dcsimg

O que faz um engenheiro elétrico?

Descubra em quais áreas um engenheiro elétrico pode atuar e como é o trabalho deste profissional na prática!

engenheiro elétricoO engenheiro elétrico, ou engenheiro eletricista, é o profissional responsável por levar energia elétrica a toda população com segurança e qualidade. Seu trabalho também envolve a fabricação de equipamentos e o desenvolvimento de circuitos elétricos para pequenos componentes da indústria eletroeletrônica.

Para exercer a profissão, é obrigatório ter um diploma em curso superior de Engenharia Elétrica reconhecido pelo MEC e obter o registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Conheça um pouco mais sobre as áreas em que um engenheiro elétrico pode atuar e as atividades que desempenha em cada uma delas!

O que faz um engenheiro elétrico?

Desde um simples escritório até grandes indústrias e empresas de telecomunicações, nos dias de hoje a energia elétrica é fundamental para o funcionamento de qualquer estabelecimento. E é o engenheiro elétrico que possibilita isso.

Para a população em geral, o trabalho do engenheiro eletricista também é fundamental, pois parte de seu trabalho é planejar a distribuição de energia e fazer com que ela chegue em cada residência de forma segura.

Conheça algumas das áreas onde um engenheiro elétrico pode atuar e as atividades que desempenha em cada uma delas.

1. Construção Civil

A área da construção civil contrata muitos engenheiros elétricos. O engenheiro eletricista projeta os circuitos elétricos necessários para a construção e define os materiais a serem utilizados. Realiza projetos de sistemas elétricos em prédios residenciais, comerciais, públicos ou em fábricas e complexos industriais.

Ele também atua na elaboração de plantas de indústrias de geração de energia, como hidrelétricas, usinas eólicas e outras. Em todos esses casos é preciso que ele conheça os tipos de energia elétrica aplicada, sua intensidade e fluxo necessário. Um projeto adequado evita que danos e sobrecargas no sistema causem acidentes.

O engenheiro elétrico não atua somente nos projetos de construção. Planejamento de reformas, reparos e manutenção também exigem a atenção deste profissional.

2. Automação

A automação é a área que desenvolve sistemas robotizados e autogerenciáveis para processos industriais.  O engenheiro elétrico pode atuar na área de automação planejando e desenvolvendo novas estruturas de automação elétrica para indústrias. Ele projeta desde componentes elétricos simples, que fazem parte de outros produtos, até estruturas bastante complexas para automatizar o processo de produção de uma fábrica, por exemplo.

Em muitos casos, a planta elétrica da empresa também exige alterações para a adoção de sistemas automatizados. Para isso, o engenheiro elétrico deve analisar os efeitos das mudanças e implantações automatizadas a serem realizadas, dimensionar corretamente a quantidade de energia necessária e como ela estará distribuída.

Além de criar o sistema automatizado e ajustar a planta da empresa, é preciso também verificar se o fornecimento de energia proveniente da rede pública é suficiente para aquela instalação industrial, sem que isto afete o fornecimento na região.

No caso de empresas com sistemas automatizados já implantados, o engenheiro pode atuar como responsável pelas manutenções preventivas e corretivas das instalações, máquinas e equipamentos.

3. Fornecimento de Energia Elétrica

Com o aumento da população, de obras na construção civil e novas indústrias, as empresas de fornecimento de energia necessitam melhorar sua capacidade produtiva.

O engenheiro elétrico pode atuar na criação de hidrelétricas, contribuindo no dimensionamento de turbinas, sistemas de armazenamento e redes de transmissão. Ele também pode realizar estas atividades em usinas eólicas e solares.

Seus conhecimentos também são úteis em subestações de energia, as quais devem ajustar seus processos e capacidade de fornecimento de acordo com a demanda da região que atendem.

O engenheiro elétrico também atua em indústrias de fornecimento no que diz respeito ao acompanhamento, manutenção e reparos rápidos, para que não interrompam o fornecimento de energia para a região atendida.

4. Telecomunicações

Na indústria de telecomunicações, o engenheiro elétrico atua na criação de sistemas de transmissão e contribui para a elaboração de projetos de ampliação da empresa.

Juntamente com outros profissionais, o engenheiro elétrico atua na construção de sistemas de telefonia e transmissão de dados, ou na fabricação de equipamentos para os mesmos fins.

5. Eletroeletrônica

A eletroeletrônica alia a eletricidade à eletrônica. Isso quer dizer que os conceitos de eletricidade são utilizados na criação de sistemas e componentes eletrônicos simples e complexos.

O engenheiro elétrico atua nessa área contribuindo para a criação de componentes e sistemas. Em geral, sua atuação na eletroeletrônica ocorre em parceria com  profissionais de diferentes áreas. Por exemplo: na criação de eletrodoméstico, conta com profissionais de engenharia de materiais e designers de produto, entre outros.

Um engenheiro elétrico pode atuar na elaboração de placas eletrônicas que garantem o funcionamento de diversos equipamentos, seja para uso doméstico ou industrial.

Nas indústrias eletroeletrônicas e de manufatura, o engenheiro pode atuar também na criação de sistemas complexos de instrumentação. Sua contribuição se dá na criação de equipamentos de medição, que exigem um funcionamento preciso, sem margem para erros. Esses instrumentos de medição são utilizados nas indústrias e na construção civil, por exemplo.

Nesse sentido, o engenheiro elétrico atua na criação de hardware e software para sistemas específicos. Alguns componentes de precisão podem ser aplicados na produção de equipamentos médicos e biomédicos para hospitais, clínicas e laboratórios.

Onde estudar Engenharia Elétrica

No Brasil existem centenas de universidades que oferecem o curso de Engenharia Elétrica, tanto públicas quanto privadas.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Engenharia Elétrica:

Veja também:

Quanto ganha um engenheiro elétrico?

Ficou interessado no trabalho de um engenheiro elétrico? Gostaria de seguir esta carreira? Conte para a gente aqui nos comentários.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin