dcsimg

Saiba tudo sobre o curso de Direito da Anhanguera

Está pensando em fazer Direito? Descubra como é o curso da Anhanguera, o que se estuda, qual o investimento necessário e como garantir uma vaga!

Direito

Direito lidera o ranking das graduações com o maior número de alunos matriculados. Segundo o último Censo da Educação Superior, são mais de 810 mil estudantes em todo o País.

É uma das carreiras mais antigas e tradicionais. Apesar disso, o curso continua atual e atrai um número cada vez maior de estudantes. O mercado de trabalho é amplo para quem se forma na área e, apesar de saturado em alguns ramos, está sempre aberto a profissionais bem qualificados.

Para seguir a carreira jurídica ou se tornar um advogado é obrigatório ter um diploma de curso de Direito reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

O Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) tem autorização do MEC para oferecer o curso de Direito. Além disso, é uma das maiores universidades particulares do Brasil!

Ficou interessado? Então saiba tudo sobre o curso de Direito da Anhanguera, o que se estuda, onde encontrar, quanto custa e como ingressar!

Como funciona o curso de Direito da Anhanguera

O curso de Direito da Anhanguera é do tipo bacharelado e tem duração de cinco anos. Por enquanto, a graduação é oferecida apenas na modalidade presencial.

O objetivo é formar profissionais que possam interpretar e aplicar normas jurídicas em diversas situações com o propósito de organizar e manter um bom relacionamento entre os grupos e indivíduos da sociedade.

A Anhanguera organizou o curso de Direito para que o estudante tenha uma formação crítica e reflexiva a respeito das relações sociais e desenvolva habilidades de:

  • Argumentação
  • Análise dos conceitos jurídicos
  • Prevenção e solução de conflitos por meios jurídicos e extrajudiciais

O que se estuda no curso de Direito da Anhanguera

O principal objeto de estudo do curso de Direito é a Constituição Federal. A maior parte das disciplinas é dedicada ao entendimento das leis e de como aplicá-las em situações reais.

Os primeiros semestres apresentam matérias mais básicas, que relacionam o Direito a outras áreas do saber, como Economia, Sociologia e Política, entre outras.

As disciplinas específicas abrangem diversos ramos do Direito, como por exemplo:

  • Administrativo
  • Constitucional
  • Tributário
  • Penal
  • Civil
  • Do Trabalho
  • Empresarial
  • Internacional

O curso é bastante teórico e exige dos alunos muita leitura, pesquisa, estudos de caso, etc.

Conheça as principais disciplinas que fazem parte do currículo do curso de Direito da Anhanguera:

  • Antropologia e Psicologia Forense
  • Ciência Política e Teoria Geral do Estado
  • Direito Administrativo – Administração Pública
  • Direito Ambiental
  • Direito Civil – Atos e Fatos Jurídicos
  • Direito Civil – Famílias e Sucessões
  • Direito Civil – Obrigações
  • Direito Civil – Teoria Geral de Contratos
  • Direito Coletivo do Trabalho
  • Direito Constitucional
  • Direito da Seguridade Social
  • Direito das Relações de Consumo
  • Direito de Falência e Recuperação de Empresa
  • Direito do Trabalho
  • Direito Econômico
  • Direito Internacional
  • Direito Penal – Crimes Contra a Pessoa e Patrimônio
  • Direito Penal – Teoria das Penas
  • Direito Político e Eleitoral
  • Direito Previdenciário
  • Direito Processual Civil
  • Direito Processual do Trabalho
  • Direito Processual Penal
  • Direito Tributário
  • Direitos Humanos
  • Economia
  • Filosofia do Direito
  • Meios Alternativos de Solução de Conflitos
  • Teoria da Argumentação Jurídica
  • Teoria Geral do Processo
  • Sociologia Geral e Jurídica

Para se formar em Direito na Anhanguera é obrigatório realizar um estágio supervisionado e elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Onde encontrar o curso de Direito da Anhanguera

Veja em quais cidades a Anhanguera oferece o curso de Direito:

  • Mato Grosso – Rondonópolis
  • Mato Grosso do Sul – Campo Grande
  • Rio de Janeiro – Niterói
  • Rio Grande do Sul – Passo Fundo, Pelotas, Rio Grande
  • Santa Catarina – São José
  • São Paulo – Bauru, Guarulhos, Jacareí, Jundiaí, Leme, Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Paulo, Taboão da Serra, Valinhos

Como entrar no curso de Direito da Anhanguera

Para conseguir uma vaga em Direito na Anhanguera existem os seguintes caminhos:

Vestibular – a inscrição é feita pela internet. O interessado preenche um formulário online com seus dados pessoais e escolhe a melhor data para fazer a prova (dentre as opções disponíveis). O resultado é divulgado poucos dias depois no site da Anhanguera.

Nota do Enem – quem participou de alguma edição do Enem pode entrar na Anhanguera sem fazer vestibular. Para saber se tem vagas para o curso de Direito o candidato deve preencher um formulário online informando seu endereço e o ano em que fez o Enem. O sistema vai divulgar uma lista completa dos cursos que aceitam a nota do Exame naquele semestre.

Transferência – quem já está cursando Direito em outra universidade pode transferir a matrícula para a Anhanguera. Neste caso o aluno não precisa fazer vestibular, basta apresentar a documentação exigida dentro do prazo estipulado.

Quanto custa estudar Direito na Anhanguera

As mensalidades do curso de Direito variam conforme o turno e a cidade escolhida.

Em algumas unidades da Anhanguera é possível encontrar mensalidades a partir de R$ 700. Em outras o custo mensal pode ficar em torno de R$ 1.000.

Para saber exatamente de quanto será seu investimento procure uma das unidades da Anhanguera.

Como pagar menos para estudar Direito na Anhanguera

Se você não tem condições de arcar com as mensalidades de Direito, não desanime! Existem algumas alternativas para economizar, ou mesmo fazer o curso de graça na Anhanguera.

A universidade possui convênios com diversas empresas, além de programas de bolsas e créditos estudantis. Conheça os principais:

ProUni – é o maior programa de bolsas de estudo do País. Para se inscrever é obrigatório ter feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. Os candidatos concorrem a bolsas integrais (100%) e parciais (50%) e devem cumprir outros requisitos, como renda e escolaridade.

FIES – é a linha de crédito estudantil do Governo Federal. Com o FIES é possível financiar o curso em parcelas acessíveis e com prazo de pagamento a perder de vista. Os juros são baixos e o estudante só começa a quitar a dívida depois de formado. Para concorrer a uma vaga pelo FIES é preciso ter feito alguma edição do Enem a partir de 2010, com pelo menos 450 pontos nas provas e nota acima de zero na redação.

Tanto o ProUni quanto o FIES acontecem duas vezes ao ano, normalmente nos meses de janeiro e junho.

Para saber mais detalhes sobre o curso de Direito acesse o site da Anhanguera.

Veja também:

Quanto ganha um Advogado?

Gostou de saber como funciona o curso de Direito da Anhanguera? Vai tentar uma vaga? Deixe seu comentário aqui!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin