dcsimg

Quanto custa estudar Direito?

Vai investir na carreira de Direito? Descubra quanto vai precisar desembolsar até a formatura!

direito-constitucional

A esperança de ganhar bons salários e conseguir um emprego com facilidade faz do curso de Direito um dos mais cobiçados pelos estudantes brasileiros.

Conquistar uma vaga nas melhores faculdades, no entanto, não é tarefa fácil. O curso está sempre no topo da lista dos mais concorridos, tantos nas públicas quanto nas particulares. Por outro lado, o Brasil é o país que tem mais cursos de Direito no mundo – o que faz com que seja fácil encontrar graduações para todos os bolsos.

Preparamos um guia com o valor das mensalidades em várias regiões do Brasil e todos os gastos que você deve considerar antes de escolher a sua tão sonhada faculdade de Direito. Confira!

Mensalidades de Direito

Os valores dos cursos de Direito variam de tal forma que fica até difícil estabelecer uma média geral. Dá para encontrar mensalidades que começam em R$ 350 e chegam a ultrapassar os R$ 4.000 na mesma cidade! Tudo vai depender da instituição e da região onde a graduação é oferecida.

O segredo é encontrar uma faculdade bem avaliada pelo Ministério da Educação (MEC) com uma mensalidade que você possa pagar.

Descubra agora quanto custa estudar Direito em diversas faculdades pelo Brasil:

Mensalidades de Direito entre R$ 350 e R$ 600

São Paulo (SP)

Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas Santa Rita de Cássia (FACEAS)

Porto Velho (RO)

Faculdade Católica de Rondônia (FCR)

Rio de Janeiro (RJ)

Faculdade Cenecista Ilha do Governador (FACIG)

Goiânia (GO)

Faculdade Sul-Americana (FASAM)

Maringá (PR)

Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)

Mensalidades de Direito entre R$ 600 e R$ 900

Franca (SP)

Universidade de Franca (UNIFRAN)

São Paulo (SP)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Campos Dos Goytacazes (RJ)

Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Bandeirantes (PR)

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Fortaleza (CE)

Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza (FAMETRO)

Mensalidades de Direito entre R$ 1.000 e R$ 1.500

Salvador (BA)

Faculdade Unime (UNIME)

Belo Horizonte (MG)

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS)

Florianópolis (SC)

Faculdade de Ciências Sociais de Florianópolis (FCSF)

Belém (PA)

Faculdade de Belém (FABEL)

Santos (SP)

Universidade Santa Cecília (UNISANTA)

Brasília (DF)

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF)

Mensalidades de Direito acima de R$ 1.500

Belo Horizonte (MG)

Faculdade IBMEC (IBMEC)

Porto Alegre (RS)

Escola Superior do Ministério Público (FMP)

Salvador (BA)

Faculdade Baiana de Direito e Gestão (FBDG)

São Paulo (SP)

Universidade Presbiteriana Mackenzie (MACKENZIE)

Colinas do Tocantins (TO)

Faculdade Integrada de Ensino Superior de Colinas (FIESC)

Custos extras do curso de Direito

O curso de Direito tem a grande vantagem de ser oferecido em apenas um turno (manhã ou noite), o que permite ao estudante trabalhar e estudar ao mesmo tempo. Isso é um alívio para quem está com o orçamento apertado.

No entanto, para saber exatamente quanto você vai precisar gastar até se formar, é preciso escapar da armadilha de incluir apenas o valor da mensalidade do curso no orçamento. Você deve estar alerta aos gastos extras que esta graduação exige.

Veja como identificar e calcular algumas das principais despesas associadas ao curso de Direito:

  1. Hospedagem

Às vezes as despesas com moradia superam o valor da mensalidade dos cursos. Se você precisar mudar de cidade para estudar, fique bem atento a essa realidade. Fora que existem outros custos associados que não podem ser esquecidos. Confira alguns:

  • Valor do aluguel (quarto, apartamento, casa)
  • Condomínio / IPTU
  • Serviços básicos como água, luz, gás, internet e limpeza
  • Serviços de mudança de cidade
  1. Transporte

Muitas vezes a gente se matricula em uma faculdade mais distante de casa por ter uma mensalidade mais barata. Nem sempre essa ideia compensa financeiramente. Ponha no papel quanto de dinheiro e tempo você vai precisar gastar com transporte público para ir e vir todos os dias. Se tem carro, analise os custos com combustível (que está caro!), estacionamento, seguro e pedágio.

  1. Alimentação

Alimentação é outro item que consome bastante dinheiro. Se você precisar fazer refeições fora de casa para estudar Direito, observe o valor cobrado nos restaurantes ao redor da faculdade e calcule quanto precisará gastar por dia com isso.

  1. Material didático

Estudar Direito requer materiais que custam caro, especialmente livros de leis, códigos, etc. Pesquise na faculdade que tipo de material você vai precisar e faça um orçamento preliminar. Guarde sempre um valor por mês para esse tipo de despesa.

Como estudar Direito pagando menos

Se mesmo as mensalidades mais baratas do curso de Direito estão fora do seu alcance financeiro, não desista. Há duas boas alternativas oferecidas pelo Governo Federal que irão ajudar você a ingressar num curso superior, o ProUni e o FIES. Conheça cada um deles:

ProUni

O Programa Universidade Para Todos oferece bolsas de estudo parciais e integrais em universidades privadas bem avaliadas pelo MEC. Para concorrer, é preciso ter um bom desempenho no Enem, com pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota acima de zero na redação. O ProUni é restrito a estudantes com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

FIES

O FIES ajuda a financiar seu curso de graduação com prazo longo e juros baixos. Para concorrer, o estudante precisa ter bom desempenho no Enem, com um mínimo de 450 pontos na média das provas objetivas e nota acima de zero na redação. A renda familiar bruta mensal deve ser de no máximo dois salários mínimos e meio por pessoa.

Veja também:
Quanto ganha um Advogado?

Conseguiu encontrar a faculdade de Direito ideal para você? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin