dcsimg

Veja faculdades que oferecem graduação em Moda

Pensando em estudar Moda? Conheça algumas das principais faculdades do País que oferecem este curso!

Moda

Se você pensa que o aluno de Moda só aprende a desenhar roupas, vai se surpreender com a abrangência cultural, artística e empreendedora que a graduação oferece!

Além de produção de peças de vestuário, quem se forma em Moda pode trabalhar em diversas áreas da indústria cultural: comunicação, figurino, vitrinismo, produção de acessórios, peças de decoração, estamparia, marketing, análise de tendências, pesquisa histórica para cinema, TV e teatro.

A gente às vezes nem percebe que consome Moda o tempo inteiro. Ela está presente na arte, nas novelas, nos anúncios, na decoração, nos shopping centers e nas redes sociais. Até na nossa alimentação diária tem uma pitada de moda!

No Brasil há uma oferta razoável de instituições que têm esta graduação, principalmente nas capitais.

Veja a seguir as faculdades que oferecem o curso Moda, quanto custam e os formatos disponíveis!

Sobre o curso de Moda

Antes de mais nada, você precisa saber que o curso de Moda pode ser oferecido com diferentes nomes:

  • Design de Moda
  • Moda
  • Moda, Design e Estilismo
  • Moda e Design
  • Negócios de Moda
  • Têxtil e Moda

De todos esses, o mais comum é Design de Moda. O curso pode vir também com algumas habilitações específicas, como por exemplo:

  • Design de Moda – Modelagem
  • Design de Moda – Estilismo

A região Sudeste – especialmente São Paulo – é onde existe a maior quantidade de cursos de Moda.

A imensa maioria é oferecida no formato presencial. São 85 instituições, segundo o Censo da Educação Superior mais recente. Dessas, 78 são particulares, o que equivale a mais de 90% do total!

Faculdades que oferecem graduação em Moda

Separamos algumas faculdades de Moda nas cinco regiões do Brasil. Confira:

Norte

Nordeste

  • Faculdade Boa Viagem (FBV | DeVry) – Pernambuco
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – Ceará
  • Faculdade Nordeste (FANOR | DeVry) – Ceará
  • Centro Universitário da Faculdade de Saúde, Ciências Humanas e Tecnológicas do Piauí (NOVAFAPI) – Piauí
  • Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ) – Paraíba
  • Centro Universitário do Vale do Ipojuca (UNIVIP) – Pernambuco
  • CISNE – Faculdade Tecnológica de Quixadá (CFTQ) – Ceará
  • Faculdade Cidade do Salvador (FCS) – Bahia
  • Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR) – Bahia
  • Faculdade Integral Diferencial (FACID) – Piauí
  • Faculdade Maurício de Nassau (FMN) – Alagoas, Bahia
  • Faculdade Senac Pernambuco (SENACPE) – Pernambuco
  • Faculdades Integradas Barros Melo (FIBAM) – Pernambuco
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI) – Piauí
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) – Rio Grande do Norte
  • Universidade Federal do Ceará (UFC) – Ceará
  • Universidade Potiguar (UNP) – Rio Grande do Norte
  • Universidade Salvador (UNIFACS) – Bahia
  • Universidade Tiradentes (UNIT) – Sergipe

Centro-Oeste

  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) – Mato Grosso do Sul
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – Goiás
  • Centro Universitário do Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB) – Distrito Federal
  • Centro Universitário Euro-Americano (UNIEURO) – Distrito Federal
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB) – Distrito Federal
  • Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC GOIÁS) – Goiás
  • Universidade de Cuiabá (UNIC/PITÁGORAS) – Mato Grosso
  • Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Goiás
  • Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO) – Goiás

Sudeste

  • Universidade de Franca (UNIFRAN) – São Paulo
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo
  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) – Rio de Janeiro, São Paulo
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) – São Paulo
  • Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF) – Minas Gerais
  • Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) – São Paulo
  • Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH) – Minas Gerais
  • Centro Universitário do Triângulo (UNITRI) – Minas Gerais
  • Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (CEUNSP) – São Paulo
  • Faculdade de Arte e Design (FAD) – Minas Gerais
  • Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) – São Paulo
  • Faculdade de Presidente Prudente (FAPEPE) – São Paulo
  • Faculdade de Tecnologia do Istituto Europeo Di Design (IED SP) – São Paulo
  • Faculdade Santa Marcelina (FASM) – São Paulo
  • Faculdades Integradas Espírito Santenses (FAESA) – Espírito Santo
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IFSEMG) – Minas Gerais
  • Universidade Anhembi Morumbi (UAM) – São Paulo
  • Universidade Cândido Mendes (UCAM) – Rio de Janeiro
  • Universidade de São Paulo (USP) – São Paulo
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – Rio de Janeiro
  • Universidade Veiga de Almeida (UVA) – Rio de Janeiro
  • Universidade Vila Velha (UVV) – Espírito Santo

Sul

  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) – Paraná
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – Santa Catarina
  • Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) – Santa Catarina
  • Faculdade do Vale do Itajaí Mirim (FAVIM) – Santa Catarina
  • Faculdade Senac Porto Alegre – FSPOA (SENAC/RS) – Rio Grande do Sul
  • Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) – Santa Catarina
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense (IFSUL) – Rio Grande do Sul
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) – Paraná
  • Universidade de Caxias do Sul (UCS) – Rio Grande do Sul
  • Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC) – Santa Catarina
  • Universidade Feevale (FEEVALE) – Rio Grande do Sul
  • Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) – Rio Grande do Sul
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Paraná
  • Universidade Tuiuti do Paraná (UTP) – Paraná

Tipos de curso de Moda

A grande maioria dos cursos de Moda no Brasil é oferecida em grau tecnológico. É uma graduação mais focada no mercado de trabalho e com um tempo de formação mais curto – dois anos, em média. O diploma do tecnólogo também é de nível superior.

O curso de Moda em grau de bacharelado é mais comum entre as faculdades públicas. O tempo de formação é mais longo (média de quatro anos) e durante a graduação o aluno irá desenvolver uma visão mais geral do que é Moda: os aspectos culturais, sociológicos, econômicos, etc. Por isso, o bacharelado permite atuar de forma mais ampla no mercado de trabalho.

Faculdade de Moda a distância

Existe uma única faculdade de Moda a distância credenciada pelo Ministério da Educação, o Centro Universitário de Maringá (UNICESUMAR).

A Unicesumar possui polos de apoio nos estados de Alagoas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

A duração é de dois anos e o grau conferido é de tecnólogo.

O curso é feito na modalidade semipresencial. Isso significa que, embora boa parte das atividades seja feita a distância, a carga de atividades presenciais é considerável. Na programação há uma aula semanal, no período da noite, além de outras atividades presenciais complementares (estágio, aulas em ateliês, etc.) que somam mais de 100 horas.

O diploma obtido em um curso superior de Moda EAD reconhecido pelo MEC vale tanto quanto o presencial.

Quanto custa estudar Moda

O valor médio de um curso de Moda na maioria das instituições é de R$ 700. No entanto, as mensalidades podem variar imensamente entre as faculdades – de R$ 400 a mais de R$ 2.000!

Quem está com o bolso apertado mas não quer abrir mão do sonho de estudar Moda pode tentar um dos benefícios do Governo Federal ou correr atrás de benefícios oferecidos pelas próprias faculdades.

As mais comuns são:

  • Bolsa de estudos do ProUni – com ela, o aluno pode estudar Moda sem pagar nada ou bancando apenas metade das mensalidades. O benefício é exclusivo para estudantes que comprovarem renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. Para concorrer ao ProUni é preciso ter feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota acima de zero na redação. Também é obrigatório se encaixar em critérios de formação estabelecidos pelo MEC. A seleção ocorre duas vezes por ano, no início de cada semestre letivo.
  • Financiamento do FIES – com o FIES, o aluno pode financiar o curso a longo prazo e juros abaixo dos praticados no mercado. Para concorrer é preciso ter feito qualquer Enem a partir de 2010, com pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. Podem participar alunos que comprovem renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa. A seleção acontece geralmente em janeiro e em junho.
  • Benefícios das próprias instituições – a grande maioria das faculdades de Moda tem programas de descontos e financiamentos. Os benefícios podem ir desde abatimentos nas mensalidades para quem paga o boleto em dia até o parcelamento sem juros do curso. Consulte a universidade do seu interesse para conhecer as opções que ela oferece.

Veja também:

Quanto ganha um Estilista?

Está a fim de fazer Moda? Conte para a gente se você está de olho em alguma dessas faculdades que listamos!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin