dcsimg

Descubra o valor da faculdade de Farmácia

Saiba agora mesmo quanto é preciso investir para estudar Farmácia e quais são as opções para aliviar o bolso sem abrir mão da qualidade!

Os cursos da área da Saúde normalmente têm alta aceitação no mercado de trabalho brasileiro. Com Farmácia não é diferente.

Quem quiser virar expert em pesquisar, analisar e manipular substâncias químicas vai encontrar emprego com facilidade – e bons salários – em indústrias e laboratórios por todo o Brasil.

Não é por acaso que a faculdade de Farmácia é bastante popular por aqui, com mais de 115 mil alunos matriculados atualmente, de acordo com o último Censo da Educação Superior.

Mas tudo isso tem seu preço.

Como mais de 80% das vagas de Farmácia estão disponíveis em faculdades particulares, é bem provável que você tenha que fazer um investimento para obter seu diploma na área.

Para descobrir o valor da faculdade de Farmácia, basta ficar ligado a seguir. Além das mensalidades, a gente revela também quais são as formais mais eficazes de conseguir bolsas e descontos!

Valor da faculdade de Farmácia

Quem está buscando uma faculdade de Farmácia vai encontrar valores que giram em torno de R$ 1.400, mais ou menos.

Com um pouco de pesquisa será possível encontrar mensalidades mais em conta, por volta de R$ 800. Se dinheiro não é problema, tem faculdades cobrando valores acima dos R$ 3.000 por mês.

Uma outra alternativa será, dentro em breve, poder estudar Farmácia na modalidade a distância. Essa opção normalmente sai mais em conta do que a tradicional.

Algumas faculdades já receberam o aval do Ministério da Educação (MEC) para oferecer essa graduação online. A expectativa é que em pouco tempo tenhamos a modalidade em operação.

Por enquanto, a gente pode aproveitar os descontos e facilidades que as faculdades presenciais oferecem – e que aliviam bastante o bolso.

Confira alguns dos mais comuns a seguir.

Como fazer uma faculdade de Farmácia com desconto

Para facilitar a vida financeira dos alunos, a grande maioria das faculdades particulares oferece uma série de descontos – alguns até automáticos.

Com eles, uma faculdade mais barata, que custa R$ 800, em média, sai por pouco mais de R$ 600. As que cobram R$ 1.400 – valor mais comum – passam a custar mais ou menos R$ 1.000.

Bem mais interessante, não é?

Esses descontos podem aparecer de diversas formas. As mais comuns são:

  • Desconto automático por pontualidade no pagamento, que pode abater até 30% do valor da mensalidade.
  • Bolsas adquiridas em programas associados às faculdades.
  • Desconto na mensalidade para quem vem transferido de outra instituição.
  • Incentivo a quem quer fazer uma segunda graduação.

Cada faculdade tem seu “pacote” de descontos. Para encontrar aquele que vai facilitar sua vida, basta dar uma pesquisada rápida no site da instituição desejada (vamos sugerir uma lista delas mais adiante).

Quem busca ainda mais facilidade – e se encaixa nos requisitos – pode começar a se preparar agora mesmo para tentar vaga em um dos concorridos programas do governo federal de incentivo à formação superior.

São dois:

  • ProUni: O Programa Universidade para Todos concede bolsas parciais e integrais em faculdades particulares bem avaliadas pelo MEC. Para conseguir o benefício é preciso passar por um processo seletivo. A participação é direcionada a estudantes que se encaixam em determinado perfil de renda e formação escolar. Também é necessário ter feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. O ProUni tem duas edições todos os anos.
  • FIES: O Fundo de Financiamento Estudantil não é bolsa nem desconto, mas pode dar uma super força para quem precisa fazer um curso superior. Com ele é possível financiar os estudos a juros baixos e só começar a pagar a dívida só depois da formatura, com um prazo super longo. O benefício também é concedido mediante processo seletivo, mas aqui, diferentemente do ProUni, o candidato pode participar usando qualquer edição do Enem a partir de 2010 (deve apresentar pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação). Também é necessário se encaixar em certo perfil de renda familiar. O FIES abre inscrição duas vezes ao ano.

Como é a faculdade de Farmácia

Farmácia tem cinco anos de duração e forma bacharéis. É uma graduação fácil de ser encontrada nas principais faculdades públicas e particulares do Brasil.

O curso tem um perfil prático, com uma alta carga de aulas em laboratórios. As disciplinas são, em sua maioria, ligadas à Biologia, Física e, principalmente, Química

O objetivo principal do farmacêutico é pesquisar o efeito que certas substâncias podem trazer para o organismo – especialmente no tratamento de doenças.

O campo de trabalho está sempre aberto a novos profissionais, especialmente em laboratórios de análises clínicas, farmácias e indústrias farmacêuticas.

Onde fazer uma faculdade de Farmácia

O curso de Farmácia pode ser encontrado em 430 faculdades pelo Brasil. A grande maioria – 365, para ser mais exato – fica na rede particular de ensino.

Se você for estudar em alguma delas, precisa estar atento a um detalhe importante: o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC).

Esse reconhecimento significa que a instituição dispõe da infraestrutura e do conhecimento necessários para oferecer um bom curso. Ou seja: você vai poder usar o diploma para atuar formalmente como farmacêutico, fazer concursos públicos de nível superior ou entrar em pós-graduações.

A gente separou a seguir algumas opções de faculdades bem avaliadas para você, que quer fazer Farmácia, começar a pesquisar hoje mesmo. Todas elas oferecem benefícios e facilidades de pagamento.

Veja também:

Quanto ganha um Farmacêutico?

O que achou dos valores das mensalidades de Farmácia? Dá para encarar ou vai tentar alguma bolsa ou financiamento? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin