dcsimg

O que faz um médico?

Saiba em detalhes o que faz um médico, como é seu dia-a-dia de trabalho e onde estudar para se destacar nesta profissão!

Medicina

Apesar do curso de Medicina ser o mais procurado em diversas universidades, muitos estudantes que pretendem cursar esta graduação ainda têm dúvidas se esta é mesmo a profissão que desejam seguir.

Escolher uma carreira não é tarefa simples e é preciso considerar vários aspectos antes de se tomar uma decisão. Saber quais disciplinas são estudadas na faculdade, como está a oferta de empregos para esta área ou se a carreira combina com seu estilo de vida ajuda muito na hora de bater o martelo sobre o assunto.

Uma das informações mais valiosas para os estudantes que irão se candidatar ao curso de Medicina é entender como é a jornada de trabalho deste profissional e o que ele faz em seu dia-a-dia.

Se você está pensando em cursar Medicina, entenda em detalhes o que faz um médico. Veja também onde estudar para se destacar nesta carreira!

O que faz um médico

A rotina de um médico depende do ambiente em que ele escolheu atuar. O dia-a-dia de quem trabalha no SAMU atendendo a chamados de emergência é bem diferente daquele que consulta pacientes com horário marcado em uma clínica médica.

Vamos conhecer algumas possibilidades de atuação para médicos:

1. Atendimento em consultório

O médico que atende pacientes em seu consultório geralmente o faz com hora marcada e individualmente. Ele escuta as queixas do paciente, conversa, faz várias perguntas e solicita exames para investigar o que há de errado.

Seu trabalho consiste em diagnosticar o problema, doença ou disfunção e prescrever um tratamento, que pode ser à base de medicamentos, mudanças no estilo de vida ou mesmo uma intervenção cirúrgica.

Os médicos precisam manter um histórico dos pacientes contendo informações sobre sintomas, dados obtidos em exames clínicos e o tratamento adotado.

Seu trabalho é realizado integralmente através das consultas médicas. É a partir das visitas constantes do paciente que o médico acompanha a evolução de seu quadro de saúde.

2. Atendimento em Pronto-Socorro

Enquanto o atendimento em consultórios acontece com dia e hora marcados, no pronto-socorro a situação é inversa. A equipe médica fica à disposição de quem não pode esperar por uma consulta e precisa ser atendido imediatamente.

O médico de pronto-socorro não trabalha sozinho. Uma equipe de enfermagem realiza os primeiros atendimentos ao paciente, faz a triagem e auxilia no que for preciso.

A rotina em um pronto-socorro é agitada e exige do médico um atendimento ágil. É ele quem avalia o estado de saúde, realiza exames e decide se o paciente deve ser internado, encaminhado para um especialista, transferido de unidade ou mesmo de hospital.

Se o paciente precisa de cuidados imediatos, o médico prescreve a medicação e orienta a equipe de enfermagem sobre o tratamento adequado. Acompanha o paciente durante sua estadia no pronto-socorro, observa como ele reage ao tratamento e é responsável pela liberação (ou “alta”) quando não há mais situação de risco.

Geralmente o médico que atua em prontos-socorros trabalham em regime de plantões, podendo permanecer no hospital durante várias horas seguidas ou ficar de sobreaviso e ser chamado quando aparece algum caso urgente.

3. Atendimentos de urgência e resgates

Fora do ambiente de hospitais e outras instituições de saúde, o médico pode desenvolver um trabalho junto a equipes de resgate. As ambulâncias do SAMU são um exemplo disto.

Nos atendimentos de urgência é o médico quem vai até o local onde o paciente se encontra. O atendimento já inicia quando o médico recebe a chamada por telefone. Ele avalia a situação e orienta a pessoa como deve agir enquanto a equipe de resgate se desloca até o local.

Quando o médico já está com o paciente ou com uma vítima de acidente, ele presta os primeiros atendimentos, administra medicamentos, faz curativos, imobiliza o paciente e o transfere para um hospital, se necessário.

4. Pesquisa Científica

Outra área possível de atuação para médicos é a pesquisa científica. A Medicina está em constante evolução e muitos médicos se dedicam à busca de novos conhecimentos sobre doenças, formas de tratá-las e curá-las.

A rotina de um médico pesquisador é muito diferente da de outros médicos. Em geral ele não atende pacientes, não precisa fazer plantões durante a madrugada nem lidar com situações emergenciais.

As pesquisas na área médica são realizadas principalmente em laboratórios, onde os profissionais realizam experimentos e observam o comportamento de células e estruturas do corpo humano.

Como se tornar um médico

No Brasil, a profissão de médico é regulamentada por lei. Isso significa que para se tornar um médico é preciso fazer um curso de Medicina de 6 anos em uma instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Com o diploma de graduação em mãos, o médico precisa ainda obter um registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) do estado onde trabalha. Só depois de se cadastrar neste conselho é que ele poderá exercer suas atividades profissionais.

A Medicina possui muitas especialidades. Ao se formar, é possível trabalhar como Clínico Geral. Quem quiser estudar por mais alguns anos pode se especializar em alguma área médica. Algumas das principais são:

  • Cardiologia
  • Dermatologia
  • Geriatria
  • Neurologia
  • Ortopedia
  • Pediatria
  • Psiquiatria

Onde estudar Medicina

Confira algumas das principais universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Medicina:

Veja também:

Quanto ganha um médico?

Você pretende fazer Medicina? Com qual área de atuação deste profissional você mais se identificou? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin