dcsimg

O que faz um biólogo?

Descubra em quais áreas um biólogo pode atuar e como é o trabalho deste profissional na prática!

biomedicina_indice

Quando pensamos na profissão de biólogo, geralmente imaginamos um amante da natureza que observa o comportamento das espécies, coleta e cataloga organismos vivos.

De fato, a pesquisa científica e o estudo das espécies e seus hábitos estão muito presentes no trabalho de um biólogo. Ele também pode atuar na área ambiental, de biotecnologia e até na saúde pública.

Conheça mais de perto o trabalho do biólogo e descubra em quais áreas ele pode atuar!

O que faz um biólogo?

O biólogo que opta pela habilitação em licenciatura pode atuar como professor de Biologia dos ensinos fundamental e médio.

Já o bacharel em Biologia encontra oportunidades de trabalho em órgãos públicos, empresas privadas e terceiro setor.

O biólogo pode atuar em diversas áreas, conheça algumas delas e as atividades desempenhadas por este profissional.

1. Bioinformática

A bioinformática consiste em utilizar a tecnologia computacional no tratamento de dados biológicos. Este é um recurso bastante utilizado em pesquisas, principalmente na área da genética e biologia molecular.

O biólogo é responsável por desenvolver programas capazes de processar os dados coletados nos experimentos científicos. Estes programas precisam ser capazes de armazenar, organizar e relacionar as informações biológicas, além de processar os dados com rapidez.

Ele precisa criar um banco de dados capaz de identificar genes, prever a configuração tridimensional de proteínas, identificar inibidores de enzimas, simular células, etc.

2. Controle de Pragas

O trabalho de um biólogo no controle de pragas começa por identificar quais são as espécies que estão prejudicando determinada região.

A partir desta identificação, o biólogo elabora estratégias de eliminação destas pragas de forma que não afete plantas e outras espécies daquele ecossistema.

Em plantações, por exemplo, o biólogo realiza visitas constantes aos locais de plantio para observar se existem indícios de alguma praga e também realiza procedimentos para prevenir o aparecimento delas.

Além de eliminar pragas, o biólogo atua também no controle de transmissão de doenças entre animais.

3. Saúde Pública

Em órgãos públicos, um biólogo pode assumir atribuições de Agente de Saúde e Sanitarista. Isso porque o biólogo está preparado para lidar com epidemias e doenças emergentes.

Em geral, o biólogo faz parte de uma equipe com outros profissionais da saúde como nutricionistas, médicos, enfermeiros, etc. Ele ajuda na elaboração de políticas públicas de saúde com o objetivo de prevenir epidemias e conscientizar a população sobre parasitas e doenças.

Os conhecimentos sobre a natureza e organismos vivos capacitam o biólogo a atuar também em saúde coletiva. Este profissional é capaz de identificar quais espécies de vírus, bactérias ou parasitas infestam determinada região e propor e executar ações de controle e extermínio destas espécies.

O biólogo pode realizar estudos sobre os mais variados tipos de organismos vivos de determinada região. Para isso, coleta amostras e cataloga todas as espécies encontradas. Faz um trabalho de acompanhamento constante destas espécies, controlando a rapidez com que elas se reproduzem.

Através destes estudos, o biólogo é capaz de prever a incidência de alguma praga ou epidemia de alguma doença com base no comportamento das espécies. Esta previsão serve como ponto de partida para a equipe que trata da saúde coletiva elaborar programas de saneamento ambiental e de prevenção destas doenças.

Junto à saúde pública ele também realiza um trabalho de orientação de famílias sobre cuidados domésticos para evitar a contaminação por parasitas e microrganismos.

4. Biologia Marinha

Estuda as espécies que vivem no mar. O biólogo realiza saídas de campo para coletar amostras e observar o comportamento das espécies marinhas.

Outra etapa do trabalho é dentro de um laboratório, onde o biólogo irá analisar as amostras coletadas, descrever suas observações e organizar as informações para fundamentar sua pesquisa.

5. Meio Ambiente

Governos, indústrias, empresas e cidadãos comuns possuem uma crescente preocupação com a preservação da natureza. Com isso, pode aumentar a oferta de emprego para o biólogo.

Ele elabora e implementa programas de preservação da fauna e flora. Realiza estudos sobre a população de animais e vegetais de determinada região e escreve pareceres e relatórios sobre o impacto que determinada ação de ocupação exerce na biodiversidade existente.

Também presta consultoria a empresas no que diz respeito a ações de recuperação de áreas degradadas ou como descartar corretamente resíduos provenientes da manufatura de produtos.

Em geral o biólogo trabalha em conjunto com outros especialistas, como engenheiros ambientais e geógrafos, no que diz respeito ao meio ambiente.

6. Indústrias de Biotecnologia

Para realizar estudos e pesquisas na área de Ciências Biológicas, um biólogo necessita de diversos equipamentos como, por exemplo: centrífugas, disruptores de células, quantificadores, densitômetros, sistemas de fotodocumentação e muito mais.

As indústrias que produzem equipamentos de biotecnologia contratam biólogos para exercerem diversas funções.

O biólogo participa, juntamente com uma equipe de engenheiros, do processo de desenvolvimento de um novo produto. É o ele que vai informar à empresa quais as necessidades de um pesquisador e qual o resultado e desempenho que os pesquisadores esperam dos equipamentos.

O biólogo também atua na área comercial, informando os compradores sobre as características dos produtos e indicando o equipamento mais adequado para o tipo de pesquisa e trabalho que o comprador deseja desenvolver.

Após a venda dos equipamentos, é o biólogo que irá realizar um treinamento com o comprador sobre como utilizar todos os recursos disponíveis daquela tecnologia.

7. Genética

A genética humana é um dos campos de pesquisa que estão em alta para um biólogo. Isso porque, apesar de já observarmos incríveis avanços nesta área, ainda existe muito a ser explorado. Além disso, os estudos em genética têm contribuído bastante em outras áreas da biologia e medicina.

O biólogo geneticista realiza pesquisas e experimentos sobre o mapeamento genético e o uso de células-tronco em áreas como a cardiologia, neurologia, endocrinologia, etc.

Em laboratórios, o biólogo realiza exames para diagnóstico de doenças genéticas.

Onde estudar Biologia

O curso de Biologia é oferecido por várias instituições de ensino superior de todas as regiões do País. Conheça algumas universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Biologia:

Privadas:

Públicas:

Veja também:

Ficou interessado no trabalho do biólogo? Gostaria de atuar em alguma destas áreas? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin