dcsimg

O que é Medicina, afinal? Descubra tudo sobre este curso

Está pensando em fazer Medicina? Conheça os desafios e as experiências que os estudantes precisam encarar para se tornar médicos!

Medicina

Existem centenas de faculdades, públicas e privadas, que oferecem o curso de Medicina no Brasil com reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). Mesmo com a grande oferta de vagas, esta graduação se mantém entre as mais procuradas e concorridas nos vestibulares de norte a sul do País.

Os altos salários da carreira e a facilidade de encontrar emprego explicam, em parte, a preferência de muitos estudantes por este curso. Os médicos podem trabalhar em clínicas e hospitais privados, atuar na rede pública de saúde, lecionar em universidades e ter seu próprio consultório. Há outro lado da Medicina que atrai milhares de alunos para a profissão: a gratificante missão de cuidar das pessoas e salvar vidas.

Você se identifica com a carreira de médico? Então saiba tudo sobre o curso, as disciplinas, as mensalidades, onde estudar e como disputar uma vaga!

O curso de Medicina

O curso de Medicina é um bacharelado presencial que dura pelo menos seis anos. É a graduação mais longa do País, com carga horária mínima de 7,2 mil horas definida pelo MEC. É comum encontrar universidades com programas de ensino ainda mais extensos, entre 8 e 9 mil horas.

As aulas geralmente acontecem em período integral, ou seja, algumas de manhã, outras à tarde e à noite. Por isso é muito difícil conciliar trabalho e estudos ao longo do curso.

O currículo é puxado! As disciplinas teóricas exigem muita leitura e pesquisa, enquanto as práticas demandam total dedicação e foco nas atividades em laboratórios e clínicas. Afinal, os estudantes de Medicina devem estar preparados para assumir uma função de grande responsabilidade: zelar pela saúde e bem-estar do ser humano.

Em 2014 foram aprovadas novas diretrizes curriculares para os cursos de Medicina. Entre as principais mudanças está o estágio obrigatório no Sistema Único de Saúde (SUS), na atenção básica e no serviço de urgência e emergência, que deve ter a duração mínima de dois anos. Pelo menos 30% da carga horária do estágio deve ser cumprida no SUS.

O que se estuda em Medicina

O curso conta com três principais fases de aprendizado e o foco das disciplinas varia de acordo com o objetivo de cada um destes períodos. Veja o que se estuda na graduação em Medicina:

Fase inicial: nos dois primeiros anos há uma concentração maior de disciplinas teóricas. Os alunos adquirem conhecimentos essenciais para a profissão, estudam minuciosamente o corpo humano, realizam experimentos em laboratórios.

Fase clínica: a partir do terceiro ano os alunos desempenham mais atividades práticas e começam a entrar em contato com pacientes. Eles estudam diversas famílias de doenças, sua evolução, os efeitos no corpo humano e também as formas de prevenção e tratamento. Nesta fase aprendem ainda a realizar diferentes tipos de exames e analisar os resultados. As aulas acontecem em consultórios e ambulatórios dos hospitais-escola.

Fase de internato: na última fase do curso os alunos estão prontos para atuar nos hospitais. Neste período acontecem os estágios e os plantões nos serviços de pronto atendimento, onde se praticam procedimentos emergenciais e cirúrgicos. Os alunos são sempre acompanhados por supervisores e médicos formados durante a última fase do curso.

O currículo do curso de Medicina

A grade curricular de Medicina pode apresentar variações de acordo com a faculdade e o enfoque do curso. No geral, os alunos encontram as seguintes disciplinas:

  • Bioquímica e Biofísica Médica
  • Cirurgia
  • Citologia
  • Clínica Médica
  • Direitos Humanos e Cidadania
  • Genética e Biologia Molecular
  • Ginecologia e Obstetrícia
  • Imunologia Médica
  • Introdução à Antropologia e à Filosofia
  • Parasitologia
  • Processos Patológicos Gerais: teoria e prática
  • Psicologia Médica
  • Saúde da Criança e do Adolescente
  • Saúde da Família e Comunidade
  • Urgência e Emergência

Especializações em Medicina

Depois de cumprir toda a carga horária do currículo, o aluno estará apto a exercer a função de médico, como clínico geral. Se você pretende se tornar especialista vai precisar estudar, pelo menos, mais dois anos. Medicina é a carreira com o maior número de especialidades. Há mais de 50 reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Veja as mais comuns:

  • Pediatria
  • Ginecologia e Obstetrícia
  • Cirurgia Geral
  • Clínica Médica
  • Anestesiologia
  • Medicina do Trabalho
  • Cardiologia
  • Ortopedia e Traumatologia
  • Oftalmologia
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem
  • Psiquiatria
  • Dermatologia
  • Otorrinolaringologia
  • Cirurgia Plástica
  • Medicina Intensiva

O preço da faculdade de Medicina

Existem muitas faculdades públicas que oferecem o curso de Medicina no Brasil. Nestas instituições o ensino é gratuito – isso explica porque é tão difícil conseguir vaga em uma delas.

Quem pretende disputar vaga em universidade privada deve preparar o bolso para dar conta do investimento. Uma pesquisa recente mostrou que os valores variam de R$ 3 mil a R$ 9 mil. A maioria das faculdades cobra entre R$ 5 mil e R$ 7 mil pela mensalidade do curso de Medicina.

Os valores são tão distantes da realidade de grande parte dos estudantes brasileiros que o Governo Federal criou alternativas para incentivar o acesso de pessoas de baixa renda a universidades privadas. Confira:

  • ProUni: o Programa Universidade Para Todos (ProUni) concede bolsas integrais (100%) ou parciais (50%) a estudantes de baixa renda. A nota do Enem é o critério de seleção. Quanto mais alta for a pontuação do candidato, maiores as chances de entrar na faculdade com bolsa.
  • FIES: é um financiamento estudantil concedido a juros baixos. Cursos na área da Saúde, por serem prioritários para o Governo Federal, têm prioridade na distribuição vagas. As regras de participação têm se tornado mais rígidas. É importante conferir a nota mínima exigida no Enem e a renda familiar no site do FIES.

Onde estudar Medicina?

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Medicina:

Veja também:

Quanto ganha um Médico?

Vai tentar vaga em Medicina? Como tem se preparado para enfrentar a concorrência dos processos seletivos? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin