dcsimg

A Carreira em Psicologia

Saiba como é a carreira em Psicologia, quais as áreas de atuação de um psicólogo e quanto ganha este profissional!

Psicologia

Quando pensamos na carreira em Psicologia logo nos vem à mente a imagem de consultórios e sessões de terapia. A Psicologia de fato cuida da nossa saúde mental e por meio da psicoterapia são tratados diversos distúrbios emocionais e de personalidade.

No entanto, esta é apenas uma das funções que um psicólogo pode exercer. A Psicologia é uma área bastante ampla que abrange relações humanas, qualidade de vida, orientação profissional, satisfação pessoal e aconselhamento familiar, entre outros.

Se você está pensando em seguir carreira em Psicologia, veja o que é preciso para se tornar um psicólogo. Descubra em quais áreas você pode atuar depois de formado e quanto ganha este profissional!

O que é preciso para se tornar um psicólogo?

Para exercer funções como psicólogo é necessário ter diploma superior de bacharel em Psicologia em um curso reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Além do diploma, é obrigatório obter um registro profissional junto ao Conselho Regional de Psicologia (CRP).

Em quais áreas um psicólogo pode atuar?

Conheça as principais áreas em que um psicólogo pode atuar:

  1. Psicologia Clínica

Na área clínica o psicólogo presta atendimento em consultório, que pode ser individual ou em grupos. Ele entrevista os pacientes e aplica técnicas de avaliação para elaborar o diagnóstico. A psicoterapia tem o objetivo de reduzir o sofrimento das pessoas e ajudá-las a lidar com problemas emocionais ou distúrbios mentais.

O psicólogo utiliza diversas técnicas de intervenção para tratar de pacientes de todas as idades. Algumas delas são: psicoterapia lúdica, terapia psicomotora, arteterapia, psicoterapia de casal, familiar, etc.

  1. Psicologia Educacional

Em instituições de ensino, o objetivo dos psicólogos é melhorar o desempenho dos estudantes e cuidar para que tenham as condições necessárias para a aprendizagem.

Quem escolhe trabalhar nesse ramo atua junto à direção da escola, participando da elaboração dos projetos pedagógicos, das políticas de ensino e da criação e reformulação de currículos.

O psicólogo estuda o comportamento dos estudantes em relação ao sistema educacional. Atua em casos em que o aluno tem alguma dificuldade no aprendizado ou necessidades especiais. É ele quem recomenda programas de ensino adequados para cada situação.

A psicologia educacional também envolve a orientação profissional e vocacional. O psicólogo aplica testes de aptidão e contribui para que o aluno faça uma escolha consciente da carreira que vai seguir.

  1. Psicologia do Trabalho

O papel do psicólogo dentro de uma empresa é criar um ambiente saudável e melhorar a relação entre as pessoas, mantendo os funcionários motivados e satisfeitos com o trabalho.

Esse profissional atua normalmente no departamento de Recursos Humanos. Suas tarefas podem envolver recrutar e selecionar candidatos a uma vaga, acolher e treinar novos funcionários, identificar habilidades e verificar a possibilidade de crescimento de cada um, elaborar planos de carreira e avaliar o desempenho do pessoal, entre outras.

Parte de seu trabalho é minimizar possíveis conflitos e prevenir doenças relacionadas ao trabalho, como o estresse.

  1. Psicologia Jurídica

No âmbito da justiça, o psicólogo colabora no planejamento e execução de políticas de cidadania, direitos humanos e prevenção da violência. Ele pode desenvolver diversas tarefas, como por exemplo:

  • Avaliar as condições emocionais e intelectuais de crianças, adolescentes e adultos envolvidos em processos jurídicos.
  • Elaborar laudos e pareceres para serem anexados aos processos.
  • Participar de audiências para esclarecer aspectos técnicos na área de Psicologia.
  • Avaliar a personalidade de pessoas envolvidas em processos e emitir relatórios e pareceres às autoridades competentes.
  • Realizar atendimento psicológico aos que procuram a Vara da Família para resolver conflitos.
  • Assessorar autoridades judiciais no encaminhamento de pessoas a terapias psicológicas.
  • Atuar no sistema penitenciário, elaborando programas de educação e trabalho para os detentos e preservando a saúde mental dos presos e seus familiares.
  • Acompanhar detentos que estão em liberdade condicional.
  1. Psicologia do Esporte

Nesta área o psicólogo investiga como os fatores emocionais afetam o desempenho dos esportistas. O objetivo é fazer com que o atleta alcance um ótimo nível de realização pessoal e saúde mental para que isso se reflita positivamente em seu rendimento.

O psicólogo do esporte não trabalha sozinho. Ele atua com preparadores físicos, técnicos e, em alguns casos, até com seus familiares.

O atendimento psicológico é constante, mas as técnicas utilizadas variam conforme o momento que o esportista está passando: se está em alguma competição, preparando-se para um evento que vai acontecer a longo prazo ou mesmo se recuperando de alguma lesão.

  1. Psicologia Social

É a Psicologia aplicada ao trabalho social. O psicólogo atua em organizações comunitárias auxiliando indivíduos e grupos a superarem dificuldades.

Um dos objetivos é combater a delinquência e, para isso, o profissional organiza atividades educativas, recreativas e sociais em centros comunitários.

Os pesquisadores desta área estudam as características psicossociais de grupos religiosos, étnicos, culturais, etc.

  1. Psicologia Hospitalar

O psicólogo hospitalar atua em instituições de saúde. O objetivo é melhorar o bem-estar físico e emocional de todas as pessoas envolvidas em um atendimento médico: pacientes, familiares, enfermeiros, médicos, etc.

Os pacientes recebem acompanhamento para minimizar as repercussões emocionais de uma hospitalização e são preparados psicologicamente para enfrentar futuros procedimentos médicos.

A equipe de profissionais do hospital também recebe atendimento psicoterapêutico e o psicólogo participa das decisões em relação à conduta que será adotada com os pacientes.

Mercado de trabalho para psicólogos

Conheça alguns locais onde profissionais de Psicologia podem atuar:

  • Hospitais
  • Ambulatórios
  • Centros e postos de saúde
  • Consultórios
  • Creches
  • Escolas
  • Associações comunitárias
  • Empresas
  • Sindicatos
  • Fundações
  • Varas da criança e do adolescente
  • Varas da família
  • Sistema penitenciário
  • Associações esportivas
  • Abrigos
  • Centros de Reabilitação

Quanto ganha um psicólogo?

A média salarial do psicólogo varia conforme o estado onde trabalha, a área de atuação, suas qualificações e o tempo de experiência.

O Banco Nacional de Empregos (BNE) realiza uma pesquisa salarial levando em conta a experiência do profissional e o porte da empresa em que trabalha. Veja algumas médias salariais para psicólogos:

  • Psicólogo Clínico – de R$ 1.434 a R$ 5.919
  • Psicólogo do Esporte – de R$ 1.466 a R$ 6.049
  • Psicólogo Social – de R$ 1.501 a R$ 6.195
  • Psicólogo Jurídico – de R$ 1.461 a R$ 6.031
  • Psicólogo Educacional – de R$ 1.446 a R$ 5.967

Onde estudar Psicologia

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Psicologia:

Veja também:

Psicologia ou Psiquiatria: Qual a melhor opção?

Quer seguir carreira em Psicologia? Já sabe em qual área gostaria de atuar? Deixe seu comentário aqui!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin