dcsimg

Descubra como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Saiba como é possível utilizar a nota do Enem para conseguir vaga em universidades públicas e privadas de todo o Brasil!

Sisu, ProUni, FIES

Quem está pensando em começar um curso superior para turbinar a carreira deve ficar atento ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), pois essa prova já se tornou a principal porta de entrada para a tão sonhada faculdade.

O Enem acontece todo ano. A cada edição, milhões de estudantes se preparam para as provas com o objetivo de conseguir uma vaga na universidade. Quem faz o Enem pode utilizar a nota para participar de diversos programas do Governo Federal que facilitam o acesso ao ensino superior.

Se você já fez ou pretende fazer o Enem, saiba como utilizar sua nota para entrar na faculdade!

Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Com a nota obtida no Enem é possível participar de processos seletivos para conseguir vaga em universidades públicas e privadas. Saiba como:

1. Entrar em uma universidade pública pelo Sisu

Boa parte das universidades públicas já oferece vagas através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O Sisu é um processo seletivo totalmente informatizado no qual os candidatos são escolhidos pela nota que obtiveram no Enem.

As inscrições são abertas duas vezes ao ano (em janeiro e junho), e para participar é obrigatório ter feito a edição mais recente do Enem e não ter zerado na redação. Quanto maior for a nota, maiores as chances de passar.

Cada universidade é livre para determinar a pontuação mínima para obter uma de suas vagas, ou o peso que será atribuído em cada uma das provas do Enem (Linguagens, Matemática, Redação, Ciências da Natureza e Ciências Humanas).

Algumas universidades oferecem apenas uma porcentagem das vagas pelo Sisu e o restante é preenchido através do vestibular próprio da instituição. Outras já aboliram completamente o vestibular tradicional e disponibilizam todas as suas vagas por meio do Sisu.

2. Conseguir uma bolsa de estudos pelo ProUni

Se você tem planos de estudar em uma universidade particular e não tem condições de arcar com todos os custos da faculdade, conseguir uma bolsa de estudos pode ser uma ótima solução.

O Programa Universidade para Todos (ProUni) concede bolsas a estudantes de baixa renda que participaram do Enem. O candidato precisa ter feito a última edição do Exame para concorrer no processo regular de seleção.

Para as vagas que não são preenchidas na primeira etapa, abre-se um novo período de inscrição. Neste caso, quem fez o Enem em anos anteriores (a partir de 2010) pode concorrer às bolsas remanescentes.

O ProUni exige que os candidatos tenham atingido um mínimo de 450 pontos na média das provas objetivas e nota superior a zero na redação.

3. Garantir um financiamento estudantil pelo FIES

Através do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é possível conseguir um financiamento a juros baixos e começar a pagar a faculdade só depois de formado.

A partir de 2015, o programa começou a exigir que os candidatos apresentassem a nota do Enem. Isto é obrigatório para todos aqueles que concluíram o ensino médio a partir de 2010.

A exemplo do ProUni, o FIES também exige que o aluno tenha obtido no mínimo 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação. Além disso, é preciso comprovar renda familiar bruta mensal de no máximo dois salários mínimos e meio por pessoa.

Conseguir um financiamento pelo FIES está se tornando cada vez mais difícil. No entanto, quem optar por áreas de maior prioridade (como a formação de professores, engenharias e saúde) tem mais chances de conseguir o benefício.

4. Complementar a nota do vestibular

Algumas universidades, principalmente as públicas, costumam aceitar a nota do Enem como parte da pontuação do vestibular tradicional. O candidato precisa fazer as duas provas: do Enem e do vestibular, e sua pontuação final vai considerar o desempenho obtido nos dois exames.

Cada instituição de ensino é livre para determinar as regras de utilização da nota do Enem. Para saber detalhes sobre como é realizado o cálculo da pontuação final consulte o edital do vestibular da universidade escolhida.

De modo geral, a nota do Enem ajuda a melhorar o desempenho do aluno no vestibular, pois o cálculo da nota final é feito de forma a não prejudicar o estudante caso ele tenha ido mal na prova do Enem.

5. Entrar em uma universidade privada sem vestibular

Muitas universidades particulares aceitam a nota do Enem como forma direta de ingresso. Ou seja, o aluno que tiver um bom desempenho e apresentar sua nota na universidade, poderá fazer a matrícula sem precisar passar por vestibular ou qualquer outro processo seletivo.

A nota mínima exigida varia de um curso para outro e de uma universidade para outra. De modo geral, são aceitas as notas de qualquer edição do Enem a partir de 2010.

Faculdades que aceitam o Enem

Conheça algumas universidades credenciadas pelo MEC que aceitam a nota do Enem:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Quantos pontos preciso tirar no Enem para conseguir o ProUni?

Você já fez alguma edição do Enem? Pretende usar a nota para entrar na faculdade? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin