dcsimg

Tudo o que você precisa saber sobre o edital do Enem 2016

Edital do Enem

O Edital do Enem 2016 é um documento oficial com 90 páginas. Isso mesmo, noventa!

Antes que você se desespere e desista de olhar o material, achando que vai perder um tempo precioso de estudo a poucos dias da prova, temos uma boa notícia: a essa altura do campeonato, você não precisa ler aquele calhamaço todo!

O motivo é simples. As inscrições já passaram, já saiu o local de prova e, se você conseguiu se inscrever corretamente, boa parte das informações contidas ali pertencem ao passado. Mas atenção: isso não significa que você possa ignorar o edital. O lance agora é ir direto aos pontos mais relevantes, combinado?

Preparamos um guia resumido contando o que tem no Edital do Enem 2016, as informações mais importantes para você consultar agora e ainda respondemos algumas dúvidas mais comuns. Vamos lá!

O que tem no Edital do Enem 2016

O Edital do Enem 2016 foi publicado no dia 14 de abril, bem antes de abrirem as inscrições. Ele cobre tópicos como:

  • Objetivos do Exame
  • Situações em que o participante pode pedir atendimento especial (esse atendimento é solicitado no momento da inscrição)
  • Taxa de inscrição: valor, forma de pagamento e isenção
  • Prazo e procedimento para inscrição
  • Cartão de confirmação da inscrição
  • Estrutura do Exame
  • Local e horário das provas
  • Identificação do candidato
  • O que pode e o que não pode fazer durante a prova
  • Como são corrigidas as provas
  • Resultados
  • Utilização do desempenho para entrar no ensino superior
  • Anexo I – Listão de várias páginas com as Instituições Certificadoras (para obter o certificado do ensino médio com a nota do Enem)
  • Anexo II – Matriz de Referência (as competências exigidas no Enem)
  • Anexo III – Municípios de Prova
  • Anexo IV – Matriz de Referência para Redação (com as competências que serão avaliadas no texto)

Na verdade, a poucos dias da prova, você só precisa dar uma olhada em menos de um terço do documento. Confira a seguir o resumo e busque mais informações no Edital, quando necessário.

Cartão de confirmação do Enem 2016

O MEC liberou, em 19 de outubro, o acesso ao cartão de confirmação da inscrição do Enem 2016. Ele contém dados como seu nome, número de inscrição e CPF, sua opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol), seu local de prova e outros casos especiais (atendimento específico e obtenção do certificado do ensino médio, por exemplo).

Se você ainda não acessou seu cartão de confirmação, faça isso agora. Vá à Página do Participante, baixe e imprima o documento. Também é possível acessar o cartão pelo aplicativo oficial do Enem para celulares.

Atenção: alguns locais de prova estão passando por ajustes. Por isso, ao tentar acessar seu cartão pode ser que você veja a mensagem: “Aguarde a confirmação do seu local de prova. Efetue nova consulta nos próximos dias”. Se isso acontecer, fique tranquilo e tente novamente nos dias seguintes.

Como vão ser as provas do Enem 2016

Aqui não tem novidade. Desde 2010 o Enem segue a mesma estrutura. Basicamente, são quatro provas objetivas com 45 questões cada e uma redação.

As provas englobam todo o conteúdo dos três anos do ensino médio, mas as matérias foram agrupadas desta forma:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação
  • Matemática e suas Tecnologias: Matemática
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia

Local e horário das provas do Enem 2016

Seu local da prova você já pode consultar no cartão de confirmação de inscrição. As datas e horários são:

Dia 5 de novembro (sábado):

Tempo de duração: 4 horas e 30 minutos.

  • 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • 45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Dia 6 de novembro (domingo):

Tempo de duração: 5 horas e 30 minutos.

  • 45 questões de Matemática e suas Tecnologias
  • 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Redação

Os portões dos locais de prova abrem ao meio-dia para a entrada dos participantes e fecham pontualmente às 13 horas (horário oficial de Brasília). As provas começam às 13h30.

O Enem não aceita nenhum tipo de atraso, nem com a melhor desculpa do mundo. Quem encontrar o portão fechado pode dar meia-volta e se inscrever para o Exame só no ano que vem.

No primeiro dia, o participante tem quatro horas e meia para fazer a prova e entregar o cartão-resposta. O prazo vai até as 18h30. Já no segundo, todo mundo tem uma hora a mais para fazer e passar a limpo a redação – a prova se estende até as 19h30.

Documento de identificação para fazer o Enem 2016

Para fazer a prova, você precisa levar um documento de identificação oficial, original, válido e com foto.

Os mais comuns são o RG e a Carteira Nacional de Habilitação (modelo com foto). A lista completa dos documentos aceitos está no Edital.

O que deve, o que pode e o que não pode no Enem 2016

No dia do Enem você deve, obrigatoriamente, levar dois itens:

  • Seu documento de identificação, como acabamos de avisar
  • Caneta de tinta preta fabricada em material transparente

Se você chegar com apenas a caneta certa e o RG, já pode fazer o Exame. Porém, recomendamos que você leve também:

  • Seu cartão de inscrição impresso, para consultar a sala onde vai fazer a prova e apresentá-lo caso precise confirmar a necessidade de atendimento especial.
  • Mais canetas de tinta preta e corpo transparente para garantir
  • Lanches leves e água para consumir durante a prova

Veja o que é proibido usar durante a prova:

  • Aparelhos eletrônicos, celulares, calculadoras e tablets
  • Qualquer material de consulta
  • Boné, chapéu, gorro, capuz ou óculos escuros

Você pode levar seu celular, mas ele precisa ficar desligado, guardado em uma embalagem lacrada fornecida pela organização e longe do seu alcance. Você só vai poder pegá-lo de volta quando entregar o cartão-resposta e estiver de saída. O aparelho só poderá ser ligado novamente fora do local de prova.

Como são corrigidas as provas do Enem

A correção da prova do Enem segue dois modelos:

  • Provas objetivas: são corrigidas em um modelo complexo chamado Teoria de Resposta ao Item (TRI). Não se trata da soma de acertos, mas de um cálculo que leva em consideração a dificuldade de cada questão e a coerência do participante ao demonstrar seu conhecimento.
  • Redação: é corrigida manualmente por avaliadores certificados pelo MEC. São avaliadas 5 competências, cada uma valendo 200 pontos. A nota máxima que se pode tirar na redação é 1.000.

Resultado do Enem 2016

O MEC vai liberar o gabarito oficial no dia 9 de novembro.

Porém, como vimos, a pontuação do Enem não é a soma de acertos. É um sistema complicado, não dá para adivinhar o desempenho conferindo o gabarito. Você só vai saber mesmo qual foi sua pontuação quando sair o resultado do Enem, no dia 19 de janeiro de 2017.

Como usar o resultado do Enem 2016 para entrar na faculdade

Assim que sai o resultado do Enem, começa a corrida por uma vaga no ensino superior.

O primeiro processo seletivo que você pode participar é o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em universidades públicas usando a nota do Enem como critério.

Em seguida, vem o Programa Universidade para Todos (ProUni), iniciativa do Governo Federal que oferece bolsas de estudos para pessoas de baixa renda que foram bem no Enem mais recente e se encaixam nos critérios de escolaridade.

Quem não conseguir entrar no ProUni, pode ainda tentar o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Esse programa, também do Governo Federal, concede financiamentos a juros baixos e prazo a perder de vista para estudantes de baixa renda que tenham feito o Enem. Assim como o ProUni, exige uma nota mínima para participar.

Muitas instituições privadas reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC participam do ProUni e do FIES. Além disso, a maioria aceita a nota do Enem como forma de ingresso, sem precisar comprovar renda nem fazer vestibular. Veja algumas:

Onde encontrar o Edital do Enem 2016

Agora que você já sabe quais são as informações mais importantes para consultar nesse momento, pode acessar o site oficial do Enem e baixar o Edital.

Veja também:

Faculdades que aceitam o Enem

As dicas sobre o Edital do Enem 2016 foram úteis? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin