dcsimg

Como está o mercado de trabalho para Engenharia Química?

Engenharia Química

As engenharias estão em alta no Brasil já há algum tempo. Civil, Elétrica, Mecatrônica, de Produção, de Minas, de Computação, Agrícola, de Telecomunicações, Florestal, Naval… tem espaço no mercado para profissional de todo tipo!

Entre as tantas habilitações está a Engenharia Química, que oferece um amplo campo de atuação, com bons salários e empregos em diversos setores.

Os engenheiros químicos trabalham em todos os processos que envolvam alguma transformação química – e se você parar para pensar, vai perceber que praticamente todas as atividades industriais vão precisar da ajudar desse profissional!

Descubra a seguir como está o mercado de trabalho para Engenharia Química, as melhores oportunidades de emprego, as áreas de atuação mais quentes e boas faculdades onde você pode encontrar o curso!

O que faz um engenheiro químico?

O engenheiro químico é o profissional que sabe juntar o conhecimento em Química com o entendimento sobre processos e operações industriais.

Ele tem a missão de tocar projetos industriais que envolvam transformações químicas ou trabalhar com manutenção, controle de qualidade e assistência técnica de equipamentos da área.

Os empregos estão principalmente nas indústrias, especialmente as mais tradicionais, como petroquímica, detergentes, plásticos e farmacêutica.

Só que a área de atuação do engenheiro químico é bem mais ampla. Ele também pode colaborar em setores como:

  • Cerâmica
  • Refinarias
  • Fertilizantes
  • Alimentos e Bebidas
  • Celulose
  • Tintas
  • Metalúrgicas
  • Siderúrgicas
  • Mineração
  • Borracha
  • Cimento
  • Pesquisa e desenvolvimento de novos materiais
  • Biotecnologia
  • Cosméticos
  • Vidro

Mercado de trabalho para Engenharia Química

O mercado de trabalho para engenheiros químicos é bom, recheado de oportunidades em diversos segmentos da indústria. A formação ampla deste engenheiro permite que ele participe de todo o processo produtivo, desde a obtenção da matéria prima até a entrega do produto final.

Mesmo com mais de 35 mil engenheiros químicos em atividade atualmente, o Brasil ainda carece de mão de obra especializada na área. É que o mercado tem exigido mais do que a simples graduação. Especialização e domínio de outros idiomas (inglês é fundamental) são pré-requisitos para conseguir uma boa vaga.

Uma pesquisa realizada pela consultoria Kelly Services mostra a Engenharia Química entre as cinco mais populares do País, atrás apenas de Engenharia Civil, de Produção, Mecânica e Computação.

Só que a Química tem um grande diferencial entre as demais: é a que paga os salários mais altos entre todas as engenharias, de acordo com a consultoria. Na sequência vêm a Mecânica, a Elétrica, a Computação e a Civil.

O crescimento acelerado das obras de infraestrutura no País ajudou a dar um salto na carreira de Engenharia Civil. De carona nesse sucesso, a Engenharia Química veio para colaborar com a pesquisa de melhoria de materiais para construção.

Outro campo que vem oferecendo muitas oportunidades ao engenheiro químico é o da a preservação do meio ambiente. Ele tem sido contratado para atuar com o tratamento e reciclagem de resíduos urbanos e industriais, na redução da emissão de poluentes gerados pelas indústrias ou na limpeza dos efluentes em estações de tratamento.

Áreas em ascensão para Engenharia Química

Um engenheiro químico com bastante experiência pode tentar vaga em cargos de gestão de grandes empresas. Nelas estão as melhores oportunidades para quem deseja sair um pouco do laboratório ou chão de fábrica e buscar novos desafios.

Os cargos que envolvem gestão de pessoas, operações, planejamento, melhoria e vendas têm oferecido ótimos salários.

Só que para chegar nesse patamar será preciso investir pesado em capacitação. As empresas estão em busca de profissionais mais experientes ou altamente especializados – o que já é difícil de encontrar. Elas também valorizam profissionais com inglês fluente, boa comunicação, habilidade de relacionamento e, principalmente, certificações e especializações.

Se você já é ou quer ser engenheiro químico e pretende atuar com gestão, é bom começar a se preparar. Para ocupar posições mais altas é preciso estar muito bem qualificado.

Os cargos mais interessantes são:

  • Diretor de Engenharia
  • Diretor de Operações
  • Gerente de Projetos
  • Gerente de Melhoria Contínua
  • Gerente de Planta
  • Engenheiro de Aplicação e Vendas
  • Engenheiro de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde
  • Engenheiro de Pesquisa & Desenvolvimento
  • Coordenador de Manutenção

Curso de Engenharia Química

Vai fazer Engenharia Química? Então prepare-se. Serão cinco anos de estudos intensos, com muita matéria de Química, Física, Matemática e Cálculo. É um curso difícil muito antes da faculdade: o processo seletivo para uma vaga é super disputado e os concorrentes costumam estar muito bem preparados.

Quem consegue uma vaga tem um novo desafio pela frente: encarar aulas práticas e teóricas em período integral com conteúdos gerais da Engenharia nos dois primeiros anos, seguido de uma carga pesada de estudos específicos da Engenharia Química a partir do terceiro ano.

No entanto, o esforço para concluir o curso será bem recompensado. Além dos altos salários, raramente falta emprego para este engenheiro no Brasil.

Para exercer a profissão, é obrigatório ser formado em um curso de Engenharia Química reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e obter registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do estado onde vai trabalhar.

O curso de Engenharia Química só está disponível na modalidade presencial.

Engenharia Química e Química são o mesmo curso?

Apesar da semelhança no nome, esses cursos na verdade são bem diferentes. Para resumir, podemos dizer que a Química estuda todos os fenômenos da natureza que envolvem a propriedade e a transformação da matéria. Já a Engenharia Química aplica todas essas transformações aos processos industriais.

Onde estudar Engenharia Química

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Engenharia Química.

Veja também:

Quanto ganha um engenheiro químico?

Está interessado em seguir carreira em Engenharia Química? Qual setor mais atrai sua atenção? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin