dcsimg

O que faz um Analista de Sistemas?

Confira agora mesmo o que faz um analista de sistema.

O curso de Análise de Sistemas

O curso de Análise de Sistemas pode ser encontrado na modalidade bacharel ou tecnólogo. Essas duas graduações são de nível superior, no entanto a primeira tem duração de quatro anos e a segunda dura, em média, três anos. Esses dois tipos de formação acadêmica se desenvolvem em meio período. Por isso, o aluno pode conseguir conciliar estágio remunerado com os estudos.

analista_sistemas

O curso de Análise de Sistemas recebe diferentes nomes em algumas instituições de ensino superior pelo país, alguns deles são: Análise e Desenvolvimento de Softwares e Banco de Dados e Sistema de Informação. Mesmo recebendo esses nomes não existem grandes diferenças de um curso para outro, mas duas diferenças entre eles são que um segue uma linha mais generalista e o outro uma linha mais específica. O aluno do curso de Análise de Sistemas precisa saber inglês, pois os comandos estão nesse idioma e ainda possuir afinidade com as disciplinas da área de exatas, porque cálculo faz parte da sua grade curricular.

Atribuições de um Analista de Sistemas

Com tantos nomes para os cursos de Análise de Sistemas, os vestibulandos ainda possuem dúvidas sobre o que um analista de sistemas faz, porém a confusão não é gerada somente por este motivo, mas também por não saberem de fato todas as funções dessa carreira. Por isso, confira a seguir quais são as funções desse profissional.

O analista de sistemas é o profissional da área de Tecnologia da Informação (TI) que a partir de uma necessidade ou problema realiza soluções vantajosas para a empresa ou usuário. Esse profissional realiza seus trabalhos através do uso de sistemas e recursos computacionais de hardware (parte física do computador) e software (parte lógica do computador). As principais atividades do analista de sistemas são:

  • Desenvolver programas que melhorem o aproveitamento da máquina.
  • Projetar e desenvolver aplicativos para microcomputadores e computadores de grande porte.
  • Propor planos e sistemas de informatização na empresa.
  • Analisar custos, viabilidade técnica, econômica e financeira para a implantação de processos de automação.
  • Elaborar programas genéricos como processadores de texto, planilhas eletrônicas e programas de multimídia e controlar o fluxo de informações na empresa através da criação de aplicativos que facilitem este processo.

Mercado de trabalho para o curso de Análise de Sistemas

O mercado de trabalho para esse setor está em expansão, pois faltam profissionais devidamente qualificados. Além disso, as empresas necessitam se automatizarem. Existem oportunidades de emprego para o analista de sistemas tanto no setor público devido à obsolescência dos sistemas em uso, quanto nas redes privadas que precisam estar em constante progresso. No entanto é fundamental que o profissional de TI mantenha-se atualizado. Veja abaixo algumas oportunidades nessa área.

Setor Público

Os profissionais formados em Análise de Sistemas podem optar por trabalhar no setor público, pois existem muitas vantagens como a estabilidade financeira. Porém, o processo seletivo é bastante concorrido e o exame exige vasto conhecimento e, por isso, é necessário estudar para fazer o concurso público. A boa notícia é que costumeiramente existem várias vagas para essa área. Veja alguns locais que sempre empregam esses profissionais.

  • universidades;
  • laboratório de ensino e pesquisa;
  • prefeitura;
  • hospitais.

Setor Privado

Muitos profissionais preferem trabalhar de forma autônoma ou para empresas privadas. Existem muitas oportunidades para os analistas de sistemas nesse setor. Veja algumas delas abaixo.

  • lojas;
  • escritórios de desenvolvimento de Software;
  • fabricas;
  • universidades;
  • parques temáticos;
  • escritórios de contabilidade;
  • empresas de otimização de sites.

Exterior

Os analistas de sistemas que optarem por exercer suas funções no exterior terão muitas oportunidades, mas é fundamental que esse profissional tenha proficiência na língua inglesa. Isso é importante porque além dos comandos estarem nesse idioma, os contratantes exigem que o contratado saiba falar inglês. Veja algumas possibilidades de emprego:

  • parques temáticos;
  • lojas;
  • restaurantes;
  • escritórios de desenvolvimento de software;
  • fábricas;
  • escritórios de contabilidade;
  • universidades.

Melhores cursos

Para se destacar no mercado de trabalho é necessário que o vestibulando escolha uma boa faculdade para fazer a graduação em Análise de Sistemas. Por isso, preparamos uma lista com as cinco melhores instituições de ensino superior do país que oferece esse curso. Essa lista foi baseada nos índices disponibilizados pelo Ministério da Educação (MEC):

Saiba mais sobre a carreira!

Você sabia que o profissional formado em Análise de Sistemas pode desenvolver tantas atividades? Então, conte para nós, nos comentários, o que você pensa sobre esse assunto.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin