dcsimg

Engenharia de Controle e Automação

O curso de engenharia de controle e automação e as diversas atuações do profissional diante o mercado de trabalho. Conheça mais sobre o curso de Engenharia de Controle e Automação além do perfil do profissional.

O Curso de Engenharia de Controle e Automação

A Engenharia de Controle e Automação é o curso ideal para os alunos que desejam ter um conhecimento amplo em engenharia, que seja criativo, goste de trabalhar com novas tecnologias e com processos industriais e que está sempre buscando meios de automatizar suas tarefas.
O curso de engenharia de controle automação engloba diversas matérias específicas de outros 4 cursos afim de formar um profissional com perfil dinâmico e abrangente.

As Origens do Curso de Engenharia de Controle e Automação

Os cursos de Controle e Automação tiveram seu início logo após a segunda guerra mundial. Um fato histórico também e muito necessário foi a criação dos computadores, destacados como máquinas com altas capacidades de memória e processamento de dados. Quando tais computadores foram introduzidos nos controladores, estes se tornaram sofisticados e inteligentes. Daí em diante, passou-se a usar sistemas de controles e realimentações.
As disciplinas de controle e automação passaram, então, a incorporar as grades curriculares das engenharias e surgiram os cursos de Engenharia de Controle e Automação. No Brasil, as disciplinas de controle foram primeiro, incorporadas nos cursos de Engenharia Elétrica ou Eletrônica. A primeira turma do Curso de Engenharia de Controle e Automação, como curso de graduação, só se formou na década de 80. O Curso de Engenharia de Controle e Automação também é chamado em algumas instituições de Engenharia Mecatrônica.

As Bases do Curso de Engenharia de Controle e Automação

O curso de Engenharia de Controle e Automação é destacado por ser um curso interdisciplinar. Sua grade é formada por matérias dos cursos das Engenharias Elétrica, Mecânica, da Computação e Eletrônica. Como a grade geral das engenharias, o curso tem uma base forte em matemática e física, onde se encontram as matérias de cálculo, geometria analítica, álgebra linear, mecânica, eletrônica, eletricidade, entre outras. Saindo desta base, encontram-se também matérias de química e outros cursos mais técnicos como informática industrial, robótica, inteligência artificial, efeitos sociais da automação, sistemas processadores, periféricos e lógica digital. Através de aulas em laboratório, o aluno trabalha com o desenvolvimento, criação de projetos e aprende a analisar e controlar máquinas eletronicamente.

Título e Perfil do Profissional em Engenharia de Controle e Automação

O aluno egresso do curso de Engenharia de Controle e Automação recebe o título de Bacharel em Engenharia de Controle e Automação, e deve ser capaz de desenhar, operar e fazer manutenção em equipamentos industriais. É interessante que este profissional possua características voltadas a curiosidade, sempre determinado a entender e conhecer o que tem por trás das máquinas e querer transformá-las! O Engenheiro de Controle e Automação deve estudar e ser capaz de encontrar a melhor maneira de transformar um processo manual em um processo automático, usando assim de toda a sua criatividade.
O engenheiro mecatrônico deve ser uma pessoa interessada, gostar de física, matemática, ter capacidade para realizar cálculos com concentração e exatidão e também de analisar e interpretar dados numéricos.
O profissional de Engenharia de Controle e Automação precisa ter atenção aos detalhes, saber planejar bem, ser organizado e gostar de trabalhar em equipe. Ele deve ser um profissional que tenha uma boa capacidade de abstração, de observação e também muita criatividade.

Áreas de Atuação do Profissional de Engenharia de Controle e Automação

O curso de Engenharia de Controle e Automação é muito abrangente e forma um profissional capaz de atuar em áreas de trabalho diversas e possa atender às crescentes e variáveis demandas, que são impostas pelas mudanças sociais, econômicas e tecnológicas. Estes profissionais podem trabalhar nas áreas onde são aplicadas as técnicas de automação, sejam aplicações industriais, tradicionais ou até em outras áreas.
Este profissional constrói, durante o curso, um perfil abrangente que, unido à diversidade das aplicações em que a automação se aplica, pode se tornar um empresário, desenvolver e gerenciar seu próprio negócio. A presença da automação no cotidiano tem crescido cada vez mais, e quanto mais isto ocorre, mais o profissional é requisitado.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin