dcsimg

Confira tudo o que você precisa saber sobre o Enem 2017

O Enem 2017 tem novidades. Fique por dentro de tudo o que mudou e como vai ser o Exame Nacional do Ensino Médio este ano!

Se você pretende fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) este ano, é bom ficar ligado. O Ministério da Educação (MEC) já anunciou uma série de mudanças para o Enem 2017.

Até pouco tempo atrás não se sabia se o Exame ia acontecer no sábado e domingo (como vinha sendo há anos), se ia ser aplicado em um dia só (com redução no número de questões) ou em dois finais de semana seguidos. Após uma consulta pública pela internet, que rolou em janeiro e fevereiro, o MEC acabou com o mistério e abriu alguns detalhes de como vai ser o Enem a partir de agora.

As mudanças impactam todos os futuros participantes e você precisa ficar por dentro delas agora mesmo para começar a se preparar.

Confira o guia que preparamos com o que mudou no Enem 2017, como serão as provas, qual o calendário e o como você vai poder usar seu desempenho no Exame para entrar na faculdade e turbinar a carreira!

Quais são as principais mudanças no Enem 2017?

Não foram poucas as mudanças no Enem, mas isso não é motivo para se alarmar. Aqui vai um resumo dos principais itens:

Dias de prova

  • Como era antes: as provas do Enem eram aplicadas em um final de semana, sábado e domingo.
  • Como fica agora: o Enem será aplicado em dois domingos consecutivos. Isso significa que você terá uma semana de descanso entre uma etapa e outra do Exame.

O que cai em cada dia

  • Como era antes: no primeiro dia, os candidatos tinham 4 horas e meia para resolver as provas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. No segundo, tinham 5 horas e meia para resolver as questões de Matemática e Linguagens, além de fazer a redação.
  • Como fica agora: a redação será aplicada no primeiro domingo, junto com as questões de Ciências Humanas e Linguagens. Os candidatos terão 5 horas e meia. No segundo domingo, são 4 horas e meia para resolver as questões de Matemática e Ciências da Natureza.

Isenção automática da taxa de inscrição

  • Como era antes: só ficavam automaticamente isentos da taxa de inscrição os alunos do terceiro ano do ensino médio de escolas públicas. Candidatos em condição de pobreza ou vulnerabilidade social precisavam preencher um formulário e aguardar aprovação isenção.
  • Como fica agora: além dos alunos de escola pública matriculados no terceiro ano, também estarão automaticamente isentos os participantes inscritos no CadÚnico, cadastro do Governo Federal com famílias em situação de pobreza e pobreza extrema.

Vale lembrar que permanece a regra instituída em 2016: o candidato isento que não comparecer para fazer a prova poderá perder o direito à isenção no ano seguinte, caso o MEC não aceite a justificativa.

Certificado do ensino médio

  • Como era: candidatos maiores de 18 anos que não estivessem matriculados no terceiro ano do ensino médio de uma escola regular podiam prestar o Enem para obter o certificado do ensino médio.
  • Como fica agora: quem tiver 18 anos ou mais e não estiver matriculado no terceiro ano do ensino médio de uma escola regular não poderá mais usar o Enem para obter o certificado do ensino médio. Essas pessoas deverão fazer outra prova, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Há também outras mudanças, como a extinção do ranking do Enem por escolas e a identificação de cada caderno de prova, folha de respostas e folha de redação com o nome do participante.

O Enem 2017 vai ser feito pelo computador?

Não. Muito se falou a respeito, mas após a consulta pública, que revelou que mais de 70% não eram favoráveis a fazer o Enem pela internet, o MEC manteve o formato presencial. Ou seja, em 2017 os candidatos terão que se deslocar até o local de prova designado para fazer o Exame.

Datas do Enem 2017

Agora que você já está por dentro das principais mudanças do Enem 2017, vamos ao calendário. Anote aí em sua agenda:

  • Publicação do Edital: 10 de abril de 2017
  • Inscrições: 8 a 19 de maio de 2017
  • Prazo para pagamento da taxa de inscrição: até 24 de maio
  • Provas: 5 e 12 de novembro de 2017
  • Resultado: 19 de janeiro de 2018

Quem pode fazer o Enem 2017

O Enem 2017 é aberto a qualquer pessoa que deseje prestar o Exame para avaliar seus conhecimentos (os treineiros), ou usar a nota para entrar na faculdade.

Só não pode mais fazer o Enem para obter o certificado do ensino médio, mas fora isso, todo mundo pode participar. Basta se inscrever, pagar a taxa (caso não seja isento) e fazer as provas. O Enem não tem limite de renda nem de idade para participar.

Quanto custa participar do Enem 2017?

Em 2017, a taxa de inscrição para fazer o Enem é de R$ 82. O boleto pode ser pago em qualquer agência bancária, agência dos correios ou casa lotérica.

Como fazer a inscrição para o Enem 2017?

Entre os dias 8 e 19 de maio de 2017, os interessados devem se inscrever no site oficial do Enem. O processo é simples, porém é importante reservar um tempinho para se dedicar ao preenchimento de todas as informações solicitadas.

Entre elas, estão:

  • Dados pessoais e de contato
  • Dados escolares
  • Opção de língua estrangeira: Inglês ou Espanhol
  • Necessidade de atendimento especial ou específico, se for o caso
  • Município onde deseja fazer a prova

Em seguida, confira todos os dados e confirme a inscrição. Caso não seja isento, você deverá imprimir o boleto e fazer o pagamento da taxa para que sua inscrição seja efetivada.

O local de prova exato só fica disponível para consulta algumas semanas antes da aplicação das provas.

E atenção: desde 2015 o MEC não envia mais o Cartão de Confirmação de Inscrição pelo correio. É responsabilidade do candidato acessar o documento na página do participante.

O MEC vai divulgar o gabarito do Enem 2017?

Vai. Alguns dias após cada uma das provas, sai o gabarito oficial, também no site do Enem. Mas você não precisa esperar tanto tempo! Logo após as provas, no mesmo dia, a gente publica por aqui o gabarito extraoficial (corrigido por especialistas).

Onde encontro o resultado do Enem 2017?

De acordo com o calendário divulgado pelo MEC, a partir do dia 19 de janeiro de 2018, você poderá acessar o resultado na página do Enem e verificar seu Boletim de Desempenho Individual, com a nota que conseguiu em cada uma das provas.

Como posso usar a nota do Enem 2017?

Não é à toa que o Enem é considerado o maior vestibular do Brasil! Com a nota do Exame você pode entrar em faculdades públicas e privadas, além de concorrer a bolsas de estudos e financiamentos. Saiba mais:

Enem 2017 para entrar em universidade pública

O Enem é o critério usado no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que classifica candidatos a vagas em universidades públicas gratuitas de todo o país. Quem fizer o Enem 2017 e não zerar na redação poderá concorrer nas duas edições do Sisu 2018, no primeiro e no segundo semestre.

Enem 2017 para conseguir bolsa do ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) distribui bolsas parciais e integrais a estudantes de baixa renda. Para concorrer a uma delas em 2018 é obrigatório ter feito o Enem 2017, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação, além de cumprir os requisitos de formação escolar e renda familiar. As inscrições são gratuitas e também acontecem duas vezes por ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestre letivo.

Enem 2017 para conseguir financiamento do FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil é um programa do Governo Federal que ajuda o estudante de baixa renda a pagar a faculdade. Para concorrer ao benefício, que tem juros baixos e prazo longo para pagamento da dívida, é preciso cumprir requisitos de desempenho no Enem e renda familiar.

Enem 2017 para entrar na faculdade privada sem fazer vestibular

Quem passa pelo perrengue do Enem, na maioria das vezes, não quer nem ouvir falar em outra prova. Vestibular, então, chega a dar arrepios em muita gente. Pois saiba que se você for bem no Exame pode entrar direto na faculdade.

Cada vez mais instituições privadas aceitam a nota do Enem como forma de ingresso. Os critérios variam e cada universidade define como vai usar a nota do Exame para selecionar seus alunos. Consulte o edital de ingresso via Enem na faculdade de seu interesse para conhecer as regras.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos superiores que aceitam a nota do Enem como forma de ingresso, oferecem vagas pelo ProUni e participam do FIES:

Veja também:

Veja como descobrir qual foi sua pontuação no Enem

Tudo pronto para encarar o Enem 2017? O que achou das mudanças? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin