dcsimg

Descubra 10 assuntos que devem cair no Enem 2016

Listamos alguns temas que estão em evidência no Brasil e podem aparecer no próximo Enem!

Assuntos Enem

O Enem 2016 está aí! E quem começar a exercitar os neurônios desde já aumenta muito as chances de se dar bem no Exame.

O Enem cobre o conteúdo dos três anos do Ensino Médio e ainda aborda temas da atualidade nas questões objetivas e redação.

Para dar aquela ajuda mais que bem-vinda, apresentamos um resumo dos assuntos que podem cair no Enem 2016. Confira!

10 assuntos que devem cair no Enem 2016

O Enem não quer apenas testar se você aprendeu as matérias do ensino médio. A ideia da prova é justamente perceber a capacidade do estudante de articular o conhecimento científico com o que acontece no mundo.

Isto está presente nos dois tipos de prova, tanto nas objetivas quanto na redação.

Se você não entendeu muito bem essa ideia, aqui vai um exemplo: quando o Enem trata de células-tronco, não está interessado apenas em saber se você entende o que são “células do tipo mesenquimais” e que elas têm grande aplicação no tratamento de doenças autoimunes. O Exame também quer perceber como você enxerga as discussões religiosas acerca do tema, a legislação brasileira, as aplicações dos tratamentos no sistema de saúde pública, quem pode ter direito a elas, esse tipo de coisa.

Portanto, além de estudar as matérias regulares do ensino médio, você tem que ligar a antena e ficar por dentro do que acontece de mais importante no cenário político, econômico, cultural e social, no Brasil e no mundo. Isso vai ser fundamental para um bom desempenho nas provas, especialmente na redação!

Por isso, preparamos uma lista de assuntos que têm grande chances de aparecer no Enem deste ano. Dê uma olhada:

1. O preconceito racial no Brasil

Os ataques racistas a celebridades nas redes sociais revelam o que muitos não queriam ver: que somos, sim, um país preconceituoso e que precisamos evoluir muito para aceitar a diversidade, que é uma das características mais marcantes do Brasil.

Qual a origem histórica do preconceito no País? Por que muitos jovens, que teoricamente deveriam ter a mente mais aberta, são quem mais ofende? O que é preciso fazer para melhorar essa questão?

2. As manifestações nas ruas e nas redes sociais

Se tem um assunto que ocupou a primeira página dos jornais em 2016 foram as manifestações contra e a favor do Governo. Milhões e milhões foram às ruas defender suas ideologias políticas e reivindicar aquilo que acham justo.

O mesmo acontece nas redes sociais, que acabaram se tornando o principal meio de engajamento, num processo jamais visto até então na nossa história. O Enem pode tratar do tema como fenômeno social e querer saber o que você tem a dizer a respeito, com a imparcialidade e o espírito crítico desejados em uma análise.

3. A obesidade no Brasil

O Brasil vive uma epidemia de obesidade sem precedentes na sua história. No ritmo que estamos, em menos de 15 anos seremos o país com a maior quantidade de obesos do planeta.

Políticas ineficientes de combate à doença, o ritmo de vida das populações e a indústria alimentícia, que foca suas ações de marketing principalmente em crianças, têm colaborado um bocado para esse cenário. O que a gente precisa fazer para se livrar desse problema? Como atingir as camadas mais pobres da população, uma das principais atingidas?

4. A indiferença brasileira quanto à questão ambiental

“O clima está louco”, é o que a gente ouve em todos os lugares. E de fato estamos passando gradualmente por um processo de mudança climática que vai ter impacto em todo o planeta.

Quais são as consequências disso e o que podemos fazer para diminuir o impacto de nossas atividades econômicas sobre o planeta? De outro lado, temos o desastre de Mariana, que provocou um dano incalculável ao meio ambiente e poderia ter sido evitado se tivéssemos uma política mais rígida de fiscalização e controle.

A flexibilização de leis ambientais, patrocinadas pela indústria da mineração e agronegócio, estão comprometendo todo o nosso ecossistema. O que é preciso fazer para evitar um avanço ainda maior na destruição das nossas maiores riquezas?

5. A nova era da mobilidade urbana

Daqui a pouco vai chegar uma hora em que as cidades brasileiras não comportarão mais o volume de carros nas ruas e simplesmente vão parar.

Quando esse momento chegar (o que já começou em São Paulo e no Rio de Janeiro, por exemplo), as cidades estarão preparadas para oferecer novos meios de transporte à população? Por que as nossas políticas de urbanidade não previram com antecedência que o foco no transporte individual iria levar nossas cidades a terem um dos piores trânsitos do planeta? Por que as ciclovias e faixas exclusivas para ônibus causam tanta polêmica?

6. Como tratar a questão de gênero

Ultimamente têm sido discutidas políticas públicas para tratar a questão de gênero nas escolas. O assunto perpassa vários temas, como os papéis masculinos e femininos na sociedade, a questão das pessoas transgênero (adultos e crianças), a abordagem do assunto nas escolas, as políticas de sensibilização da sociedade para aceitar a questão como algo natural.

7. A crise de refugiados: a nova configuração do mundo depois dos grandes movimentos migratórios

Como vai ficar o planeta com esse grande movimento de refugiados pela Europa e América? O que muda num país com a chegada de uma quantidade tão massiva de estrangeiros? Como isso definirá a geopolítica global nos próximos anos?

8. O avanço da pauta conservadora no País

A constante intervenção de grupos religiosos na criação de políticas públicas no Brasil e o aumento do poder da Igreja podem atrasar em anos e anos o avanço de medidas que tratam de temas sensíveis como aborto, drogas, proteção e garantia de direitos a pessoas LGBTs, entre outras. Quais os motivos que estão fazendo o Brasil se tornar um país conservador? Como isso pode ser revertido?

9. A corrupção no Brasil e a operação Lava-Jato

A operação Lava Jato cumpriu um importante papel na identificação e prisão de políticos, empresários e executivos envolvidos em escândalos de corrupção.

Que rumo a operação tem tomado? Qual o papel da imprensa nesse caso e por que o brasileiro é tão conivente com a corrupção?

10.O anseio por transformações sociais

O Brasil passou por grandes transformações sociais nos últimos anos, e espera-se que mais estejam por vir. Mas o fato é que a crise econômica que estamos vivendo tem comprometido a esperança de milhões de brasileiros que desejam sair da pobreza.

Com a nossa configuração política atual corremos o risco de enfrentar um retrocesso? Como podemos retomar o desenvolvimento social e econômico?

Dica rápida: não se esqueça dos Direitos Humanos!

Os temas que listamos acima têm chances de aparecer em questões objetivas e também na redação. Neste caso, lembre-se que o Enem vai avaliar detalhadamente seu argumento em relação ao tema pedido, assim como o seu posicionamento, sua estrutura textual e sua proposta de intervenção social.

O perigo aqui é, por desconhecimento, desrespeitar a questão dos direitos humanos. Isso pode causar a perda de preciosos pontos na sua nota final e até resultar em um zero. Vale a pena dedicar uma parte dos seus estudos à questão dos Direitos Humanos para não pisar na bola durante a redação!

Veja também:

Descubra como você pode usar a nota do Enem 2016

Como está seu ritmo de estudos para a redação do Enem? Conte para a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin