dcsimg

Está na hora de fazer uma especialização?

O tempo de formado, seus planos profissionais e momento pessoal são alguns dos pontos a considerar antes de fazer uma pós. Confira essas e outras dicas!

Não é novidade que o mercado de trabalho atual, cada vez mais exigente e competitivo, pede a qualificação constante dos profissionais. Fazer um curso superior é um começo, mas só a graduação não garante um bom emprego e salário para sempre. Pensando em aumentar as chances de alavancar a carreira, cada vez mais brasileiros buscam uma pós-graduação e a oferta de cursos é grande em todas as áreas do conhecimento.

especialização

Vantagens da especialização

Investir em  uma pós-graduação traz uma série de vantagens:

  • Troca de experiênciascom colegas e professores.
  • Ampliação da rede de contatos,também chamada de networking.
  • Maior competitividadeno mercado de trabalho e empregabilidade.
  • Possibilidade de mudar de cargo, área ou empresa, com salário maior.

Antes de escolher o curso de especialização, no entanto, é importante levar em consideração alguns pontos para garantir que o dinheiro e o tempo que você vai investir tragam o resultado esperado.

O Guia da Carreira  preparou algumas dicas para ajudá-lo a decidir o melhor momento de fazer uma pós-graduação.

Tempo de formado

Vale a pena fazer uma especialização logo depois de se formar? Depende. Em boa parte dos casos, é melhor esperar um pouco e acumular alguns anos de experiência no mercado antes de fazer um MBA, uma especialização relacionada à gestão, ou um mestrado profissional. Isso porque esses cursos costumam abordar situações e desafios que o aluno só vai encontrar no ambiente de trabalho. Ter alguma experiência ajuda a compreender melhor o conteúdo, possibilita a troca de conhecimento entre os alunos e favorece um melhor aproveitamento do curso.

Já no mestrado acadêmico, a experiência profissional não afeta tanto o aproveitamento do curso. Nele, o aluno vai aprofundar seus conhecimentos em determinado tema com foco na carreira acadêmica, seja como futuro professor universitário ou pesquisador.

Momento pessoal

Fazer uma especialização demanda tempo e dedicação. Além da carga horária de aulas, é preciso levar em conta o tempo que você vai gastar para se deslocar, ler material complementar, estudar para provas, elaborar trabalhos e desenvolver o trabalho de conclusão do curso.

Antes de decidir embarcar em uma especialização, vale a pena refletir sobre o tempo que você terá disponível para se dedicar à pós e como vai equilibrar os estudos com aspectos da vida pessoal, como filhos, família, amigos, lazer e vida social.

Uma dica é consultar a coordenadoria do curso para entender melhor qual o tempo de dedicação necessário, assim você consegue se planejar e tirar o melhor proveito da especialização sem prejudicar sua vida pessoal. Converse também com a família, explique como sua rotina vai mudar nos próximos meses e combine uma maneira de conciliar as duas atividades.

Momento profissional

Se a sua carreira está estagnada, uma especialização pode ajudá-lo a conseguir uma posição de maior responsabilidade e remuneração, dentro ou fora da empresa. No entanto, a pós deve alavancar – e não prejudicar – a sua vida profissional. Antes de fazer a matrícula, avalie bem a sua disponibilidade de tempo ecomo o curso poderá afetar seu trabalho e vice-versa.

Muitas vezes, conversar com seu superior imediato, um mentor ou mesmo alguém de Recursos Humanos pode ajudá-lo a escolher o curso que vai trazer mais benefícios para o seu desenvolvimento profissional. Vale mais a pena fazer uma pós para aprofundar seus conhecimentos em uma área específica, mais técnica, ou partir para um curso ligado à gestão? Essa conversa também pode ser um bom momento para negociar seus horários, caso precise sair mais cedo alguns dias, por exemplo. Apresente seu plano de estudos e tente chegar a um acordo que seja bom para você e para a empresa. É melhor deixar tudo combinado antes de se matricular do que precisar justificar depois, ou faltar a muitas aulas por causa do trabalho.

Quando os horários são apertados, uma pós a distância, que reduz o tempo gasto com deslocamentos e permite estudar com maior flexibilidade, pode ser uma boa opção.

Situação financeira

Avaliar sua situação financeira e calcular se a mensalidade e demais despesas com a pós (deslocamento, material, alimentação) cabem no seu orçamento é fundamental. E mesmo que sua situação financeira não seja ideal para investir em uma especialização, não desista antes de tentar algumas alternativas:

Bolsas e ajuda de custo:Muitas empresas, grandes e pequenas, têm programas de incentivo à qualificação ou convênios com universidades. Informe-se sobre a possibilidade de conseguir esse benefício e quais são as condições do contrato. Algumas empresas pagam até MBAs no exterior para seus empregados, mas a contrapartida é que, na volta, o profissional precisa permanecer na companhia por um tempo determinado, normalmente dois anos, e se sair antes paga uma multa no valor total do curso ou uma porcentagem dele. Avalie bem se você está confortável com essas condições.

Caso a empresa não tenha uma política estruturada de apoio financeiro aos funcionários que desejam fazer uma especialização, ainda assim você pode tentar conversar com seu chefe ou mesmo com o dono da empresa e mostrar como sua qualificação poderá ajudar a companhia.

Empréstimo:Pegar um empréstimo no banco para bancar a pós-graduação pode não ser uma boa ideia. Os juros costumam ser altos e pode levar um tempo até você ver seu esforço traduzido em um aumento no salário. Uma opção, caso você pretenda fazer uma pós-graduação stricto sensu (mestrado ou doutorado) em universidade particular é o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), que a partir do segundo semestre de 2014 passa a valer também para a pós-graduação. As informações sobre inscrições, requisitos e condições do financiamento, quando forem definidas pelo MEC, serão publicadas no site do programa: sisfiesportal.mec.gov.br.

Plano de carreira

Planejar os próximos passos da sua carreira ajuda a escolher o melhor curso de especialização para atingir seu objetivo profissional, seja mudar de área, assumir um cargo de gestão ou atualizar seus conhecimentos. Conversar com seu chefe, um mentor ou outros profissionais mais experientes ajuda a traçar esse plano de forma mais consciente. Depois que você decidir qual pós-graduação fazer, vale a pena conversar também com o coordenador do curso e esclarecer todas as suas dúvidas antes de fazer a matrícula.

As dicas foram úteis para você? Tem algum conselho ou experiência para compartilhar com a gente?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin