dcsimg

Entrevista de Emprego – Saiba por que os jovens tem mais chance

Estudos apontam que os jovens tem mais chances de serem contratados em uma entrevista de emprego em relação aos candidatos mais velhos.

entrevista-emprego

Pesquisas realizadas pela PwC (PricewaterhouseCoopers) juntamente com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) em empresas brasileiras demonstraram que a idade em uma entrevista de emprego é sim um fator determinante pra definir a contratação, ou não, desse candidato. Apesar das empresas confirmarem que ter funcionários experientes é importante, os candidatos mais novos ainda seguem sendo a prioridade dos recrutadores.

Diversos fatores levam a acreditar que os mais jovens são realmente melhores, porém nem sempre é verdade, isso tem mais ligação com o preconceito dos recrutadores do que propriamente com o mérito dos mais jovens. Confira alguns dos fatores analisados pelos pesquisadores, que demonstram essa tendência dos recrutadores em selecionar os mais jovens nas entrevistas de emprego.

Fatores Importantes

Tecnologias: dizem também que os mais jovens estão mais habituados às novas tecnologias, sabem lidar melhor com todo tipo de inovação tecnologia e conseguem ter um melhor proveito dessas tecnologias em um ambiente de trabalho. Ainda acreditam que os mais velhos possuem uma certa dificuldade com essas tecnologias, mais pelo fato de que atualmente há um convívio diário dos mais jovens com uma variedade enorme de tecnologia, enquanto antes era algo mais raro. Cerca de 80% dos entrevistados tinham essa opinião.

Flexibilidade: segundo os pesquisadores, os recrutadores buscam profissionais mais jovens pois apresentam um índice maior de flexibilidade e adaptabilidade, ou seja, possuem uma resposta melhor às mudanças que podem vir a ocorrer no ambiente, no dia a dia da empresa do que os profissionais mais velhos. Mesmo que possa parecer o contrário, pelo fato de que os funcionários que tenham em média 40 anos passaram os últimos 20 anos em ambientes dinâmicos e com diversas mutações. Essa foi a opinião de 96% dos entrevistados.

Atualizados: de acordo com os entrevistados, os jovens estão se atualizando mais constantemente, buscando a cada dia estar mais atualizado e a par de tudo o que acontece pelo mundo, seja em relação a economia, tecnologia ou mercado de trabalho. Isso pode ser resultado do bom uso das novas tecnologias de informação, que possibilitam essa constante busca por informação de qualidade e que podem ser benéficas à carreira profissional. Essa era a percepção de quase 70% dos entrevistados.

Liderança: dizem ainda que os profissionais mais jovens não possuem barreiras quanto a liderança, enquanto os profissionais mais experientes apresentam uma certa restrição ao lidar com líderes mais novos que eles. Essa foi a resposta de cerca de 56% dos entrevistados.

Aposentadoria: os entrevistados afirmam também que o fato de estarem cada vez mais próximos da aposentadoria, os profissionais mais velhos tendem a estar mais acomodados e entediados pelo fato de fazer a mesma coisa há muito tempo. 63% dos entrevistados partilhavam desta opinião.

Apesar dos números mostrarem esses resultados, as empresas afirmam que estão a cada dia mais conscientes de que a idade não deve ser um fator determinante para decidir se contratam ou não determinado profissional. Porém, no geral o que se vê é exatamente o contrário. Ao todo foram entrevistadas 108 empresas de todo o Brasil.

[Procurando Crescer na Carreira? Encontre uma Faculdade ou Especialização!]

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin