dcsimg

Conheça o curso de Agronomia a distância e veja onde fazer

Descubra como funciona o curso superior a distância que permite trabalhar na área de Agronomia!

Ainda não há no Brasil um curso de Engenharia Agronômica a distância reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), embora isso possa mudar nos próximos anos devido à demanda e ao crescimento da área.

Por ora, quem quiser fazer uma graduação para se formar engenheiro agrônomo deve se contentar com a modalidade presencial, mas se você não tem disponibilidade de fazer um curso nesse formato há outra possibilidade. E o melhor: o curso é de nível superior, tem duração mais curta e oferece alta empregabilidade na área de Agronomia!

A seguir, você vai saber mais sobre o curso de Agronegócio a distância, conhecer as matérias encontradas durante a faculdade e as instituições de ensino que oferecem a graduação no formato EAD com o reconhecimento do MEC. Confira!

Como é o tecnólogo em Gestão do Agronegócio a distância

Com duração média de três anos e carga horária de pelo menos 2.400 horas, o curso faz uma abordagem de toda a cadeia produtiva da agropecuária, agricultura e agroindústria, ensinando as etapas que vão desde o início da produção até a venda ao consumidor final. Para isso, concentra-se principalmente em disciplinas de Administração, Biologia e Técnicas Agrícolas e Agropecuárias.

A maior parte do curso é feita a distância. O aluno assiste às aulas pela internet e faz a maioria das tarefas e trabalhos por meio da plataforma de ensino virtual da faculdade. Lá, é possível consultar materiais de apoio como apostilas, livros eletrônicos, áudios e vídeos, além de tirar as dúvidas com professores e se comunicar com os demais colegas por meio de chats e fóruns de discussão.

Por determinação do Ministério da Educação, 20% da carga horária do curso deve ser realizada presencialmente. Para cumprir a exigência, normalmente as faculdades pedem que o aluno compareça ao polo de apoio algumas vezes por semestre para realizar aulas práticas e provas finais.

No parecer CNE/CES 436/2001, o Conselho Nacional de Educação deixa a cargo da instituição de ensino exigir ou não a apresentação de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para obtenção do diploma. Da mesma forma, o estágio é facultativo. No entanto, conseguir um estágio na área é aconselhável para sair da faculdade já com alguma experiência no currículo.

O que se estuda no curso de tecnólogo em Gestão do Agronegócio a distância

Confira a seguir algumas disciplinas encontradas no curso de tecnólogo em Agronegócio a distância. A nomenclatura das matérias pode variar de acordo com a faculdade, no entanto o conteúdo ensinado costuma ser o mesmo.

  • Administração de Propriedades Rurais
  • Agronegócio Cooperativo
  • Análise de Preços Agrícolas
  • Cadeias Produtivas em Agronegócios
  • Comercialização e Vendas no Agronegócio
  • Competências Gerenciais
  • Contabilidade Financeira e Gerencial
  • Defesa Sanitária
  • Direito e o Agronegócio
  • Elaboração e Análise de Projetos Agropecuários
  • Empreendedorismo e Planejamento Estratégico para o Agronegócio
  • Estratégias e Marketing para o Agronegócio
  • Ferramentas Quantitativas para o Agronegócio
  • Financiamento para o Agronegócio
  • Gestão de Projetos Agropecuários
  • Gestão Estratégica de Pessoas
  • Gestão e Legislação Ambiental
  • Introdução ao Agronegócio
  • Logística para o Agronegócio
  • Meio Ambiente e Sustentabilidade
  • Pesquisa Aplicada ao Agronegócio
  • Plano de Negócio
  • Processos e Tecnologia para Não-Ruminantes e Piscicultura
  • Processos e Tecnologia para Ruminantes
  • Processos e Tecnologia para Solos, Viveiros e Mudas
  • Qualidade no Sistema Agroindustrial
  • Resíduos Agroindustriais
  • Sistemas e Informações Gerenciais no Agronegócio

Mercado de trabalho para o gestor de agronegócio

O curso superior de tecnologia em Agronegócio forma profissionais que vão atuar em uma das áreas que mais crescem no Brasil. De acordo com um documento intitulado “Projeções do Agronegócio 2011 – 2022”, elaborado pelo Ministério da Agricultura, o crescimento da produção agrícola no país deve continuar acontecendo em ritmo acelerado até 2022 e tanto o consumo interno quanto as exportações devem aumentar. Até lá, esse mercado como um todo deve ter uma expansão de 9% – um número bastante expressivo, considerando que o setor já movimenta boa parte do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

E é aí que entra o profissional formado em Agronegócio. Nesse cenário promissor, o tecnólogo pode atuar em várias frentes, lidando com as diversas etapas da agricultura e da agropecuária, ciências do solo, zootecnia, máquinas agrícolas, adubação, irrigação e drenagem, entre outras.

A atuação pode se dar em fazendas, no processamento industrial, na indústria de alimentos ou na comercialização de produtos agrícolas e agroindustriais, por exemplo. É possível especializar-se em administração de fazendas, consultoria e gestão da produção.

Como o Brasil tem dimensões continentais e é uma potência na produção de diversos produtos agrícolas, o que vemos é uma oferta de vagas de emprego espalhada por todo o território nacional. Assim, no Sul do país é possível tomar conta dos negócios de uma vinícola ou em uma fazenda que produz arroz, enquanto no Centro-Oeste o foco é a produção de soja e gado, por exemplo.

Faculdades que oferecem o curso de Agronegócio a distância

Confira a seguir algumas faculdades reconhecidas pelo MEC que oferecem o tecnólogo em Agronegócio a distância:

Todas as instituições da lista acima oferecem facilidades de pagamento variadas. Saiba mais a seguir.

Formas de pagar menos para cursar Agronegócio a distância

Se você gostou do curso de Agronegócio mas a grana anda curta, saiba que há algumas maneiras de conseguir descontos na faculdade de sua escolha. As que destacamos anteriormente, por exemplo, oferecem diversas facilidades, como desconto por pontualidade de pagamento.

Há também outras maneiras de aliviar o orçamento: bolsas de estudo por mérito ou para estudantes de baixa renda, descontos, convênios e parcelamentos são algumas das opções.

Você também pode tentar uma bolsa pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), iniciativa do governo federal que concede bolsas de estudo integrais e parciais a estudantes de baixa renda. Para se candidatar, é necessário comprovar renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa e ter obtido pelo menos 450 pontos na média das provas do Enem mais recente, sem ter zerado a redação. É preciso ainda se enquadrar em quesitos de formação escolar.

Veja também:

Saiba mais sobre o curso de Agronegócios
E aí? Achou que Agronegócio a distância é uma boa alternativa? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin