dcsimg

Arquitetura ou Design de Interiores: qual a melhor opção?

Em dúvida entre Design de Interiores e Arquitetura? Descubra a carreira que combina melhor com você e veja onde estudar para se destacar no mercado!

arquitetura

Arquitetura e Design de Interiores muitas vezes parecem carreiras tão próximas que a gente chega a confundir uma com a outra. Mas a verdade é que os profissionais dessas áreas têm atuações bastante diferentes, mesmo exercendo algumas atividades em comum.

Se você ainda não consegue decidir entre Arquitetura e Design de Interiores, nós daremos uma forcinha. O primeiro passo é saber o que faz cada uma delas:

  • A Arquitetura é a área responsável pela projeção de espaços como casas, edifícios, museus, teatros, escritórios, shoppings, etc. Também pode planejar condomínios, bairros e até cidades!
  • Já o Design de de Interiores trata da organização de ambientes internos (salas comerciais, apartamentos, salões de festas, clubes, etc.) levando em conta aspectos como estética, funcionalidade e conforto. É uma carreira que mistura pontos de Arquitetura, Ergonomia e Decoração.

Saiba mais sobre essas profissões e descubra aquela que mais combina com você!

Diferenças entre Arquitetura e Design de Interiores

A Arquitetura é a área responsável por elaborar projetos que agreguem funcionalidade e estética a uma edificação, levando em conta todas as características do local onde está situada (clima, solo, relevo, vegetação, etc.). Também envolve o planejamento de espaços urbanos que melhorem ou facilitem a vida das pessoas.

Se você é criativo, tem facilidade para desenhar, um bom senso de organização e certo fascínio por qualquer tipo de edificação (da casinha dos fundos até os estádios de futebol), a Arquitetura pode ser a profissão mais interessante. Mas atenção: para ser um bom arquiteto não basta dominar o traço.

A Matemática, a Química e a Física também serão suas companheiras constantes! Na Arquitetura é preciso fazer cálculos precisos, ter um conhecimento profundo sobre cada tipo de material (concreto, madeira, vidro…) e a reação de cada um deles com o meio (clima, pressão, interação com outras substâncias, etc.). É uma profissão muito mais ampla e muito mais complexa do que estamos costumados a imaginar. Leve isso em consideração ao escolher o seu curso.

O arquiteto tem um trabalho próximo ao do Engenheiro Civil, e pode participar da projeção de edifícios, fazer mudanças estruturais em construções, acompanhar obras, etc.

O Design de Interiores, por outro lado, não envolve tanto o uso de cálculos complexos e estrutura dos materiais. É uma atividade que requer inteligência no planejamento e organização de espaços internos em ambientes comerciais, residenciais ou industriais, levando em conta fatores como estética, funcionalidade, ergonomia e conforto. Ele responde por todos os aspectos do espaço: móveis, materiais de acabamento, iluminação, cores e texturas.

É uma profissão fascinante para aqueles que gostam de organização, pesquisar novidades da indústria de mobiliário doméstico e corporativo, acessórios de decoração, iluminação e bem-estar.

Tanto o designer de interiores quanto o arquiteto frequentemente precisam saber lidar com aspectos administrativos, como orçamentos, cronogramas, prazos e coordenação das equipes envolvidas em uma obra ou projeto (marceneiros, pedreiros, pintores, eletricistas, etc.).

A gente costuma a confundir as duas profissões porque o Design de Interiores é também uma das áreas de atuação da Arquitetura. A diferença, nesse caso, é que somente arquitetos podem fazer mudanças estruturais em uma edificação, como derrubar paredes, construir anexos, modificar a planta original da construção, etc.

Mercado de trabalho para Arquitetos e Designers de Interiores

A Arquitetura oferece um campo de atuação bastante amplo. Além das funções mais conhecidas (projeção de casas e edifícios, reformas), com frequência vemos esses profissionais trabalhando na coordenação e gestão de obras, em paisagismo, decoração e mesmo em design de interiores.

No Brasil, mais da metade dos arquitetos trabalha de forma autônoma, em seus próprios escritórios. A carreira é regulamentada no país. Para exercê-la é preciso possuir diploma de curso superior em Arquitetura e Urbanismo reconhecido pelo MEC e registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

É uma área muito dinâmica, que exige atualização constante e conhecimento das principais tendências e tecnologias do setor.

A formação em Design de Interiores surgiu para complementar a atuação do arquiteto. O curso se popularizou recentemente no Brasil, devido à carência de profissionais na área. Também é uma profissão com alto índice de autônomos. Os maiores empregadores são as construtoras, escritórios de arquitetura e decoração, imobiliárias, lojas de móveis, indústrias, shoppings e estabelecimentos comerciais em geral.

Além de ter que estar sempre atento às novidades em móveis, acabamentos e iluminação, o designer de interiores precisa estabelecer uma boa rede de fornecedores e desenvolver habilidade em gestão de projetos.

O que se estuda em Arquitetura e Design de Interiores

O curso de Arquitetura e Urbanismo é oferecido em grau de bacharelado e tem cinco anos de duração. Entre as principais disciplinas, podemos citar:

  • Cálculo
  • Computação Gráfica
  • Construção de Edifícios
  • Desenho Arquitetônico
  • Estatística
  • Geometria
  • Mecânica dos Solos
  • Paisagismo
  • Planejamento Urbano
  • Topografia

A maioria dos cursos de Design de Interiores é oferecida em grau tecnológico, com dois anos de duração. O diploma do curso tecnológico também é de nível superior. Veja algumas das principais matérias desta graduação:

  • Acústica
  • Comércio, Indústria e Espaços Promocionais
  • Desenho Técnico
  • Design de Mobiliário
  • Design de Residências
  • Ergonomia
  • Linguagens Visuais e Arquitetônicas
  • Luminotécnica
  • Materiais e Revestimentos
  • Teoria das Cores

Onde estudar

Conheça algumas das principais instituições reconhecidas pelo MEC que oferecem estes cursos de Arqutetura e Urbanismo e Design de Interiores no Brasil:

Design de Interiores

Arquitetura e Urbanismo:

Veja também:

Quanto ganha um Arquiteto?

As dicas ajudaram a escolher entre Arquitetura e Design de Interiores? Compartilhe suas impressões conosco nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin