dcsimg

Como se tornar um Astronauta?

É hora de conhecer detalhes sobre como tornar-se um astronauta. Confira quais os caminhos a seguir para se tornar um astronauta!

observando_espaço

O astronauta é o profissional que faz exploração humana no espaço. O que nem todo mundo sabe é que a maior parte da carreira de um astronauta se passa em treinamentos de solo e também apoiando outras missões. A Nasa, Agência Espacial Americana, é a mais conhecida no mundo e atua em colaboração com outras agências.

Na Nasa, para virar astronauta é necessário inglês fluente e graduação e pós-graduação na área das Ciências Exatas – Engenharia, Matemática, Física – ou Ciências Biológicas.

Além do estudo, a NASA exige experiência de, pelo menos, três anos na área profissional e mil horas para piloto em aviões a jato. O mestrado equivale a um ano de experiência e o doutorado a três. Toda qualificação conta muitos pontos para de tornar um astronauta.

Para candidatar-se a cargo de astronauta, deve-se ser cidadão norte-americano civil ou militar e preencher os formulários apropriados, encontrados no site da agência, e enviá-los à NASA, que aceita solicitações continuamente. A NASA, então, seleciona os pedidos e pode solicitar ao pretendente que compareça a uma sessão com duração de uma semana, em que participará de entrevistas pessoais, testes médicos (todos passam por exames físicos: visão, pressão arterial, entre outros), entrevistas psicológicas e orientações. O desempenho na seleção será avaliado e o pretendente, se tiver sorte, pode ser aceito como um candidato a astronauta. A NASA anuncia candidatos a cada dois anos, selecionando cerca de cem homens e mulheres entre milhares de pretendentes.

Estrangeiros dependem de parcerias entre seus governos e dos EUA para tornar-se candidato ou devem consultar agências espaciais de outros países para obter informações sobre como se tornar um astronauta:

  • Agência Espacial Europeia;
  • Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial;
  • Agência Espacial Russa;
  • Agência Espacial Canadense;
  • Administração Nacional Espacial Chinesa.

Quem for selecionado nos EUA, deve apresentar-se no Centro Espacial Johnson da NASA em Houston, Texas, para treinamentos e avaliações, que duram dois anos e contêm formação básica na qual recebem aprendizado sobre a Estação Espacial Internacional e voos espaciais em geral.

Há três tipos de astronautas no programa espacial dos EUA

  • comandante/piloto;
  • especialista em missões;
  • especialista em carga útil.

O comandante é responsável pela missão, pela tripulação e pelo veículo. O piloto auxilia o comandante na operação do veículo e na preparação de satélites. O especialista em missões trabalha com o comandante e pilota em operações de ônibus espaciais, realiza caminhadas espaciais e conduz experimentos. O especialista em carga útil realiza tarefas especializadas conforme a necessidade da missão. Especialistas em carga útil são pessoas que não pertencem à equipe da NASA, e alguns são estrangeiros.

Os requisitos físicos para esses cargos são: altura de 163cm a 193cm para pilotos, 149cm a 193cm para especialistas em missões ou carga útil.

Informações sobre o treinamento

O treinamento inclui aulas de ciências básicas (matemática, astronomia, física, geologia, meteorologia, oceanografia), tecnologia (navegação, mecânica orbital, processamento de materiais) e sistemas de ônibus espacial. Também há treinamento de técnicas de sobrevivência em terra e mar, equipamento de mergulho, microgravidade, ambientes de pressão alta e baixa e trajes espaciais, aulas de língua russa, entre outras atividades. Deve-se passar por um teste de natação (nadar três vezes uma piscina de 25 metros de comprimento usando os calçados e trajes de voo, e andar sob a água por 10 minutos). Quem for piloto será treinado em uma aeronave a jato T-38 da NASA e em uma aeronave de treinamento de lançamento por pelo menos 15 horas a cada mês. Especialistas em missões cumprem quatro horas de voo mensalmente. Eles partem para auxiliar outros astronautas em suas missões, fazendo simulação no Laboratório de Flutuação Neutra da NASA, ganhando experiência e habilidades em órbita. Mas mesmo depois de formado, muitos não são submetidos a um voo por um longo período, às vezes, por anos.

Nos treinamentos, 70% do tempo é gasto em trabalho técnico e administrativo nos projetos espaciais e 30% em preparação para uma futura viagem espacial. No último ano antes da missão, essas porcentagens se invertem.

Ao final do período de treinamento de dois anos, o candidato pode ser selecionado para tornar-se um astronauta. Como astronauta, continua o treinamento em aula, estudando os vários aspectos de operações de ônibus espacial que foram iniciados como um candidato a astronauta. Com auxílio de um instrutor, será iniciado o treinamento em cada sistema individual da nave. Após isso, há o treinamento em simuladores para pré-lançamento, lançamento, órbita, entrada e pouso. Dependendo de o astronauta ser um piloto ou um especialista em missões, ele aprenderá como usar o braço robótico do ônibus espacial para manipular carga. Continua-se o treinamento genérico até que o astronauta seja selecionado para um voo.

Ao ser selecionado para um voo, o astronauta receberá treinamento para as missões pelo menos 10 meses antes do voo. Isso inclui treinamento em simuladores de voo, simuladores em escala real do ônibus espacial e da estação espacial e treinamento sob a água para caminhadas espaciais. As simulações prepararão o astronauta para todo tipo de emergência ou contingência imaginável.

Espera-se que os astronautas permaneçam na NASA por pelo menos cinco anos após sua seleção. Os astronautas são funcionários do serviço civil federal dos EUA (classificação de GS-11 a GS-14), com remuneração equivalente baseada na experiência. Têm direito a férias, seguro de saúde e de vida, bem como a benefícios de aposentadoria.

E aí? Gostou de conhecer sobre a formação e a carreira de um astronauta? Você tem mais informações sobre o assunto? Conte para nós nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin