dcsimg

Descubra como entrar no ProUni com a nota do Enem

Saiba como utilizar a nota do Enem para conseguir uma bolsa de estudos pelo Programa Universidade para Todos!

prouni_small

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa do Governo Federal que concede bolsas de estudos em universidades particulares. As bolsas são distribuídas a alunos de baixa renda que ainda não tenham um diploma de nível superior. O critério utilizado para a seleção é a nota que o candidato obteve no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O sistema de seleção é totalmente informatizado e no período de inscrições é possível consultar as vagas disponíveis em todas as regiões do País.

Se você pretende fazer uma faculdade particular, mas não tem condições de arcar com todos os custos, saiba como conseguir uma bolsa do ProUni com a nota do Enem!

Como usar a nota do Enem para entrar no ProUni

Um dos requisitos obrigatórios para quem deseja conseguir uma bolsa pelo ProUni é ter participado do Enem. O processo seletivo é dividido em duas etapas:

  1. Processo Regular: Esta é a primeira fase de inscrições e o sistema só aceita candidatos que tenham feito a última edição do Enem. Além disso, a nota mínima para se inscrever é de 450 pontos na média das provas objetivas e nota superior a zero na redação.
  2. Processo de Bolsas Remanescentes: Após o término do processo regular de seleção, são abertas inscrições para o preenchimento das bolsas remanescentes, ou seja, aquelas que eventualmente não foram ocupadas na primeira fase.

Para esta segunda etapa de seleção, a pontuação mínima exigida continua a mesma. No entanto, aqueles que fizeram o Enem em anos anteriores (a partir de 2010) também podem usar sua nota para se candidatar.

Basta ter feito o Enem para conseguir o ProUni?

Não! Ter feito o Enem é obrigatório e é através da nota obtida no Exame que os candidatos são selecionados. Porém, é obrigatório preencher outros requisitos para concorrer a uma bolsa.

Para bolsas integrais (100% da mensalidade), a renda familiar bruta mensal não pode ser maior que um salário mínimo e meio por pessoa. No caso da bolsa parcial (50% da mensalidade), podem concorrer os candidatos com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Além disso, é obrigatório cumprir pelo menos uma das condições abaixo:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública.
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ter cursado parte do ensino médio em escola pública e parte em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor da rede pública, integrante do quadro permanente, e concorrer a bolsa para cursos de licenciatura. Neste caso o candidato está dispensado de cumprir requisitos de renda.

Como a nota do Enem é usada para conseguir bolsa no ProUni?

O processo seletivo do ProUni é totalmente informatizado. Durante o período de inscrição o candidato deve acessar o site do programa e informar seu número de inscrição e senha do Enem.

O sistema recupera automaticamente a nota obtida no Exame.

ProUni seleciona os bolsistas comparando as notas dos candidatos que concorrem a uma mesma vaga (para o mesmo curso, na mesma instituição de ensino, no mesmo período e para a mesma modalidade de concorrência).

Conseguem as bolsas aqueles estudantes com as maiores notas no Enem. No caso de empate entre dois ou mais candidatos, o sistema dá prioridade àquele que teve maior nota na redação.

Os critérios de desempate são aplicados na seguinte ordem:

  1. Maior nota na prova de redação.
  2. Maior nota na prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.
  3. Maior nota na prova de Matemática e suas Tecnologias.
  4. Maior nota na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
  5. Maior nota na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Quantos pontos é preciso tirar no Enem para conseguir uma vaga no ProUni?

Para fazer a inscrição no ProUni basta ter média de 450 pontos nas provas objetivas e nota maior que zero na redação. Porém, para conseguir uma vaga muitas vezes é necessário ter uma nota bem superior ao mínimo exigido.

A nota de corte do ProUni depende de vários fatores e não é única para todos os cursos oferecidos. Os mais concorridos, como Medicina, Direito e Engenharias, costumam ter notas de corte bastante elevadas. Já para os cursos menos concorridos, é possível conseguir uma bolsa com uma pontuação mais baixa.

A cada edição do ProUni as notas de corte mudam. Elas costumam variar conforme a instituição de ensino, o período em que o curso é oferecido, a modalidade de ensino (se é presencial ou a distância) e o tipo de concorrência (ampla concorrência ou cotas).

Universidades que participam do ProUni

Somente os cursos reconhecidos e bem avaliados pelo Ministério da Educação (MEC) podem oferecer vagas pelo ProUni. Conheça algumas universidades que participam do Programa:

Veja também:

Saiba como ganhar a Bolsa Permanência do ProUni

Você atende aos requisitos para conseguir uma bolsa do ProUni? Conte para a gente em qual curso você vai tentar uma vaga!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin