dcsimg

O que faz um fisioterapeuta?

Descubra em quais áreas um fisioterapeuta pode atuar e como é o trabalho deste profissional na prática!

O que faz um nutricionista?

Quando sofremos uma lesão ou estamos com algum problema muscular, o médico pode sugerir o acompanhamento de um fisioterapeuta para complementar a ação de medicamentos e acelerar a recuperação.

O fisioterapeuta é um profissional que se ocupa da recuperação de nossos movimentos através de massagens e exercícios físicos, atuando também na prevenção de doenças ocupacionais e lesões.

Somente fisioterapeutas formados em cursos superiores de Fisioterapia reconhecidos pelo MEC e registrados no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito) podem recomendar sessões de fisioterapia. Isso porque a profissão de fisioterapeuta é regulamentada desde 1969.

Conheça mais sobre as áreas onde um fisioterapeuta pode atuar e o papel que desempenha em cada uma delas!

O que faz um Fisioterapeuta?

O fisioterapeuta inicia um atendimento realizando um diagnóstico fisioterapêutico do paciente. Ele analisa e interpreta exames e laudos médicos para ter uma visão ampla do estado de saúde do paciente e identificar alguma possível lesão. Observa também os movimentos do paciente, se tem dificuldade motora ou sente dor.

A partir do diagnóstico, o fisioterapeuta prescreve o tratamento a ser realizado. O tipo varia de acordo com a condição do paciente e a lesão a ser tratada, podendo ser:

  • Aplicação de massagens
  • Exercícios físicos
  • Tratamento a base de frio e calor
  • Exercícios na água

A primeira parte do tratamento é realizada na presença do fisioterapeuta, que acompanha cada movimento e orienta o paciente no exercício, identificando o progresso no restabelecimento dos movimentos.

Uma fase posterior do tratamento também pode consistir em exercícios que o paciente fará sozinho, em sua casa. Neste caso, o fisioterapeuta ensina os movimentos que deverão ser feitos e orienta sobre a frequência e força que deve ser aplicada em cada um deles.

O fisioterapeuta reavalia o paciente regularmente para identificar a melhora em seu quadro geral de saúde e ajustar o tratamento. Em geral, ele mantém uma ficha de avaliação corporal, onde anota alguns dados pessoais,  hábitos, possíveis queixas de dor e histórico familiar de doenças.

Conheça um pouco mais sobre as áreas onde um fisioterapeuta pode atuar:

1. Saúde Preventiva

A Fisioterapia preventiva trabalha basicamente com relaxamento muscular, exercícios respiratórios e alongamento corporal.

Para isso, o fisioterapeuta procura conhecer bem os hábitos do paciente, se pratica algum esporte ou exercícios físicos (quais e com que frequência) como é o seu trabalho, se costuma ficar muito tempo sentado ou em pé, como é a sua postura, etc.

Com estes dados em mãos, o fisioterapeuta propõe um conjunto de procedimentos a fim de corrigir postura, relaxar os músculos, aplicar corretamente a força, alongar antes e depois de trabalho e exercícios, entre outros.

Todas estas medidas têm o intuito de evitar lesões por esforço repetitivo, amenizar sintomas de doenças articulares e diminuir a tensão muscular.

Exercícios respiratórios podem ser acrescentados no tratamento para controlar ansiedade, tratar insônias e amenizar sintomas de depressão.

2. Fisioterapia do Trabalho

A Fisioterapia do trabalho preocupa-se em prevenir e manter a saúde do trabalhador.

O fisioterapeuta deve conhecer as atividades desempenhadas por cada trabalhador a fim de orientá-los sobre a postura correta em cada tarefa. Dentro de empresas,  elabora um planejamento de ginástica laboral e executa os exercícios juntamente com os trabalhadores.

Realiza palestras e treinamentos sobre postura e prevenção de doenças, entre outros temas. Pode participar de exames admissionais, de acompanhamento e demissionais.

Elabora laudos ergonômicos e propõe adaptações e melhorias para que o ambiente de trabalho siga as normas regulamentadoras e esteja mais adequado para receber os colaboradores.

3. Fisioterapia Desportiva

O fisioterapeuta desportivo realiza avaliações funcionais periódicas para verificar o condicionamento físico de atletas. Ele prescreve um tratamento preventivo conforme o tipo de atividade física desempenhada pelo paciente.

Nesta área, o fisioterapeuta pode trabalhar em clubes esportivos, acompanhando atletas individuais ou equipes esportivas em competições.

Além do trabalho preventivo, o fisioterapeuta atua no tratamento de lesões ou traumas físicos destes atletas.

4. Indústria de Equipamentos

Em indústrias e fábricas de equipamentos, um fisioterapeuta pode atuar no desenvolvimento de novos equipamentos que serão utilizados na fisioterapia clínica, no tratamento e recuperação de pacientes.

Pode também fazer testes e avaliações de produtos já existentes.

 

5. Fisioterapia Neurológica

Atende pacientes com algum distúrbio neurológico, que tiveram derrame cerebral ou paralisia, por exemplo. Muitas vezes esse processo exige que o paciente reaprenda movimentos corporais básicos, como andar ou levantar um braço.

6. Ortopedia e Traumatologia

Atende pacientes com fraturas, traumas ou luxações. Neste caso, o tratamento prescrito pelo fisioterapeuta tem o objetivo de aliviar a dor e recuperar os movimentos do paciente.

7. Fisioterapia Cardiorrespiratória

Atende pacientes com doenças cardíacas ou respiratórias no intuito de prevenir e tratar estas doenças, além de melhorar a qualidade de vida e o bem-estar geral dessas pessoas.

Neste caso, o tratamento proposto pelo fisioterapeuta conta com exercícios ligados aos aparelhos respiratórios e circulatórios.

O fisioterapeuta acompanha este paciente inclusive nas etapas pré e pós operatórias.

Onde estudar Fisioterapia

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Fisioterapia:

Veja também:

Quanto ganha um fisioterapeuta?

Você se interessou pelo trabalho do fisioterapeuta? Gostaria de seguir carreira na área de Fisioterapia? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin