dcsimg

O que é Psicologia, afinal? Saiba tudo sobre este curso

Descubra tudo o que você precisa saber sobre Psicologia: o curso, o mercado de trabalho e onde estudar para seguir a carreira de psicólogo!

Psicologia

Entre as profissões mais tradicionais do Brasil, Psicologia também aparece na lista dos 10 cursos mais procurados pelos estudantes brasileiros.

As oportunidades de trabalho se espalham por consultórios, hospitais, empresas de grande porte e centros de amparo social. A profissão tem se estendido para áreas antes pouco exploradas, como equipes esportivas e grupos de análise de tendências de mercado.

O grande trunfo do psicólogo é seu conhecimento sobre o comportamento humano, que o permite atuar com:

  • Melhoria da qualidade de vida dos pacientes
  • Aconselhamento vocacional adequado
  • Tratamento de distúrbios de comportamento
  • Acompanhamento de problemas mentais
  • Desenvolvimento de campanhas de mercado
  • Análise de comportamento do consumidor

Se você está interessado em fazer Psicologia, fique aqui com a gente. Vamos apresentar tudo o que diz respeito à profissão: as diversas oportunidades, o que é preciso para se formar na área, como é o curso, onde estudar e muito mais!

Mercado de trabalho para Psicologia

Engana-se quem pensa que o psicólogo fica o dia inteiro sentado numa cadeira ouvindo os pacientes e seus problemas.

Essa figura existe e é importante até hoje. Só que nos últimos tempos a profissão está mais dinâmica e o psicólogo tornou-se um profissional-chave em diversas áreas do mercado. Veja alguns fatos que reforçam essa ideia:

  • Psicólogos são fundamentais no departamento de Recursos Humanos de grandes empresas. Segundo o guia de Profissões e Salários da Catho, cerca de 40% dos gerentes de RH hoje têm formação em Psicologia. Com tempo e experiência, é possível chegar ao cargo de diretor ganhando mais de R$ 20 mil.
  • Equipes esportivas têm recorrido aos psicólogos para preparar mentalmente atletas que enfrentam grandes competições e precisam lidar com a pressão.
  • Como analista de tendências, o psicólogo pode avaliar o comportamento do consumidor a fim de descobrir novas inclinações de mercado. É um profissional valioso e estratégico para muitas empresas.
  • No departamento de Marketing, pode colaborar com ações promocionais que “dialoguem” com o consumidor de forma mais direta e eficaz.
  • Como orientador profissional, pode ajudar muita gente a descobrir a carreira ideal.
  • Como psicólogo clássico, pode trabalhar em clínicas, ambulatórios e hospitais ajudando pessoas a superarem problemas.
  • Como empreendedor, pode abrir seu consultório ou clínica e trabalhar por conta própria.
  • No serviço público ou em organizações não-governamentais, pode trabalhar no amparo às populações carentes, vítimas de catástrofes, viciados em drogas, encarcerados, vítimas de violência, etc.
  • Na área da educação, pode ajudar a definir objetivos pedagógicos, a entender melhor os anseios dos estudantes e professores, acompanhar a evolução didática, etc.
  • Em empresas de tecnologia e startups, ajuda a pensar em interfaces mais amigáveis entre homem e máquina.

O psicólogo também pode atuar em consultorias ou qualquer tipo de trabalho que necessite de um profissional que entenda a fundo o comportamento humano. É um conhecimento que pode ser aplicado em praticamente todas as áreas!

O curso de Psicologia

O primeiro passo para trabalhar como psicólogo é fazer um curso de Psicologia. A profissão é altamente regulamentada e somente os portadores de diploma reconhecido pelo MEC estão autorizados a exercer a atividade.

O curso é um bacharelado com cinco anos de duração e está disponível em 438 instituições de ensino do Brasil – 82% delas na rede particular.

Algumas poucas faculdades (apenas 14) também oferecem licenciatura em Psicologia para formar professores e interessados em trabalhar nos ambientes escolares.

A concorrência nas universidades públicas é acirrada. Para se ter uma ideia, a média de candidatos por vaga nos cursos de instituições federais, estaduais e municipais está em incríveis 26,8 – mais alta até que em Direito.

Nas particulares, onde a oferta é mais ampla, a relação é de 2,44 candidatos por vaga, em média – mas esse número pode ser maior em função da cidade, do turno e do prestígio da instituição.

Atualmente, Psicologia conta com 224 mil estudantes matriculados, de acordo com o Censo da Educação Superior realizado recentemente pelo Ministério da Educação.

O que se estuda em Psicologia

Psicologia é uma graduação interessantíssima. Ao longo dos estudos, os alunos vão ter um amplo panorama sobre o desenvolvimento psicológico em várias etapas da vida humana (infância, adolescência, velhice), conhecer as principais doenças e distúrbios mentais, analisar e diagnosticar pacientes, além, é claro, de dominar as técnicas de prevenção e tratamento.

A grade curricular de Psicologia é bem variada. Confira algumas matérias que você poderá encontrar:

  • Aconselhamento Psicológico
  • Anatomia Aplicada à Psicologia
  • Antropologia
  • Didática da Licenciatura
  • Dinâmica de Grupo e Relações Humanas
  • Estatística
  • Ética Profissional
  • Filosofia
  • Fisiologia
  • Metodologia em Psicologia
  • Neuroanatomia
  • Política Educacional
  • Psicanálise
  • Psicofisiologia
  • Psicologia da Indústria
  • Psicologia da Personalidade
  • Psicologia do Desenvolvimento
  • Psicologia Escolar e Problemas de Aprendizagem
  • Psicologia Experimental
  • Psicologia Geral
  • Psicologia Social
  • Psicopatologia Geral
  • Sociologia
  • Sociologia da Educação
  • Técnica de Exame Psicológico

Os estágios são uma parte importante do curso. Neles, os alunos podem participar de atividades em diversos locais de trabalho ou prestar serviço nos núcleos de atendimento psicológico à comunidade oferecidos pelas faculdades (especialmente as maiores). Geralmente essas tarefas são realizadas nos últimos semestres e preparam o estudante para o mercado de trabalho.

Quanto custa estudar Psicologia?

O investimento médio para estudar Psicologia em uma faculdade particular é de R$ 920 por mês.

Mas há alternativas para a maioria dos bolsos. As instituições que oferecem o curso no Brasil cobram mensalidades entre R$ 500 e R$ 3.000. O preço varia de acordo com a região, a faculdade, o turno e a reputação da universidade.

Existe curso de Psicologia a distância?

Nem o Ministério da Educação nem o Conselho Federal de Psicologia (CFP) autorizaram o funcionamento de graduações em Psicologia a distância por enquanto.

Os cursos a distância em Psicologia que têm o aval do MEC são todos de pós-graduação em nível de especialização. As opções nesse caso são muitas. Lembre-se de que só pode entrar nesse tipo de curso quem já tem diploma de nível superior.

Onde estudar Psicologia

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Psicologia.

Veja também:

Vale a pena fazer Psicologia? Descubra

O que achou desse panorama sobre Psicologia? Está animado para encarar o curso? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin