dcsimg

Serviço Social ou Psicologia: qual a melhor opção?

Na dúvida entre Serviço Social e Psicologia? Descubra qual carreira é melhor para o seu perfil e veja onde estudar para se destacar no mercado!

ciencias-sociais-1

Gostar de ajudar as pessoas, saber ouvir e se colocar no lugar do outro são requisitos comuns aos profissionais de Serviço Social e Psicologia. Ambos precisam ter interesse em estudar a fundo o ser humano, entender suas necessidades e comportamentos. Mas a forma de ajudar a quem precisa e o público-alvo do assistente social e do psicólogo são, em grande parte, diferentes.

O Assistente Social tem foco no coletivo. Lida com grupos de pessoas, geralmente excluídos da sociedade, e desenvolve projetos e ações para proporcionar sua reintegração ou o acesso aos seus direitos.

O Psicólogo foca no indivíduo. Trata cada caso de forma particular e motiva as pessoas a encontrarem suas próprias soluções para os problemas que enfrentam.

Conheça as diferenças entre Serviço Social e Psicologia, as oportunidades que o mercado oferece a estes profissionais e veja onde estudar!

Diferenças entre Serviço Social e Psicologia

O principal objetivo do profissional de Serviço Social é combater as desigualdades, lutando por melhores condições de vida para populações carentes ou grupos que vivem em situação de exclusão.

O assistente social defende os direitos humanos ajudando as pessoas a ter acesso à educação, saúde e moradia, entre outros. Seu trabalho envolve muita pesquisa e atividades em campo. O serviço público é o setor que mais contrata estes profissionais.

O psicólogo estuda o comportamento e os processos mentais dos seres humanos e procura entender suas reações, pensamentos e emoções. Seus conhecimentos podem ser aplicados em diversos serviços ligados à saúde e às relações humanas, tais como: recrutamento e seleção, tratamento de distúrbios emocionais, melhoria da qualidade de vida, aconselhamento vocacional.

O campo de trabalho do psicólogo é amplo. Ele pode ter um consultório próprio ou encontrar oportunidades de trabalho tanto no setor privado quanto em órgãos públicos.

As principais diferenças entre Serviço Social e Psicologia são:

  • Duração do Curso: a graduação em Psicologia tem em média 5 anos, um a mais do que Serviço Social.
  • Mercado: O assistente social tem campo de trabalho concentrado no serviço público, enquanto o psicólogo conta com possibilidades de atuação mais variadas, especialmente na iniciativa privada.


Os cursos de Serviço Social e Psicologia

O curso de Serviço Social é oferecido em grau de bacharelado e licenciatura e tem duração média de quatro anos. A maior parte do currículo é composta por disciplinas teóricas, como Sociologia, História, Ciência Política e Antropologia, que exigem bastante leitura e pesquisa.

Durante todo o curso o aluno tem a oportunidade de desenvolver trabalhos de campo em comunidades e em diferentes instituições sociais. São realizados também debates entre professores e estudantes com o objetivo de entender as diferentes classes e manifestações sociais, e as melhores formas de ajudar pessoas em situação de fragilidade.

Para concluir o curso é preciso realizar um estágio supervisionado na área e elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Confira as principais disciplinas do curso de Serviço Social:

  • Antropologia
  • Desenvolvimento Econômico
  • Direitos Humanos
  • Educação Inclusiva
  • Ética Profissional
  • Família e Sociedade
  • Filosofia
  • Psicologia
  • Formação Social, Econômica e Política no Brasil
  • Fundamentos das Políticas Sociais
  • Movimentos Sociais
  • Participação e Controle Social
  • Pesquisa em Serviço Social
  • Planos e Projetos de Intervenção Social
  • Política de Seguridade Social
  • Política de Atenção à Criança, Adolescente e Idoso

O curso de Psicologia é oferecido em grau de bacharelado e licenciatura e dura, em média, cinco anos. Esta formação é voltada ao estudo e pesquisa do comportamento humano, desde a infância até a idade adulta. O currículo costuma ser dividido em duas partes: um núcleo comum, que promove a capacitação básica em Psicologia, e uma parte diversificada, composta por estágios supervisionados em diferentes habilitações.

Além da grande carga de aulas teóricas, são realizadas também atividades práticas em laboratórios ao longo do curso como, por exemplo, observação e estudo de comportamentos em diferentes contextos. Algumas instituições oferecem espaços para atendimento à comunidade, como serviços de orientação profissional e atendimento clínico.

Ao final da graduação o estudante deve realizar um estágio supervisionado e elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Confira algumas das principais disciplinas do curso de Psicologia:

  • Avaliação Psicológica
  • Clínica Psicanalítica
  • Desenvolvimento Humano e Aprendizagem
  • Estudos sobre Deficiência
  • Gênero, Corpo e Sexualidades
  • Método Clínico
  • Neuropsicologia
  • Políticas Públicas, Direitos Humanos e Práticas Psicossociais
  • Processos Psicológicos na Infância, Adolescência e Juventude
  • Psicologia Comportamental
  • Psicologia do Trabalho
  • Psicologia e Atenção à Saúde
  • Psicologia e Pessoas com Deficiência
  • Psicologia Jurídica
  • Psicopatologia
  • Teoria e Técnicas Psicoterápicas

O mercado de trabalho do Assistente Social e do Psicólogo

O profissional formado em Serviço Social está apto a promover o bem-estar psicológico, físico e social de pessoas ou grupos em situações de risco, prestando assistência e desenvolvendo projetos para sua reintegração na sociedade. A grande maioria dos assistentes sociais brasileiros, segundo o Conselho Federal de Serviço Social, atua no setor público, em órgãos municipais, estaduais e federais. Mas o mercado de trabalho deste profissional vem se mostrando mais dinâmico.

O assistente social tem sido cada vez mais procurado para integrar equipes multiprofissionais de diferentes setores, inclusive na iniciativa privada. Confira algumas das instituições que contratam este profissional:

  • Escolas e Universidades
  • Presídios
  • Hospitais
  • Indústrias
  • Empresas prestadoras de serviços na área de Educação, Saúde, Alimentação
  • Programas Sociais do Governo Federal (como o Bolsa Família ou o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil)
  • Redes de Serviços Sociais do Governo
  • Centros de Saúde
  • Sindicatos
  • Creches
  • Entidades Filantrópicas
  • Serviços de Proteção Judiciária

A carreira de psicólogo está em alta. Ela é considerada uma das mais promissoras do mercado atual, segundo pesquisas de sites de recrutamento e seleção, tanto em relação às médias salariais quanto às oportunidades de emprego.

O profissional formado em Psicologia tem amplo campo de atuação. Pode trabalhar em instituições ligadas à saúde, em clínica ou consultório próprio, ocupando cargos em órgãos públicos ou empresas privadas. Até mesmo os setores que tradicionalmente recrutam apenas profissionais das Ciências Exatas têm contratado psicólogos para analisar dados sobre o comportamento dos consumidores, criar novos produtos, desenvolver sistemas operacionais, entre outras atividades. Veja alguns locais onde este profissional pode trabalhar:

  • Escolas
  • Universidades
  • Postos de Saúde
  • Hospitais
  • Clínicas particulares
  • Consultórios próprios
  • Empresas públicas ou privadas, especialmente na área de Recursos Humanos, ou em atendimento e pesquisas junto a consumidores
  • Abrigos
  • Centros de reabilitação
  • Na Justiça, assessorando o Juiz em processos como os de adoção e separação

Onde estudar

Conheça algumas das principais universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Serviço Social:

Conheça algumas das principais universidades, reconhecidas pelo MEC, que oferecem o curso de Psicologia:

Veja também:

Quanto ganha um assistente social?

Ficou interessado em seguir uma destas carreiras? Prefere ser Assistente Social ou Psicólogo? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin