dcsimg
Meteorologia: saiba mais sobre essa carreira

Meteorologia: saiba mais sobre essa carreira

Meteorologia é a ciência que estuda a atmosfera da Terra, as causas das variações climáticas e os fenômenos naturais. O profissional de Meteorologia precisa analisar uma grande quantidade de dados para realizar as previsões e, para isso, utiliza conceitos que englobam a Física e a Matemática, além de muitos recursos tecnológicos.

Meteorologia pode ser aplicada em diversas áreas: auxiliar na agricultura, na geologia, em estudos sobre o impacto ambiental e no turismo.

Conheça melhor as atribuições e a formação do profissional de Meteorogia!

A profissão de Meteorologista

profissão de Meteorologista foi regulamentada no dia 14 de outubro de 1980. O texto da lei atribui a este profissional as seguintes funções:

  • Dirigir órgãos, serviços, seções, grupos ou setores de Meteorologia em entidade pública ou privada.
  • Pesquisar, planejar e dirigir a aplicação da Meteorologia nos diversos campos de sua utilização.
  • Executar previsões meteorológicas.
  • Executar pesquisas em Meteorologia.
  • Dirigir, orientar e controlar projetos científicos em Meteorologia.
  • Criar, renovar e desenvolver técnicas, métodos e instrumental em trabalhos de Meteorologia.
  • Pesquisar e avaliar recursos naturais na atmosfera.
  • Pesquisar e avaliar modificações artificiais nas características do tempo.
  • Atender a consultas meteorológicas e suas relações com outras ciências naturais.
  • Fazer perícias, emitir pareceres e fazer divulgação técnica dos assuntos referidos nas alíneas anteriores.
  • Julgar e decidir sobre tarefas científicas e operacionais de Meteorologia e respectivos instrumentais.

O curso de Meteorologia

O curso de Meteorologia, também chamado de Ciências Atmosféricas, forma profissionais capacitados para interpretar os mais variados fenômenos que ocorrem na atmosfera. O pensamento crítico e o poder de análise são características que se destacam nesta formação.

A graduação em Meteorologia tem duração de quatro anos. Como as previsões são feitas com base em cálculos, a carga horária de Matemática e Física é grande e de extrema importância. Os primeiros anos possuem foco maior em disciplinas das Ciências Exatas.

De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de bacharel em Meteorologia, divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC), as disciplinas básicas e específicas dos cursos de Meteorologia são:

Disciplinas Ciclo Básico

  • Estatística
  • Matemática
  • Computação
  • Dinâmica de Fluidos Geofísicos
  • Elementos de Cartografia e Astronomia
  • Expressão Oral e Escrita
  • Física Geral e Experimental

Disciplinas específicas:

  • Física da Atmosfera
  • Instrumentação Meteorológica Básica
  • Sensoriamento Remoto da Atmosfera e da Superfície
  • Previsão do tempo
  • Clima
  • Meio Ambiente

Áreas de atuação

Ao se formar, o profissional de Meteorologia pode trabalhar em diversas áreas,  não obrigatoriamente com previsão de tempo.

A instrumentação meteorológica, por exemplo, opera e constrói equipamentos que são empregados no exercício da profissão. A área operacional estuda condições de navegação e voo para auxiliar o tráfego aéreo e marítimo. Além destas, existem muitas outras oportunidades de atuação para profissionais formados em Meteorologia. Confira as principais:

  • Hidrometeorologia: previne enchentes através do estudo das águas dos rios e das chuvas.
  • Climatologia: determina as condições do clima e do tempo através de imagens de satélites analisadas e da construção de modelos numéricos.
  • Meteorologia ambiental: estuda as condições em que os poluentes se dispersam e se concentram através de um estudo sobre a poluição atmosférica.
  • Agrometeorologia: elabora boletins do tempo para produtores rurais com a intenção de estabelecer a melhor época para o plantio e a colheita.
  • Radiometeorologia: evita interferências na transmissão e na captação de ondas através do estudo das influências meteorológicas nessa questão.
  • Biometeorologia: pesquisa as relações entre a atmosfera e a vida na Terra para prevenir e/ou reduzir alterações como o efeito estufa.

As opções para quem se forma nesse curso são das mais variadas, basta encontrar uma que melhor atenda as suas necessidades.

Onde Estudar

Há 13 instituições de ensino superior, reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) que oferecem o curso de Bacharelado em Meteorologia, na modalidade presencial. São todas públicas. Confira:

Mercado de Trabalho

No Brasil, a carreira de Meteorologista está em constante desenvolvimento, com oportunidades de emprego em empresas públicas e privadas. Pesquisas apontam que há mais vagas do que profissionais formados no País. A área de prevenção de eventos extremos a curtíssimo prazo é uma das mais carentes em profissionais.

Outras áreas com grande crescimento da atuação do Meteorologista são a previsão climática, a operação de radares, energias eólica e solar.

Quem se dedica à meteorologia ambiental encontra ainda boas oportunidades em secretarias estaduais e municipais de Meio Ambiente. Confira as instituições que mais contratam Meteorologistas:

  • Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
  • Instituto Nacional de Meteorologia (INMET)
  • Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec)
  • Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental (Cetesb)
  • Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero)
  • Ministério da Marinha e Aeronáutica, e da Ciência, Tecnologia e Inovação
  • Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig)
  • Companhia Paranaense de Energia (Copel)

Veja também:

Curso de Gestão Ambiental

Ficou interessado na carreira de Meteorologista? Conte pra gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin