dcsimg

5 passos simples para você ver sua nota do Enem

Descobrir a nota do Enem é fácil e rápido. Confira o passo a passo que preparamos para você!

São dois meses de espera que mais parecem dois anos. Entre a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e a divulgação dos resultados, o tempo parece não passar e muita gente fica na maior expectativa.

É que a nota do Enem serve para entrar direto na faculdade, sem fazer vestibular, e participar de diversos programas de acesso ao ensino superior do Ministério da Educação, como o SISU, o ProUni e o FIES. Ou seja, a pontuação no Exame pode ser a chave para seu futuro profissional!

Para ver sua nota do Enem, é necessário ter em mãos seus dados cadastrais. Lembra deles? É o número de inscrição e a senha de acesso ao sistema do Exame. Caso tenha perdido a senha, você pode recuperá-la na Página do Participante, aquela que você acessou para descobrir o local de prova.

Com os dados em mãos, você estará apto a ver suas notas do Enem. Vamos lá?

Passo a passo para acessar a nota do Enem

Para acessar sua nota, o processo é bem simples:

  1. Acesse o site do Enem.
  2. Clique no link “Página do participante”.
  3. Informe o seu CPF e senha nos campos correspondentes.
  4. Escolha o desenho solicitado ou digite os caracteres pedidos.
  5. Clique em “Enviar”.

Pronto! Você terá acesso a todas as suas notas, separadas por área do conhecimento:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • Matemática e suas Tecnologias.

A nota da redação também é divulgada. Para acessá-la, clique no botão “Vista pedagógica” e será possível verificar seu desempenho detalhado em cada uma das cinco competências da redação do Enem.

Outra ferramenta muito útil é o gráfico que compara a nota da sua redação às notas dos outros candidatos, no final da página.

Importante: Embora a correção da redação fique disponível, ela serve somente para fins pedagógicos, ou seja, para auxiliar o aluno a ver seus pontos fortes e fracos e ter recursos para melhorar sua escrita e poder de argumentação. O Enem não faz revisão da nota da redação caso o candidato não concorde com a correção efetuada.

Recapitulando, quantos pontos vale cada área do conhecimento e a redação do Enem?

O Enem tem tantos critérios, tantos pormenores… fica difícil memorizar tudo!

Nas provas objetivas não há nota máxima (ou mínima). Isso ocorre porque as notas são estabelecidas de acordo com o desempenho dos estudantes, o que varia de acordo com a edição, mas dificilmente a nota máxima ultrapassa os 1.000 pontos.

Já a nota da redação é fixa, e vale de 0 a 1.000 pontos (200 para cada competência).

Para refrescar sua memória, aqui vão as cinco competências avaliadas na redação do Enem:

  1. Demonstrar domínio formal da língua escrita.
  2. Compreender o tema e aplicar suas ideias dentro da estrutura de um texto dissertativo.
  3. Apresentar informações, fatos e opiniões de forma coerente para defender o ponto de vista.
  4. Usar mecanismos linguísticos para construir a argumentação.
  5. Elaborar uma proposta coerente de intervenção social para o problema, respeitando os direitos humanos.

Minha nota do Enem é diferente da porcentagem de acertos. Por quê?

O Enem é corrigido a partir de uma metodologia bastante complexa, a TRI (Teoria de Resposta ao Item). Esse sistema é utilizado em vários exames no mundo inteiro há mais de 50 anos e inclui conceitos de psicometria, matemática e estatística para fazer uma avaliação completa do participante.

Mais do que a quantidade de acertos, a TRI leva em consideração a coerência das respostas do candidato diante do conjunto de questões que formam a prova.

Vamos explicar melhor:

Imagine que um participante está fazendo as provas e acerta a maioria das questões mais fáceis e começa a errar as mais difíceis. Segundo o TRI, esse aluno é mais coerente do que o outro que acerta as questões mais difíceis, mas erra as mais fáceis. Ué, se ele sabe as mais difíceis, por que ele errou as mais fáceis?

É aí que entra a inteligência da TRI: provavelmente o último chutou as respostas difíceis. O que acontece então? O sistema dá uma pontuação maior aos acertos do aluno do primeiro caso, pois enxerga coerência em sua prova. Assim, pode-se dizer que o método de correção do Enem é justo e recompensa o candidato que realmente conhece o conteúdo.

Portanto, respondendo à pergunta: não dá para saber a nota do Enem apenas contando o número de acertos. Inclusive, por causa da TRI, duas pessoas que acertaram a mesma quantidade de respostas podem ter notas diferentes.

Faculdades que aceitam a nota do Enem como forma de ingresso

Você sabia que diversas instituições de ensino oferecem ao candidato a opção de utilizar a pontuação do Enem em vez de fazer o vestibular? É uma ótima alternativa, pois já basta uma prova estressante na vida da gente, não é mesmo?

Todas as faculdades a seguir aceitam a nota do Enem como forma de ingresso e possuem boa avaliação no MEC, o que garante a validade do diploma em todo o território nacional, além de reconhecimento no mercado de trabalho. Dê uma olhada:

Veja também:

Quantos pontos preciso tirar no Enem para conseguir o ProUni?

Conseguiu acessar sua nota do Enem? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin