dcsimg

Conheça as 7 Engenharias mais bem pagas

Conheça as 7 carreiras com os melhores salários da área de Engenharia e veja onde estudar!

homem-moedas

Carreiras na área de Engenharia estão entre as mais promissoras do País, mesmo para quem está começando a carreira. Algumas especialidades contam com remuneração média de R$ 6 mil já nos primeiros anos de trabalho.

Os salários podem variar de acordo com a região, perfil do mercado e tempo de experiência. Quanto mais especializados forem estes profissionais, maiores as chances de conquistar vagas com boa remuneração. Outro diferencial importante, segundo sites de recrutamento e seleção, são as questões comportamentais. Engenheiros com habilidades em comunicação e relacionamento são os mais disputados pelas empresas.

Buscamos a média nacional de salários de engenheiros formados em diferentes áreas para encontrar as especialidades mais bem pagas.

Conheça a lista das 7 engenharias com melhor remuneração no mercado atual e veja onde estudar!

1. Engenharia Ambiental e do Petróleo

Salário médio: R$ 9,5 mil

O engenheiro ambiental é o profissional responsável por preservar o ecossistema e recuperar áreas degradadas, analisando fatores de risco causados, principalmente, pela exploração dos recursos naturais. O engenheiro de Petróleo e Gás é habilitado a localizar e explorar poços de petróleo e gás natural, desenvolver pesquisas no setor e acompanhar o beneficiamento destes produtos.

2. Engenharia Civil

Salário médio: R$ 6,8 mil

O engenheiro civil desenvolve e gerencia projetos de construção de prédios, rodovias e ferrovias, entre outras obras de infraestrutura.  Ele faz a análise do solo, define os materiais a serem utilizados, coordena equipes de trabalho, cronograma e orçamento do projeto. Também é responsável pelo cumprimento de padrões de qualidade e segurança de uma obra de construção.

3. Engenharia Elétrica e de Automação

Salário médio: R$ 6, 5 mil

O engenheiro eletricista atua nos processos de geração e distribuição de energia elétrica nos setores de telecomunicações e eletrônica. A Engenharia de Automação é responsável pelo desenvolvimento de sistemas automatizados na área industrial, comercial e predial. Tem maior enfoque na programação de softwares e manutenção de equipamentos.

4. Engenharia de Produção

Salário médio: R$ 6,2 mil

O engenheiro de produção tem a capacidade de aumentar a produtividade e rentabilidade de empresas por meio da administração eficiente de seus recursos humanos, materiais e financeiros. Este profissional domina procedimentos e técnicas que aperfeiçoam sistemas de produção, financeiros e logísticos de uma empresa.

5. Engenharia Mecânica e Metalúrgica

Salário médio: R$ 6,1 mil

O engenheiro mecânico é o profissional responsável por projetar, desenvolver e monitorar máquinas, equipamentos e sistemas utilizados na indústria. O engenheiro metalúrgico atua no tratamento e produção de metais por meio de processos de beneficiamento de minérios e transformação em ligas metálicas. Estes profissionais atuam em diversos segmentos industriais.

6. Engenharia de Transportes

Salário médio: R$ 6 mil

Este engenheiro faz o planejamento de vias de transporte de pessoas e cargas, executa obras de grande porte como rodovias, ferrovias e aeroportos e fiscaliza a segurança e qualidade dos projetos e construções. Também atua na área de logística e infraestrutura.

7. Engenharia Química

Salário médio: R$ 5,2 mil

O engenheiro químico desenvolve processos de transformação de matérias-primas em escala industrial. Ele atua na concepção de novos produtos e no controle de seus processos, em todas as etapas. É responsável pela pesquisa de componentes químicos, programas de tratamento de água e efluentes e análise de impactos ambientais. Pode optar também pela carreira acadêmica.

Fonte: Catho – 2015

Como entrar no mercado de Engenharia

A Engenharia é uma profissão regulamentada e, para exercê-la, é obrigatório concluir uma graduação em Engenharia reconhecida pelo MEC e obter o registro profissional junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do Estado onde atua.

Os cursos superiores de Engenharia têm duração média de cinco anos e são de grau Bacharelado.  A grade curricular é dominada por disciplinas das Ciências Exatas, que exigem habilidade com números e cálculos. A maioria dos cursos funciona na modalidade presencial, mas há também instituições que oferecem o sistema de ensino a distância para quem deseja cursar Engenharia.

O diploma de Engenharia obtido em um curso a distância reconhecido pelo MEC vale tanto quanto o presencial.

Onde Estudar Engenharia

Há diversas instituições de ensino públicas e privadas autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC) a oferecer cursos superiores na área de Engenharia. Conheça algumas das principais:

Privadas:

Públicas: 

Veja também:

Tipos de Engenharia

Ficou interessado em seguir a carreira de Engenharia? Qual delas? Conte pra gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin