dcsimg

Pós-Graduação e as vantagens no Concurso Público

Conheça as principais vantagens em ter uma Pós-Graduação na hora de concorrer a uma vaga para cargo público!

Pós-graduação faz a diferença em concursos públicos

Com a constante intensificação da competitividade no mercado de trabalho, os profissionais buscam cada vez mais expandir seus conhecimentos, acarretando também em processos seletivos cada vez mais acirrados. Ultimamente, apesar da diversidade existente nos diversos setores trabalhistas, a tendência é que tal competitividade continue a aumentar a cada dia, fazendo com que este ciclo de busca por conhecimentos continue, com profissionais cada vez mais qualificados buscando sua ascensão profissional e financeira.

Muitos procuram essa ascensão profissional e pessoal através de serviços públicos. Hoje são vários os concursos públicos existentes e para as mais diversas áreas de mercado. Uma das maiores preocupações para os profissionais graduados que pretendem fazer um concurso público, é saber se basta eles terem o diploma de graduação, ou se vale à pena investir em uma especialização.

Diante o cenário profissional acirrado da atualidade, nota-se que para os recém graduados ou tecnólogos é difícil a tarefa de garantir uma carreira de sucesso somente com seu diploma de graduação, uma especialização passa a ser um artifício fundamental. Deste modo, para aqueles que ainda têm essa dúvida, sobre a necessidade de fazer uma pós-graduação, o que vemos nos dias de hoje, é que a pós-graduação deixou de ser uma opção, e passou a ser um requisito eliminatório para aqueles que procuram um crescimento profissional, seja na carreira pública ou na carreira privada.

Vantagens da pós-graduação na conquista de um cargo público

No caso dos cargos públicos, esta especialização, além de contribuir como vantagem para atuar em determinada área, o conhecimento adquirido auxilia bastante na obtenção de pontos nas provas cujas vagas são para nível médio e superior. A especialização, segundo a resolução número 75 do Conselho Nacional de Justiça, só conta para a avaliação de títulos no curso. Aparentemente essa pontuação por títulos pode não ser tão significativa, mas quem não possui simplesmente não pontua e, em caso de empate, este é um critério utilizado para a seleção dos candidatos.

Nos concursos como da Câmara dos Deputados, Senado Federal e Petrobrás, que possuem um número elevado de concorrentes, essa prova de títulos tem um peso grande na hora da classificação dos candidatos, pois ao encontrar um número grande de pessoas disputando uma vaga, o mínimo se torna algo imprescindível para garantir o emprego.

Na atualidade os profissionais sempre estão em busca de uma especialização viável a sua profissão, alguma forma de crescer e evoluir de forma pessoal e profissional. Como tendência há certa diminuição na quantidade de pessoas que se satisfazem tendo apenas o diploma de conclusão do ensino médio, pois existem diversos cursos técnicos. Do mesmo jeito, é importante que os profissionais graduados não se sintam satisfeitos apenas com o certificado da graduação, mas sim que eles busquem cursar uma especialização na sua área ou em uma área que agrade e tenha maior possibilidade de crescimento ou afinidade. São estas pessoas que terão grandes chances nos concursos públicos, e isto não se deve somente a contagem dos títulos, mas também a carga de conhecimento e experiência já adquiridos.

Dependendo do cargo desejado pelo candidato a uma vaga no setor público, a necessidade da especialização é ainda maior. Quando o concurso prestado é para cargos de chefia, as exigências só aumentam e a responsabilidade de superá-las também. Sendo assim, a pós-graduação terá um grande valor para este candidato e servirá como um apoio e segurança diante dos outros concorrentes.

Há também aqueles cargos públicos onde a especialização, os títulos do profissional não só ajudam na obtenção dos pontos no concurso, como também influenciam na composição da remuneração do profissional. Um exemplo de onde isto ocorre são nas carreiras ligadas ao estado e também ao governo. Já que além da estabilidade, o salário é um grande atrativo para aqueles que buscam uma vaga em cargo público, a pós-graduação acaba sendo essencial para esta aquisição.

A Pós-Graduação e os diferenciais em um concurso público

Juntamente com a pós-graduação, é importante que o candidato de concurso público tenha atitude, habilidades diferenciais e também experiência. A vontade de aprender e crescer devem ser constantes, o profissional não pode esquecer que mesmo após ter passado no concurso e ter garantido a sua vaga, ele precisa sempre estar se atualizando, buscando aperfeiçoar suas qualidades e aumentar seu conhecimento, atendendo a evolução do mercado.

As tecnologias estão dominando qualquer área e a cada segundo se renovando. O profissional atual seja ele portador ou não de um cargo público necessita juntamente com as tecnologias, se especializar, desenvolver cada vez mais.

Desta forma, o profissional que deseja acompanhar esse crescimento, deve cuidar também do seu desenvolvimento intelectual. Procurando sempre estudar e se manter atualizado. Assim, ele poderá sempre almejar cargos mais altos e terá disposição e chances de prestar novos concursos para estas vagas. Quem se dedica e acompanha o crescente progresso em que vivemos, jamais ficará sem um bom emprego, sendo ele desde um serviço em uma empresa privada ou pública. Enfim, o principal é a satisfação pessoal, a certeza de estar fazendo o que quer e onde quer.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin