dcsimg

Conheça o curso de Engenharia Industrial e veja onde fazer

Engenharia Industrial é uma ótima alternativa para quem quer trabalhar no gigantesco setor da manufatura. Descubra agora mesmo como funciona!

Existem dezenas de tipos diferentes de Engenharia: Ambiental, Civil, Mecatrônica, Elétrica, de Produção, de Automação, de Alimentos e por aí vai.

Mas Engenharia Industrial não é tão fácil assim de encontrar.

Você já ouviu falar?

O engenheiro industrial é aquele que cuida de tudo o que permite um perfeito fluxo de produção nas indústrias. É um profissional essencial, já que acompanha de perto a definição, manutenção e implementação de toda a infraestrutura necessária para a fabricação de produtos diversos.

O campo de trabalho, você já deve imaginar: está sempre aberto a profissionais capazes e inovadores.

Se você também está se planejando para entrar em Engenharia Industrial, fique aqui com a gente. Vamos explicar como funciona o curso, quais são as alternativas mais interessantes, as modalidades de ensino e, como não poderia deixar de ser, as melhores faculdades onde garantir sua vaga.

Vamos lá?

Conheça o curso de Engenharia Industrial

O curso de Engenharia Industrial pode aparecer com pelo menos quatro nomes (e abordagens) diferentes:

  • Engenharia Industrial
  • Engenharia Industrial Elétrica
  • Engenharia Industrial Madeireira
  • Engenharia Industrial Mecânica

A maioria das opções está disponível em universidades públicas e institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Não é um curso muito fácil de ser encontrado, na verdade.

Outra: ao contrário de tantas outras engenharias, por enquanto só dá para estudar a Industrial no modelo presencial.

O curso é relativamente novo, começou a aparecer com mais frequência a partir da primeira década dos anos 2000.

A Engenharia Industrial adota uma abordagem que envolve as Ciências Exatas e as Humanas. Tanto que o engenheiro sai da faculdade com conhecimento em tecnologia, administração, economia, matemática, computação e até psicologia industrial. De certa forma, assemelha-se um pouco à Engenharia de Produção.

O curso capacita o aluno a planejar, dirigir e controlar os principais processos de produção industrial. O objetivo é otimizar ao máximo o trabalho de pessoas e equipamentos, buscando sempre a fórmula mágica de maior produtividade com menor custo.

A graduação tem cinco anos de duração e é oferecida apenas em grau de bacharelado.

Onde fazer o curso de Engenharia Industrial

O curso de Engenharia Industrial pode ser encontrado em aproximadamente 20 instituições de ensino espalhadas pelo país.

A maioria está concentrada nas regiões Sudeste e Sul.

Confira:

  • Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ)
  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG)
  • Centro Universitário de União da Vitória (UNIUV)
  • Faculdade de Tecnologia de São José dos Campos (ETEP)
  • Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA)
  • Universidade de Itaúna (UI)
  • Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC)
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)
  • Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI)
  • Universidade Santa Cecília (UNISANTA)
  • Universidade São Francisco (USF)
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

Como o curso só está disponível no formato presencial, caso você não more em uma cidade atendida por algumas dessas instituições, terá que mudar de casa ou de curso.

Se a opção for mudar de cidade, não temos muito o que dizer.

Agora, se você considera a ideia de mudar de curso, há todo um universo a ser explorado.

Como quase todas as engenharias lidam de alguma forma com a produção industrial, não vai ser difícil encontrar aquela se encaixe nos seus propósitos profissionais.

Para facilitar sua vida, a gente separou algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação que oferecem diversos cursos de Engenharia, tanto no formato presencial como a distância.

Confira:

O que se estuda em Engenharia Industrial

Ao longo dos 10 semestres de Engenharia Industrial, o estudante vai ter uma enxurrada de matérias sobre cálculo, álgebra, matemática, química, estatística, ciências dos materiais, etc.

O curso segue o ciclo básico das engenharias: muita fundamentação nos primeiros semestres, seguidos de muita matéria específica, práticas em laboratório e estágios a partir da segunda metade do curso.

Veja algumas disciplinas:

  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Cálculo Numérico
  • Álgebra Linear e Geometria Analítica
  • Física Fundamental
  • Mecânica Fundamental
  • Química Analítica Experimental
  • Estatística Descritiva e Probabilidade
  • Métodos Estatísticos
  • Informática Aplicada à Engenharia
  • Gestão ambiental e da Qualidade
  • Fenômenos de Transporte
  • Desenho Técnico Assistido por Computador
  • Metodologia da Pesquisa em Engenharia de Produção
  • Psicologia Organizacional
  • Ética e Engenharia
  • Sociologia do Trabalho
  • Matemática Financeira e Análise de Investimentos
  • Contabilidade Gerencial
  • Ciência dos Materiais
  • Processos de Fabricação
  • Termodinâmica
  • Circuitos Elétricos I
  • Eletrônica Básica
  • Análise de Sistemas Lineares
  • Princípios de Controle e Servomecanismo
  • Introdução à Metalurgia
  • Elementos de Máquinas
  • Planejamento e Organização Industrial
  • Obtenção e Uso de Energia
  • Segurança Industrial
  • Custos Industriais
  • Projeto de Fábrica
  • Gerenciamento de Projetos
  • Sistemas de
  • Introdução à Engenharia Industrial
  • Pesquisa Operacional
  • Ergonomia
  • Engenharia da Qualidade
  • Planejamento Estratégico
  • Planejamento e Desenvolvimento de Produtos

Onde o engenheiro industrial pode trabalhar

O mercado de trabalho para o engenheiro industrial não foge à regra das demais engenharias, com oportunidades em todas as regiões do Brasil.

O profissional encontra emprego nas áreas de produção, finanças, planejamento, controle de qualidade, projetos, processos e produtos.

Estes são os locais onde as vagas são mais frequentes:

  • Indústrias
  • Organizações públicas
  • Empresas extrativistas
  • Empresas de manufatura
  • Institutos de pesquisa
  • Ensino superior
  • Como assessor ou consultor independente

Lembre-se de que a carreira de engenheiro é regulamentada e só pode ser exercida por pessoas formadas em cursos de Engenharia reconhecidos pelo MEC.

Para atuar legalmente, os profissionais precisam também ter registro junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Veja também:

A carreira em Engenharia Civil

Gostou de Engenharia Industrial? Vai fazer essa graduação ou optar por outra parecida? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin