dcsimg

Descubra por quanto tempo vale o Enem

Participou do Exame Nacional do Ensino Médio? Saiba por quanto tempo é possível utilizar a nota do Enem para entrar na faculdade!

Enem, prova

De uns anos para cá, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem se tornado a principal porta de entrada de milhões de jovens ao ensino superior. Isto porque com a nota obtida no exame é possível entrar em universidades públicas e privadas sem precisar fazer vestibular.

O Enem acontece uma vez ao ano e assim que o resultado é divulgado já começam a abrir as inscrições em programas que distribuem vagas em universidades públicas, bolsas de estudo em instituições particulares e até financiamentos estudantis a juros baixos.

Quem já fez alguma edição do Enem pode estar se perguntando sobre a validade do Exame. Se você quer descobrir por quanto tempo pode utilizar a nota do Enem, saiba que isto depende da situação. Em alguns casos é preciso ter feito a última edição do exame, em outros é possível usar a nota de alguns anos atrás.

Descubra por quanto tempo é possível utilizar a nota do Enem para entrar na universidade!

Quando a nota do Enem precisa ser da última edição

A prova do Enem acontece no segundo semestre de cada ano, geralmente entre as últimas semanas de outubro e as primeiras de novembro. O resultado costuma ser divulgado somente no ano seguinte, na primeira quinzena de janeiro.

Quem fez, por exemplo, a edição do Enem de 2015, pode participar dos programas de distribuição de vagas abertos em 2016.

Para as situações onde a nota do Enem precisa ser da última edição, o exame tem validade de um ano. Conheça:

Conseguir uma vaga em universidade pública pelo Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) oferece vagas em universidades públicas e acontece duas vezes ao ano (no início de cada semestre). Para participar é preciso ter o número de inscrição e a senha da última edição do Enem.

O Sisu é completamente informatizado. O participante pode consultar na internet as vagas disponíveis em instituições de todas as regiões do País. Ele escolhe sua opção de curso e as vagas vão sendo preenchidas com os candidatos que obtiveram as melhores notas no Enem.

Conseguir uma bolsa de estudo pelo ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) concede bolsas de estudo a estudantes de baixa renda. O processo de seleção regular acontece duas vezes ao ano e exige que o candidato tenha participado da última edição do Enem e obtido pelo menos 450 pontos na média geral das provas e nota maior do que zero na redação.

Complementar a nota do vestibular

Algumas universidades, principalmente as públicas, aceitam a nota do Enem como complemento à nota do vestibular tradicional. As regras para esta utilização variam de uma instituição para a outra.

Em geral as universidades aceitam a nota do Enem realizado no mesmo ano do vestibular.

Quando a nota do Enem pode ser de anos anteriores

O Enem foi criado com o objetivo inicial de avaliar a qualidade do ensino médio no país. Porém, a partir de 2010, o exame sofreu uma série de modificações e começou a ser usado também em processos de seleção unificada.

A prova passou a ter um número maior de questões e a metodologia de avaliação permitiu uma comparação entre as provas de edições diferentes.

Por isso, as situações onde é possível utilizar a nota do Enem de anos anteriores só consideram válidas as notas obtidas a partir de 2010.

Descubra como é possível usar a nota do Enem de anos anteriores:

Conseguir um financiamento estudantil pelo FIES

Através do Programa de Financiamento Estudantil (FIES) é possível conseguir um financiamento a juros baixos para começar a pagar a faculdade só depois de formado.

É necessário comprovar renda familiar bruta mensal de no máximo dois salários mínimos e meio por pessoa para participar do programa. Quem concluiu o ensino médio a partir de 2010 também deve apresentar a nota obtida no Enem.

Neste caso são aceitas as notas de qualquer edição do exame a partir de 2010. O desempenho mínimo para participar é de 450 pontos nas provas e nota acima de zero na redação.

Conseguir uma bolsa remanescente pelo ProUni

Depois que o ProUni encerra o período regular de seleção, é aberto um novo período de inscrição, desta vez para preencher as bolsas remanescentes (aquelas que não foram ocupadas anteriormente).

Para este novo processo seletivo é possível utilizar a nota do Enem de anos anteriores. A exigência da nota mínima continua a mesma.

Entrar em universidades particulares sem vestibular

Muitas universidades particulares aceitam a nota do Enem como forma de ingresso direto, ou seja, o candidato que apresentar sua nota do Exame (e estiver acima do mínimo exigido), pode se matricular sem precisar fazer outro vestibular.

Cada universidade estabelece suas próprias regras – qual número de vagas vai disponibilizar e a nota mínima para entrar em cada curso, por exemplo. De modo geral são aceitas as notas de qualquer edição do Enem a partir de 2010.

Obter descontos e promoções especiais em universidades privadas

Quem estiver fora dos limites de renda para conseguir uma bolsa ou financiamento do Governo Federal deve ficar atento às promoções oferecidas em cada universidade. Muitas delas possuem programas próprios de concessão de bolsas e benefícios como descontos nas mensalidades.

Algumas utilizam a pontuação do Enem como critério de seleção para esses benefícios e aceitam as notas obtidas a partir da edição de 2010 do exame.

Universidades que aceitam o Enem

Confira algumas universidades credenciadas pelo MEC que aceitam a nota do Enem:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Vale a pena fazer o Sisu? Entenda

Você pretende usar sua nota do Enem para entrar em uma faculdade? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin