dcsimg

A Graduação e o curso de Engenharia de Produção

O Engenheiro de Produção avalia os recursos necessários para a fabricação dos produtos. Saiba mais sobre a graduação em Engenharia de Produção!

O Perfil do aluno aspirante a Engenheiro de Produção

Graduação em Engenharia de Produção

A Engenharia de Produção seguindo as bases dos cursos de engenharia, necessita que o futuro aspirante tenha certas afinidades com determinadas disciplinas, que compõe a base do curso, como matemática, física e química.

É interessante ressaltar, que a engenharia de produção apesar de possuir as bases fortes nas matérias de exatas, não significa que possui nível de complexidade extrema. O profissional possui o conhecimento técnico das engenharias, mas possui um forte conhecimento em matérias de gestão e administração.

Características sobre o curso de Engenharia de Produção

Um ponto interessante sobre o curso de engenharia de produção, é devido ao fato de ser apontada como a menos técnica das engenharias. Por possuir diversas matérias de gestão, a torna generalista e bem próxima a ponto de ser confundida com o curso de Administração de Empresas em algumas matérias.

Desta forma, o aluno durante o curso de engenharia de produção, possui tanto o embasamento técnico de engenharia, quanto pontos fortes em gestão e Administração de Empresas.

Mercado de Trabalho em Engenharia de Produção

É possível citar várias áreas de atuação do engenheiro de produção, estas que propiciam grandes oportunidades diante o mercado de trabalho:

  • Pesquisa Operacional
  • Gestão da Produção
  • Ergonomia
  • Área Acadêmica
  • Gestão da Qualidade
  • Gestão Econômica
  • Gestão de Produto
  • Gestão Estratégica
  • Gestão Ambiental e Organizacional

É interessante as grandes oportunidades em diversas áreas oferecidas pelo curso de Engenharia de Produção, o que reflete na crescente busca pelo profissional recém formado.

Entrevista com Aluno cursando Engenharia de Produção

Os alunos sempre possuem certa dúvida na hora da escolha do curso, e permanecem um pouco inseguros mesmo no começo da graduação. No caso do seu curso, como foi sua experiência?
Com certeza tive muitas dúvidas no período do ensino médio sobre a profissão que gostaria para mim. Mas acredito que o essencial para definir o curso de engenharia de produção foi a conversa com conhecidos que já faziam o mesmo. Procurei bastante na internet também, para entrar seguro na faculdade, pois o pior seria a sensação de escolha errada, queria ter certeza da minha futura profissão e não gostaria de fantasiar nada sobre ela. Desta forma, quando ingressei no curso superior, estava tranquilo, já tinha ideia da grade do curso e do que me esperava.

Qual foi o fator determinante na escolha do seu curso? Foi baseado fortemente nos resultados de testes vocacionais, ou teve contato com profissionais ou outros alunos que já estavam cursando?
Efetuei diversos teste vocacionais, testes de personalidade, testes de QI, com tudo que tinha direito. Eles dão uma ideia muito boa do caminho a seguir, mas você precisa se conhecer bem, para que os resultados sejam satisfatórios e desta forma evita ficar fantasiando demais sobre outras áreas. Mas com certeza, as conversas com profissionais na área de engenharia de produção foram determinantes.

Os primeiros anos do curso são determinantes para o aluno decidir se é realmente o que deseja para a vida dele, ou se muda o foco para outra profissão. Em relação ao seu curso de Engenharia de Produção, quanto tempo levou para ter a certeza ou não de sua escolha?
No fim do segundo ano do curso eu tive a certeza, creio que se deve ao fato da maturidade também, pois já estava mais velho e com mais experiência de vida. Assim, tinha mais certeza dos meus objetivos com a engenharia de produção e as metas para alcançá-la.

Agora em relação ao curso de Engenharia de Produção, fale um pouco da sua expectativa das matérias. Elas proporcionaram um aumento em sua expectativa como futuro profissional?
Com total certeza, o grande vínculo com as matérias de gestão deixam o curso de engenharia de produção muito prazeroso, não sendo aquela base forte em engenharia. A experiência diante o curso é sensacional, as matérias técnicas também tem um foco muito objetivo. Acredito que minha ótima experiência é devido ao fato de ter certeza do curso e profissão corretos!

Quais as matérias que mais gostou no curso de Engenharia de Produção? Fale sobre a que mais se identificou!
Eu particularmente gostei das matérias voltadas a gestão da qualidade, com enfoque no controle de qualidade total. Aprecio demais esta área, os mecanismos, a metodologia e os processos que devem ser seguidos afim de garantir a mesma. Mas como já disse anteriormente, todas as matérias de gestão são muito interessantes, não desmerecendo as matérias técnicas também.

Após o fim da graduação em engenharia de produção, qual foco deseja dar para sua carreira? Tem aspiração de entrar no mercado de trabalho diretamente, ou pretende ainda efetuar cursos de aprimoramento, como pós-graduação, mestrado, etc?
Eu tenho interesse em entrar no mercado de trabalho diretamente, para conquistar minha independência financeira total. Não gosto do fato de ser ainda um peso para meus pais, não vejo a hora de caminhar com minhas próprias pernas, ter minhas conquistas pessoais. Assim que finalizar o curso de engenharia de produção, já quero estar empregado, e acredito que os estágios que já fiz na área, irão auxiliar nesta conquista.

Sobre o curso em geral, teria alguma sugestão de melhoria, ou alguma forma de apoio extra, para aumentar a experiência dos alunos com a futura profissão, ou mesmo apoio pedagógico, para auxiliar no desenvolvimento como futuro profissional?
Apesar do curso de engenharia de produção ser novo na instituição que estudo, acredito que fizeram um ótimo planejamento do mesmo, pois este aborda tanto a parte técnica, com viagens específicas as indústrias, quanto a parte de gestão, com ótimos cursos de extensão e palestras. Todos os alunos antes de escolher uma universidade, deveriam conhecer muito bem o curso e as oportunidades que a faculdade proporciona.

Sobre a universidade que cursou ou cursa, gostaria de fazer alguma comparação com as oportunidades apresentadas que são interessantes ao entrar no mercado de trabalho?
Não posso de deixar de citar o meu irmão caçula, ele seguiu meus passos e está cursando também engenharia de produção, só que optou pela Universidade Anhembi Morumbi. Ele estava um pouco chateado pois a universidade pública que passou era muito longe de casa, e não compensaria o deslocamento e custos de moradia. Porém, posso dizer com todas as palavras que ele está muito bem residindo em São Paulo, e tenho até inveja do suporte da instituição. Ele passou no programa de intercâmbio e atualmente está fazendo as malas, para ir pro exterior, este que era um grande sonho meu também. Ele me informou que com a parceria com a Rede Laureate, a Anhembi está com reconhecimento internacional de seus cursos, que é um “plus“ a mais no currículo do futuro profissional. Acredito que estas experiências extras que as instituições oferecem são sempre muito válidas, principalmente para aqueles que almejam passar em processos de trainee. Bom, para finalizar, quem está em dúvida sobre a universidade a cursar, hoje eu recomendo pela experiência do caçula, que procurem uma instituição que tenha todo o suporte necessário para sua formação, mas que também te auxilie no futuro.

Dúvidas ou sugestões sobre o curso de engenharia de produção ? Deixe uma pergunta, e nossos jornalistas farão o possível para respondê-las !

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin