dcsimg

Saiba mais sobre a carreira em Relações Internacionais

Descubra como é a profissão de Relações Internacionais, como é o curso e onde estudar para entrar nessa carreira!

Business Handshake

Se você tem a mente aberta, curte História e Geografia, tem curiosidade por outras culturas e países, gosta de idiomas e tem facilidade para se comunicar e negociar, o curso de Relações Internacionais pode ser uma boa opção.

Alguns anos atrás, a fazer Relações Internacionais era sinônimo de seguir uma carreira na diplomacia. Hoje em dia, com a globalização da economia, existem cada vez mais vagas para esses profissionais em empresas de diversos setores, ONGs e órgãos governamentais.

Conheça mais sobre a carreira em Relações Internacionais, como está o mercado de trabalho e onde estudar!

A carreira em Relações Internacionais

Quem sem forma em Relações Internacionais encontra um mercado de trabalho amplo e aquecido. Este profissional pode atuar em:

  • Diplomacia
  • Política internacional
  • Análise de conjuntura econômica e social
  • Comércio internacional
  • Planejamento estratégico
  • Inteligência competitiva
  •  Assessoria de governos e empresas
  •  Negociações internacionais envolvendo temas globais como resolução de conflitos e meio ambiente, por exemplo.
  •  Análise de riscos políticos
  • Pesquisa acadêmica
  • Consultorias estratégicas
  • Operações financeiras internacionais

A formação de um profissional de Relações Internacionais é generalista e, para conseguir e manter uma boa posição no mercado de trabalho é necessário reunir uma série de conhecimentos e competências, como por exemplo:

  • Idiomas estrangeiros
  • Geografia
  • História
  • Direito
  • Economia
  • Negociação
  • Comunicação
  • Análise de conjunturas
  • Pensamento estratégico

Dependendo de sua área de atuação, o profissional de Relações Internacionais poderá dar ênfase a uma ou mais áreas do conhecimento, tais como Estatística, Comércio Exterior, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, apenas para citarmos algumas.

A carreira de Diplomata

Para ser um Diplomata, é necessário ter o diploma de nível superior e ser admitido no Instituto Rio Branco, o órgão que forma esse tipo de profissional. Nos dois primeiros anos, é necessário fazer um curso de Mestrado em Diplomacia nesta instituição.

O Diplomata concursado pode atuar em cinco áreas:

  • Geográfica
  • Temática
  • Promoção Comercial
  • Consular
  • Administrativa

Após dois anos de carreira, o Diplomata pode atuar no exterior, ocupando cargos em:

  • Embaixadas
  • Consulados ou Vice-Consulados
  • Delegações, Missões ou Escritórios Diplomáticos

A admissão no Instituto Rio Branco é feita por meio de um concurso público bastante concorrido, com várias fases de provas teóricas e entrevistas.

Curso de Relações Internacionais

O curso de Relações Internacionais é bastante procurado e está entre os mais concorridos dos vestibulares de todo o País.  dura em média quatro anos e é oferecido, no Brasil, na modalidade Bacharelado presencial e a distância.

As disciplinas variam de acordo com a grade curricular de cada instituição, podendo envolver:

  • Política
  • Direito
  • Economia
  • Sociologia
  • História
  • Comércio Exterior
  • Estatística
  • Geografia
  • Segurança Internacional
  • Legislação
  • Gestão de Negócios
  • Logística
  • Sistema Financeiro Internacional

Normalmente a graduação em Relações Internacionais exige que o aluno faça um estágio e, para poder se formar, deve apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Onde estudar Relações Internacionais

Existem mais de 100 universidades públicas e privadas autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Bacharelado em Relações Internacionais nas modalidades presencial e a distância.

Veja alguns exemplos de outras faculdades com avaliação positiva do MEC onde você pode estudar Relações Internacionais:

Veja também:

Comércio Exterior

Você pretende seguir a carreira de relações Internacionais? Deixe um comentário!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin