dcsimg

Descubra que nota você precisa tirar no ENEM pra passar em Engenharia

Entrar em Engenharia exige muito estudo. Veja as notas médias do Enem para passar nos principais processos seletivos!

Engenharia

Enquanto a humanidade precisar de estradas, edifícios, pontes, meios de transporte, internet, energia elétrica, robôs, equipamentos médicos e cirúrgicos, água e telefone, os engenheiros permanecerão entre os profissionais mais valorizados do mundo.

No Brasil, então, Engenharia é uma carreira vital. Tanto que está há tempos na mira do Governo Federal como uma das profissões que devem ser estimuladas em todas as classes sociais.

A diversidade de áreas de atuação, a facilidade de encontrar emprego em qualquer região do País e os altos salários têm contribuído para lotar os cursos de Engenharia em universidades públicas e privadas.

A nota do Enem para entrar em qualquer curso de Engenharia geralmente é alta, às vezes até maior do que a pontuação necessária para passar em Direito ou Odontologia em algumas universidades.

Vamos ajudar você, futuro engenheiro ou engenheira, a ter uma noção mais clara do quanto é preciso estudar para garantir vaga nas melhores universidades do Brasil. De brinde, ainda mostramos em quais processos seletivos que é possível participar e a forma de estudar para tirar um notaço no Enem!

Como concorrer a uma vaga de Engenharia usando a nota do Enem

Basicamente, quem faz o Enem pode concorrer em quatro processos seletivos. Três deles acontecem duas vezes por ano – ou seja, são no mínimo sete chances de entrar na faculdade usando a nota de um só exame!

Com o seu desempenho dá para entrar em Engenharia pelo:

  1. Sisu – é o maior processo seletivo do Governo Federal. Com ele, dá para disputar vaga em uma das tantas universidades públicas que integram o Sistema de Seleção Unificada. O Sisu acontece duas vezes ao ano, no início do semestre letivo. Para entrar na disputa o candidato só precisa ter feito o Enem mais recente e apresentar nota acima de zero na redação. Aqui a concorrência é bem alta, especialmente nos cursos de Engenharia. Por isso, quanto maior a nota no Exame, maiores as chances de se dar bem.
  1. ProUni – sistema de concessão de bolsas integrais e parciais para que estudantes de baixa renda possam frequentar uma universidade privada, em cursos presenciais e a distância. A disputa é aberta a quem tiver participado do Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. Também é preciso se encaixar em critérios de formação escolar e renda familiar.
  1. FIES – o Fundo de Financiamento Estudantil ajuda a pagar a faculdade particular e a dívida só começa a ser paga depois da formatura, com juros baixos e prazo longo. O FIES é um benefício exclusivo para alunos de baixa renda que atendam aos critérios estabelecidos pelo MEC. O Enem também é exigido aqui, mas pode ser qualquer edição a partir de 2010. O que não muda é a nota mínima, a mesma do ProUni: pelo menos 450 pontos na média das provas e acima de zero na redação.
  1. Ingresso direto – muitas faculdades particulares aceitam a nota do Enem como alternativa ao vestibular. Isso significa que o candidato pode chegar, apresentar seu desempenho no Exame e, se tiver a nota exigida, já pode fazer a matrícula. É uma facilidade e tanto para quem planeja estudar em uma instituição privada.

Conheça a seguir a nota mínima do Enem necessária para entrar em cada um desses processos seletivos!

Nota do Enem para passar em Engenharia no Sisu

Quer entrar em Engenharia pelo Sisu? Pois é bom estar preparado para encarar a concorrência. A média geral para conseguir vaga nesse curso foi de 680 pontos nos últimos processos seletivos, com a menor nota raramente ficando abaixo de 600 pontos e as maiores, na casa dos 830.

A nota de corte média, por curso, é mais ou menos a seguinte:

  • Engenharia Civil: 700 pontos
  • Engenharia Mecânica: 690 pontos
  • Engenharia Elétrica: 680 pontos
  • Engenharia da Computação: 670 pontos
  • Engenharia de Produção: 670 pontos
  • Engenharia Sanitária: 650 pontos

Nota do Enem para passar em Engenharia no ProUni

Quem for atrás de uma bolsa de estudos para fazer Engenharia em faculdade privada também vai dar de cara com um processo seletivo concorrido, em que a nota média necessária para obter o benefício está na casa dos 640 pontos.

A maior nota de corte geralmente fica em 800 pontos. A menor, 450 (que é o mínimo exigido).

Nota do Enem para obter o FIES em Engenharia

A nota mínima para conseguir financiar o curso de Engenharia pelo FIES é de 550 pontos, em média.

As mais altas podem chegar a 700 pontos, enquanto as mais baixas ficam no mínimo exigido, 450 pontos.

Nota do Enem para passar em Engenharia por ingresso direto

Nesse caso não há uma nota média. Cada universidade define seus próprios critérios de seleção – muitas exigem apenas que o estudante não tenha zerado na redação. As vagas vão sendo preenchidas pelos inscritos com as maiores notas. Se você está de olho no ingresso direto, consulte a instituição de ensino onde quer estudar para conhecer os detalhes.

Veja algumas faculdades reconhecidas pelo MEC que oferecem curso de Engenharia e aceitam essa modalidade de ingresso, além do ProUni e do FIES:

Veja quantas questões é preciso acertar no Enem para passar em Engenharia

Engenharia está entre os cursos mais difíceis de entrar com a nota do Enem. Perde, na média, somente para Direito e Medicina.

Se você está querendo entrar nesta graduação com a nota do Exame, fique ligado: é preciso reforçar os estudos e ter uma pontuação bem alta como meta.

Para assegurar uma vaga, é preciso ter um rendimento aproximado de:

  • 35 acertos em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • 35 ou mais acertos em Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • 35 acertos em Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • 35 acertos em Matemática e suas Tecnologias
  • 800 pontos na Redação

Os acertos precisam ser coerentes para garantir uma boa nota, ou seja: você precisa acertar todas as fáceis, grande parte das médias e algumas difíceis. Isso é necessário para atender ao critérios do sistema de correção do Enem, que é baseado em um modelo sofisticado chamado Teoria de Resposta ao Item.

Já percebeu que tem um trabalho duro pela frente, não é? Então não perca nem mais um minuto. Comece a estudar desde já!

Veja também:

Engenharia Civil: saiba sobre a carreira e onde cursar

Vai tentar entrar em Engenharia com a nota do Enem? Qual especialidade chama mais a sua atenção? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin