu perfil, você tem 1 grande vantagem e 1 grande desvantagem, elas podem ter pesos diferentes, depende do perfil da empresa onde você for fazer a entrevista de emprego.

      Sua vantagem, sem dúvida é a sua experiência, experiência de trabalho em grandes empresas e também em vários setores.

      Sua desvantagem é a falta de uma formação ou graduação maiores, muitas vezes, isso pode restringir seu acesso a alguns cargos, cargos que demandam um MBA por exemplo.

      Para ter mais sucesso em suas futuras entrevistas de empregos, procure se especializar mais.

  24. Vilma

    Estou com 50 anos e trabalho desde os 16 anos. Sou técnica contábil e fiz Gestão Financeira, parei muito paa criar filhos por isso ainda não sou aposentada.
    Meu curriculo é bom mesmo! já fui encarregada fiscal, analista contábil, assistente financeira fui gerente administrativa financeira e tive um salário de R$4.000,00 mas saí após 10 anos na empresa.Há 03 anos não trabalho e não faço entrevista de emprego, tive uma loja mas as coisas não fluiram pois tinha pouco capital e o ponto era muito caro. Sou bem cuidada, bastante cuidadosa, estou super e de saúde mas…parece que estou com algum problema as empresas não me chamam, é como se eu tivesse algo errado o que pode ser?
    Me ajude o que faço, moro no Paraná pensei em tentar emprego em São Paulo pois tem mais oportunidade e o paulistano parece mais disposto a valorizar experiência. totalmente infeliz e sem rumo. Aguardo um conselho.

    • Pedro Addler

      Olá Vilma

      Aparentemente, olhando seu depoimento, se você estiver sendo sincera, não vejo nenhum problema mais sério com você e não vejo porque não está sendo chamada para muitas entrevistas.

      No entanto, parece que a sua experiência com a loja que deu errado parece ter te marcado e isso pode estar diminuindo sua confiança na entrevista de emprego, aprenda com os erros, o que passou, passou, não deixe isso te abalar mais.

      Outro fator que parece estar trabalhando contra você é o fato de fazer um tempo que você não atualiza a sua formação, procure fazer algum curso novo, mesmo que seja simples, já vai enriquecer seu currículo e também passar uma imagem melhor aos entrevistadores.

  25. José Carlos

    Ola gostaria de tirar uma duvida; prestei vestibular para SENAI em são Paulo (mecatrônica), não passei (é muito concorrido); estou fazendo um curso de 40horas SENAI Suzano (fundamentos da mecatrônica), prestei vestibulinho para Etec (técnico informática) e na federal (automação industrial) tenho 44anos não tenho experiência em fabrica sempre trabalhei de autônomo com manutenção de TV e som, mas esta área esta ruim e gostaria de mudar de área e gosto de informática e automação no meu caso qual seria melhor para entrar no mercado, automação industrial ou informática.
    Obrigado.

    • Pedro Addler

      Olá José Carlos,

      Ambos os cursos tem um bom mercado de trabalho.
      Converse com pessoas que já trabalham nessas áreas e veja qual a melhor opção para você!

      Boa sorte na sua carreira :D

  26. Luiz Vicente de Moraes

    Tenho 48 anos, depois de ocorrer muitas coisas em minha vida, que culminaram em perdas, sejam elas pessoais e financeiras, resolvi dar uma guinada em minha vida. O ano passado resolvi voltar a estudar, a fazer o que tinha começado a 17 anos atrás, e que por forças das circunstâncias fui obrigado a parar, ou seja, faculdade de engenharia mecânica, onde estou no 3° período. Estou trabalhando para me manter, como representante de auto peças, até porque conseguir emprego fixo na minha posição é difícil( apesar de que estou mandando mensagens e curriculos para sites da internet), pois tenho restrição no nome. Estou agora, para iniciar um curso técnico de mecânica também, que farei aos sábados. Sei que será uma enorme responsabilidade, no tocante a carga de estudo, mas estou disposto a encarar. A minha pergunta se dá na seguinte forma: tenho chances na minha idade, de ainda construir uma carreira dentro da área mecânica, fazendo faculdade e o curso técnico? Quais as chances reais de conseguir uma colocação nesta área com o meu perfil? Desde já agradeço.

    • Pedro Addler

      Olá Luiz Vicente,

      Fiquei muito feliz com a sua mensagem e mais ainda com a sua força de vontade!
      A vida nem sempre é favorável com a gente, mas é sempre bom encontrar pessoas que conseguem dar a volta por cima e que se tornam exemplos de vida para todos nós.
      Tenho certeza que, independente da idade, você terá uma carreira brilhante! Além disso, o curso técnico e a faculdade se complementam, o que se torna um diferencial na sua carreira.
      Parabéns pela iniciativa!
      Garanto que você terá grandes chances no mercado de trabalho ao se formar :D
      Boa sorte!

  27. Ronee

    Bem… Com 26 anos tive um filho, 8 anos depois outro, com isso fiquei 19 anos sem trabalhar. Agora gostaria de fazer uma faculdade. Por favor me oriente, quero fazer um curso superior ou não de algo que eu possa trabalhar, ser aceita no mercado de trabalho com a idade que estou, 44 anos, mas as pessoas pensam que tenho 35, me cuido, sei chegar, sou apresentavel, não sou psicologa porquê não estudei, mas costumo ajudar muito as pessoas com isso, sei levantar o astral das pessoas. Eu preciso voltar a trabalhar o que me sugere? No ramo de petróleo, tem oportunidade para pessoas com mais de 40 anos?
    PLEASE!!!

    • Pedro Addler

      Olá Ronee! Parabéns, você tem o principal força de vontade para recomeçar. Como você mesma disse, que tem o dom para piscologia, que tal aprofundar nesta ideia? Ou sugestão, é a graduação em Serviço Social, pois trabalha com pessoas. O ramo de petróleo é muito concorrido e geralmente exige que o candidato tenha um segundo idioma (inglês), além de ter que passar por processos seletivos em equipe. Porém, se for da sua vontade e se sentir disposta, boa sorte! Que você tenha muito sucesso e continue sendo essa pessoa determinada! Abraço!

  28. Viviane

    Preciso trabalhar! Tenho 52 anos, sempre trabalhei como analista de RH, minha experiência é focada em treinaento, trabalhei em empresas de grande porte,com grande volume de trabalho, mas
    estou afastada do mercado ha 5 anos, tive que cuidar da minha mãe por isso me afastei do trabalho, e hoje, precisando voltar ao mercado de trabalho com urgencia, mas infelizmentepor mais que o meu cv esteja atualizado, sempre busco cursos para me manter atualizada, nao tenho uma oportunidade, ando desesperada por favor me ajudem, obrigada.

  29. Itamar

    Bom dia!

    Tenho 40 anos, sou Técnico de Segurança do Trabalho a mais de 7 anos, estou cursando o 9º sesmestre em Engenharia de Produção, inglês básico (estou tentando me aprimorar). Minha pergunta é: Com esta idade, será que consigo mudar de profissão e passar a trabalhar com esta nova graduação “Engenheiro”, pois pelo que percebo parece que as empresas só dão oportunidade de trabalho para pessoas mais novas: estágios, Treenee, etc…o que devo fazer para tentar uma vaga nesta nova profissão.
    Grato.

  30. Juliana Carla Ferreira

    Então….. EXCELENTE…. AMEI… quando dei por mim…. estava a horas lendo TUDO!!! QUE DELICIA!!!
    Olha, gostaria de receber uma orientação a respeito da pergunta: “Você tem algum problema de saúde? E na sua família?”. Eu sou muito sincera, não escondo, nao finjo, mas já fui orientada a mentir, esconder, o que você diria sobre o assunto?
    Obrigada desde já… um graaaande abraço!!!!

  31. Franklin

    Tenho 36 anos e minha vida toda trabalhei na area de manutencao automotiva e ja estava ocupando a posicao de Gerente. Apos um acidente que me deixou paraplegico tive que mudar de profissao, estou terminando uma faculdade na area de TI e tenho tentado conseguir estagio nesta area mas quando vou as entrevistas me deparo com garotos de 20 anos ou ate mais novos e acho que isso abala minha autoconfianca e acho tambem que deixo isso transparecer para o entrevistador, seria possivel se preparar de maneira que possa passar mais seguranca ao entrevistador?

  32. Luiz Vicente de Moraes

    Bom, estou com 48 anos, não me preparei para ter uma profissão. Deixei a faculdade de engenharia mecânica há 17 anos atrás para trabalhar em vendas. O tempo passou, eu me acomodei, e precisou acontecer coisas, para que eu mudasse. Em 2008, entrei numa sociedade para um comércio, que deu tudo errado, gerando dívidas que até hoje me rondam, e me prejudicando, pois estou com o nome sujo. NO ano passado, 2010, voltei a fazer a faculdade, fiz vestibular, passei, mas este ano não estou conseguindo pagar, vou ser obrigado a trancar. Mas estou fazendo um curso técnico em mecânica, aos sábados e pretendo seguir, poi acho que será mais fácil para eu conseguir uma colocação no mercado. Sei que a discriminação existe em relação a idade, mas não vou desistir, sei que até para um estágio na minha idade é muito complicado, ainda mais com o nome sujo, mas realmente não vou desistir. Vou lutar e ainda quero ver meu sonho da faculdade realizado.

  33. Francisco

    Estou com 37 anos começando uma nova etapa da minha vida.
    Por favor quando vou a uma entrevista as vezes me sinto inseguro tem algo que possa eu fazer para não deixar transparecer?

    • Pedro Addler

      Olá Franciso!
      As pessoas reagem de maneiras diferentes as entrevistas, mas é sempre comum ficarem nervosas e inseguras!
      Um segredo prático é agir normalmente, conversar como se estivesse conversando com um amigo, não se preocupe tanto, reaja naturalmente.
      Com o tempo também é comum se acostumar a tais situações!! Uma boa sorte na entrevista!!

      • jade

        Olá Francisco

        Pq não respondeu a minha dúvida???

        obrigada

  34. Marta

    Olá, tenho 48 anos e sou formada há dois. Fui demitida de uma empresa estatal que foi privatizada após 19 anos de empresa. Já perdi a conta das entrevistas que participei para iniciar na nova profissão, geralmente com pessoas com praticamente metade da minha idade. Não possuo experiência e não me dão oportunidades pois, quando me candidato a uma vaga para recém-formado, tenho a impressão que a empresa entende recém-formado = 20 a 30 anos de idade.
    Estou sempre disposta a aprender com os mais novos. Mantenho meu currículo atualizado realizando cursos… Acredito ainda, enfrentar outros problemas: o sobrepeso (que já estou resolvendo) e a questão étnica.
    Não quero ter um escritório próprio pois, desejo trabalhar com profissionais mais experientes. Sequer tenho problemas com subordinação ou hierarquia com pessoas mais jovens.
    No sei o que mais posso fazer para conseguir uma colocação no mercado. Você tem alguma sugestão?
    Grata.

  35. Claudia Oliveira

    Bom dia eu tenho 43 anos estou a 20 sem trabalhar! Voltei a estudar e estou terminando a faculdade de direito este mês, porém não tenho a menor ideia de como me recolocar no mercado de trabalho, gostaria de atuar na área em que me formei. Adoro advogar mas não me acho apta para abrir um escritório.

  36. Larissa

    Olá,
    Li alguns depoimentos e vi que não sou só eu que me sinto um lixo…
    Me formei em Direito em 2005, tinha tudo para dar certo, trabalhei em um escritório desde aos 16 anos, sai quando o advogado deu em cima de mim, isso ocorreu depois que me formei, foi quando conseguir trabalhar em um empresa de grande porte em que era necessário ser formada em direito com ou sem a oab, especializei na área (Contratos) e que atuo e quero continuar. Com isso não tentei mais a oab, já que fui reprovada por 3 vezes. O problema é que por causa de uma advogada que todos acham que tem problemas psiquiatricos, inclusive o próprio RH da empresa, acabei saindo… antes que ficasse doente. Ela não me aceitou, isso porque estava assumindo responsabilidades e muitos elogios de todos, com isso, ela não aceitava, porque eu não tinha nem a oab, assim foi, me hunilhando na frente de todos e querendo até mesmo prejudicar no trabalho. Não fui fraca, aguentei até onde eu pude. Agora, estou procurando emprego e não consigo por não ter a oab. Estou perdida, triste e não sei o que faço. Não quero advogar, quero continuar analisando contratos, sei que esse serviço e a maioria das empresas não sollicita a oab para exercer essa função, o problema é o preconceito de quem está entrevistando… Por que não ter a oab? Você não estudou?? Isso que ocorre…

    • Pedro Addler

      Olá Larissa!
      Continue sendo forte! Entendo perfeitamente o que ocorre, é normal o seu brilho ofuscar os demais profissionais da área gerando bastante inveja. As pessoas sentem incomodadas pelo seu sucesso e ameaçadas pois recebia elogios, desta forma buscavam alguma maneira de prejudicar. O preconceito existe e sempre existirá!

    • Laura deFrancisco

      Eu possuo OAB, passei de primeira.. sempres estudei muito mas nao tenho experiência, nao tive oportunidade de estagiar.

      Estou aqui com a OAB na gaveta sem emprego e meio desesperada..

  37. elaine

    muito bom saber que nao sou a unica sem formaçao a procura de emprego mi dediquei a casa marido e fillos e tenho que correr atras de mim agora mas a vida começa depois dos quarenta estou torcendo por nos da casa dos 40 bjos

  38. Euridice

    Boa tarde, tenho nível superior em administração e tenho 44 anos, porém sempre trabalhei em empresa própria com meu marido. Só que de uns tempos para cá a empresa não está mais rendendo como antes e tenho que partir para uma outra coisa. Mas estou muito em dúvida no que fazer….na minha área(administrativa) no que posso trabalhar? Posso dar aulas por exemplo.
    Obrigada

  39. ELISABETE APARECIDA BRAZ

    Ola ! boa noite.
    como faço pra localizar empresas que contratan pessoas com mais de 50 anos para trabalhar, pois estou desempregada e preciso trabalhar.
    aguardo um retono.
    abraço
    Elisabete

  40. Ana

    Tenho 41 anos e sou formada em economia, embora sempre tenha trabalhado em área administrativa. Passei a vida inteira estudando para nunca ficar sem emprego, mas não adiantou. Estou há 4 inacreditáveis anos sem trabalhar e mesmo enviando currículos toda semana não sou nem chamada para entrevistas. Neste tempo todo consegui um só emprego, mas achando que conseguiria outro que pagasse mais que um salário resolvi não aceitar. Tenho ótima aparência, nem de longe aparento minha idade, e sei que isso conta, mas não adianta nada. Falo inglês e espanhol em nível avançado e francês fluente, todos aprendidos no exterior, mas parece que o mercado está cheio de poliglotas. Tento vagas de secretária executiva, bilíngue ou não, ou assistente administrativo, mas ninguém nem me liga. Tenho 99% e certeza que é a idade, pois tenho a experiência exigida para as vagas. Até de professora de francês já tentei mesmo não gostando de dar aulas, mas também não adiantou.
    Não sei o que fazer para conseguir um emprego. É desesperador. Fiquei no meu último emprego por 4 anos. Saí de lá já entrando nos 38, mas de todo jeito para não pegar mal falo que de lá pra cá fiquei trabalhando como tradutora, pois se falar que fiquei procurando emprego e não encontrei ninguém acredita. Quem trabalha vive dando conselhos e como arrumar um, mas ajudar a arrumar ninguém ajuda.

  41. sara

    eu estou com uma grande duvida,durante uma entrevista de emprego para vaga de vendedor em uma transportadora me foi perguntado se eu iria fazer faculdade mais a frente eu repondi que sim que faria petroleo e gas,acho que me dei mal na entrevista pois falei algo que ñ tem nada a ver com a empresa o que vc acha,por favor me ajude pois estou muito preocupada,eu deveria ter mentido?

  42. André

    Bom dia!
    Gostaria de sua opiniao, tenho 38 anos, nao sou formado, tenho 2ºcompleto. Penso em fazer um curso técnico, porém me acho velho para isso, qual curso vc. indicaria para uma pessoa de 38 anos que busca um novo emprego?

  43. miriam

    Fico indignada de ter tanta vontade ,precisão e comprometimento e também disponibilidade de trabalhar e ser tão discriminada, e o preconceito é demais isso é o verdadeiro (câncer) que ronda essa nossa trajetória de procura de emprego ser tão penosa,e olha que eu apenas quero uma vaga de auxiliar de cozinha,não desmerecendo a minha função porque cozinhar é uma arte,enfim mais um final de ano desapontando os meus filhos e a mim mesma…desempregada!!!Se quiserem me indicar uma vaga 2516-0141.

  44. miriam

    Olha tem dia que eu gostaria de sei lá fazer uma besteira que piór do que estar desempregada é não ter nem o dinheiro da condução porque você já sai desmotivada de casa e desestimulada porque você já imagina , o preconceito é tão grande que as vezes acho que todos estão com nojo de mim ,é simplesmente cruel , injusto e deprimente procurar emprego com 43 anos, mal sabem todos que a nossa bagagem com maturidade , conhecimento e empenho é rica, coisa que hoje em dia não existe mais em nenhuma função, preparo para gerar resultados positivos.

  45. Sarah

    Olá tenho 29 anos recem completados, trabalhei por 8 anos na area administrativa de vendas do segmento automotivo e recem demitida de uma empresa que atuei aprox 3 anos na area comercial segmento quimico, ambas sao de pequeno porto, preciso me recolocar no mercado, faço poucas entrevistas, tenho graduação em adm e pos concluido agora em marketing, sempre invisto em minha educação, mas ate o presente momento nao obtive retorno, acredito que preciso melhorar , ou me posicionar e otimizar meu perfil, pontos fortes, gosto de desafios, sou compremetida, gostaria de trabalhar numa media ou grande empresa, porém ainda nao tenho um bom ingles, para almejo a ascensao profissional, to perdida ..me ajuda , me diriciona por onde possome recolocar no mercado?

  46. Luciane

    Olá ,
    Tenho 39 anos sou tecica de enfermagem do trabalho tenho experiencia ha 12 anos , sou formada em tecnico em segurança do trabalho e 2012 iniciarei uma graduação de gestao RH .
    Mudanças e sempre bem vindas , mas aos 39 anos será que cnseguirei entrar no mercado de trabalho sendo que todos cursos de graduação e necessario estagio e estagio pagam pouco.
    vou arriscar .afinal quem nao arrisca nao petisca ..risos
    obrigada

  47. mateus sales bispo

    oi eu qcabei de sair de uma firma e estou louco por qualquer serviso pq tenho muitas comtas pra pagar e estou mesmo presisando disso e quero se puder trabalhar amanha mesmo se for possivel tabom me ajuda tabom sou o mateus tenho 19 anos.

  48. solange

    olá, tenho 36 anos e estou na área da saúde, mas adoro desenhar, e tudo que envolva casa design,mas tenho medo de fazer uma graduação na arquitetura me formar com 42 anos e não conseguir ingressar na área por falta de experiencia e a idade, por tanto estou entrando na área de artes visuais com o coração na arquitetura

  49. solange

    Sera q deveria ir de cara nisso? Sera q estou enganada?Não queria ter a frustração de me formar em arquitetura e ter que guardar o diploma na gaveta.São muios questionamentos, gostaria de uma opinião de uma pessoa experiente como vc, obrigada

  50. Helena

    Olá gostei muito do portal e gostaria muito de uma orientação profissional de vocês, tenho 30 anos e não concluí nenhuma faculdade na adolescência, fiquei perdida sem saber que curso seguir e fui trabalhando em várias funções diferentes, agora com a maturidade tenho a certeza da profissão que eu gostaria seguir; negociador internacional, portanto comércio exterior. Jamais atuei na área, trabalhei com marketing e venda e tinha bastante facilidade, moro no Japão, falo inglês fluentemente, francês, português e estou estudando paralelamente a língua japonesa. Gostaria ter cursado uma universidade mas por morar em outro país era inviável e agora a universidade católica ministra a distância curso de bacharel em administração com ênfase em comércio exterior que dura 4 anos e também ministra o curso de tecnologia em comércio exterior que dura 2 anos. Além de alguns cursos de pós graduação a distância na área. Antes de ingressar na faculdade gostaria de ter uma opinião sincera sobre as chances que terei, pois ao terminar a faculdade terei em torno de 35 anos. Primeira pergunta: Quais as reais chances para o primeiro emprego na área com 35 anos? Segunda pergunta: Vale a pena investir no curso de bacharelado com ênfase em comércio exterior que dura 4 anos e assim como mencionado pelo artigo de vocês, poder atuar com áreas gerenciais ou já por ter idade avançada fazer o curso de tecnologia em comércio exterior de 2 anos e depois uma pós? Terceira pergunta: Apesar de no diploma não vir escrito que se trata de uma formação a distância, vocês acham que terei distinção numa entrevista de emprego em relação a alguém que cursou o curso presencial? Gostaria muito da orientação de vocês, muito obrigada desde já!!!!

  51. Luiz

    Prezado Pedro, boa tarde.

    Achei muito interessante este site e aproveitando a oportunidade gostaria de uma sugestão sua para minha carreira profissional.
    Estou completando 47 anos, sou bacharel em direito e tenho pós em marketing. Atuo na área comercial há aproximadamente 18 anos onde exerci cargos operacionais e de gestão. Depois de quase 1 ano desempregado estou atuando numa grande empresa multinacional há 1 ano no cargo de vendedor e não muito satisfeito com a atividade, pois o que me desmotiva não é a empresa mas as cobranças por metas mensais (algo normal na área de vendas) e o fato de realizar o mesmo trabalho de quando iniciei na área. Gostaria da sua sugestão para o que devo fazer, pois necessito trabalhar mas sinto-me deslocado nesta condição. Não sei se busco uma nova recolocação no mercado em um cargo de gestão ou busco iniciar uma nova carreira, o que seria bastante dificil na atual fase pois não disponho de recursos financeiros.
    Obs.: Também não tenho um segundo idioma.

    Agradeço imensamente sua colaboração.

    Abs…

  52. Edna Aparecida Vicente de Souza

    Estou com 44anos, tenho uma entrevista daqui a uns 15 dias para area da enfermagem preciso de algumas dicas pode me ajudar?
    Quais as perguntas mais frequentes?

    • Pedro Addler

      Olá Edna,
      Que notícia boa! Uma entrevista de emprego é motivo de grande alegria! Primeiramente tenha confiança, acredite que aquele cargo é seu, passe conhecimento da área, mostre o que deseja, disponibilidade e vontade de aprender além do que já sabe! Isto é muito importante!
      Sobre as perguntas que poderão ser feitas, segue uma pequena lista, mas não é regra, pode ser que te perguntem coisas diferentes.

      Conte-nos algo sobre si mesmo.
      O que fez você escolher a área de enfermagem?
      Você tem alguma experiência neste campo? Se sim , por que você deixar o seu emprego anterior?
      Você é um residente local?
      Você quer fazer sua carreira de enfermagem?
      Breve me sobre sua família.
      Você pode trabalhar em turnos?
      Na sua opinião , que é uma enfermeira ideal?
      É a sua família depende de você?
      Se necessário, você pode trabalhar aos domingos ?
      Você está satisfeito com o trabalho em equipe, ou você prefere trabalhar individualmente ? Por quê?

      Boa sorte! Abraço! :)

  53. Adriana

    Ola tenho 44 anos e vivo a 22 anos em nova york ja tendo trabalhado em varias coisas, como bartender, gerente de restaurante, baby-sitter e por ultimo de assistente pessoal de uma psiquiatra fazendo tudo desde de organizacao de agenda ate tudo na casa e filhos que e o faco agora. Sou mae solteira de um filho de 16 anos que vai para a universidade em breve, mas estou muito infeliz aqui e gostaria de voltar para o Brasil e ficar com meus pais que ja estao de idade, mas tem uma vida estavel. Essa pais e bom mas a solidao e depressao estao me fazendo ficar doente e so quero encaminhar meu filho e ir embora mas tenho medo pois sei que o Brasil descrimina a idade da mulher e eu tenho medo de nao arrumar trabalho ai e me sinto velha e incapacitada. Falo ingles fluente, espanhol e fiz dois anos de universidade de direito antes de vir pra ca e sou bem culta mas desencorajada e triste. Por favor me ajudem, sinto que perdi minha identidade e nao sei quem sou ou o que posso fazer. Obrigada.

    • Pedro Addler

      Olá Adriana,
      A vida fora de seu país não costuma ser a melhor opção para o lado afetivo. Geralmente, a solidão bate, a vontade de estar próximo a familiares, ter aquele aconchego da sua terra natal. Parabéns por criar seu filho e desejar o melhor para ele, você demonstra muita garra, isto é essencial. Sobre voltar para o Brasil acho que seria uma boa opção, afinal aqui você tem seus pais que te darão apoio e amor. Quanto a sua idade e o mercado de trabalho, não se preocupe. Pelo que vejo você terá grande chance de arrumar um emprego. Você fala Inglês e Espanhol, dois idiomas com grande procura por professores particulares. Já pensou em unir isto? Estar com família, filho e um emprego em casa? Tenho certeza que irá encontrar novamente força para recomeçar sua vida no Brasil. Existem também cursos superiores, tecnologos ou bacharelado, tanto a distância quanto presencial. Caso, tenha interesse de retornar os estudos, terá várias opções. Para aprender, recomeçar e inovar não existe idade. Boa sorte! Abraço! :)

  54. Marcia

    Olá Pedro addler, tudo bem?
    tenho 41 anos, me formei professora há 22 anos, e fui para o Japão trabalhar como dekassegui esse tempo todo! voltei e tenho um filho de 3 anos, e estou numa crise para conseguir um emprego. Me dê umas palavras para prosseguir aqui no Brasil.

    • Pedro Addler

      Olá Marcia!
      Tudo bom e com você?
      Parabéns pela sua garra e coragem, são poucas as pessoas que conseguem arriscar, ir para outro país. Mas fico feliz de ter retornado ao Brasil.
      O mercado tem exigido, ele busca cada vez mais pessoas qualificadas. A minha dica é utilizar a sua formação de professora e agregar valor a ela. De que forma? Existem cursos superiores e de pós-graduação a distância (EAD). Você pode estudar em casa, pelo seu computador, tendo aula presencial uma vez por semana. Assim você poderá cuidar dos afazeres de casa e de seu filho e estudar ao mesmo tempo. Com certeza, com isto novas oportunidades de emprego irão surgir. Como sua experiência no exterior (Japão) você deve ter um conhecimento do Inglês ou Japonês, já pensou em dar aulas particulares destes idiomas ou de um deles? Espero que você consiga prosseguir novamente em nosso país. Boa sorte! Abraço! :)

  55. Marilene Cuesta

    Olá,

    Tenho duas graduações em Biomedicina e Farmácia e Bioquímica e pós graduação em imagenologia.

  56. Fabiano

    Tenho 40 anos, trabalho na área de logística/almoxarifado e gostaria de saber o que responder na pergunta para vaga de supervisor:Conte-me sobre uma situação que você tenha superado todas as expectativas de trabalho.

  57. Carlos Roberto Peres Rodrigues

    Olá Pedro tudo bem,tenho vou fazer 42 anos, solteiro e no momento estou desempregado.
    Durante minha vida trabalhei como vendedor em loja, motorista e cheguei a montar negócio próprio. Mudei de cidade e estado enfim.
    A cerca de 4 anos atras resolvi fazer um curso técnico em Logística e um ano após o término curso Tecnologia em Logística pela Fatec e estou no 3° semestre, estou fazendo um curso de ingles com o dinheiro da minha demissão, no entanto estou tendo dificuldade de achar um estágio, pergunto a você, será que com tudo isso estágio na minha idade é mais difícil ou devo colocar meu objetivo no currículo como “atuar na área de logística” e ver o que dá?Sinto dificuldades em relação a estas dúvidas. Obrigado

  58. Bom dia!

    Meu nome é Ana e já sou formada Letras,e Pós-graduada e Psicopedagogia, porém nunca trabalhei na área, pois entrei no ramo político e estou a um bom tempo. Só que estou sentindo uma grande necessidade de voltar a estudar, Mas não sei o que fazer,e tenho medo de fazer outro curso e não seguir a profissão. O que vc sugere?

  59. Maria Silva

    Tenho 45 anos, tenho graduação em comunicação social (jornalismo e Relações Públicas) e estou terminando um pós graduação em Produção Cultural. Por conta de doença na família me afastei do empego desde 2008 e venho trabalhando como autônoma na área de produção cultural,preciso e desejo muito um emprego fixo e não consigo aqui em Recife, é muito difícil viver dependendo de edital do governo. O que fazer?

  60. Isabela F Trevizan

    Olá! Tenho 44 anos e estou fora do mercado de trabalho a 20. Sou formada em Pedagogia com especialização em Administração Escolar,também sou formada em dança pela escola Municipal de Bailados de São Paulo e pela Royal Academy of Dancing London.Por questões pessoais a 20 anos atrás optei por abdicar de minha carreira (dava aulas numa instituição de ensino a 5 anos),para cuidar de minha família. Agora estou passando por uma separação e sentindo a necessidade de voltar para o mercado trabalho. A dificuldade é grande,primeiro por não ter uma orientação do que procurar,o que fazer,depois pela falta de opções no mercado para alguém tanto tempo fora dele ,sem experiência e atualizações e terminando pela idade.Não sei se pode me ajudar ,mas gostaria de uma orientação….por onde começar… Obrigado.

  61. joao paulo

    boa noite,gostaria de saber a possibilidade de emprego para minha mãe ,ela tem 44 anos e ela e uma pro finalizante de mercadoria e queria saber onde faz para trabalha, a entrega do corriculo e desde ja agradeço pelo colaboraçao(obrigando)estou aguardando sua resposta;

  62. Eduardo Rodrigues da Silva

    Olá Pedro
    Tenho 47 anos e 20 anos de experiencia como analista de custos e orçamentos .

    Apos 16 anos trabalhando em uma multinacional troquei de empresas e trabalhei 6 anos e meio em uma empresa nacional com a mesma função .

    Apos perder o segundo emprego fui procurar atualização

    Me formei em 1996 em Bacharel em Administração e em 2010 Fiz um curso de Mba em CONTROLADORIA .
    Atualmente estou cursando curso de ciencias contabeis .

    Trabalho atualmente como COORDENADOR FINANCEIRO , me viro bem no setor , porem estou sempre procurando melhorar minha posição estou constantemente sendo convidado a entrevistas e o que me frusta é sempre ter exigencia para função de custos com ingles fluente .

    Isto esta me encomodando , sera que tenho que fazer um curso de ingles?, já tentei durante 3 anos e não consegui ser fluente ….

    No meu caso as propostas aparecem , porem o que esta atrabalhando é o idioma .

    abraços

    Eduardo

  63. Rodrigues

    Ola Pedro,
    Sou graduado em Economia com pós graduação em finanças, mais de 16 anos de experiencias nas areas adm e financeira, tenho 48 anos e estou a 2 anos fora do mercado, Vc acha que apesar da Idade tenho chances de retornar? Quais dicas vc me da.

  64. patricia

    tenho 42anos estou desempregada a 9 meses nao sei mais oq fazer estou ficando louca,moro em mg onde existem mt vagas na mineradora samarco,chego nas empresas só tem pessoas de outras cidades trabalhando estou desesperada

  65. patricia

    todo mundo fala q nao pode ficar desesperada,ansiosa,como nao ficar se ninguem da um oportunidade,tenhos boas experiencias,todo mundo fala q tneho um curriculo bom,é tanto q nao tem como nao ficar chateada e com baixa alta estima,se nao somos reconhecidos através de nossas experiencias passadas

  66. Odineia

    Ola!
    Estou parada há 1 ano e 1 mês, tenho 42 anos de idade e trabalhei em uma entidade filantrópica junto a Prefeitura de minha cidade. Estou cansada de enviar curriculos e ir a entrevistas que esta parecendo mesmo é gastar tempo e dinheiro, estou fixada no micro em ficar enviando emails. Não sei mais o que fazer sou graduada e RH 2 anos apenas como tecnologa, mas como nao exerci esta funcção na minha ultima empresa não estou conseguindo nem entar na area administrativa. Penso que é a idade que esta em barreira. Vivo mudando o currículo e até colocando atendimentos em geral para ver se dentro de uma outra empresa eu possa crescer novamente. Mas as que acabam chamando são as de telemarketing que é metade dos salários e muita pressão psicológica. Sai com um salario 3 vezes maior pois sai com salario de Gerente. Sera que meu currículo esta demais para uma outra vaga?? Devo mudar totalmente meu currículo e ir atras profissão?

  67. marcio pereira

    Olá Pedro ! tenho 42 anos, boa vivencia na área comercial e também na construção civil, acabei de me formar em ciências contábeis,e outros cursos que agregam esta área, estou com muita energia pra o que der e vier, porém com uma dúvida cruel: são tantas as opções(outas não citadas) não sei que caminho seguir a não ser ficar estudando! o que seria mais aconselhável? me dê alguma palavra pois tudo que faço gosto!

    • Pedro Addler

      Olá Pedro! Você precisa ver o que mais te agrada e faz seu perfil!

      Obrigado por visitar o Guia da Carreira!

  68. anita

    boa tarde,
    francisco gostaria de saber se uma pessoa com 41 anos nivel tecnico em contabilidade, e que nao possui carteira registrada pelo fato de trabalhar na area de vendas (autonoma) se tenho chances de ir para o mercado de trabalho, por exemplo a area de produçao (fabrica) os empregadores dao vagas para esse tipo de publico?
    um grande abraço. anita.

  69. Lilian

    Tambem gostaria de orientação, tenho quase 40 anos,ensino médio e 14 anos de experiencia na area administrativa, mas por alguns motivos(pessoais)estou sem trabalho(com registro em carteira à 6 anos)já enviei diversos curriculos e nada.Já prestei concurso publico, mas ainda não fui chamada. Gostaria de saber em Que àreas os profissionais desta faixa estária conseguiriam mais fácil uma recolocação.

  70. lilian almeida

    Por favor gostaria de saber em que areas há mais chance de emprego para pessoas com 40 anos? adianta a esta altura fazer curso técnico?

    • lilian almeida

      completando mina dúvida acima tenho 40 anos e a 6 anos estou fora do mercado e com dificuldades para retornar. quais são suas sugestoês?

  71. Antony Victor de Hortencio Félix

    Olá,Pedro!

    Tenho 38 anos, sem formação superior. Decidir e tenho apoio de minha familia e esposa para fazer faculdade de Eng. Ambiental, minha preocupação é a minha idade, e o conteudo das materias que incluir CALCULOS,QUIMICA E FISICA,admito nunca fui bom nestas materias, existe ma lacuna muito grande em meu historico academico, vou tentar vestibular em Dezembro/Janeiro e até lá estou procurando fazer aula particula, para reavivar formlas antigas, já pesquisei sobre a profissão e le comentários de alunos que desistiram e os que insistiram disseram que por pouco não entregaram o jogo. Todos reclamaram dos calculos,eu não tenho uma basé solida em matematica e sei que será dificil para mim tenho ate o fim do ano para ver se é isso mesmo que quero mais se for sei que o esforço será grande…

    Preciso de conselhos….

    • Pedro Addler

      Ola Antony! Ensino superior nos dias de hoje e essencial! Dificuldades em materias podem ser superadas com horas de dedicacao e estudos… Va em frente!

  72. Paulo Hermógenes

    Sou recém-formado em uma segunda formação, já fiz cinco cursos de extensão referente a minha formação, e tenho 42 anos, o que me falta experiências relacionadas as minhas formações, envio mais de 10 curriculos por dia para empresas, solicitando uma oportunidade mesmo como auxiliar e não sou chamado para uma entrevista o que faço?

  73. marcello brandão

    ola pedro,tudo bem?
    tenho 48 anos ,trabalho na area de ensaios não destrutivos(sou operador de gamagrafia)radiografia industrial trabalho a vinte anos nesta função,para melhorar aminha qualificação profissional estou estudandotecnico em fabricação mecanica no instituto federal,mas posso afirmar que a vida é uma luta constante e se ficarmos sempre sentindo pena de nós mesmos seremos escravos do sistema e isto não muda nunca
    Fé em Deus,força e esperança…afinal o Brasil esta se tornando um país de meia idade…
    abraços

  74. Lilian

    Por gentileza Pedro será que pode responder minhas dúvidas???

    • Pedro Addler

      Olá Lilian! Quais são as suas dúvidas?? Tem muita gente que segue o niosso site! =)

      Obrigado por visitar o Guia da Carreira!

  75. Wagner

    Olá tenho 47 anos, mas já fazem 3 anos e não consigo uma recolocação no mercado, não passo das entrevistas, acredito que seja pela idade e por não ter formação universitária, mas tenho experiencia vasta mas isto não conta muito acredio, já abri mão de salário e nem assim será que terei que andar com uma placa pindurada no pescoço com anuncios tipo “compro ouro”???

  76. Odizio

    Também tenho muita vontade de voltar ao mercado de trabalho, porém parece que os rh das empresas tem critérios restritos quanto ao profissional ou pessoal nesta idade quanto a sua seleção no entanto depende muito também de quem é entrevistado.
    Pois se ele passar com segurança sem demonstrar nervosismo em suas respostas e veracidade das mesma terá mais chance de ser selecionado para proxima etapa.
    È isso aí pessoal boa sorte para todos.

  77. sandra

    ola meu nom é sandra tenho 41 anos sempre trab de costureira, ja tive minha propria confecção mais estou cançada e gostaria de ter outras experiencia de trab como vendedora ja que gosto muito de lidar com pessoas mais ñ sei se com experiencia nehuma comcigo

  78. Penelope

    Olá tenho 40 anos e quero retornar ao brasil sou formada com pos graduação mas nao exerco ha 5 anos a minha função. Atualmente estou a fazer cursos pela net, mas ao procurar emprego vejo que muitos pedem o ingles que eu não tenho. meu maior receio e sera que tem emprego para psicopedagogos sem falar ingles?

  79. André Luiz

    Olá, Pedro. Como vai?
    No meu caso fiz 38 anos, estou a 1 ano e meio para acabar a faculdade de Engenharia Civil. Tenho um emprego que consigo uma retirada de 4000,00 reais mensais, trabalho na empresa do meu Pai, desde dos 18 anos de idade, mas vejo muitas dificuldades por motivos familiares, como madrasta, e outros irmãos, além de ser apaixonado pelo curso e profissão que estou me preparando.
    Como você ve as minhas possibilidades para encarar o mercado de trabalho na minha área, tem algum conselho motivador?
    Grato e parabéns pelas opiniões.

    • Pedro Addler

      Oi André, muitas vezes precisamos arriscar para agarrar outras oportunidades. Tente conversar com seu pai, sobre a possibilidade de diminuir suas horas na empresa para que você possa tentar um estágio e vá aos poucos ingressando no mercado. Desta forma você não fica totalmente sem renda e pode conhecer o mercado do seu curso. Boa sorte!

  80. MariTasca

    Ola , ando super deprimida com minha situação… me divorciei meus filhos n moram comigo, quase me formei, faltou uma monografia p entregar, Fiz RH mas não gostei do curso, mas como foi uma bolsa aceitei, estou desempregada, mas sempre tive algumas micro empresas, quando casada, agora estou perdida e sem motivação… acho tudo chato, sem sentido e ja estou c 43 anos, me sinto uma senhora de 80 … o que posso fazer??

    • Pedro Addler

      Oi Mari, enquanto a gente se sente deprimido é muito difícil encontrar o caminho certo. Eu sugiro que você procure o auxílio de amigos e da família para encontrar uma saída. Você pode começar fazendo um curso, voltando a estudar, se sentir mais útil, o que acha? Tente fazer o que gosta, fazer exercícios pela manhã, se alimente bem e boa sorte! Você merece ser feliz!

      • MariTasca

        Obrigada Pedro !! pois é foi o q fiz terminei minha facul agora em julho, ficou pendente esta última monografia, mas nem fui la ainda rever esta situação de tão desanimada que ando. Mas pretendo sair dessa urgente não sou do tipo que fica se lamentando, só não sei por onde devo começar, a minha família que só são minha mãe e irmã… estao muito bem nas vidas dela, tudo esta super bem , e acho que elas n percebem como eu estou , e sou do tipo q fico na minha e vou tentando sozinha mesmo. Mas obrigada pela força!! bom final de semana .

  81. Marcia Antonia

    Olá tenho 42 anos e estou me sentindo um lixo sou prestadora de serviços para uma empresa que presta serviço para outra aonde me dediquei 03 anos da minha vida , deixei filhos ,maridos familiares pra conquistar minha vida financeira e ser bem sucedida mas por causa dos erros de uma outra pessoa , eu paguei e fui destituida do meu cargo , hoje continuo na minha empresa ainda mas voltei pro cargo antigo mas não tenho vontade de viver o que faço saio e começo denovo ou fico quieta

    • Pedro Addler

      Olá Marcia! Essas coisas podem acontecer com qualquer um! Confiança é uma coisa muito díficil de se recuperar, mas mostre que voce tem potencial e mantenha-se na empresa! Faça seu melhor, logo menos seu valor será reconhecido novamente!

      Obrigado por visitar o Guia da Carreira!

  82. Elenice Medeiros da silva Rodrigues

    Gostaria de mais Imformaçaõ.

  83. lucia maria sousa

    INFELIZMENTE MORAMOS NUM PAÍS PRECONCEITUOSO ONDE AS OPORTUNIDADES SÃO BARRADAS COM A IDADE ONDE DEVERIA SER O CONTRARIO A EXPERIENCIA DEVERIA SER MOTIVO DE UM MELHOR APROVEITAMENTO.SOU FUNCIONARIA PUBLICA MEU SALÁRIO É UMA MERRECA NÃO GOSTO DO QUE FAÇO ESTOU SENDO FORÇADA A CONTINUAR DEVIDO A DIFICULDADE PARA ENCONTRAR UM NOVO EMPREGO POIS JÁ ESTOU CHEGANDO AOS CINQUENTA ANOS, APESAR DE TER CURSO PEDAGOGICO FALAR LINGUAS E ESTAR CURSANDO BACHARELADO EM TEOLOGIA. A SOLUÇAO E ESTUDAR PARA NOVOS CONCURSOS QUEM SABE DA CERTOS.

  84. ana lillian pereira crrelo

    entrevista de um cientifico

  85. Janete

    Boa Noite, gostei muito das dicas acima, bem como os depoimentos. Entretanto me sinto desanimada com o mercado, ja me escrevi em diversos site de procurar de emprego, paguei, envio diariamente as vagas que recebo entretanto praticamente a 3 meses estou desempregada, tenho 42 sou pos-graduada, tenho ingles intermediario, tenho cursos de atualização e penso em realizar outros entretanto, como não se sentir “um nada” com esta bagagem. Obrigada

    • cristiane

      Boa noite pessoal
      Nossa com tantas pessoas passando pela mesma situação daria para abrir uma empresa de prestação de serviços, ja que não conseguimos atuar na nossa area

  86. Nivaldo

    Caro Pedro, boa noite;
    Olá, meu nome é Nivaldo tenho 45 anos e estou com enormes dificuldades de me recolocar no mercado alcançando valores que possa ter uma sobrevivencia digna para mim e minha familia,tenho 08 anos de formação na area de Mecanica e Metalmecanica, ou seja sou Tecnico formado com 04 anos em cada uma das especialidades citadas e estou cursando o quarto ano de engenharia de produção,fiz meu ultimo curso de especialização no inicio do ano na FGV; tenho 16 anos de experiencias na area de manutenção e por ai vai; não tenho vicios,porem não estou conseguindo uma colocação no mercado, tem horas que fico totalmente desmotivado por tal situação, o que acha que devo fazer para reverter esta situação e conseguir um bom emprego; será que a idade tem sido um obstaculo?
    Obs. os bons empregos que tive onde possuia uma boa renumeração e boas colocações foram recentes porem fui sempre alvo de marketing negativos dos colegas em relação a minha pessoa ocasionando assim minhas saidas da empresa.
    Obrigado pela atenção dispensada.

  87. ricardo

    Ola Pedro,estou numa duvida,tenho 37 anos,minha experiencia vem toda da area contabil,mas tranquei a faculdade de contabeis(por que odeio contabilidade,no sou feliz),e comecei a fazer uma faculdade de biologia a distancia(faltam 2 anos)mas tranquei tambem devido a dificuldade de emprego,entretanto estudando para concursos publicos me encantei com Direito,e agora estou numa duvida cruel no ano que vem agora ou comecar a faculdade de direito(aproveitaria algumas disciplinas de contabeis que fiz)ou retornaria a biologia,gosto das duas,o ideal seria as duas(mas nao tenho dinheiro nem tempo para fazer as duas,pois continuo estudando para concursos publicos)ou cursar biologia e depois direito,só que terminaria tudo bem depois dos 40,ae me da uma certa desanimada,sou puniciado em familia por nao ter terminado contabeis pois faltava 1 ano e meio,mas contabilidade nao aguento mesmo,sei que é uma decisao muito pessoal ainda mais na minha idade que já deveria estar estabelecido na vida,mas tu terias alguma dica para me dar,é muito importante para mim,grato Ricardo

  88. Neia

    Olá Pedro!gostei muito de visitar o Guia da Carreira.Por favor me ajude, nessa decisão.
    Tenho 40 anos sou divorciada,trabalho a 18 anos em uma empresa no setor administrativo,apesar de ter um bom relacionamento com meu patrão e meus colegas, sinto que nao estou preparada.Então agora resolví fazer faculdade de Ciências Contábeis.você acha que é tarde pra isso? ou nao tem necessidade? apesar de ter um emprego garantido.Obrigada e um grande abraço.

  89. lucinei

    Lucinei
    Bom dia!tenho 49 anos,e o ensino médio completo e o único lugar que trabalhei até foi de balconista de carteira assinada só por 7 meses em uma padaria,perdi muitas oportunidade de emprego por não ter tido muita experiência no longo desses anos,pois eles apresentam 3 ou mais palavras para escolhermos uma delas e fazer uma redação de no máximo 15 linhas falando a respeito.
    por exemplo:desemprego,foi a que escoli,gostaria que me desse alguma sugestão e exemplo de redações.estou para ver um emprego em um supermercado e não sei que tipo de redação terei que fazer, me de um exemplo por favor!me desculpe por ter sido longa. E muito obrigada!

  90. Carla

    Boa tarde!

    Tenho 39 anos, minha área é admnistrativa, sempre trabalhei no setor financeiro, faturamento,vendas, compras e outros, fui gerente de vendas durante 03 anos de uma distribuidora, sempre tive cargos de liderança, cursei letras , mãs não terminei, trabalhei em várias empresas, e ha 03 anos me demiti de uma empresa na área da saúde, pois fiquei muito descontente e estava abalando meu lado emocial, já estava ficado doente, mas gostava muito de trabalhar nessa empresa, após isso investi em empresas com representações comerciais como autônoma e tive sérios problemas, muito prejuízo financeiro, problemas afetivos e depressão, e sinto que fiquei muito desatualizada. Hoje não consigo emprego com CLT, envio vários currículos todos os dias e ninguem me chama para fazer entrevista, estou desesperada, estou até estudando para prestar vestibular no ano que vem na área da saúde, mas só poderei fazer se conseguir um emprego. Gostaria de receber uma orientação para atualizar no mercado e melhorar meu curriculo.
    Abraços.

  91. martha

    Meu irmão tem 44 anos..trabalhou quase 10 anos sem carteira assinada..está parado mais ou menos 1 ano..todo lugar q vai precisa de experiencia…ele está desiludido..o q fazer???

  92. Guilherme

    Oi Pedro, sou administrador de empresas e nos ultimos 10 anos administrei meu propio negócio.
    Tenho interesse em voltar ao mercado de trabalho, qual a sua dica.
    Minha idade, 36 anos.

  93. Roberto

    Tenho 42 anos e trabalho por conta própria a 25 anos. Sou cabeleireiro, onde trabalho juntamente com minha esposa. Através da minha insatisfação com a profissão em 2005 comecei um novo negócio na internet; achei um nicho que ainda não havia sido preenchido, e comecei a vender cosméticos profissionais, naquela época não existiam sites comercializando este tipo de produto. Eu não tinha nenhum dinheiro para começar o negócio, comprava um produto com cheque pré datado e vendia, e a cada produto pago comprava dois com o lucro. O negócio deu tão certo que comecei a dedicar-me ao novo negócio, especializei-me e o negócio foi crescendo de vento em popa, crescemos a estrutura, precisei contratar mais pessoal, criei um call center, enfim, estava tudo dando muito certo. Minha empresa cresceu tanto que até exportação comecei a fazer. Em 2010 comecei a notar que as vendas estavam começando a diminuir e comecei a ficar preocupado, como prevenção criei uma marca de cosmético e patentiei o mesmo. eu olhava os gráficos e vi que a receita começou a diminuir, tive que fazer cortes de despesas e comecei a encolher novamente, tive que demitir funcionários que eram 8 ao todo, e perdi tudo, porque muitos começaram a vender produtos na internet e muitos deles eram os próprios fornecedores que vendiam para mim e com preços menores que o meu. Conclusão: Hoje estou infeliz e desgastado, individado, nome sujo, baixa auto estima, até engordei por conta disto. Não gosto mais de trabalhar na minha profissão, perdi muitos clientes por ter me dedicado a loja e hoje estou amargando. Vou fazer uma faculdade voltada para área ambiental e também estou estudando para concurso público. Mas não vou desistir de ser feliz, já que somos obrigados a viver, o melhor a fazer é procurar ser feliz. Se puder me dar alguma dica ficarei imensamente agradecido. Abraços e boa sorte a todos.

  94. Ange

    Olá! Eu me formei no exterior e gostaria de fazer outra faculdade porem estou encontrando varios obstáculos. O Primeiro é que descobri que deveria ter reconhecido meu diploma na embaixada do Brasil no exterior, sendo que agora não tem como reconhece-lo (o processo é muito desgastante e de alto custo). O Segundo é que as universidades/faculdades Brasileiras não reconhecem meu diploma, nem se estivesse traduzido/juramentado. Fui informada que devo passar pelo processo seletivo normalmente, ou seja, só fazendo a prova/vestibular. Estou pensando em fazer o cursinho em 2013, só assim terei chances de voltar a estudar. Gostaria de sua opinião, estou agindo corretamente ou existe outra forma de entrar na faculdade? Obrigada!

  95. Alvaro Coutinho.

    tenho 31 anos, mas por causa da depressão,nunca trabalhei e acordei agora para vida, tenho muitas dificuldades de enfrentar o mundo lá fora mas nunca fui preguiçoso, já fui recusado numa entrevista nem sei mas quem acreditar perdir a confiança nas pessoas..uma solução aliviaria meu coração estou correndo fazendo cursos, tenho salvação.

  96. Elaine

    Boa noite, tenho 38 anos e estou no meu atual emprego a 15 anos, trabalho como assistente administrativa, exercendo funções em todas as áreas da empresa, pois é um empresa pequena. Sempre amei estudar, terminei a dois anos o Curso de Tecnólogo em Gestão Financeira, e estou muito motivada a estudar inglês e espanhol, pois tenho sentido muita necessidade de crescer profissionalmente, minha pergunta é, pela idade, será que ainda poderei ter chances de uma boa colocação depois dos cursos de linguas?
    Desde já agradeço.
    Abraço

  97. francisco de melo

    Tenho 56 anos-sou bacharel em ciencias contabeis,formado em 1985, tenho pouca experiencia
    na profissao, alem disso, estou fora desse mercado
    desde 2003 até hoje( dez/12).o que voce me orienta?

  98. Cyntia

    Pedro, Sou formada em adm. em uma boa Universidade, porém entrei para o curso de Direito há alguns anos e ainda não conclui, caso realmente volte estarei formada com 40 anos, gostaria de sua opinião sincera da real possibilidade de iniciar uma nova carreira com mais de 40 anos e obter sucesso. O preconceito é muito grande. Por favor, aguardo sua opinião.

  99. Welington

    Olá! Tenho 41 anos, me formei em Jornalismo há quatro anos atrás e não consigo nenhum trabalho na área, já que sempre mando curriculum para todas as empresas de comunicação. Não sei se é porque eu trabalho como Cuidador de idosos há dez anos e o meu curriculum não cita nada de trabalho na mídia, ou se é por causa da minha idade?

  100. Judite

    Olá, nossa! poderia me comparar com muitos amigos acima, Vou contar a vida rotina e gostaria de ajuda pois também não sei o que fazer. trabalho à 04 anos, em uma empresa de porte pequeno e familiar de aproximadamente 100 func, sou bem remunerada e gosto muito do que faço, porém quando entrei, a pessoa que trabalhava nesta Empresa estavá se desligando e por problemas pessoais, me ensino o básico, sofri muito, muitas lagrimas rolaram e agora a pessoa voltou achando dona do pedaço, meu Deus estou aflita, pois tudo ela quer saber e parece que nunca saíu dalí, comecei a mandar meus currículos, mas não sou chamada nem pra entrevista me ajudem o que faço, pois não quero ficar desse jeito angustia, triste e me tornando uma pessoa egoista, mas ela esta me trazendo insegurança de perder o meu emprego, pois como disse é uma empresa pequena e não cabe muitas pessoas.

  101. janaina reis costa

    estou com 38 anos e no primeiro ano de faculdade de engenharia mecanica. porem tenho uma duvida, estou preocupada com meu futuro quando terminar o curso estarei com 42 anos e ai vai a pergunta: qual tipo de engenharia terei mais mercado de trabalho até lá engenharia mecanica ou engenharia mecatronica? aguardo resposta.

  102. nilza

    muito bom saber que não sou a unica sem formação a procura de emprego mi dediquei a casa marido e filho e tenho que correr atras de mim agora,tenho 44 anos,sempre trabalhei na produção,26 anos de fabrica,faz 2 anos que estou fazendo faxina como diarista!ganho 110 reais por dia!e pago meu INSS por conta…e um trabalho cansativo,eu estava desanimada,não conseguia nada…mas graças a Deus me animei depois de ver está pagina!vou correi fazer um curso que gosto muito de animais vou fazer banho e tosa de animal…agradecida desde de ja….

  103. Carla

    Por favor gostaria de um modelo de currículo para um profissional que deseja atuar em outra área , mesmo sem experiência nessa nova área.tenho 44 anos e sempre atuei na educação, porém fico em dúvida na hora de colocar a experiência profissional.Gostaria de me candidatar para área comercial.Já trabalhei na área comercial mas bem pouco, 3x pra ser mais exata, mas nunca fiquei mais de 1 ano em nenhuma.
    Grata

    Carla

  104. luis gomes

    para quem tem 40 anos acim a( mulher)
    melhor are para formação

    ENFERMAGEM
    FISIOTERAPIA
    FARMACIA
    ???

  105. edmilson

    boa tarde ,tenho 39 anos me formei em engenharia mecanica …trabalho na area de manutenção de industrial a 9 anos como tecnico desde que formei ñ arrmei um emprego como eng. mecanico ,o que pode esta errado?

  106. handerson

    Bom dia, sou bacharel em ciências jurídicas à nove anos, trabalho em escritório de advocacia como “paralegal”, estou desiludido e cansado, pois, não obtenho sucesso no exame de ordem, o que o senhor pode sugerir no meu caso?

    obrigado e fique com DEUS.

  107. thiago

    tenho 30 anos, tenho técnico em Administração, Bacharel em Administração e M.B.A em Finanças, tenho uma grande experiência na área financeira, acontece que não consigo vender meus conhecimentos em dinâmica nenhuma e nessa área para entrar nas empresas tem cada dinâmica sem noção…eu sou uma pessoa muito quieta…no dia a dia isso nunca me atrapalhou….mas para passar nos processos seletivos eles exigem pessoas comunicativas….eu me comunico corretamente, mas em dinâmicas não transmito essa imagem.

  108. telma

    O que fazer quando vc tem 43 anos, formada em tecnico em enfermagem mas nunca trabalhou e não consegue se colocar no mercado de trabalho por ter idade e não ter experiencia?

  109. maria gomes

    sobre inserção no mercado de trabalho após os 40 anos de idade e os jovens tem mais chance nas entrevistas de trabalho.2013, abril

  110. LÉA FERNANDES

    MUITO BOM ESSE SITE!! PARABÉNS PEDRO!

  111. claudia liberato

    achei ótimas as sugestões que o Pedro passou, estou bem obsoleta neste mercado de hj bem, agressivo. por favor estou precisando preencher um curricolo bem elaborado, e fazem anos que não preciso preencher um e não consigo achar um bom de odelo para ter de modelo, vocês poderiam me enviam alguns modelos ???
    não estou conseguindo achar nada nesta internet que esta uma loucura, todos me pedem pra preencherem pra deixar como cadastro em seus bancos de dados , + quero um para distribuir em minha cidade.
    Por favor fico no aguardo, obrigada

  112. maria eliane ferreira

    olá pedro alddler, eu tenho 44 anos trabalhei muito de auxiliar de limpesa, mas hoje não quero porque é um serviço que não tem valor,estou estudando vou fazer faculdade radiologia voce acha que com 48 anos vou ter capacidade de trabalhar nesta área me sinto um fracasso, estou trabalhando em casa de familia por enquanto até pagar o meu curso

  113. yonara

    e verdade que o estudante compromissado tem grande chance de ingresso no mercado de trabalho qualificado?por que?

  114. Ely Alencar

    Meu caro Pedro Addler SOS
    Tenho 49 anos, e por motivo de força maior, tive que me ausentar do mercado de trabalho por algum tempo depois de minha última demissão em 2001.na época com 2 filhos pré-adolescentes resolvi ficar por um tempo sem trabalhar para acompanhar meus filhos nessa trajetória que ao meu ver a mãe tem que estar muito presente, principalmente eu que sou PÃE PAI E MÃE.Sou Técnico em contabilidade, trabalhei grande parte da minha vida profissional como aux. contábil, mas por não ter tido muita ascensão na profissão me desencantei.Sou uma pessoa flexível, gosto de estar antenada com um pouco de tudo,de aprender coisas novas, de ler coisas interessantes na internet, de interagir com pessoas, sou criativa,gosto de estar me reciclando sempre que posso, apesar de não ter capital pra investir em mim mesmo, vivo procurando cursos gratuítos para fazer,tanto na área que já trabalhei como em outras áreas, meu lema é APRENDER SEMPRE PARA MELHORAR CADA VEZ MAIS,mesmo assim tenho encontrado muita dificuldade em retornar ao mercado.já pensei em montar em montar meu próprio negócio mas falta capital e foco.tenho 2 casas a que eu moro e uma fechada que está muito deteriorada e não tenho dinheiro para reformar.atualmente vivo dependendo dos meus 2 filhos e acho um terror depender deles, enfim me ajude preciso do seu conselho.
    desde já meus sinceros agradecimentos.

  115. Ni

    Oi. Tenho 43 anos e me formei em Administração e Pedagogia. Trabalhei 21 anos em Instituições Financeiras e hoje infelizmente não consigo nenhuma chance no mercado. Isso acredito com certeza que é devido a idade, pois vivemos em um pais preconceituoso. Estou pensando em tentar como professora em fazer alguma especialização. MAs temo investir e ficar tudo em vão. Nossa como é difícil. Será difícil reiniciar nesta área?

  116. Mirian batista da costa oliveira

    Gostaria de consegui um emprego, pois tenho 49 anos, a empresa que trabalhava feichou, e tou a procura acredito que fazendo a minha inscriçao vou conseguir logo logo ok fico no aguardo

  117. solange

    Bom dia, tenho 43 anos fiz curso técnico de contabilidade, pois não exerci a função, trabalhei como secretária, encarregada da carteira de cobrança, auxiliar de escritório, recepcionista, almoxarifado , telefonista, há 15 anos estou fora do mercado de trabalho e gostaria de voltar a trabalhar o que faço?

  118. maria lucia santana

    sou costureira ;mas no momento estou muito parada quer dizer trabalho sozinha e não esta rendendo nada. resolvi fazer o supletivo ensino médio estou quase terminando e já preciso ver onde esta tendo cursos pra mim já ficar atenta .tenho 44anos as vezes penso que já estou velha ;mas ai vi o comentário já me animei e muito

  119. Denise

    Tenho 48 anos, mas não pelo que as pessoas dizem não aparento essa idade, pois fisicamente tenho muita energia. Me formo esse ano em Recursos Humanos e tenho vários cursos na área administrativa como: Política da Qualidade, 5S, Telemarketing, Propaganda e Marketing, Secretariado, Atendimento ao cliente, Técnicas de Vendas, Relações Humanas, Assistente Cartorário e pretendo fazer MBA no próximo ano de Gestão Empresarial. Tenho várias experiências na área administrativa e de atendimento e já trabalhei em uma confecção, mas já faz mais de 1 ano que não consigo emprego. Quero muito outra oportunidade mas até agora não tenho conseguido nada!

  120. Petrônio Alves

    Bom dia !!!
    Tenho 48 anos, sou técnico metalúrgico e sempre atuei como supervisor de produção em empresas de grande porte, trabalhando até em outros países da América, hoje estou no mercado, tá fazendo 10 meses, tenho 30 anos de experiência na área de metalurgia. Más parece que minha carreira encerrou devido minha idade, nas entrevistas os profissionais de RH talvez querendo lavar suas mãos começam a jogar pra cima de curso superior, tipo engenharia de produção e tal. Realmente é uma covardia, tenho família, filho estudando em faculdade, as vezes as lágrimas aparecem, só quem tem responsabilidade e coração conseguem entender o que estou digitando as 04:30hs da madrugada, o interessante é que para o INSS vc ainda é uma criança,,,, puxaaaaa vida. Obrigado a quem ler isso aqui, obrigado mesmo !!!

  121. Ricardo

    Olá, tenho 45 anos e mais de 15 anos de experiencia no RH, estou sem registro a 9 anos, ja foram diversas entrevistas, mas as chances que eu dava a varios profissionais, hoje em dia inexistem. Quem está na maioria das Empresas de RH, só sabem colocar defeitos em você e analisar sua vida, todos eles sem exceção. Seria medo de concorrência?

  122. Ivone

    Olá,
    Li os vários depoimentos de pessoas que estão buscando se recolocar no mercado de trabalho e me identifiquei com alguns. Eu gostaria de uma orientação. Tenho 39 anos e há 7 anos vivo na Europa. Trabalhei 12 anos no Brasil como assistente administrativo de um escritório imobiliário antes de sair do pais e também conclui o curso de contabilidade (bacharel) em 2003. Estou muito desmotivada com minha situação atual na Europa pq não consegui emprego na minha área e penso muito em voltar p Brasil, mais me falta coragem, tenho medo de não conseguir trabalho devido a minha idade. Tenho procurado me atualizar fazendo cursos gratuitos on-line e também tenho fluência na língua françesa escrita e verbal com diploma, e para tentar me inserir no mercado novamente tenho procurado trabalhos voluntários no setor administrativo e conseguir algumas horas numa fundação conceituada aqui no país onde me encontro.
    Em resumo, gostaria de um conselho, o que eu poderia fazer para me atualizar e se eu ainda tenho chances no mercado de trabalho brasileiro?
    Agradeço à atenção.

  123. tatiana

    Eu vou fazer 34 anos e me formo este ano em administração, sou funcionária pública porém tenho vontade de arriscar na iniciativa privada, mas temo não ter chance por causa da idade, meu marido é pior ele fAZ TI NA FATEC ESTÁ NO 3 ANO, antes ele trabalhava na area de produção,ele tem 36 anos,tem muito conhecimento na area de ti, fez inclusive um estágio, mas o salário não compensava, mas para ter comprovada a experiência, ele está desempregado hÁ 3 MESES E NINGUÉM CHama, chegou a pedir na area de produção, e ouviu que ele não tem mais o perfil, ELE CONHECE BEM A AREA DELE MAS NO TI TAMBÉM NÃO CHAMAM, ELE ACHA QUE É A IDADE, O QUE FAZEMOS, A IDade influencia no ti

  124. aparecida

    Gostaria que o Pedro Addler me respondesse uma pergunta.Por favor.Tenho 49 anos,sou cabeleireira e tenho tido alguns problemas de saúde,como alergia e sinusite que teem feito com que eu use remedios constantemente,devido a isto e tambem por me encontrar desgastada com a profissão resolvi tentar o mercado de trabalho ,fui então convocada a uma entrevista ,e nesta me fizeram uma pergunta pegadinha.Por que quer sair da sua área?Falei então das alergias e da vontade de mudar. Mais adiante perguntou se algum cliente pedisse para que eu o atendesse se eu atenderia?E eu disse que sim,claro se não interferisse no meu horário na empresa.Então ela me disse:mas você não disse ter alergia ao produto?Eu disse para ela,que isto seria apenas casualmente e apenas até que eu conseguisse dispensar todos.Isto foi simplesmente o ponto final na minha entrevista.Ela me dispensou dizendo que entraria em contato ,mas algo me dizia que isto não aconteceria,como realmente não aconteceu.fui sincera e me dispensaram.Por que?Gostaria muitissimo que algum me respondesse pois isto me deixou bastante insegura.Afinal o que fazer sei que a empresa perdeu uma boa possivel funcionaria.Pois sei quem sou.Obrigada.

  125. marluze

    tenho 53 anos sou fora do mercado de trabalho a 20 anos e agora fiquei viúva e não tenho profissão fui contratada pela prefeitúa por 2 anos para aprender a trabalhar terminou o contrato em abril e ate o momento não conseguir trabalho apesar de ir um trabalho ter enviado vários curriculum, será que eu vou consegui um trabalho?

  126. Felix Amade Aide

    Boa tarde!
    Sou de de Maputo-Moçambique, tenho 28 anos de idade, gostei muito das sugestões, sou formado em Contabilidade, tendo curssdo desde o nivel básico profissional até o superior na área de Contabilidade. Gostava de saber do Pedro se tenho chances ou não em passar numa entrevista de emprego, para vaga de Contabilista na Anadarko, visto que amanhã as 11:00hr terei a entrevista. Tenho muito experiência na área, ja passei por várias empresas multinacionais (PWC-Pricewaterhousecoopers, BDO, etc) reconhecidas a nivel mundial. Actualmento sou chefe do Departamento de Contabilidade e Finanças da Imprensa Nacional de Moçambique, E.P..

  127. Tânia Aparecida Gomes da Silva Rocha

    EOlá, tenho 40 anos gostaria de recolocar-me no mercado de trabalho, mas eu sei que será preciso me atualizar, pois quando jovem já com 16 anos trabalhei de Auxiliar de Escritório, e Aux. De Crédito e Cobrança, então por
    volta dos meus 23 anos naquele momento resolvi fazer um curso de Cabelereira, e me tornei profissonal da beleza, trabalhei até 06/2013, quando após 16 anos resolvi parar com o meu Salão de Beleza, mas cerca de 4 anos já com pensamento futuro de parar com esta profissão, resolvi concluir o Ensino Médio, após 22 anos fora da escola, então concluir em 2010 e no mesmo ano muito ansiosa me matriculei na Faculdade no curso de Direito, mas com 20 dias não suportei e tranquei a matrícula, muito angustiada não consegui conciliar o meu trabalho no salão, casa e faculdade.Passados quase 2 anos depois me animei novamente e retomei a Faculdade mudando ocurso para Psicologia, estudei durante três meses e mais uma vez não consegui cancelei a matricula, e agora já se passaram 1 ano e meio, agoro sinto a necessidade de voltar ao mercado de trabalho e me sinto perdida.Meajuda

  128. roseli fatima de faria

    Tenho 44 anos e tenho formação em ciencias contabeis trabalhei 15 anos na are e depois que minhas filhas nasceram eu parei dadtrabalhar,consegui voltar ao mercado de trabalho por ter ingles avançado, consegui uma vaga de operador bilingue, nao fui muito feliz! e decidi ir em busca de novas oportunidades.
    O curioso na entrevista e que não posso falar sobre o intercambio que fizer em dublin na irlanda, isso me rotulou em uma das entrevistas como profissional instável, por ter viajado para a Europa e conhecido 5 países diferentes em 3 meses.
    Na verdade eu não sei qualo perfil de candidato que as empresas procuram, muitas oferecem no máximo 1500,00 reais de salário para quem esta em busca de novas oportunidades, e querem um E.T. um profissional que não existe.

  129. Roseli Schreiner dos Santos

    Olá!!Meu nome é Roseli gostei muito deste comentàrio, pois ele nos da dicas formidáveis,pois me sinto jogada as traças.Tenho 43 anos e quando chego para
    entregar um currículo ou para uma entrevista não sou bem recepcionada.Gostaria de me colocar no mercado de trabalho,pois trabalhei 4 anos como auxiliar de odontologia no hospital de minha cidade, fiz o curso sou muito grata a este emprego.Tenho uma vontade imensa de cursar uma faculdade, mas sem emprego fica difícil. Fiz um semestre em direito mas tive que sair. Por esta razão estou me candidatando a uma vaga de emprego. Desde já agradeço!!

  130. CLAUDETE VICTÓRIO

    ola, tenho 44 anos.. estou muito infeliz profissionalmente, gostaria de fazer um curso, e gostaria que me dessem uma sugestão, que curso devo fazer?

  131. rodrigo

    tenho 42 anos sou vendedor e quero muito fazer uma faculdade de logistica sera q tenho chance no mercado?

  132. Sandra Cristina

    Olá! meu nome é Sandra tenho 42, sempre trabalhei como autônoma e agora estou cursando o 1º período de letras-inglês será que terei chace de conseguir um emprego de professora?

  133. Maycon

    Boa noite, tenho 33 anos e estou com dúvida se curso direito ou engenharia de petróleo e gás, o curso de direito pode me dar a oportunidade de fazer um concurso na área jurídica,mas o ramo da engenharia me fascina, o problema é que tenho medo da minha idade; depois de formado teria mercado de trabalho com 38 anos na área de engenharia?

  134. silvana

    Bom dia.
    Adorei a matéria.Só que concordo com a Roseli,nunca sou bem recepcionada.Entrego currículos para todo o lado,me inscrevo em todas as vagas,até para empregos com salários baixos e escolaridade também baixa,e nunca sou bem tratada.Quando não descartam meu currículo,chamando ás vezes conhecidas minhas bem mais novas;me chamam em entrevistas só para constar.Gasto dinheiro que não tenho para ir as tais entrevistas e simplesmente nem me retornam.Voltei a estudar(faço pedagogia) e fiz diversos cursos de informática e inglês,na esperança de abrir alguma porta e nada.Sei o quanto sou esforçada,e o quanto contribuo quando estou empregada,mas nesse momento estou desiludida,embora continue como uma boba enviando currículos que nunca serão nem olhados.Triste isso,o Brasil só dá oportunidades aos jovens,pessoas maduras não precisam viver.:(

  135. João Bonifácio

    Boa noite!
    Só quero agradecer seu cuidado em responder a todas as questões. Nenhuma foi minha, mas todas me ajudam. Obrigado por você ajudar- nos a recomeçar mesmo com as dificuldades reais. Continue assim por favor.
    Muito obrigado!

  136. ronaldo

    Bom! lamentações são terríveis, mas faz parte de nossas vidas,eu tenho 49 anos começei a trabalhar aos 15 em instituição financeira(banco) como office boy, rs os jovens nem sabe o que significa hoje, rs
    fui empresário por mais de 20 anos e devido a dificuldade de mercado, resolvi recomeçar novamente, mas vejo que tenho dificuldades de voltar ao mercado de trabalho, tenho um curriculo vasto em experiência, porém envio para empresas e nunca sou chamado, creio que o jeito é estudar para concurso ou iniciar algo mesmo que modesto por conta própria. Vejo que as empresas se fecham para maior idade rs perto dos 50.

  137. ronaldo

    continuando……… tem alguma de 3 anos, dizem que tecnólogo é bem diferente de formação em faculdade de 4 anos pois o mercado difere. será?

  138. ana souza

    tenho 43 anos e gostaria de fazer o curso de direito, sou formada em enfermagem e graças a deus estou empregada sera vantagem investir nesse curso longo, conseguirei me colocar no mercado de trabalho

  139. NEI

    Ola eu tenho 45 anos
    Moro entre campinas e jundiaí

    Formado comunicação social em publicidade e propaganda (há 15 anos)/ trabalhei com bancário (5 anos) / e depois em outra empresa como auxiliar adm (12 anos) e depois como encarregado de departamento (5 anos).

    Desempregado a 1 ano e meio

    Atualmente fazendo faculdade em técnico em logística/ e cursando em duas escolas de Inglês (ainda to no básico) / além de outros cursos rápidos auxiliar contabilidade e fiscal, e espanhol – / to sem $ para fazer outros cursos e nem sei mais o que fazer, parece que nunca estou adequado.

    Fácil/ preparado? Procuro pelos sites e já entreguei pessoalmente em várias empresas Campinas, Jundiaí, Valinhos, Vinhedo, Louveira, Itatiba e nenhum retorno.

  140. carlei miguel dutra

    tenho 57 anos sou técnico em contabilidade formado em1977.Comecei exercer a função em 1978 trabalhei durante 20 anos em duas empresas , sempre no ramo de contabilidade. Depois passei a trabalhar como profissional liberal fazendo legalização de empresas,imposto de renda, folha de pagamento e cálculos trabalhistas, gostaria muito de voltar a trabalhar em uma empresa de carteira assinada, pois não trabalho de carteira assinada desde de março de 1995; pois nesse tempo todo não deixei de trabalhar, gosto muito dessa área de trabalho , mesmo sabendo trabalhar com outros tipos de serviços como por exemplo, trabalhei consertando aparelhos de televisores, micro-ondas e outro espero conseguir ainda uma vaga no mercado de trabalho.

  141. maria da conceição dos antos

    boa tarde sou maria tenho 37 anos tenho carteira de habilitaçao D porque e um sonho de mim mesmo mas ok mas quero e trabalhar.sera que tem empresa que vai mim entende se preconceito porque sou mulher

  142. Michelle

    Ola Pedro Addler,tenho 36 anos moro no RJ e gostaria de saber se vale a pena ainda investir em uma Faculdade de Administração ou somente em curso técnicos, trabalho a 12 anos como faturista em um Consultório médico e queria tentar novos ares, mas lendo tudo aqui me deu um certo receio, tenho medo de não conseguir nunca sair de onde trabalho e estagnar minha vida… Se eu fizesse Faculdade, qual tipo de empresa poderia tentar uma entrevista ? Eu pareço ter 25 , mas lendo que o mercado se fecha aos 40 me assustei muito…

  143. vanda

    Ola! meu nome e vanda tenho 44 anos, sempre trabalhei na area administrativa, fiquei fora do mercado por 05 anos, pq estava morando fora do Brasil, ao retornar fiz varios cursos de atualização, e requalificação profissional, tenho um bom currículo, mas não consigo voltar ao mercado de trabalho, sinto que nas entrevistas os selecionadores são despreparados muitos nem sabem fazer uma entrevista, simplesmente olham o currículo, e pedem para aguardar um contato..e o preconceito ainda e muito grande nesse País.. Aqui somente precisa ter um rostinho bonito e o corpo perfeito..ninguém valoriza os teus desafios, teus valores e tua conquistas, somos velhos para o mercado de trablho tão exigente com o corpo e o rosto…

  144. jorge luis de oliveira campos

    olá tenho47anos e trabalhei em uma unica gráfica por 22 anos de carteira assinada,neses 22anos fiz alguns acordos e me mantive na pequena grafica.lá eu era uma espécie de auxiliar de serviços e trabalhava alguns ramos já extintos(como composição de chapas por exemplo) estou com 22anos de carteira assinada como auxiliar.porém porcausa de medidas do governo e outros problemas a pequena grafica acabou fechando a 2 anos desde então estou desempregado só tenho até o 1ºano do ensino fundamental e nenhuma qualificação profissional. depois disso já tentei qualificação em 3 cursos e não passei estou com quase 50anos e desempregado a quase 3 anos por idade e falta de qualificação(além de dificuldade em me adapitar a novos apredizados)como fazer para dar a volta por cima e conseguir,algo mesmo que pequeno para voltar a viver? estou me sentindo um inútil e fracassado,passo o tempo todo procurando descontos para pagar as despesas com o que sobrou do antigo,unico e ultimo emprego o que fazer?

  145. jorge luis de oliveira campos

    porque não respondeu a minha duvida ecolocações?

  146. Johne188

    Where To Purchase Generic Ciprofloxacin 0.3 5ml in Albuquerque fdbfbedddadd

  147. flavia

    Sou Flavia e estou terminando meu curso de pedagogia na Universidade Federal do Rio de janeiro. Antes disto só trabalhei em comércio que não me deu nenhuma base sólida e que contribua para o meu currículo.
    Estou bastante desanimada… pois estou fora do mercado de trabalho há algum tempo e não consigo nem ser chamada para entrevista de estágio. Não sei mais o que fazer, sei que não quero mais trabalhar no comércio.
    sou boa aluna mas… vou fazer alguns cursos extra curriculares na minha área para ver se melhora minha situação.Mas o meu maior temor foi ter perdido 4 anos e meio , que é a duração de meu curso, para nada ou das melhores dos casos conseguir voltar para os ” braços” do comércio…

  148. Angela

    Jamais imaginei que a minha vida “util” para as empresas acabaria ao completar 40!!!isso é preconceito.

  149. Zuleica Santos

    Boa noite
    Tenho 47 anos estou desempregada à 7 meses, sou d área de TI, nunca foi tão dificil me recolocar, aparecem entrevistas mas a empresa não me dá nem resposta do processo. Estou muito deprimida.

  150. Isaias Nascimento

    Nao Sei o que acontece comigo. Sou formado numa universidade da Irlanda. Tenho experiencia em grandes empresas multinacionais na area de venda e pesquisa & desenvolvimento farmaceutico, sou fluente em ingles, mas nao consigo ne recolocar no mercado de trabalho no Brasil apos passar 12 fora estudando e trabalhando. Ha fui informado que meu CV e impecavel mas entrevistas nunca consigo na minha area. Estou entrando em depressao pois tudo que Quero e trabalhar e sair da casa da minha irma e seguir com minha vida. Mas com 35 anos nao sei o que o mercado pensa de min e das Minhas qualificaoes/experiencias. Estou super aflito.

  151. alex

    Ola Pedro tenho 37 anos,sou casado vou iniciar o curso de Biomedicina, terminarei com 41 anos, com essa idade conseguirei colocaçao. No mercado de trabalho na area da saúde.. Parabéns pelo site..

  152. Marco Rebouças

    Olá, meu nome é Marco Rebouças, tenho 39 anos e estou desempregado a 1 ano e meio… Sempre trabalhei com informática (Suporte e Manutenção). Não tenho formação superior ou certificações oficiais. O mercado hj está buscando trainnes e aprendizes, deixando um pouco de lado a experiência… O que seria melhor? Buscar formação em uma outra área ou tentar investir na reciclagem de formação??

  153. Josefa

    Olá, meu nome é Josefa, tenho 41 anos, trabalhei em banco durante 21 anos, e a 7 meses estou desempregada, tenho curso superior em gestão de qualidade, enviei alguns currículos pelo mananger, e não recebi nada, nenhuma proposta de emprego, gostaria de uma orientação, o que estou fazendo de errado, está muito dificil, pois tinha uma rotina no trabalho e agora parada é muito triste, da uma sensação que a vida acabou, sei que não é assim, não sei o que posso fazer. obrigada

  154. Lucineide

    Pedro Addler, Boa Noite. Tenho 47 anos apesar de não parecer, sou formada em 2013.2 em Gestão Financeira não fiz estágio porque aqui em Fortaleza as vagas exige experiência de 6 meses e não tenho, minha área é de atendimento ao cliente (cobrança), mas tenho 8 anos de escritório em uma mesma empresa, administrativo em 2 empresa, telefonista, arquivo, atendimento e outros, me sinto qualificada é não entendo porque já envie + de 50 currículo fiz algumas entrevista passo nas provas com 60% e algumas retorna dizendo que ficará no banco de dados, já estou optando pelos restaurante mas ainda nenhuma resposta, já mandei um RH revisarem meu currículo e já fiz as alterações. já não sei mas o que fazer, devo procurar a superintendência do ministério do trabalho e comunicar que eu estou sentido que é por causa da idade?

  155. Ana Cristina

    Boa tarde.
    Trabalhei sempre como autônoma, como comerciante.E sempre na gaveta o sonho de fazer uma faculdade. Dando prioridade a outros fatores, me formei aos 44 anos em Serviço Social e fazendo uma pós em RH, só que obviamente não tenho experiencias nas áreas citadas.
    Por me identificar com as áreas humanas, agora aos 47 anos estou fazendo minha segunda graduação em Psicologia. E te pergunto, será que meus sonhos serão frustrados? Não tem mercado para o profissional qualificado, porém sem experiencia e com meia idade?

  156. Rodrigo

    tenho mais de 40 anos, duas faculdades (adm. e cont.), um pós em finanças e mais de 20 anos de experiência nas áreas financeira, administrativa e contábil. No momento estou trabalhando como PJ. O problema é que não consigo ser chamado para entrevistas e quero voltar para o mercado. O que fazer?

Gostou desta Matéria? Receba as atualizações por Email!

Você também pode se cadastrar e receber todas as nossas atualizações no seu e-mail:

É o Guia da Carreira trabalhando para levar educação e informação de qualidade para ainda mais pessoas.


 

Deixe um Comentário:

Nome

 
Simulados Online
Simulado Fuvest 2008 - Guia da Carreira

Simulado da Fuvest

Faça o Simulado da Fuvest teste seus conhecimentos e prepare-se melhor para o Vestibular!

Fazer este Simulado...
 
Simulado Detran - Guia da Carreira

Simulado DETRAN

Teste seus conhecimentos e prepare-se melhor com o Simulado do Detran do Guia da Carreira!

Fazer este Simulado...
 
 
Guia no Twitter
-

Dicas e Notícias – Carreiras

Cadastre-se na nossa newsletter e receba dicas de educação, orientação profissional e muito mais!