dcsimg

Tudo o que você precisa saber sobre tecnólogo em Radiologia

Radiologia está entre os cursos tecnológicos mais procurados do Brasil. Veja o que se estuda e quais são as formações possíveis nessa área!

Radiologia é uma profissão que se desenvolve a passos largos no Brasil. Quem quiser aproveitar o bom momento da área precisa ser rápido e garantir logo seu lugar na faculdade.

Com o diploma em mãos, abre-se um mundo de oportunidades em clínicas, hospitais, centros de saúde, laboratórios, empresas de engenharia, portos e aeroportos de todo o país – o profissional de Radiologia é bastante requisitado de Norte a Sul.

Se você está de olho nesse mercado, veja tudo o que é preciso saber sobre o curso de tecnólogo em Radiologia: as disciplinas, onde é oferecido e quais são as principais áreas de atuação deste profissional!

Como é o curso de tecnólogo em Radiologia

Com duração média de três anos, o curso superior de tecnologia em Radiologia pode ser encontrado com relativa facilidade em diversas instituições de ensino brasileiras – principalmente nas particulares.

Quem prefere estudar a distância também vai poder fazer a graduação nesse formato. Existem algumas faculdades que oferecem a opção EAD, embora não sejam muitas – se você der sorte, pode encontrar o curso em algum polo de apoio em sua cidade.

Embora seja um curso mais curto, o diploma é de nível superior e permite ao profissional ocupar cargos que exigem esse grau de escolaridade, fazer pós-graduações ou disputar vaga em concursos públicos.

Em linhas gerais, o tecnólogo em Radiologia sai da faculdade habilitado a operar equipamentos de diagnóstico por imagens, analisar dados radiológicos e prestar consultoria em aquisição e instalação de equipamentos.

O que se estuda no curso de tecnólogo em Radiologia

Boa parte da grade curricular do tecnólogo em Radiologia é composta por disciplinas práticas, realizadas em laboratórios especiais. Mas há um trabalho considerável de fundamentação nas matérias de Ciências Biológicas e da Saúde.

Veja o que se estuda no curso, em linhas gerais (os nomes das disciplinas e a ordem e quem aparecem ao longo do curso podem mudar de acordo com a faculdade):

  • Anatomia
  • Anatomia Radiológica
  • Bioestatística
  • Biologia (Citologia e Histologia)
  • Bioquímica
  • Biossegurança
  • Controle de Qualidade em Radiologia
  • Dosimetria das Radiações
  • Epidemiologia
  • Exames Radiológicos
  • Física
  • Matemática
  • Física Radiológica
  • Fisiologia Humana
  • Gestão em Saúde
  • História da Radiologia
  • Legislação Radiológica e Segurança no Trabalho
  • Mamografia e Densitometria Óssea
  • Medicina Nuclear e Radioterapia
  • Microbiologia, Imunologia e Parasitologia
  • Neuroanatomia Radiológica
  • Patologia Geral e Radiológica
  • Primeiros Socorros
  • Processamento de Imagens
  • Proteção Radiológica
  • Psicologia em Saúde
  • Radiobiologia
  • Radiologia Industrial
  • Radiologia Odontológica
  • Radiologia Veterinária
  • Radioterapia
  • Ressonância Magnética
  • Saúde Pública
  • Técnicas Radiológicas
  • Tecnologias em Radiodiagnóstico e Terapia
  • Tomografia Computadorizada
  • Ultrassonografia

Os estágios são obrigatórios ao longo da graduação e já vão dando ao aluno uma boa noção do mercado de trabalho que o espera. As áreas que mais oferecem essas oportunidades são:

  • Radiologia Geral
  • Radiologia Odontológica
  • Radiologia Veterinária
  • Tomografia Computadorizada

Quem optar pelo curso a distância vai ter diante de si um outro desafio: a disciplina necessária para estudar por meio de um computador. Veja a seguir como funciona esse formato.

Como é o curso de Radiologia a distância

O curso de Radiologia a distância ainda é restrito a algumas poucas faculdades, mas a tendência é que cada vez mais instituições passem a oferecer essa opção aos seus alunos.

Além de ser mais em conta, o curso a distância permite que o aluno concilie trabalho e vida acadêmica com mais facilidade, o que é um grande diferencial hoje em dia.

Normalmente o curso de Radiologia é feito de forma semipresencial, ou seja: não é totalmente a distância. O aluno precisa comparecer à faculdade uma ou mais vezes por semana para realizar as atividades práticas. A parte a distância engloba apenas as disciplinas mais teóricas.

Em um curso a distância, o aluno tem todo o conteúdo à disposição, pela internet, 24 horas por dia, 7 dias por semana. São videoaulas, apostilas, livros digitais, textos, animações, etc., tudo organizado para proporcionar um aprendizado mais interativo e estimulante.

As ferramentas de interação permitem o contato com professores, tutores e outros alunos, de forma que muitas vezes a graduação pode ser tão divertida e estimulante quanto no formato presencial.

Para descolar vaga no curso de Radiologia a distância primeiro é necessário ficar de olho nas vagas disponíveis. Muitas instituições abrem processos seletivos mais espaçados, outras não preenchem todas as vagas necessárias para formar turma – tudo ainda é muito novo nesse campo.

Quanto custa o curso de tecnólogo em Radiologia

Com uma mensalidade média no valor de R$ 600, o curso de Radiologia está longe de figurar entre os mais caros da área da Saúde. Há instituições que cobram ainda menos, por volta de R$ 500, e outras que pedem mais que o dobro disso. Tudo depende da região, da faculdade e do turno escolhido.

Cursos no formato a distância tendem a ser um pouco mais baratos – o que se torna uma opção ainda mais interessante.

Muitas instituições oferecem alternativas bacanas de financiamento e descontos para facilitar a vida de quem está com a grana curta. Os benefícios variam de instituição para instituição. É preciso pesquisar bem para descobrir quais são as opções que se encaixam no seu perfil.

Onde o tecnólogo em Radiologia trabalha

Os locais mais fáceis de encontrar um tecnólogo em Radiologia ainda são hospitais, clínicas, laboratórios ou qualquer outro tipo de estabelecimento que trabalhe com diagnóstico por imagem.

Há oportunidades aparecendo também em áreas que a gente nem imagina, mas que fazem uso constante da Radiologia. Conheça algumas:

  • Portos
  • Aeroportos
  • Presídios
  • Empresas de Engenharia
  • Aviação
  • Indústria alimentícia
  • Indústria cosmética

Espera um pouco: Engenharia? Indústria alimentícia? Como o tecnólogo em Radiologia pode trabalhar nesses locais?

É simples: muitas empresas de engenharia têm usado tecnologias radiológicas para buscar petróleo ou minérios no solo, sem precisar perfurar grandes poços até encontrá-los.

Já a indústria alimentícia usa a radiação para eliminar fungos e bactérias que possam contaminar a comida a ser processada. É uma técnica usada também na indústria de cosméticos, pelo mesmo motivo.

Tudo isso é possível porque existe uma boa diversidade de áreas de atuação dentro da Radiologia além da atividade convencional. Veja algumas das mais conhecidas:

  • Densitometria Óssea
  • Hemodinâmica
  • Mamografia
  • Medicina Nuclear
  • Radiologia Digital
  • Radiologia Industrial
  • Radiologia Intervencionista
  • Radiologia Odontológica
  • Radiologia Veterinária
  • Radioterapia
  • Raio-X
  • Ressonância Magnética
  • Tomografia Computadorizada
  • Ultrassonografia

Dentro de cada área de atuação há ainda diversos cargos que os tecnólogos em Radiologia podem ocupar. Tudo depende do talento e da experiência do profissional. Conheça algumas:

  • Supervisor de operações
  • Operador de equipamentos
  • Responsável técnico em clínicas ou hospitais
  • Coordenador de serviços de radioproteção e radiodiagnóstico
  • Assessor para compra e implementação de equipamentos
  • Gestor de aplicações técnicas
  • Inspetor de higiene e segurança do trabalho

Onde encontrar o curso de Radiologia

No Brasil todo existem 133 instituições de ensino que oferecem a graduação em Radiologia. Dessas, 123 estão na rede privada (o que corresponde a 92,5%) e apenas 10 na rede pública.

Se você vai tentar entrar na pública ou na particular, o que vale mesmo é observar se a instituição escolhida é bem avaliada pelo Ministério da Educação (MEC).

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de tecnólogo em Radiologia:

Veja também:

Radiologia: saiba mais sobre o curso e a carreira

Vai tentar vaga em Radiologia? Conte para a gente onde você gostaria de estudar!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin