dcsimg

Como mudar de profissão

Conheça as dicas de uma especialista em carreira sobre como mudar de profissão!

thinking_home

Os motivos para querer mudar de profissão variam. Pode ser que você tenha decidido uma carreira muito cedo e não deu tempo de amadurecer a escolha. Talvez você tenha entrado em uma área levando em conta somente a remuneração e hoje não está contente. Ou então, simplesmente, aquela escolha que você fez um dia já não faz mais sentido e bate uma vontade de mudar.  Pois saiba que você não está sozinho!

Conversamos com Juliana Alvarez, Gerente de Recrutamento da consultoria Page Personnel, sobre como mudar de profissão. Juliana percebeu um aumento de 40% na quantidade de currículos recebidos nos últimos meses e acredita que uma parte deles se deve à tendência das pessoas se movimentarem mais na carreira.

Para ajudar você a fazer essa movimentação, separamos as melhores dicas da especialista:

1. Faça um curso de extensão ou pós-graduação

A primeira dica da especialista, na verdade, começa com um aviso: ter um curso superior já não é mais diferencial, é pré-requisito!

Por isso, se você já fez uma faculdade, mostre para o mercado que tem um interesse genuíno na área para a qual deseja migrar e faça um curso de extensão ou pós-graduação. Esse investimento vai trazer visibilidade para o seu currículo.

Caso ainda não tenha uma faculdade, os cursos de tecnólogo, que conferem grau superior em 2 ou 3 anos, podem ser um caminho.

2. Invista no inglês

Independentemente da área para a qual você deseja mudar, apresentar um bom domínio do inglês pode ser a chave para entrar em uma área nova, mesmo que não tenha muita experiência. Para algumas posições, falar bem o idioma é tão importante que os recrutadores consideram contratar candidatos com menos bagagem técnica ou experiência naquela área e mais fluência.

3. Invista na parte técnica

Avalie se você precisa aprender um novo software ou fazer uma certificação para aumentar suas chances de entrar na nova área.

4. Faça networking

A especialista recomenda atualizar o CV: explique em uma linha qual o seu novo objetivo profissional e, se for o caso, ressalte aquelas experiências mais próximas da nova área.

Fique atento ao mercado, faça networking com gestores e encaminhe seu currículo informando a intenção de trabalhar na área. Ative sua rede também no LinkedIn.

5. Persista

Mudar de área ou de profissão nem sempre é fácil e seu futuro empregador precisa acreditar que você dará conta do recado, apesar de não possuir a mesma bagagem  de quem sempre atuou naquele ramo.

Juliana recomenda pedir feedback aos entrevistadores, aprender com cada processo e tentar deixar a porta aberta para novas oportunidades. É um percurso que pode levar alguns meses.

7. Saiba a hora de mudar de estratégia

Você está tentando mudar de profissão ou de área há um tempão e ainda não conseguiu? A especialista alerta que se já faz um ano e a busca ainda não rendeu frutos, está na hora de mudar sua estratégia.

Veja algumas possibilidades:

  • Avalie se há oportunidades na empresa onde você está e se você pode fazer a mudança aos poucos em vez de partir para uma virada radical.
  • Considere dar um passo para trás ou para o lado em termos de cargo e salário. Trabalhar em uma empresa menor, por exemplo, é uma possibilidade que você deve considerar nesse momento.
  • Converse com headhunters para saber o que o mercado está procurando em profissionais da área para a qual você pretende migrar e tome as medidas possíveis para se adequar a esse perfil.
  • Pedir ajuda de um bom coach de carreira pode ser o caminho, caso sua escolha ainda não esteja muito definida. Mas lembre-se de que o coach não vai apontar a solução para você. Ele irá ajudá-lo a identificar e organizar suas expectativas e anseios profissionais.
  • Entrar em uma vaga temporária.
  • Atuar como autônomo.

Veja também:

10 dicas para recolocação profissional

Você está pensando em mudar de profissão? Pretende entrar em qual área?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin