dcsimg

Saiba o que se estuda em Farmácia

O currículo de Farmácia mistura disciplinas de Ciências Biológicas, Saúde e Gestão! Descubra o que mais se estuda neste curso!

farmacia_600

O curso de Farmácia forma o aluno para atuar em um mercado bastante diversificado. Com disciplinas focadas na prática profissional, o estudante sai da faculdade pronto para trabalhar com análises clínicas, produção de medicamentos, inspeção de alimentos e fármacos ou prestar atendimento especializado em drogarias.

Os primeiros semestres da graduação trazem disciplinas básicas de Ciências Biológicas e da Saúde. Conforme o curso avança, o aluno vai tendo contato com matérias mais específicas.

Veja a seguir o que se estuda em Farmácia e quais são as faculdades que ajudarão você a entrar com o pé direito nesta profissão!

O currículo de Farmácia

A grade curricular de Farmácia tem muitas disciplinas práticas, desenvolvidas em laboratórios da própria universidade. São matérias que começam no estudo da anatomia humana, passam pela análise de bactérias, criação de medicamentos e até a produção de xampus e maquiagens!

Em paralelo, o aluno também tem acesso a uma série de disciplinas sobre gestão de empreendimentos farmacêuticos, ética profissional e legislação. É frequente haver debates em sala de aula sobre tópicos polêmicos, como os limites da indústria farmacêutica, bioética, uso de experimentos em humanos, etc.

O bom de tudo isso é que o aluno sai da faculdade com uma visão bastante ampla do ser humano, das doenças que nos afligem e das possibilidades de cura.

A Química e a Biologia, além de todas as matérias derivadas da junção dessas duas disciplinas, como bioquímica, por exemplo, acompanharão os alunos do primeiro ao último dia do curso.

A grade pode variar bastante de acordo com a instituição de ensino escolhida.

Confira a seguir um compilado geral do que se estuda em Farmácia para ajudar quem está com dúvidas se entra ou não nesta faculdade!

  • Análise Farmacêutica: controle de qualidade, princípios ativos, impurezas, aquametria, matérias primas, análise físico-química, análise de embalagens.
  • Análise Instrumental: infravermelho, ressonância magnética nuclear, fotometria de chama, absorção atômica e métodos cromatográficos.
  • Anatomia Humana: introdução ao estudo da anatomia, sistema esquelético, articular, muscular, circulatório, digestivo, respiratório, nervoso, urinário, endócrino, genital feminino, genital masculino, tegumentar e sensorial.
  • Bioquímica: a célula e suas membranas, proteínas e enzimas, aminoácidos, carboidratos, lipídios, nucleotídeos e ácidos nucleicos, vitaminas, metabolismo, regulação e interação metabólica.
  • Biossegurança: obtenção e conservação de amostras biológicas, padronização.
  • Botânica: nomenclatura e classificação das plantas, citologia vegetal, tecidos vegetais, anatomia, estruturas secretoras, microquímica.
  • Bromatologia: nutrição, componentes básicos dos alimentos, teores de umidade, resíduo mineral fixo, cálculo de valor calórico, noções de microscopia de alimentos.
  • Cálculo: funções elementares, exponenciais, logarítmicas e trigonométricas, limite e continuidade, derivada e diferencial, aplicações às ciências biológicas, teorema do valor médio, integral indefinida e definida, equações diferenciais.
  • Citologia e Embriologia: histologia, sangue, tecido conjuntivo, epitelial, cartilaginoso, ósseo, muscular, nervoso, feto, placenta e anexos embrionários.
  • Cosmetologia: criação e desenvolvimento de produtos cosméticos, aspectos anatômicos e fisiológicos, produtos de limpeza, proteção e hidratação, maquiagens, perfumes.
  • Epidemiologia Geral: história da doença, prevenção, doenças transmissíveis e doenças crônicas, epidemiologia descritiva, controle, ensaios, testes para diagnóstico, vigilância.
  • Estatística: amostragem, apresentação de dados, parâmetros, probabilidade, testes de hipóteses, regressão e correlação.
  • Ética: ética, moral e saúde, valores humanos, direitos humanos, responsabilidade social, etnia, gênero, deficiência, drogas, público e privado, liberdades individuais, pesquisas com seres humanos, células-tronco, autonomia do paciente e direito à informação.
  • Farmacobotânica: anatomia dos órgãos vegetativos e reprodutivos, algas, cianobactérias e fungos, flora brasileira, conservação de vegetais, hortos e herbários.
  • Farmacologia: medicamentos, farmacodinâmica, farmacologia do sistema nervoso, farmacologia endócrina.
  • Farmacotécnica: classificação dos medicamentos sob o ponto de vista farmacotécnico, prescrição de medicamentos, concepção dos medicamentos, incompatibilidades.
  • Física: radiação, energia, fenômenos ondulatórios, fluidos, fenômenos elétricos nas células.
  • Físico-Química: gases, termodinâmica, termoquímica, sistemas dispersos, cinética química, fenômenos de superfície, polímeros.
  • Genética: herança biológica, hereditariedade, genética mendeliana, estrutura e função dos genes, mutações genéticas, grupos sanguíneos.
  • Gestão de Empresas Farmacêuticas: planejamento, organização, direção e controle da ação empresarial, marketing nas organizações.
  • Gestão em Processos Industriais: administração da produção, desenvolvimento de produtos farmacêuticos, estudos de casos, gestão de produção, segmento industrial.
  • Hematologia: sangue, anemias, leucoses, doenças do colágeno, coagulação sanguínea, noções de hemoterapia.
  • Histologia: sistema linfático, circulatório, digestivo, respiratório, epitelial, urinário e reprodutor, glândulas endócrinas.
  • Imunologia: imunidade, células do sistema imunológico, órgãos, antígenos, hipersensibilidade, tolerância e doenças autoimunes.
  • Introdução às Ciências Farmacêuticas: papel do farmacêutico em farmácias de manipulação, drogarias, hospitais, clínicas, indústria farmacêutica e de cosméticos, laboratório de análises clínicas, análises toxicológicas, indústrias alimentícias, ensino e pesquisa.
  • Legislação Farmacêutica: órgãos representativos da profissão, controle sanitário, legislação, medicamentos genéricos, Política Nacional de Medicamentos.
  • Parasitologia: artrópodes, helmintos e protozoários, doenças parasitárias, parasitas de importância médica, diagnóstico, prevenção e tratamento.
  • Química Inorgânica: grandezas e medidas, teoria atômica, estrutura, átomo, substâncias, reações químicas, ligação química, geometria das moléculas, equilíbrio químico, ácidos e bases, eletroquímica.
  • Química Orgânica: moléculas orgânicas, isomeria, ressonância, interações intermoleculares, funções orgânicas, estrutura química de biomoléculas, acidez e basicidade.
  • Tecnologia de Alimentos: preservação de alimentos, carnes, aves, peixes, leite e derivados, cereais, açúcares, cerveja, frutas e hortaliças, café, embalagens e aditivos.
  • Tecnologia Farmacêutica: tecnologias, fabricação, desenvolvimento de medicamentos, planejamento de produção, tecnologia dos sólidos, pós e granulados, cápsulas e comprimidos, injetáveis.
  • Toxicologia: classificação toxicológica, toxicidade, monitoração biológica, agentes tóxicos, metais pesados, plantas tóxicas, animais peçonhentos.

Onde estudar Farmácia

A faculdade de Farmácia é do tipo bacharelado e tem duração média de cinco anos. É um curso fácil de ser encontrado nas principais instituições de ensino do Brasil. Como se trata de uma profissão regulamentada, o exercício profissional está restrito a quem possui diploma superior na área.

Por enquanto, o curso está disponível apenas na modalidade presencial.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Farmácia:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Farmácia: profissão, carreira e mercado de trabalho

Está querendo entrar em Farmácia? Conte para a gente o que achou das disciplinas!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin