dcsimg

Mestrado a Distância

Que tal aproveitar o melhor do EAD para fazer uma pós-graduação de alto nível? Descubra como funciona o mestrado a distância!

Mestrado a Distância

No Brasil, o mestrado a distância vem crescendo a todo vapor. Essa pós-graduação stricto-sensu EAD segue os mesmos parâmetros da presencial: tem duração média de dois anos e oferece uma titulação importante para quem deseja seguir carreira acadêmica ou simplesmente aperfeiçoar seus estudos e melhorar o desempenho no mercado de trabalho.

É possível encontrar dois tipos de mestrado a distância no Brasil:

  • Mestrado Profissional: direcionado a quem busca qualificação profissional de alto nível para ampliar a atuação no mercado de trabalho.
  • Mestrado Acadêmico: o foco desta modalidade é a formação de professores e pesquisadores. A ideia é aprofundar conhecimentos científicos e habilitar profissionais a atuar no campo acadêmico.

No Brasil, os mestrados profissionais estão ganhando espaço. Mesmo as grandes e tradicionais universidades públicas têm oferecido mais cursos nesse formato. Recentemente, o Governo Federal lançou um edital para criação de 250 mil vagas em cursos online dessa modalidade.

É possível fazer um mestrado a distância em instituições públicas e particulares, desde que atendidas algumas exigências mínimas.

Veja a seguir como funciona o mestrado a distância no Brasil e o que você precisa fazer para ingressar em uma pós-graduação online!

Como funciona o mestrado a distância

O funcionamento de um Mestrado a distância não difere muito dos demais cursos dessa modalidade no Brasil. No início das atividades, o estudante é cadastrado em um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e, a partir daí, passa a ter acesso a conteúdos em texto, aulas em vídeo, lista de tarefas, ferramentas de fóruns, chats e outros canais de interação com professores, tutores e colegas.

A legislação que rege a Educação a Distância no Brasil prevê a realização de encontros presenciais ao longo dos dois anos de duração do curso. No mestrado EAD, os alunos se reunirão com professores e tutores para apresentar trabalhos ou desenvolver alguma atividade de pesquisa. O aluno é obrigado a cumprir uma frequência mínima, que pode variar de acordo com cada instituição.

Por isso, antes de inscrever-se em algum programa de pós-graduação, verifique se a instituição de ensino oferece um polo de apoio presencial (onde ocorrem esses encontros) perto da sua casa. Dessa forma você pode aproveitar melhor duas das maiores vantagens dessa modalidade: a economia de custos com deslocamentos e a capacidade de gerenciar melhor seu tempo.

Para ingressar em um mestrado a distância é necessário possuir um diploma de nível superior e passar por um processo de seleção, que inclui:

  • Análise do currículo do candidato
  • Elaboração de um projeto resumido de pesquisa
  • Prova escrita com temas pertinentes à área do curso
  • Entrevista com avaliadores
  • Teste de língua estrangeira

O órgão que regula e avalia os cursos de pós-graduação no Brasil é a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), uma fundação ligada ao Ministério da Educação (MEC). Segundo estatísticas do Governo Federal, o Brasil já possui mais de 115 mil estudantes de mestrado acadêmico (entre presencial e a distância) e quase 22 mil matriculados em mestrados profissionais.

 

Diploma de mestrado a distância vale no mercado?

O diploma de mestrado obtido em um curso a distância vale tanto quanto o presencial. Para isso, no entanto, é necessário que o curso tenha o reconhecimento da Capes. Tanto o mestrado acadêmico como o mestrado profissional a distância conferem o mesmo título: mestre!

Com um diploma de mestrado a distância reconhecido pela Capes em mãos, você pode:

  • Dar aulas em em cursos superiores em universidades privadas e públicas.
  • Concorrer a uma vaga de emprego em empresa pública ou privada que exija esse grau de titulação.
  • Inscrever-se em um programa de doutorado (EAD ou presencial).

Mestrado semipresencial

Embora esteja disponível em menor número, outra opção interessante é o mestrado semipresencial. Essa modalidade é uma boa alternativa para aqueles que não têm muita disponibilidade para assistir a todas as aulas do mestrado presencialmente, mas também não querem estudar exclusivamente pelo computador.

No mestrado semipresencial, o aluno tem acesso à maioria das disciplinas online, mas precisa frequentar uma ou duas aulas por semana em algum polo de apoio oferecido pela universidade.

Onde fazer mestrado a distância

Antes de ingressar em um curso de mestrado a distância, verifique se a instituição e o curso têm autorização da Capes para funcionar. Só assim o seu diploma terá validade no mercado e no meio acadêmico.

Para quem atua no ensino básico, uma boa oportunidade de formação são os cursos da Universidade Aberta do Brasil (UAB), um dos maiores polos formadores de mestres a distância no Brasil.

A UAB integra universidades públicas de todo o País e traz cursos de mestrado profissional para a população que, em outras condições, teria dificuldade de acesso a uma pós-graduação tradicional. A prioridade da UAB é atender professores, gestores e dirigentes da rede básica de ensino público, especialmente aqueles que vivem em áreas mais carentes. Mas a formação pode ser feita por qualquer pessoa interessada, desde que haja vagas disponíveis.

Além da UAB, é possível encontrar cursos de mestrado EAD em diversas instituições públicas e privadas por todo o Brasil.

Para localizar os cursos de mestrados e as universidades de sua preferência, faça uma pesquisa no sistema de consulta de cursos de pós-graduação autorizados pela Capes.

Veja também:

Doutorado EAD

Está pensando em fazer um mestrado a distância? Em que área? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin