dcsimg

7 dicas rápidas para ganhar bolsa de estudo para graduação

Precisa de uma bolsa de estudo para fazer um curso universitário e não sabe como começar? Veja as dicas que separamos para você!

Já pensou que sorte poder fazer toda a sua graduação de graça ou pagando muito menos?

Na verdade, conseguir essa façanha tem muito menos a ver com a sorte do que você imagina.

Ganhar uma bolsa de estudos – e cursar um faculdade sem estourar o orçamento – é uma questão de estar bem informado, cumprir os requisitos e seguir todos os procedimentos direitinho.
E para quem acha que não vai conseguir uma bolsa porque os programas só aceitam estudantes nota 10 ou em situação de carência socioeconômica, temos uma boa notícia: há iniciativas que não exigem nada disso.

Confira a seguir as principais opções de bolsa de estudos que você vai encontrar pelo Brasil afora e dicas rápidas de como conquistar a sua!

O que é uma bolsa de estudo

Antes de mais nada, vamos esclarecer o que é uma bolsa de estudo. Trata-se de uma ajuda que o aluno ganha para poder concluir um curso. Essa ajuda pode vir de duas maneiras:

  1. Bolsas que cobrem os custos da mensalidade: podem ser integrais (100% da mensalidade), ou parciais, que oferecem descontos de até 80% e o estudante só tem que arcar com o restante do valor.
  2. Bolsas que pagam uma quantia mensal ao estudante: não pagam a mensalidade, e sim oferecem diretamente ao estudante um pequeno auxílio monetário, para que ele possa custear uma parte de seus gastos durante a época dos estudos.

Os critérios para a concessão de bolsas de estudos variam muito. Há programas que são destinados apenas a estudantes de baixa renda. Outros exigem determinado desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no vestibular ou durante a faculdade. Há iniciativas voltadas a determinado grupo social, condição, origem ou minoria, mas é possível encontrar também bolsas muito mais fáceis de conseguir – basta fazer a inscrição, pagar a taxa e obter um bom desconto.

Veja a seguir dicas sobre como conseguir bolsas para estudar sem pagar nada ou pagando muito pouco. Vamos comentar sobre cada uma das opções, contar como se inscrever e como fazer para garantir uma vaga!

1. Como conseguir bolsa por mérito acadêmico

Existem faculdades privadas que oferecem bolsas de estudos para alunos que se destacam por terem boas notas.

Em algumas universidades, por exemplo, se o aluno acerta pelo menos 75% das questões do vestibular, recebe uma bolsa de estudos integral válida até a conclusão do curso. Em outras, o primeiro e o segundo colocado recebem bolsa de 100% e 50%, respectivamente.

O melhor a fazer é ficar atento e pesquisar diretamente na faculdade de seu interesse se há a oferta de bolsas por mérito acadêmico e quais as normas específicas para conquistar a vaga. Depois, claro, o negócio é estudar bastante para ganhar benefício.

2. Como conseguir bolsa pelo Quero Bolsa

O Quero Bolsa é um site especializado que negocia bolsas de estudo parciais com universidades que tenham vagas sobrando. São mais de mil faculdades parceiras e a oferta chega a mais de 200 cursos em todo o Brasil.

O processo é simples:

  1. O primeiro passo é acessar o site e fazer uma pesquisa, que pode ser por curso ou por faculdade.
  2. Se encontrar uma vaga do seu interesse, você deve fazer um cadastro simples de pré-matrícula online.
  3. Após pagar a pré-matrícula, basta pegar o comprovante e usá-lo para conseguir desconto em todas as mensalidades do curso.

O percentual de desconto obtido no Quero Bolsa é aplicado até a conclusão do curso.

Vale lembrar que o Quero Bolsa não é um processo seletivo – dependendo da faculdade, você terá que passar no vestibular ou apresentar desempenho suficiente no Enem para garantir a vaga.

3. Como conseguir bolsa pelo Portal Bolsas de Estudo

O Portal Bolsas de Estudo é outro site especializado na oferta de bolsas em faculdades parceiras. O processo é semelhante ao do Quero Bolsa.

  1. Para começar, vá ao site e faça a sua busca.
  2. Depois, preencha o cadastro, imprima o boleto bancário e realize o pagamento.
  3. Após um dia útil, volte ao site e imprima seu “Voucher Desconto”, conclua a pré-matrícula online e dirija-se à universidade escolhida para confirmar a matrícula.

Os descontos do Portal Bolsas de Estudo podem chegar a 80%.

3. Como conseguir bolsa pelo Educa Mais Brasil

O Educa Mais Brasil também oferece bolsas de forma semelhante aos dois exemplos anteriores. O início do processo é a visita ao site. Feita a busca pelas vagas e encontrada uma bolsa do seu interesse, é só fazer a pré-matrícula, realizar o pagamento e, após passar no processo seletivo da faculdade, fazer a matrícula definitiva.

Os descontos oferecidos pelo Educa Mais Brasil podem chegar a 75% e duram até o final do curso.

4. Como conseguir bolsas da Educafro

A Educafro é uma Organização não Governamental (ONG) que oferece bolsas de estudo a negros e estudantes de baixa renda advindos da rede pública de ensino. A lista de instituições parceiras é extensa, e os descontos podem chegar a 100% da mensalidade.

Para fazer o cadastro, o interessado tem que ir ao site e preencher informações como CPF, etnia e renda familiar. Uma vez aprovado, o estudante pode se dirigir a alguma das instituições parceiras e fazer a inscrição no vestibular. Em contrapartida, a Educafro solicita aos alunos contemplados que participem de trabalhos sociais e comunitários.

5. Como conseguir bolsas oferecidas por empresas

Para quem já está no mercado profissional, uma opção é verificar se a empresa onde trabalha tem algum tipo de programa de incentivo à educação.

Essa é uma prática relativamente comum entre as organizações que querem promover a qualificação de seus funcionários. Em geral, a empresa arca com parte dos gastos da graduação.

As regras variam bastante, por isso o mais fácil é consultar diretamente o setor de Recursos Humanos da empresa para verificar as regras e condições do benefício.

6. Como conseguir bolsas do ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é, provavelmente, o meio mais conhecido de conseguir uma bolsa de estudos no Brasil.

Trata-se de uma iniciativa do governo federal que oferece bolsas integrais e parciais (de 50%) em graduações presenciais e a distância em faculdades privadas de todas as regiões do país.

A seleção dos bolsistas obedece a alguns critérios.

Pode concorrer a uma bolsa do ProUni quem ainda não tem diploma de nível superior, possui renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa e fez a edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação.

O critério de seleção é a nota do Enem e a disputa se dá entre os candidatos que escolheram as mesmas opções de curso, turno, faculdade, unidade e modalidade de concorrência (cotas ou não).

Para conseguir uma bolsa do ProUni, portanto, além de cumprir os critérios de participação e se inscrever no processo seletivo, o candidato precisa ter boa nota no Enem. Quanto maior a pontuação, mais chances de desbancar a concorrência e garantir uma vaga.

A inscrição é gratuita e deve ser feita pela internet, no site do ProUni.

O ProUni abre inscrições duas vezes ao ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestre letivo.

Faculdades reconhecidas pelo MEC onde você pode conseguir bolsas de estudos

Confira a seguir algumas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC) que oferecem diversos tipos de bolsas de estudo, inclusive do ProUni:

Veja também:

Descubra os tipos de bolsa do ProUni

O que achou das nossas dicas de bolsas de estudos? Está pensando em tentar alguma delas? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin