dcsimg

Curso de economia: como ganhar uma bolsa de estudo

Tudo o que você precisa saber para pagar menos ou absolutamente nada na sua graduação em Economia!

O profissional da área de Economia está em alta e é procurado principalmente para trabalhar em empresas de médio e grande porte.

Se o seu sonho é estudar Economia, mas a grana está curta, considere a possibilidade de tentar uma bolsa de estudos. Há diversas formas de conseguir uma, e hoje em dia o processo pode ser feito até pela internet!

Preparamos o guia a seguir para que você saiba por onde começar a buscar uma bolsa de estudos para cursar Economia.

Aqui tem ProUni, dicas de como conseguir bolsa pela internet e vários outros detalhes super importantes pra ajudá-lo a tomar a melhor decisão. Vamos lá?

Como conseguir uma bolsa de estudo em Economia pelo ProUni

É impossível falar de bolsas de estudo sem citar o ProUni, então vamos nos concentrar primeiro nele.

O Programa Universidade para Todos foi criado em 2004 pelo governo federal com o propósito de facilitar o ingresso de estudantes de baixa renda no ensino superior privado.

O ProUni concede bolsas integrais e parciais (que cobrem 50% do valor da mensalidade) a estudantes que cumpram alguns requisitos como renda familiar, escolaridade e desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Para conseguir a bolsa integral, a renda familiar bruta mensal deve ser de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já para concorrer a uma bolsa parcial, a renda pode ser de até três salários mínimos por pessoa.

O ProUni exige pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero no Enem mais recente para se inscrever. No entanto, na prática, vemos que as notas de corte para garantir vaga em Economia costumam ficar entre 500 e 770 pontos. A nota para passar depende de uma série de fatores, como faculdade, campus, turno e modalidade (cotas ou livre concorrência).

Para se candidatar ao processo seletivo do ProUni, é necessário ainda atender a ao menos um dos três critérios a seguir:

  1. Ter feito o ensino médio em escola pública ou em escola particular na condição de bolsista integral
  2. Ser deficiente
  3. Ser professor da rede pública concorrendo a uma bolsa em curso de licenciatura

Ah, outro detalhe muito importante: só pode participar do ProUni quem ainda não tem diploma de nível superior.

Se quiser se candidatar a uma bolsa em Economia, fique ligado nas datas das inscrições. Elas são gratuitas e ocorrem duas vezes ao ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestre.

Como conseguir uma bolsa de estudo em Economia pela internet

Se por algum motivo você não puder se candidatar ao ProUni, vamos apresentar uma ótima maneira de poupar uma graninha na hora de bancar os estudos.

É possível obter até 70% de desconto em sites como o Quero Bolsa e o Educa Mais Brasil. É ou não é uma super mão na roda?

Para ter acesso às bolsas, o procedimento é muito simples, rápido e prático: entre em um desses sites e vá até a ferramenta de busca que fica na página inicial. Os dois portais têm funcionalidades parecidas: basta selecionar a cidade, escrever que você quer estudar Economia no campo “curso”, a modalidade (presencial ou EAD) e, se já tiver alguma ideia de onde estudar, o nome ou a sigla da instituição de ensino.

Após selecionar suas preferências e realizar a busca, os resultados aparecerão na tela. Escolha aquele que mais lhe agradar, leia o contrato com muita atenção e pague a pré-matrícula, que corresponde ao valor de uma mensalidade. Em seguida, leve o comprovante até a faculdade para concluir o processo. Isso vai garantir a sua bolsa, ou seja, o percentual de desconto, até você concluir a graduação.

Como ganhar bolsa de estudo em Economia por desempenho

Muitas faculdades privadas oferecem bolsas de estudo baseadas no desempenho do candidato no vestibular. Normalmente, as instituições oferecem bolsas parciais ou integrais aos primeiros colocados, a fim de garantir o ingresso de novos talentos.

Algumas faculdades concedem bolsas por mérito de outra maneira: de acordo com o desempenho ao longo do curso. Assim, o aluno que mantém um boletim recheado de notas altas pode ganhar bolsa, geralmente parcial.

Como cada faculdade privada tem seu regulamento, sugerimos que você se informe na instituição para saber qual é a política de concessão de bolsas por desempenho.

Como ganhar bolsas de estudo em Economia pela empresa onde trabalha

Economia é um campo do conhecimento muito valorizado no meio empresarial. Há diversos cargos e funções que esse bacharel pode ocupar.

Converse com o departamento de Recursos Humanos do lugar onde você trabalha. Geralmente, as empresas de médio e grande porte possuem programas de incentivo à formação de nível superior.

Se sua empresa for pequena, não precisa desanimar: converse com seu chefe e explique como a formação em Economia vai ajudá-lo a contribuir com o crescimento da empresa.

Como ganhar bolsas de estudo em Economia por meio de organizações e sindicatos

Vamos lá: aqui a coisa pode parecer um pouco restrita, mas se você tiver persistência e paciência para procurar, pode achar muita coisa interessante.

Algumas organizações não governamentais mantêm convênios com diversas faculdades que oferecem o curso de Economia. De modo geral, essas ONGs são voltadas a um grupo específico, como afrodescendentes ou pessoas de baixa renda e cada uma tem seus critérios de participação, processos seletivos e exigências. É questão de buscar algo em que você se encaixe.

Outra maneira de conseguir bolsas de estudo é por meio de seu sindicato ou organização de classe. Sindicatos de bancários, por exemplo, costumam ter convênios com diversas faculdades que oferecem o curso de Economia.

Outras formas de conseguir bolsa de estudo em Economia

As instituições de ensino costumam oferecer descontos aos alunos por diversos motivos. Tecnicamente, não é bem uma bolsa, mas desconto é desconto e já dá uma boa ajuda.

Cada faculdade tem seu regulamento e aqui o ideal é procurar se informar direto na fonte. Conheça alguns exemplos de descontos mais comuns:

  • Desconto por indicação de novos alunos
  • Desconto para pessoas da mesma família
  • Desconto para a terceira idade
  • Desconto por pontualidade de pagamento

Onde estudar Economia com bolsa

Confira algumas instituições de ensino que oferecem a graduação em Economia. Todas são autorizadas e reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e oferecem bolsas e descontos variados:

Veja também:

Economia: Saiba mais sobre o curso e a carreira

Está pensando em estudar Economia e encontrou a bolsa de estudos que procura? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin