dcsimg

Saiba tudo sobre o curso de Direito na Estácio

Descubra como funciona, quanto custa, como ingressar e como conseguir descontos para fazer o curso de Direito da Estácio de Sá!

O curso de Direito da Universidade Estácio de Sá (UNESA) dá muita importância à parte prática, mas não deixa de oferecer uma sólida base teórica. É a partir desse equilíbrio que a faculdade procura preparar seus alunos para o mercado de trabalho.

Os formados podem trabalhar como advogado, juiz, promotor, procurador, defensor público, tabelião ou delegado, por exemplo – as possibilidades profissionais são muitas. Não é à toa que a carreira de Direito é uma das mais procuradas do país!

Segundo o mais recente Censo do Ensino Superior no Brasil, Direito é a graduação com mais alunos matriculados no Brasil – são mais de 850 mil. A alta procura se deve, em grande parte, à possibilidade de ótimos salários.

Conheça melhor o curso de Direito da Estácio, as cidades em que ele está presente, como conseguir sua vaga, quanto custa e como pagar menos!

Como é o curso de Direito na Estácio

A carreira de Direito é uma das mais tradicionais do Brasil. É um curso puxado, que exige muita leitura, capacidade de argumentação, raciocínio ágil e boa bagagem cultural.

O curso da Estácio é oferecido no grau de bacharelado e dura cinco anos, divididos em dez semestres. A grade curricular equilibra matérias das Ciências Humanas com disciplinas específicas da área jurídica, além de uma boa carga prática.

Nos primeiros períodos ganham destaque os estudos básicos e introdutórios ao universo jurídico, por meio de matérias como Fundamentos das Ciências Sociais, Introdução ao Estudo do Direito e Sociologia Jurídica e Judiciária.

As disciplinas centrais do curso são aquelas que abordam diretamente as várias áreas do Direito: Civil, Penal, Constitucional, do Trabalho, da Criança e do Adolescente, Eleitoral, do Consumidor, Empresarial e Internacional, entre outras.

Um dos diferenciais da Estácio em relação a outras faculdades é o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), setor do curso destinado exclusivamente a administrar e supervisionar os estágios. Esse departamento também presta atendimento jurídico à comunidade, feito pelos alunos, com o apoio e direcionamento dos professores.

A partir do sexto semestre começam as aulas de Prática Simulada, que se estenderão até o final do curso. Nelas, os estudantes entram em contato com casos reais e têm que buscar soluções por meio dos procedimentos jurídicos aprendidos em sala de aula.

Enfim, como último esforço para se formar, os alunos têm que elaborar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e apresentá-lo perante uma banca examinadora.

O que se estuda no curso de Direito da Estácio

A seguir, conheça a grade curricular da graduação em Direito na Estácio. Lembramos que ela pode sofrer pequenas variações de acordo com a unidade.

Primeiro período

  • Fundamentos das Ciências Sociais
  • História do Direito Brasileiro
  • Introdução ao Estudo do Direito
  • Língua Portuguesa
  • Psicologia Aplicada ao Direito

Segundo período

  • Ciência Política
  • Direito Civil I
  • Direito Penal I
  • Filosofia, Ética e Cidadania
  • História da Cultura e da Sociedade no Mundo Contemporâneo
  • Mediação de Conflitos
  • Português Instrumental I
  • Sociologia Jurídica e Judiciária

Terceiro período

  • Direito Civil II
  • Direito Constitucional I
  • Direito Penal II
  • Economia Política
  • Educação Ambiental
  • História dos Povos Indígenas e Afrodescendentes
  • Português Instrumental II
  • Redação Instrumental

Quarto período

  • Direito Civil III
  • Direito Constitucional II
  • Direito do Trabalho I
  • Direito Penal III
  • Teoria Geral do Processo

Quinto período

  • Direito Civil IV
  • Direito da Criança e do Adolescente
  • Direito do Trabalho II
  • Direito e Bioética
  • Direito Eleitoral
  • Direito Indígena
  • Direito Penal IV
  • Direito Processual Civil I
  • Direitos Autorais e Propriedade Industrial
  • Direitos Humanos

Sexto período

  • Criminologia
  • Direito Agrário
  • Direito Civil V
  • Direito Imobiliário
  • Direito Penal Econômico
  • Direito Previdenciário
  • Direito Processual Civil II
  • Direito Processual do Trabalho
  • Direito Processual Penal I
  • Prática Simulada I
  • Responsabilidade Civil

Sétimo período

  • Direito Civil VI – Sucessões
  • Direito do Consumidor
  • Direito Empresarial I
  • Direito Processual Civil III
  • Direito Processual Penal II
  • Prática Simulada II (Trabalho)

Oitavo período

  • Direito Constitucional Avançado
  • Direito Contratual Bancário
  • Direito da Informática
  • Direito Empresarial II
  • Direito Processual Civil IV
  • Filosofia Jurídica
  • Mercado de Capitais
  • Metodologia de Pesquisa em Direito
  • Prática Simulada III (Penal)

Nono período

  • Direito Administrativo I
  • Direito do Petróleo, Gás e Energia
  • Direito Financeiro e Tributário I
  • Direito Internacional
  • Prática Simulada IV (Cível)
  • Trabalho de Conclusão de Curso

Décimo período

  • Direito Administrativo II
  • Direito Ambiental
  • Direito Financeiro e Tributário II
  • Prática Simulada V (Cível)
  • Ética Geral e Profissional

Onde estudar Direito na Estácio

O curso de Direito da Estácio marca presença em várias cidades do Brasil. Na Região Norte, por exemplo, é oferecido em Macapá, Belém, Castanhal e Boa Vista . Na Região Nordeste, em Maceió, Salvador, Fortaleza, São Luís, Teresina, Natal, Aracaju e Recife.

No Centro-Oeste, está disponível em Brasília e Campo Grande. No Sul, nas capitais Curitiba e Porto Alegre, além da cidade catarinense de São José, vizinha a Florianópolis.

No Sudeste, são muitas unidades. No Espírito Santo, nas cidades de Vitória e Vila Velha. No estado de Minas Gerais, em Belo Horizonte e Juiz de Fora. Em São Paulo, além da capital, nos municípios de Carapicuíba, Ourinhos e Ribeirão Preto.

O Rio é o estado que mais conta com unidades da Estácio com graduação em Direito. São elas: Cabo Frio, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados, Resende, São Gonçalo e São João de Meriti e a capital, Rio de Janeiro.

Quanto custa estudar Direito na Estácio

A média geral das mensalidades de Direito na Estácio fica em torno de R$ 800. Mas esse valor pode mudar bastante – para mais ou para menos – dependendo da unidade que oferece o curso e do turno de estudos (manhã, tarde ou noite). Por exemplo:

Em Macapá, o curso sai por aproximadamente R$ 1.000 mensais, tanto no período matutino quanto noturno. Em Belém, os valores são parecidos: R$ 1.040 à tarde e R$ 1.140 à noite. Porto Alegre segue a mesma média: R$ 1.100 de manhã e R$ 1.000 à noite.

Os valores começam a baixar em Campo Grande, onde o turno da manhã fica em R$ 900 e o da tarde, em R$ 700. Em Fortaleza, o curso matutino e o noturno têm o mesmo preço, R$ 980, e o vespertino cai para R$ 860. Brasília só oferece a opção noturna, por R$ 960.

Os preços abaixam de verdade em Maceió: R$ 660 para o matutino, R$ 640 no vespertino e R$ 680 para o noturno. E, curiosamente, já que se trata da maior cidade do país e com fama de cara, foi em São Paulo que encontramos os valores mais em conta: o matutino sai por R$ 440 e o noturno por R$ 600.

Lembramos que esses valores são aproximados e podem mudar de acordo com o semestre. Para obter informações atualizadas, entre em contato com a Estácio.

Como entrar no curso de Direito da Estácio

As formas de ingresso na faculdade de Direito da Estácio podem ser resumidas em quatro modalidades:

  • Pelo vestibular – o aluno verifica dia e horário dos exames, se inscreve e faz as provas propostas pela Universidade.
  • Pelo Enem – alunos que tiveram boa pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio podem conseguir uma vaga sem ter que passar pelo vestibular.
  • Transferência Externa – essa é para quem quer trocar a faculdade atual pela Estácio. Se houver vagas, o aluno também vai entrar no curso sem ter fazer vestibular.
  • Segunda Graduação – quem já tem diploma de nível superior e quer entrar no Direito da Estácio pode solicitar o acesso por essa modalidade e ainda escapar do vestibular.

Como pagar menos para estudar Direito na Estácio

Há algumas alternativas para ganhar desconto, bolsa de estudo ou financiamento para o curso de Direito da Estácio.

Uma opção é se inscrever no Programa Universidade para Todos (ProUni), iniciativa do governo federal que distribui bolsas a estudantes de baixa renda com boa pontuação no Enem.

Ainda no campo governamental, está o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), que ajuda a pagar mensalidades, com pagamento da dívida somente depois da conclusão do curso e com juros vantajosos. O FIES exige que o candidato se encaixe em critérios de renda familiar e desempenho no Enem.

A Estácio também tem o seu próprio programa de financiamento, chamado PAR. Com ele, é possível negociar até 70% das mensalidades, para serem pagas depois do término do curso.

Os alunos que ingressam no curso pela segunda graduação e pela transferência – além da vantagem de não fazer vestibular – recebem ainda descontos nas mensalidades.

Existe também possibilidade de desconto para os estudantes que trabalham em alguma empresa conveniada com a Estácio de Sá. Se a instituição for parceira da faculdade, o aluno ganha abatimento nas mensalidades.

Veja também:

Vale a pena fazer Direito? Descubra.

Ficou animado com o curso de Direito na Estácio? Está pensando em fazer? Deixe aqui seus comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin