dcsimg

Espanhol no Enem: saiba o que estudar para a prova

Veja o que você pode fazer para se sair bem na prova de espanhol do Enem!

Enem

As provas de língua estrangeira do Enem tiram o sono de muita gente. São poucas questões no total, mas elas estão lá para testar ao máximo a capacidade de leitura e interpretação dos participantes.

Imagine: se muitas vezes é difícil fazer esse exercício em português, imagina em outro idioma!

A escolha da língua estrangeira é feita no momento da inscrição do Enem. O estudante tem duas opções: espanhol ou inglês. Tem que ser uma decisão muito bem pensada, porque depois não dá para voltar atrás.

A gente sabe que muita gente opta pelo espanhol por ser uma língua parecida com o português ou por ter pouco domínio do inglês. Independentemente do motivo, não dá para relaxar. É preciso estudar bastante, redobrar a leitura e ficar por dentro do que acontece nos países de língua espanhola.

Veja a seguir o que estudar para a prova de espanhol do Enem e descubra como tirar todas as questões de letra!

A prova de espanhol do Enem

A prova de espanhol do Enem acontece sempre no segundo dia do Exame e vem junto com as 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.

São apenas cinco questões. A maioria delas feita para testar o conhecimento instrumental do aluno, ou seja, a capacidade de ler e interpretar corretamente um texto, um quadrinho ou uma situação qualquer.

O que o Enem espera do participante é o seguinte:

  • Associar palavras e expressões ao tema da questão.
  • Demonstrar que possui familiaridade com informações, tecnologias e culturas estrangeiras.
  • Conhecer estruturas linguísticas, sua função e seu uso social.
  • Reconhecer a importância da produção estrangeira como representação da diversidade cultural e linguística.

Traduzindo, o Enem não quer que você simplesmente decore regras de gramática, mas que entenda o que está sendo pedido na questão. Quando não se tem uma leitura atenta, o aluno pode correr o risco de cair em pegadinhas clássicas, como palavras parecidas em espanhol e português que têm significados diferentes, os famosos “falsos cognatos”.

A maioria das questões da prova de espanhol traz textos e o aluno é desafiado a entender o significado. O enunciado e as cinco opções da questão estão sempre em português, o que pode facilitar um pouco (veja dicas mais adiante).

O que estudar para a prova de espanhol do Enem

O foco maior das provas de língua estrangeira do Enem é a interpretação de textos. Isso significa que o estudante deve investir bastante tempo em leitura.

O formato do texto varia muito: pode ser um comum, com dois ou três parágrafos, pode ser um quadrinho em língua espanhola (Mafalda, Macanudos, etc.), um comercial, um trecho de obra literária, etc.

Claro, não dá para deixar a gramática de lado, pelo contrário. Conhecer bem os tempos verbais, o uso de pronomes e saber diferenciar palavras idênticas ao português são essenciais para uma boa leitura. Fique de olho também em:

  • Conjunções
  • Advérbios
  • Palavras homônimas em espanhol
  • Artigos definidos e indefinidos
  • Substantivos e adjetivos
  • Verbos ser, estar e haver

Jornais em língua espanhola, como o El País, da Espanha, e o Clarín, da Argentina, são uma boa fonte de estudos. Além de trazer ao estudante um forte componente social, político, econômico e cultural dos países hispânicos, são fonte quase certa para alguma questão do Enem.

Outra dica importante: aumente o seu vocabulário o máximo que puder! Quanto mais você conhecer o significado das palavras, mais chances tem de acertar as questões. E o melhor: poderá fazer tudo com mais rapidez.

Ao longo dos últimos anos, a imensa maioria das questões têm sido de interpretação de texto e isso deve permanecer por enquanto. No entanto, já caíram questões de tradução de expressões, poemas e letras de música. Fique atento!

Como se dar bem na prova de espanhol

As questões de espanhol têm geralmente a seguinte estrutura:

  1. Material em espanhol (texto, quadrinho, comercial, etc.)
  2. Enunciado em português
  3. Opções de resposta também em português

O importante no Enem é ter foco e ficar atento ao que é pedido. No caso da prova de espanhol, o ideal é quebrar um pouco a sequência lógica da questão. Veja como fazer isso:

  1. Comece lendo o que pede a questão (o enunciado em português) com muita atenção. Isso vai ajudar você a já ler o texto em espanhol com um foco em mente.
  2. Leia o texto em espanhol e tente localizar a resposta pedida.
  3. Procure na lista de alternativas a que melhor se adequa à pergunta e assinale.

Chegar ao texto principal com um objetivo específico reduz bastante o tempo de assimilação. Leve sempre essa dica com você!

Como estudar para prova de espanhol

O Enem exige dos candidatos que optaram por língua espanhola um bom entendimento de questões políticas, econômicas e sociais envolvendo os países latino-americanos e, em menor grau, a Espanha.

Por isso, é fundamental estar por dentro do contexto desses países – não apenas para a prova de línguas. Podem cair questões sobre esse tema em outras áreas do conhecimento também.

Uma forma de fazer isso é acompanhar os principais jornais em língua espanhola do mundo. Veja alguns:

Economize tempo de estudo buscando matérias de interesse mundial, latino americano ou que tenham a ver com a relação entre o Brasil e o país em questão.

Outra boa fonte de estudos é o YouTube. Com milhares de vídeos comentados sobre as provas do Enem ou sobre as questões de espanhol, dá para encontrar muito material interessante produzido por professores de cursinho. Isso pode dar aquela ajuda na hora dos estudos!

Veja também:

Descubra como funciona o Enem

Vai fazer a prova de espanhol no Enem? Conte para a gente como você está estudando!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin