dcsimg

Enfermagem ou Medicina: qual a melhor opção?

Enfermagem ou Medicina? Descubra qual carreira combina mais com você e veja onde estudar para se destacar no mercado!

Medicina

Quem pensa em seguir carreira em Enfermagem ou Medicina deve estar preparado para encarar uma rotina muito diferente daquela, por exemplo, de quem trabalha em escritório. Boa parte desses profissionais não segue o horário comercial, precisa trabalhar em regime de plantões em finais de semana e às vezes tem que atender a chamados urgentes em seus dias de folga.

Médicos e enfermeiros trabalham juntos em hospitais, clínicas e outras instituições de saúde com o objetivo de cuidar de doentes ou acidentados, promover a saúde e melhorar a qualidade de vida dessas pessoas. Uma das características desejáveis a estes profissionais é o controle emocional para lidar com pacientes e familiares em situação de vulnerabilidade.

Um dos fatores positivos das duas profissões é o alto índice de empregabilidade. A área da Saúde é carente de profissionais especializados, e médicos e enfermeiros não possuem muita dificuldade para arrumar emprego, mesmo logo após formados.

Apesar das semelhanças entre estas duas carreiras, médicos e enfermeiros possuem responsabilidades diferentes no processo de cura de um paciente. Para saber qual das duas profissões tem mais a ver com seus interesses e estilo de vida é preciso conhecer as características de cada uma delas.

Saiba como funciona estes dois cursos de graduação e entenda como é o trabalho do profissional formado. Veja também onde estudar para se destacar na carreira que você escolher!

Diferenças entre Enfermagem e Medicina

É importante saber que a “melhor escolha” da profissão é algo bastante individual. Medicina não é a melhor opção para todo mundo, e o mesmo acontece com a Enfermagem. O mais importante é saber qual das profissões se encaixa melhor no seu perfil e suas ambições.

As diferenças entre estas duas carreiras já começam no curso de graduação. Enquanto o aluno de Enfermagem tem aulas em meio período e estuda por cerca de 4 anos, quem faz Medicina tem que se dedicar aos estudos por pelo menos 6 anos e com aulas em período integral.

Vamos conhecer outras características que diferenciam estas duas profissões:

Enfermagem

O foco do trabalho de um enfermeiro é o cuidado com os pacientes. Ele é responsável por prestar os primeiros socorros, coletar materiais para exames, administrar medicamentos, monitorar os sinais vitais, fazer curativos, entre outros.

O enfermeiro acompanha o paciente durante o tratamento, cuidando para que sejam cumpridas as prescrições médicas, e passa muito mais tempo com os enfermos do que o próprio médico. É sua responsabilidade manter a ficha do paciente atualizada e informar o médico sobre a situação do paciente.

O curso de Enfermagem é uma boa opção para quem precisa conciliar trabalho e estudos e deseja uma colocação no mercado de trabalho mais rapidamente. Além do curso de graduação que forma enfermeiros, é possível trabalhar nesta área fazendo o curso de técnico ou de auxiliar de enfermagem, com duração inferior a dois anos.

Os vestibulares e processos seletivos para entrar em uma faculdade de Enfermagem são bem menos concorridos que os de Medicina e, no caso das particulares, as mensalidades são mais baratas. Por outro lado, a remuneração média do profissional de Enfermagem é, em média, inferior à do médico.

Medicina

O objetivo do curso de Medicina é formar profissionais capazes de diagnosticar doenças, distúrbios e outros problemas de saúde e propor um tratamento adequado.

Na maioria das universidades o curso de Medicina é o mais concorrido do Vestibular. Além disso, é um dos têm mensalidades mais caras.

As aulas são em período integral e, como a carga de estudos é bastante intensa, é muito difícil ter um emprego durante a faculdade. Por esta razão, quem deseja fazer o curso de Medicina precisa considerar que vai ficar pelo menos seis anos dedicado somente à faculdade, sem poder trabalhar.

Depois de formado, o médico pode atuar como clínico geral. Caso deseje obter uma especialização em alguma área médica (como Ortopedia, Cardiologia, Pediatria, etc.), precisa estudar por mais alguns anos.

Apesar do longo período de estudos, a Medicina é uma das profissões de nível superior que pagam os melhores salários do País. Além disso, dependendo de onde o médico trabalhar e de sua especialidade, ele pode optar por horários de trabalho mais convenientes, diferente do enfermeiro, que na maioria das vezes não consegue fugir muito dos plantões.

Algumas pessoas ficam em dúvida se vale a pena fazer o curso de Enfermagem como uma preparação para Medicina. Se você está decidido que quer se tornar um médico, o curso de Enfermagem pode frustrá-lo e adiar seu sonho. Estudar Enfermagem não torna mais fácil entrar em uma faculdade de Medicina.

Tanto a profissão de enfermeiro quanto a de médico são regulamentadas por lei. Isto significa que depois de obter um diploma em uma instituição reconhecida pelo MEC, o profissional precisa ainda se cadastrar no Conselho Regional da área em que atua para poder exercer suas atividades.

Onde estudar

Confira algumas das principais universidades credenciadas pelo MEC que possuem os cursos de Enfermagem e Medicina.

Enfermagem:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Medicina:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Quanto ganha um médico?

Ainda está em dúvida sobre qual curso escolher? Você acha que tem mais a ver com Medicina ou Enfermagem? Compartilhe suas ideias conosco aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin