dcsimg

Conheça os 8 profissionais mais felizes

Descubra quem são os profissionais que estão de bem com a vida e com o trabalho!

profissionais_felizes_600

O mundo profissional é um mistério. Às vezes a gente ganha pouco, trabalha o dia inteiro e, ainda assim, está feliz da vida na carreira.

Pelo menos esse foi o resultado apontado por diversas pesquisas que tentam medir o índice de satisfação profissional no Brasil e no mundo.
Uma delas, a Pesquisa sobre Felicidade no Trabalho e Otimismo Profissional, realizada pelas empresas Etalent e Catho, revela dados interessantes sobre como encaramos nosso trabalho.

Com ela, ficamos sabendo que quem mora nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste trabalha mais feliz. Os habitantes do Sul também estão satisfeitos com suas atividades profissionais, enquanto na região Sudeste – a mais rica do Brasil – o pessoal anda um pouco cabisbaixo.

O que explica essa diferença de percepção em relação ao trabalho é o impacto das transformações sociais ocorridas no Brasil nas últimas décadas. Isso gerou uma mudança muito grande nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, trazendo consigo uma visão mais otimista do mercado.

Mas afinal, o que torna um profissional feliz? De acordo com a pesquisa, é um conjunto de fatores que incluem:

  • Oportunidades de crescimento
  • Ambiente de trabalho
  • Relacionamento com os colegas
  • Um chefe competente
  • Um bom salário

Por incrível que pareça, o salário não é o único componente de felicidade profissional. Um quesito importante, por exemplo, é o senso de responsabilidade e retorno social que o trabalho oferece. Nas inúmeras pesquisas sobre os profissionais mais felizes que encontramos por aí, o topo é sempre ocupado por gente que sente orgulho do que faz, independentemente do dinheiro que ganha.

Conheça a seguir alguns dos profissionais mais felizes do Brasil:

Os profissionais mais satisfeitos

Para listar os profissionais mais felizes do Brasil, vamos usar duas pesquisas. Na primeira, vamos conhecer as funções que empregam os profissionais mais satisfeitos. A segunda você vai ver mais adiante.

Veja o quem são os profissionais mais felizes do Brasil segundo a pesquisa realizada pelo site de empregos Love Mondays:

  1. Estagiários, Trainees e Jovens Aprendizes

Eles estão cheios de energia, ávidos para descobrir todos os detalhes da área de trabalho que escolheram, deslumbrados com o fato de estarem aprendendo uma profissão. Não é à toa que os jovens estagiários, trainees e aprendizes estão entre os profissionais mais felizes do mercado brasileiro.

Aqui nem sempre é o dinheiro que vem primeiro. As perspectivas profissionais, o conhecimento adquirido e a possibilidade de efetivação contam muito mais como fator de satisfação.

  1. Consultores

Os consultores também integram a lista das profissões mais felizes. O motivo não poderia ser mais justo: como profissionais especializados em determinadas áreas do conhecimento, sua missão é encontrar soluções para um problema ou apontar caminhos para lidar com um desafio da empresa contratante.

Esse senso de utilidade contribui bastante para a satisfação no trabalho. Também é um profissional que estuda muito e precisa estar sempre atualizado com as novidades da sua área de atuação. Outro fator que conta muito é o modelo de trabalho, principalmente por conta própria – o que permite maior flexibilidade no dia a dia.

  1. Gerentes e Supervisores

O senso de responsabilidade que os cargos de gerente e supervisor exigem dão uma carga extra de ânimo a quem atua nessas funções. Repare num fato interessante: na lista não aparecem os cargos mais altos e bem remunerados, como diretor, vice-presidente e presidente de uma empresa.

Acontece que, embora recebam um salário menor que os seus superiores, gerentes e supervisores são submetidos a um cotidiano menos estressante na maioria das vezes, além de enxergarem possibilidades concretas de ascensão no emprego.

  1. Vendedores

Vendedores externos, analistas de venda, promotores de venda, consultores de vendas – boa parte das funções que envolvem vendas tem profissionais felizes, revela a pesquisa. O segredo está no senso de conquista e contribuição que os vendedores têm ao concretizar uma operação. Sem falar, é claro, nos bônus que ganham a cada negócio fechado.

Em uma segunda pesquisa – esta realizada com gente do mundo inteiro – o site CareerCast, em parceria com a Revista Forbes, revelou quem são os profissionais mais felizes do mundo. A lista é um pouco diferente da que temos no Brasil, mas dá para ter uma ideia de quem está rindo à toa no mercado de trabalho atualmente:

  1. Desenvolvimento de Software

A tecnologia da informação é uma profissão de ponta, “do futuro”, que reúne profissionais super especializados e bem antenados com as novidades mundo afora. Quem trabalha nessa área geralmente é muito procurado e tem chances de remuneração elevadas. Não é por menos que eles ocupam o topo da lista dos profissionais mais felizes, segundo a pesquisa.

  1. Rádio e TV

Um mercado de trabalho dinâmico e exigente acolhe os profissionais de Rádio e TV. As possibilidades de atuação na área são inúmeras: edição, criação, reportagem, texto, pauta, apresentação, locução, figurino, gerenciamento de equipes… Além disso, esse pessoal tem a importante missão de buscar, elaborar e comunicar notícias – o que é vital para o desenvolvimento social e econômico.

  1. Educação

Pelo mundo inteiro, o ensino é uma profissão que conta, principalmente, com a devoção dos seus profissionais. Na pesquisa, os itens mais bem avaliados foram os chefes, os colegas e o jeito de trabalhar. Pessoas que se dedicam à licenciatura ou à Pedagogia o fazem principalmente por achar que a profissão é importante para o desenvolvimento humano, que são capazes de fazer a diferença. Embora não estejam na lista dos mais bem remunerados, de acordo com a pesquisa esses profissionais estão felizes com o que fazem.

  1. Audiovisual

Por ser uma indústria voltada para o entretenimento e com uma forte pegada tecnológica, o audiovisual (animação, cinema, comerciais, videoclipes) atrai gente criativa e disposta a crescer no ramo. Não é à toa que elas se dão bem entre si. Em meio aos itens mais bem avaliados pelos que trabalham nessa área estão os chefes, os colegas e a forma de trabalhar. A emoção de ver sua ideia, roteiro, cenário ou figurinos em ação é o principal combustível desses profissionais.

Veja também:

Guia das Profissões

Você está feliz com sua profissão? Ela está na lista? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin