dcsimg

Curso de Engenharia Química

Conheça o curso de Engenharia Química, como é a profissão e onde estudar esta graduação!

tecnico-quimica

O curso de Engenharia Química possui a habilitação em bacharelado, e tem duração média de 5 anos. Oferecido somente na modalidade presencial, é uma graduação com uma quantidade considerável de disciplinas das Ciências Exatas, como Matemática e Física, muitas matérias ligadas à Química e várias atividades de laboratório.

O engenheiro químico está muito mais presente em nossa vida do que imaginamos. A área de atuação desse profissional é enorme e ele pode desenvolver inúmeros produtos, desde cosméticos até tinta de parede, passando por tecidos e alimentos. Seja atuando no desenvolvimento de novos produtos, fiscalizando a qualidade ou tratando de resíduos químicos que possam afetar o meio ambiente, a Engenharia Química é uma atividade de grande responsabilidade.

A profissão de Engenheiro Químico é regulamentada no Brasil desde 1933. Para exercê-la, é obrigatório ter diploma de nível superior em curso de Engenharia Química reconhecido pelo MEC e registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA).

Saiba mais sobre o curso de Engenharia Química, seu perfil profissional, o mercado de trabalho e onde estudar esta graduação!

O curso de Engenharia Química

O curso de Engenharia Química dura em média 5 anos e confere ao formando o título de bacharel. Apesar de ter disciplinas em comum com o curso de Química, na Engenharia os alunos têm mais contato com disciplinas aplicadas e são preparados para trabalhar com processos químicos em escala industrial, ou seja, desenvolver produtos para a indústria química em geral.

Além de uma forte carga de Química, Física e Matemática, o estudante de Engenharia Química também realiza uma série de atividades práticas em laboratórios.

Para se formar em Engenharia Química é obrigatório fazer o estágio supervisionado e apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Vale lembrar que o curso de Engenharia Química forma profissionais ao mesmo tempo altamente especializados e com visão sistêmica, capazes de atuar em processos industriais de grande escala.

Grade curricular

O currículo de Engenharia Química pode variar de acordo com a instituição de ensino que oferece o curso. De modo geral, você poderá encontrar as seguintes disciplinas:

  • Bioquímica
  • Cálculo do Balanço de Massa e Energia
  • Ciência dos Materiais
  • Cinética das Reações Químicas
  • Derivadas de Funções
  • Desenho Técnico
  • Eletromagnetismo
  • Equações Diferenciais Lineares
  • Estática dos Corpos Rígidos
  • Fenômenos de Transferência de Calor e Massa
  • Físico-Química
  • Geometria Analítica
  • Limites e Continuidade de Funções
  • Materiais de Corrosão
  • Mecânica
  • Mecânica Ondulatória
  • Modelagem e Simulação
  • Óptica e Relatividade
  • Probabilidade e Estatística
  • Química Analítica Qualitativa
  • Química Analítica Quantitativa
  • Química Geral
  • Química Inorgânica
  • Química Orgânica
  • Resistência dos Materiais
  • Síntese e Análise Orgânica
  • Termodinâmica Química
  • Tratamento de Efluentes

Onde estudar Engenharia Química

Existem, no Brasil, cerca de 180 universidades públicas e privadas autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Engenharia Química. Entre elas, podemos citar:

No portal e-mec http://emec.mec.gov.br você pode consultar todas as faculdades de Engenharia Química autorizadas pelo MEC.

Perfil do Profissional

O engenheiro químico, assim como todos os profissionais das Engenharias, deve ter perfil multidisciplinar. Como seu trabalho é normalmente realizado em um time, é importante que ele também tenha espírito de equipe, liderança, capacidade de delegar tarefas, senso de responsabilidade e ética.

Uma forte habilidade em Ciências Exatas e um equilíbrio entre atenção ao detalhe e visão de processo complementam o perfil deste profissional.

Mercado de trabalho para quem faz Engenharia Química

Segundo dados do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), o Brasil tem cerca de 33 mil engenheiros químicos em atividade. E esse número não é suficiente para atender a demanda do mercado.

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) estima que, até 2020, o mercado brasileiro precisará de 600 mil a 1,15 milhão de engenheiros, incluindo engenheiros químicos.

O setor de Petróleo e Gás oferece boas oportunidades de emprego para engenheiros químicos, com salários atraentes. A indústria em geral é outra grande empregadora desses profissionais, que podem atuar em em indústrias de diversos tipos. Entre elas, podemos citar:

  • Papel e celulose
  • Polímeros
  • Tintas e Vernizes
  • Fertilizantes e defensivos agrícolas
  • Têxtil
  • Cimento
  • Cosméticos
  • Alimentos
  • Fármacos
  • Cosméticos
  • Produtos de Limpeza

O profissional formado em Engenharia Química pode atuar em diferentes etapas da produção industrial:

  • Projeto: atuando em grande escala, pode projetar novas fábricas, gerenciar a construção de usinas e estações de tratamento de resíduos, por exemplo, garantindo segurança.
  • Desenvolvimento: faz experimentos com novos materiais, cria novos produtos, analisa a viabilidade técnica e econômica do processo de fabricação, avalia aspectos como resistência e qualidade.
  • Gestão: coordena as equipes de trabalho para conduzir os processos químicos dentro das normas de segurança, higiene, meio ambiente e qualidade, supervisiona manuseio e estocagem para evitar riscos de contaminação, busca formas eficientes e seguras de aumentar a produtividade, reduzir custos e garantir a qualidade dos produtos.

Além de trabalhar na indústria em geral, o engenheiro químico pode atuar como consultor autônomo, prestar concurso para cargos públicos ou seguir a carreira acadêmica, como professor ou pesquisador.

A Engenharia Química faz parte das categorias de trabalhadores que contam com um Salário Mínimo Profissional definido por lei. A remuneração mínima quem um engenheiro químico pode receber está vinculada ao salário mínimo vigente no País e depende da jornada diária de trabalho:

  • Jornada de 6 horas: 6 salários mínimos
  • Jornada de 7 horas: 7,25 salários mínimos
  • Jornada de 8 horas: 8,5 salários mínimos

Veja também:

Quanto ganha um engenheiro químico?

Você pretende fazer o curso de Engenharia Química? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin