dcsimg

Confira sua nota do Enem 2015 e saiba como utilizá-la

Saiba como consultar seu desempenho no Enem 2015 e o que você poderá fazer com a nota do Exame!

Enem

Foram mais de 60 dias de expectativa, mas acabou o mistério! Finalmente foram divulgadas as notas do Enem 2015 e os quase seis milhões de participantes que fizeram as provas nos dias 24 e 25 de outubro podem consultar seu desempenho.

O MEC liberou o resultado do Enem no dia 8 de janeiro de 2016. No Boletim Individual, os estudantes podem ver suas notas das provas objetivas (Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Códigos, Matemática) e da temida Redação.

Com o tema “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, a redação do Enem 2015 teve 104 participantes com nota máxima (1.000) e 47.770 com nota entre 901 e 999. Por outro lado, 53.032 tiraram zero!

O Enem 2015 quebrou um recorde: teve a maior nota de Matemática, com 13 estudantes que tiraram 1.008,3.

Será que você foi bem no Enem 2015? Descubra como consultar a sua nota e o que fazer com ela!

Como conferir a nota do Enem 2015

Para descobrir sua nota do Enem 2015, você deve:

  1. Acessar a página do participante do Enem.
  2. Digitar seu CPF, senha e as letras e números que aparecem na imagem.
  3. Clicar em “Entrar”

Caso tenha perdido sua senha, basta clicar em “Recuperar senha” e seguir as orientações da tela.

O que fazer com a nota do Enem 2015

Agora que você já descobriu sua nota do Enem 2015, veja como utilizá-la. São pelo menos quatro possibilidades de entrar na faculdade dos seus sonhos e turbinar sua carreira!

Disputar uma vaga na universidade pública pelo Sisu 2016

Poucos dias depois da divulgação da nota do Enem, começa a corrida para o Sisu do primeiro semestre.

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) usa somente a nota do Enem como critério para preencher vagas em universidades públicas. Para participar é obrigatório ter feito o Enem do ano imediatamente anterior e não ter zerado na redação.

Em janeiro de 2016, o Sisu ofereceu 228 mil vagas em 131 instituições públicas de ensino superior. As inscrições, gratuitas, encerraram no dia 14 de janeiro e o resultado foi divulgado no dia 18 de janeiro. Os interessados em participar da lista de espera têm até o dia 29 de janeiro para entrar no sistema e “manifestar interesse”.

Se você perdeu o prazo do Sisu, não se preocupe! São duas edições por ano, uma em janeiro e outra em junho. Fique ligado por aqui que vamos informar a data do Sisu do segundo semestre assim que o MEC liberar o cronograma.

Ah, vale lembrar que o Sisu não tem restrição de renda para participar!

Concorrer a uma bolsa de estudos pelo ProUni 2016

Os programas do Governo Federal de ampliação do acesso ao ensino superior (Sisu, ProUni, FIES) estão de certa forma encadeados. Mal sai o resultado do Sisu, já abrem as inscrições para o ProUni.

O Programa Universidade para Todos (ProUni) usa a nota do Enem para classificar candidatos a bolsas de estudo em faculdades privadas de todo o Brasil. O benefício é voltado à população que não teria condições de bancar a mensalidade de uma universidade privada.

Para concorrer a uma bolsa integral (100%), o candidato deve ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Estudantes com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa podem concorrer a uma bolsa parcial (50%).

Além dos requisitos de renda, o ProUni 2016 exige que os candidatos não possuam diploma de nível superior e que tenham feito o Enem 2015, com desempenho mínimo de 450 pontos na média geral das provas e nota maior do que zero na redação.

É preciso ainda se encaixar em pelo menos uma das situações a seguir:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública.
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ter cursado parte do ensino médio em escola pública e parte em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor da rede pública, integrante do quadro permanente, e concorrer a bolsa para cursos de licenciatura. Neste caso o candidato está dispensado de cumprir requisitos de renda.

O ProUni também tem duas edições por ano. A de janeiro abriu inscrições entre os dias 19 e 22. A próxima seleção do ProUni 2016 será em junho. Assim que o MEC definir a data, você ficará sabendo por aqui!

Tentar um financiamento do FIES

Passado o ProUni, chega a hora de abrirem as inscrições para o FIES, um programa de financiamento estudantil do Governo Federal com juros baixos e prazo a perder de vista.

Está cada vez mais difícil pedir o FIES, pois são poucas vagas para o número de interessados. Para concorrer, o candidato precisa ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, com desempenho mínimo de 450 pontos na média geral e nota maior do que zero na redação.

A renda familiar bruta mensal não pode ultrapassar 2,5 salários mínimos por pessoa.

O MEC prioriza microrregiões com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) mais baixo que tenham alta demanda por financiamentos para o ensino superior. Cursos com boa avaliação e nas áreas de Saúde, Engenharia e Formação de Professores também receberão mais vagas do programa.

O FIES também acontece duas vezes por ano. Em janeiro, as inscrições vão do dia 26 a 29. A segunda edição deve acontecer em junho ou julho. Assim que o MEC divulgar o cronograma do FIES do segundo semestre, você ficará sabendo por aqui também!

Entrar na faculdade direto, sem fazer vestibular

Se você não se interessou ou não conseguiu entrar no ProUni, Sisu ou FIES, saiba que a sua nota do Enem ainda vale para entrar na faculdade!

São muitas as instituições reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Exame como forma de ingresso direto, sem a necessidade de fazer o vestibular. As regras e as notas mínimas variam de acordo com o curso e a universidade. Consulte o Edital ou informe-se na secretaria para saber se você tem chance de entrar com sua nota do Enem.

Confira algumas universidades que aceitam a nota do Enem como forma de ingresso:

Veja também:

Descubra como usar a nota do Enem para entrar na faculdade

Você foi bem no Enem 2015? Como pretende usar sua nota? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin