dcsimg

Descubra como é a carreira em Psicologia da Saúde

Entenda como atua o profissional de Psicologia da Saúde, quanto ganha e como ingressar nessa carreira!

A Psicologia da Saúde trabalha de mãos dadas com a Medicina Comportamental e a Saúde Comportamental. Trata-se de uma especialidade relativamente nova, que resgata a ideia do ser humano como um todo – não separa o organismo da mente.

A prevenção é um dos focos dessa área, procurando observar os riscos que podem vir a afetar pessoas saudáveis. O trabalho do psicólogo da saúde ajuda a entender males como estresse, alcoolismo e as repercussões psicológicas de doenças crônicas, por exemplo.

Confira a seguir o guia que preparamos para você entender melhor como funciona a carreira em Psicologia da Saúde: o que é, o que faz esse profissional, qual o caminho para se tornar um psicólogo da saúde e onde estudar!

O que é Psicologia da Saúde?

Entre todas as áreas da Psicologia, a da Saúde é a que a mais se aproxima da Medicina. Atua com prevenção e com intervenção psicológica para promover a saúde mental do paciente, considerando que ela caminha junto com seu estado geral. Pode-se dizer também que a abordagem psicológica da saúde humaniza todo o trato recebido pelo paciente, trazendo novos níveis de percepção aos cuidados médicos.

O Psicólogo da Saúde leva em conta fatores como vivências, comportamentos e meio ambiente (social, familiar, cultural) para investigar alterações no funcionamento biológico.

O significado psicológico que a doença tem para o doente importa muito para o psicólogo da saúde. Essa informação é valiosa para que o profissional possa preparar uma intervenção correta em seu paciente. Alguns dos outros campos de estudo nessa área são:

  • Comportamentos que podem colocar a saúde em risco
  • Atitudes necessárias à manutenção da saúde
  • Aspectos psicológicos de adesão aos tratamentos de saúde
  • Como os pacientes enfrentam uma doença

Fica fácil notar que a Psicologia da Saúde está intimamente relacionada a outros ramos da Psicologia, como a Social, a Organizacional e a Hospitalar.

É, portanto, uma especialidade ampla, que proporciona ao profissional trabalhar não somente em clínicas, hospitais e centros de saúde, mas também diversificar suas atividades. Ele pode, por exemplo, participar da direção de programas preventivos e comunitários, atuar em políticas públicas de saúde, trabalhar em empresas ou outras organizações, ou ainda seguir carreira acadêmica e se dedicar à pesquisa e à docência.

Por ser um campo recente da Psicologia – os primeiros estudos e publicações datam da década de 1970, mas a sua aplicação profissional veio bastante tempo depois –, a Psicologia da Saúde representa uma área de trabalho em formação e ampliação.

A procura por psicólogos da saúde vem crescendo. Isso se reflete no surgimento de cursos de pós-graduação e também no maior peso que essa disciplina vem ganhando na grade curricular das graduações em Psicologia.

Como se tornar um psicólogo da saúde?

Antes de se tornar um psicólogo da saúde, você deve se tornar um psicólogo e, para isso, o caminho é fazer uma faculdade de Psicologia. As graduações em Psicologia costumam ser oferecidas no grau de bacharelado, embora também existam as licenciaturas, que preparam o aluno para trabalhar como orientador educacional, por exemplo. Mas se sua opção é a saúde, então o melhor caminho é mesmo fazer um bacharelado em Psicologia.

Essa graduação dura de 4 a 5 anos, em média. E ao longo do curso você já terá algumas matérias relacionadas especificamente com a Psicologia da Saúde. A formação também inclui estágios supervisionados obrigatórios, quando você terá a oportunidade de vivenciar a profissão. Para poder se formar, é preciso elaborar e apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

No Brasil, há muitas faculdades que oferecem o curso de Psicologia. Por isso é importante fazer uma escolha cuidadosa: informe-se sobre a reputação da faculdade, a satisfação dos alunos e os professores. Ah, e se possível visite a instituição de ensino para conferir a qualidade da estrutura física que ela oferece – bibliotecas, laboratórios, computadores, salas de aula, espaços de convivência, etc.

Mas o mais importante mesmo vem agora: certifique-se de que a instituição é credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) para oferecer o curso de Psicologia. É o que garante a validade do seu diploma em todo o território nacional e permite exercer a profissão.

Depois da graduação, inscreva-se no Conselho Regional de Psicologia (CRP) de sua região. A boa notícia é que o CRP não aplica nenhuma prova. Basta levar o seu diploma e outros documentos e obter o registro.

Só então é que chega a hora de você se tornar um psicólogo da saúde com todas as letras. Isso pode ser feito por meio de uma pós-graduação, que dura em média dois anos.

Existe ainda outra forma de se especializar em Psicologia da Saúde: conseguindo o Título de Profissional Especialista em Psicologia do Conselho Federal de Psicologia (CFP). Para obter o título é preciso fazer provas teóricas e práticas, além de comprovar pelo menos dois anos de experiência profissional.

Qual o salário de um psicólogo da saúde?

Não é fácil estipular os ganhos mensais de um psicólogo da saúde, dada a vasta gama de atividades que esse profissional pode exercer. Há que se considerar também que essa é uma especialidade relativamente nova, o que dificulta estabelecer valores. Além disso, os salários variam de acordo com o tempo de experiência do profissional, a região do país onde trabalha e o porte da empresa ou dos clientes que atende. Ou seja, a diferença de salários pode ser grande entre um e outro profissional.

O site de empregos Catho divulga o salário de R$ 2.327,00 como média para os psicólogos no Brasil.

O Site Nacional de Empregos (SINE) apresenta um levantamento salarial que combina o porte da empresa contratante com o tempo de experiência do profissional. De acordo com o SINE, as médias salariais para um psicólogo da saúde no Brasil são:

Empresa de pequeno porte:

Trainee: R$ 1.472
Júnior: R$ 1.840
Pleno: R$ 2.300
Sênior: R$ 2.876
Master: R$ 3.595

Empresa de médio porte:

Trainee: R$ 1.914
Júnior: R$ 2.393
Pleno: R$ 2.991
Sênior: R$ 3.739
Master: R$ 4.673

Empresa de grande porte:

Trainee: R$ 2.488
Júnior: R$ 3.110
Pleno: R$ 3.888
Sênior: R$ 4.860
Master: R$ 6.076

Os rendimentos do psicólogo da saúde podem aumentar consideravelmente caso o profissional acumule mais de um emprego – fato bastante comum na área.

Onde estudar Psicologia

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Psicologia:

Veja também:

Psicologia: profissão, carreira e mercado de trabalho

Gostou de saber mais sobre a carreira em Psicologia da Saúde? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin