dcsimg

A Graduação e o Curso de Ciência da Computação

A ciência da computação atualmente é uma das áreas mais promissoras e que mais crescem no mundo. Conheça mais sobre a graduação em ciência da computação.

O Perfil do aluno aspirante a Cientista da Computação

Graduação em Ciência da Computação: Mercado promissor

O jovem aspirante a cientista da computação deve ter um perfil moderno perante as inovações tecnológicas, se adaptar bem a mudanças, e ter habilidade com dispositivos tecnológicos.
Desta forma, o que realça este futuro profissional da ciência da computação é a curiosidade, e a habilidade de aprendizagem que anda em conjunto com o perfil investigativo.
Como todos os processos que envolvem os computadores são lógicos, é necessário uma habilidade com a matemática, pois o raciocínio lógico é uma das bases do curso.
Existe algumas ramificações da ciência da computação, que podem ser voltadas diretamente para o hardware, sendo assim, o aspirante a Cientista da Computação que tiver interesse nesta área, pode desenvolver seus estudos, ou se preferir, pode focar intrinsecamente no desenvolvimento de processos voltados a software.

Porém, é interessante ressaltar que aqueles que são fortemente adeptos a desenvolvimento de hardware que verifiquem curso de engenharia da computação, pois este tem um enfoque direcionado a área.

Características sobre o Curso de Ciência da Computação

Os primeiros anos do curso de ciência da computação são baseados fortemente na matemática, formando uma base sólida para o desenvolvimento do raciocínio lógico dos futuros cientistas da computação.

É esta base matemática que irá auxiliar o aluno em diversas ocasiões na solução de problemas de software e elaboração de estratégias de desenvolvimento. Nos primeiros anos de curso de ciência da computação também há as matérias focadas diretamente a computação, como a introdução a programação, estrutura de dados, entre outras.

Nos últimos anos do curso o foco será a prática e o desenvolvimento de sistemas, o graduando em ciência da computação terá estudos concisos relacionados a programação, banco de dados e também redes de computadores ( teoria e prática ).

Uma abordagem interessante para o curso de ciência da computação é o foco  nas matérias de empreendedorismo e negócios, com incentivo aos futuros profissionais da computação em criar suas próprias empresas, contribuindo para o desenvolvimento tecnológico e social do país.

Mercado de Trabalho em Ciência da Computação

O mercado de trabalho para o profissional de Ciência da Computação é amplo. O jovem profissional pode optar em seguir vários ramos da área:

  • Banco de Dados
  • Programação
  • Suporte a sistemas de computação
  • Redes
  • Estudos e pesquisa acadêmica
  • Desenvolvimento Web

Uma dica interessante para o profissional de ciência da computação é desenvolver por completo em uma destas áreas, pois para entrada no mercado de trabalho, é interessante que tenha o domínio de uma área específica ao invés de um pequeno domínio de muitas áreas. Desta maneira o profissional aproveita ao máximo a experiência adquirida.

Outro ponto interessante, é o crescimento da abertura de empresas por jovens profissionais de ciência da computação que preferem desenvolver seu próprio ramo de atividade, conciliando seus ideais com o mercado de trabalho, sendo típicos representantes da geração Y.

Entrevista com Aluno cursando Ciência da Computação

Os alunos sempre possuem certa dúvida na hora da escolha do curso, e permanecem um pouco inseguros mesmo no começo da graduação. No caso do seu curso, como foi sua experiência?
Eu sempre tive grande afinidade com computadores, desde pequeno meus irmãos já possuíam, e sempre me identifiquei bastante. Porém, na época de escolher o curso, fiquei na dúvida entre economia, medicina e ciência da computação. Sempre fui muito bom em matemática e biologia. Desta forma, tinha afinidade com economia, pelos cálculos matemáticos, em medicina, pela biologia em si, e em ciência da computação pela grande afinidade com os computadores e dispositivos tecnológicos. Eu descartei medicina de começo, pois entendia que com meu atual intelecto não teria chance em uma faculdade pública, e particular estaria fora de cogitação. Após analisar especificamente o curso de economia, achei um pouco vago, pois ao fim de um curso superior, gostaria de ser capaz de criar algo, desenvolver meu processo criativo e construir. Desta forma, optei pela ciência da computação, pois esta profissão além de ser muito atrativa, permitia que apenas com poucos recursos (computador+internet) eu pudesse criar uma infinidade de coisas.

Qual foi o fator determinante na escolha do seu curso? Foi baseado fortemente nos resultados de testes vocacionais, ou teve contato com profissionais ou outros alunos que já estavam cursando?
Meu irmão mais velho já cursava ciência da computação, assim como minha cunhada, e com conversas diárias, gostei do perfil da graduação e do futuro profissional. Não efetuei nenhum teste vocacional, utilizei de base a experiência de outras pessoas que já atuavam na área.

Os primeiros anos do curso são determinantes para o aluno decidir se é realmente o que deseja para a vida dele, ou se muda o foco para outra profissão. Em relação ao seu curso, quanto tempo levou para ter a certeza ou não de sua escolha?
A questão da certeza é muito voltada da sua visão de futuro após formado, e sempre fui um pouco perdido e imaturo. Desta forma, a certeza veio no último ano da graduação em ciência da computação, pois a base para garantir meu futuro seria dada após formado.

Agora em relação ao curso, fale um pouco da sua expectativa das matérias. Elas proporcionaram um aumento em sua expectativa como futuro profissional?
Acredito que não somente as matérias garantem uma expectativa do futuro profissional em ciência da computação, mas sim como os professores apresentam a mesma. Uma dica é procurar uma instituição de ensino que já tenha renome no curso, desta forma, com certeza terá um corpo docente especializado, e com experiência no campo profissional, o que pode garantir lucidez ao aluno. Desta forma, as matérias garantem uma base para o profissional, mas somente a experiência prática garante a expectativa como profissional, faça sempre que possível trabalhos de iniciação científica e estágios na área. É muito importante que faça estágios em grandes centros, principalmente em São Paulo, pois como é uma carreira da área tecnológica, é imprescindível que esteja no local certo.

Quais as matérias que mais gostou do curso? Fale sobre a que mais se identificou!
As matérias que mais identifiquei foram as de Empreendedorismo e Negócios, pois garantiram uma luz no fim do túnel, não sendo necessário que após formado, teria que ser mais um empregado, e sim poderia abrir um empreendimento. Esta é com certeza, a maior vantagem do profissional de ciência da computação, não é necessário nenhuma estrutura pra abrir seu próprio negócio, basta seu conhecimento, força de vontade, um computador e internet.

Após o fim da graduação, qual foco deseja dar para sua carreira? Tem aspiração de entrar no mercado de trabalho diretamente, ou pretende ainda efetuar cursos de aprimoramento, como pós-graduação, mestrado, etc ?
Tenho grande interesse em efetuar um mestrado direcionado na área, para aprimorar os conhecimentos da graduação, porém não tenho interesse em efetuar um doutorado. Acredito que o mestrado garante um tempo extra, para entrada madura no mercado de trabalho, já com grande domínio na área escolhida.

Sobre o curso em geral, teria alguma sugestão de melhoria, ou alguma forma de apoio extra, para aumentar a experiência dos alunos com a futura profissão, ou mesmo apoio pedagógico, para auxiliar no desenvolvimento como futuro profissional?
Com certeza o aprimoramento dos professores é uma grande necessidade, pois como esta careira em ciência da computação é volátil, os professores devem atualizar a estrutura de curso na mesma velocidade do mercado. A velha estrutura de professores sedentários que não atualizam seus conhecimentos, reflete em alunos desestimulados, e diminuiu a experiência dos mesmos com a graduação. Minha dica é caso tenha oportunidade, faça uma universidade nos grandes centros, como as capitais. Pois com certeza aumentará sua experiência com o curso, pois irá colocar em prática os conhecimentos adquiridos na graduação, e estará muito bem preparado na entrada no mercado.

Sobre a universidade que cursou ou cursa, gostaria de fazer alguma comparação com as oportunidades apresentadas que são interessantes ao entrar no mercado de trabalho ?
A universidade que cursei é pública e reside no interior do estado de minas gerais. Possui grande vantagem por ser pública, e ter um grande nome no mercado, porém estas características não são determinantes no caminho profissional. Após certo amadurecimento na área, acredito que seja de extrema vantagem ter efetuado minha graduação em uma capital, especialmente São Paulo, pois no interior, as oportunidades de bons estágios são muito baixas, o que torna um pouco mais difícil a entrada madura no mercado de computação.

Dúvidas ou sugestões sobre o curso de ciência da computação? Deixe uma pergunta, e nossos jornalistas farão o possível para respondê-las!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin