dcsimg

As 4 melhores Incubadoras e Aceleradoras de Empresa do País

Conheça as principais incubadoras e aceleradoras de empresas do país!

empresa

As Incubadoras de Empresas são empresas ou projetos que tem como principal objetivo criar e auxiliar o desenvolvimento de micro e pequenas empresas, auxiliando-as em suas primeiras tarefas. Existem ainda as incubadoras universitárias de empresas, as quais visam abrigar empresas que são frutos dos projetos de pesquisas científicas e tecnológicas realizadas por instituições de ensino superior. Esse tipo de incubadora universitária propicia um ambiente favorável ao desenvolvimento da empresa, além de fornecer oportunidades de estágios aos alunos universitários.

Não são todas os tipos de organizações que podem participar do processo de incubação. Geralmente a incubação é destinada a empresas nascentes, que desejam crescer no mercado de trabalho. Os programas de incubação envolvem uma variedade de tipos de setores de negócios. A maior parte desses programas é voltado para clientes de diversas áreas industriais. Conheça as 4 principais incubadoras de empresas do país!

Bio-Rio

A incubadora de empresas Bio-Rio foi criada no ano de 1988 e possui sua sede no estado do Rio de Janeiro. Possui como área de atuação a biotecnologia e conta com 17 empresas incubadas. O processo de seleção é contínuo, ou seja, ocorre de maneira contínua, de acordo com o tempo determinado pela mesma. Para uma empresa fazer parte da Bio-Rio é necessário possuir um projeto de desenvolvimento e pesquisa além do plano de negócio, não possuir fins bélicos e sua atuação não pode poluir o meio ambiente.

Cietec

O Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tencologia (Cietec) é uma incubadora de empresas ligada a Universidade de São Paulo (USP). Podem participar empresas da área da eletrônica, biotecnologia, medicina, meio ambiente, saúde e tecnologia da informação. Possui 139 empresas incubadas. Seu processo seletivo é de 10 candidatos por vaga.

CIDE

O Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) foi criado no ano de 2000, com sede na cidade de Manaus. Possui uma área de atuação multidisciplinar, incluindo empresas do setor de alimentos, cosméticos, bebidas e biojoias. Conta com 44 empresas incubadas e não possui organizações associadas. Seu processo de seleção possui uma relação de 17 candidatos por vaga. Para fazer parte do CIDE a empresa deve ter um projeto inovador e apresentar seu plano de negócios para o conselho de técnicos e administração para aprovação.

CELTA

O Centro Empresarial para Laboração de Tecnologias Avançadas (CELTA) foi criado no ano de 1986 e possui sua sede na cidade de Florianópolis. Possui atuação na área da eletrônica, mecânica, engenharia biomédica, tecnologia da informação e óptica. Conta com 38 empresas incubadas. Seu processo de seleção possui 30 candidatos por vaga, e a organização que deseja participar do CELTA precisa possuir um elevado grau de inovação e tecnologia, ter viabilidade no mercado e ser capaz de gerar recursos.

Já as aceleradoras de empresas ou aceleradoras de startups tem uma metodologia mais estruturada e complexa quando comparadas as incubadoras de empresas. Diferentemente das incubadoras, que possuem processo seletivo para seus participantes, as aceleradoras de startups possuem um processo de aplicação aberto, mas muito competitivo. As aceleradoras buscam por pequenas empresas, onde oferecem apoio financeiro, consultorias e treinamentos. Em troca deste auxílio, as aceleradoras de startups recebem participações acionárias na organização. O período do processo de aceleração é curto, dura cerca de 3 meses, podendo se estender um pouco mais. Conheça as 4 principais aceleradoras de empresas do país!

Aceleradora de Campinas

A Aceleradora de Campinas nasceu com uma parceria entre o Núcleo Softex e a prefeitura de Campinas. Podem participar do seu programa de aceleração 10 startups. Para participar as organizações devem possuir uma base tecnológica e estar instaladas na cidade de Campinas. As inscrições são feitas na internet e a lista das empresas aprovadas é divulgada após o período de inscrições. O processo dura seis meses.

WOW

A aceleradora de startups WOW busca por empresas do sul do país e possui um portfólio próprio de investidores. Para participar do seu processo é necessário que as organizações tenham uma ideia inovadora e potencial para crescimento. São selecionadas 5 empresas, que recebem entre 50 e 150 mil reais, além da infraestrutura para seu funcionamento. As inscrições são realizadas online.

SEED

O SEED é um programa de aceleração de startups criado pelo governo de Minas Gerais. São escolhidas 40 empresas. O programa possui duração de 6 meses. As organizações recebem investimentos de até 80 mil reais, além de cursos e espaços de coworking.

InNova

A Incubadora Tecnológica de Santo Andre (InNova) seleciona 35 empresas, que participam de uma pré-incubação, onde são selecionadas 15 startups para serem auxiliadas. Podem participam empresas da área do meio ambiente, materiais, instrumentação, química, tecnologia da informação, petroquímica, mecatrônica, design, tecnologia automotiva, serviços tecnológicos, biotecnologia e tecnologia de softwares especiais. As inscrições são realizadas online.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin